Casa de Jorge Amado e General Ozório

286 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
286
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Casa de Jorge Amado e General Ozório

  1. 1. CASA DE JORGE AMADO E GENERAL OZÓRIO VERDADES E MENTIRASÉ lamentável como administra nosso prefeito, Newton Lima. Entre uma mentirae outra, vamos dando conta que como cidadãos eleitores fomosverdadeiramente enganados com o “feijão com arroz”.Dentre tantas promessas, iremos apenas neste momento, nos ater sobre asreformas da Biblioteca/Arquivo Públicos e Casa de Jorge Amado/FundaçãoCultural de Ilhéus.Em INFORME da própria prefeitura no site do R2CPRESS com data de24.08.2011, portanto há dois anos, já dizia o seguinte: “O grupo de trabalhoescolhido pelo prefeito Newton Lima para gerir o Programa de Revitalização doCentro de Ilhéus concluiu esta semana o planejamento executivo da I e da IIetapas do futuro conjunto de intervenções. O programa, que será utilizado parapreparar a cidade para o próximo verão, bem como para marcar o centenáriode nascimento do escritor Jorge Amado, será apresentado ao chefe doExecutivo municipal às 10 horas desta quinta-feira (25), no PalácioParanaguá.”Já a recuperação e reforma do prédio da Biblioteca e Arquivo Públicos(General Ozório), por várias vezes foi alvo nos INFORMES da prefeitura, quenunca saiu do papel de uma forma mais concreta e ágil. Só depois por ordemda JUSTIÇA, é que a “toque-de-caixa”, começaram algumas intervenções, quenão deverão ficar pronta até o fim do seu mandato, a não ser que algummilagre aconteça. Pois, ainda depende de mais recursos e pessoal
  2. 2. especializado em restauração. Um fato no mínimo estranho foi que inicialmenteos técnicos da prefeitura designados para isto, informaram que o imóvel corriasério risco de desabar, e que para isto dependia de pessoas especializadas emestrutura e fundação, cabendo ao Governo Estadual, tal tarefa.Já em 20.07.2012 em nota oficial foi dito o seguinte: “O prefeito de Ilhéus,Newton Lima, inspecionou esta semana as obras de reforma do prédio ondefuncionam a Biblioteca Pública Municipal Adonias Filho e o Arquivo PúblicoMunicipal. Durante a visita, no prédio em que funcionou por muitos anos e oGrupo Escolar General Osório, o prefeito foi informado pelos técnicos domunicípio que o imóvel não corre mais o risco de desabar, pois as infiltraçõesestão sendo corrigidas e sua estrutura permanece intacta” Diante de tudo isso, ficamos nas meias verdades. E hoje, por mera coincidência foi ao Centro resolver algumas coisas pessoais, e lá me deparei com o pessoal da prefeitura numa forma muito apressada “pintando” a parte da frente da Casade Jorge Amado/Fundação Cultural, pois hoje começará os festejos emhomenagem ao grande escritor Jorge Amado, que no seu pronunciamento naCâmara de Vereadores quando recebeu o título de CIDADÃO ILHEENSE, fezquestão de intitulá-lo de: “A TERRA DA MINHA VIDA”. E para quem não temconhecimento da íntegra do texto, procure tomar conhecimento, pois é umaverdadeira poesia de AMOR POR ILHÉUS.E como se: “Meengana que gosto”,pois estes imóveisprecisam na verdade éde umareforma/restauraçãonum todo que tanto foianunciado nestesúltimos quatro anos.Aproveitamos omomento propício efomos até o General
  3. 3. Ozório. Lá como não é motivo no momento de visitações, encontram-se quasetudo no mesmo. Não entendo como leigo, como se realiza uma reformaexterna, sem ao menos podar aquela amendoeira que avança cada vez maisem direção ao telhado do prédio, e é uma das causadoras de infiltrações nasparedes, deteriorando com mais rapidez a pintura e reboco.Como cidadão ilheense fico indignado, com a falta de sensibilidade com onosso Patrimônio Cultural, e outro exemplo foi o Palácio Paranaguá, queapressadamente realizaram uma pintura de fachada e tiveram airresponsabilidade de pintar as janelas do prédio do jeito que elas seencontram, ou seja, quebradas, onde faltam vidros e as madeiras já estãoquase que totalmente podres.Ainda em 24.08.2011 a prefeitura informava em nota: “Já a segunda etapa doPrograma de Revitalização do Centro de Ilhéus, que deverá ser iniciada emmarço e concluída em junho de 2012, será composta prioritariamente porintervenções físicas. Em uma delas, a rede elétrica aérea será transformadaem rede elétrica subterrânea. Numa outra ação, haverá a substituição do pisodos passeios e calçadões do centro da cidade, que passarão a obedecer a ummodelo padrão e a valorizar ainda mais as questões ligadas à mobilidadeurbana. Por fim, com a proposta de reforçar o processo de humanização daárea central, incluindo praça de alimentação, jardins e utilização de obras dearte, o governo promoverá a instalação definitiva de um novo mobiliário urbano. Parte dos recursos necessários para as intervenções, que também integram a retomada do Projeto Shopping a Céu Aberto e a própria valorização do Quarteirão Jorge Amado, virá do governo federal, através do Ministério do Turismo, com contrapartida do município”. As promessas estão aí, para não dizermentiras, o que de verdades lembramos, é que estes Patrimônios Culturais danossa cidade foram restaurados tecnicamente e permanecem até hoje, mesmonas condições atuais, deve-se ao ex-preito Jabes Ribeiro. Temos que dá amão a palmatória, pelo menos este é meu dever como cidadão ilheense.
  4. 4. Rezende

×