Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
Upcoming SlideShare
What to Upload to SlideShare
What to Upload to SlideShare
Loading in …3
×
1 of 35

Palestra Path 2018 - Como São Paulo pode mudar de humor trabalhando com suas águas

0

Share

Download to read offline

Palestra oferecida em conjunto com o cineasta Caio Ferraz no Festival Path 2018. Da fenomenologia de Goethe aplicada à observação da Água à visão da Economia Circular - como podemos nos inserir no ciclo virtuoso de regeneração apoiado pelas qualidades regenerativas da Água?

Related Books

Free with a 30 day trial from Scribd

See all

Palestra Path 2018 - Como São Paulo pode mudar de humor trabalhando com suas águas

  1. 1. Como São Paulo pode mudar de humor trabalhando com suas águas Caio Ferraz e Guilherme Castagna
  2. 2. Água, historicamente relacionada as emocional • TEORIA DOS 4 Elementos • Fogo - Ação/ energia • Terra - prática/ méteria • Ar - pensamento/ mente • Água - Emoção/ Sentimentos
  3. 3. Ciclo lunar – Marés/ Menstruação
  4. 4. HUMOR • ETIMOLOGIA - latim - humor,ōris 'fluido, linfa’ • Teoria humoral - Hipócrates - segundo as quais a vida seria mantida pelo equilíbrio entre quatro humores: sangue, fleuma, bílis amarela e bílis negra,
  5. 5. Fluxo energético da vida é passado pela água • reação da fotosintese e da respiração
  6. 6. Masaru Emoto • A água carrega memória energética • Experimentos de exposição da água a diferentes palavras, imagens ou música. • Congelamento e analise da aparência do cristal de água sob um microscópio.
  7. 7. A forma da água é seu movimento
  8. 8. • A água não tem forma. Ela recebe a forma que é dado a ela. • Ela possibilita que todos os seres vivos expressem sua forma. • Video Paul Van Dijk
  9. 9. "A Travessia de São Paulo a Nado era o mais badalado evento esportivo do rio e chegou a reunir mais de 1.900 atletas. Rivalizava em importância com a corrida de São Silvestre, prova que ocorre sempre no dia 31 de dezembro. A largada era dada debaixo da ponte da Vila Maria e a chegada ocorria entre os clubes Tietê e Esperia, próximo à ponte das Bandeiras. Os atletas largavam de plataformas sobre a água. As margens do rio e as pontes ficavam lotadas de torcedores. O Tietê não havia sido retificado e suas curvas eram um desafio a mais." https://www.facebook.com/pg/rioseruas/photos/?tab=album&album_id=1797943733598388
  10. 10. https://odseabra.wordpress.com/2011/08/23/retilinizacao-dos-rios/
  11. 11. http://www.saopauloinfoco.com.br/asa-white-billings/ “Objetividade, assertividade, produtividade”
  12. 12. Renaturalizacao de rios e corregos no municipio de Sao Paulo http://www.redalyc.org/pdf/810/81011705016.pdf
  13. 13. Microbacia como mapa – soma de pequenas ações!
  14. 14. Jardins de chuva UMAPAZ (2016) Jardins de chuva VILA JATAÍ (2016) Lagos Praça da Nascente (2012(?)-2016) Lagos e jardim de chuva Nascente do Iquiririm (2014-2016) “Sonhar Grande, Começar Pequeno, Agir Logo” José Bueno
  15. 15. http://www.cisternaja.com
  16. 16. JARDIM DE CHUVA: Anatomia
  17. 17. Jardim de chuva Largo das Araucárias (largo da Batata) 2017
  18. 18. https://www.ibm.com/blogs/internet-of-things/food-water-energy-nexus/
  19. 19. Cuidar dos nossos rios é cuidar da nossas próprias emoções. São Paulo seria outra com rios limpos
  20. 20. Disponível a partir do início de Junho: Versão impressa Versão digital
  21. 21. Disponível a partir do início de Junho em PDF: www.fluxus.eco.br https://www.aliancapelaagua.com.br/
  22. 22. Agenda Paul Van Dijk Brasil 2018 13 e 14/Jul: Um Novo Olhar para as Plantas, SP 16, 17 e 18/Jul: Natureza Rítmica da Água, Ilhabela 20 e 21/Jul: Pense como Natureza, SP 27 e 28/Jul: Água, Mediador Dinâmico entre Polaridades, SP 28/Jul: Performance aberta “Brain Wave”, SP
  23. 23. https://www.youtube.com/channel/UCQt3h4lVVukwxOs_uMgA2Gw/videos https://www.facebook.com/projetoVOLUMEVIVO/ https://www.facebook.com/fluxus.eco.br/ http://fluxus.eco.br/

Editor's Notes

  • O melhor lugar para reter água é onde ele cai (“controle na fonte”)
  • ×