Palestra sobre Stress

25,310 views

Published on

Palestra de Pedro Quaresma e Aristides Faria com o tema central "stress".

Palestra sobre Stress

  1. 1. conhecendo o estresse pedro quaresma cardoso psicólogo comportamental crp 06/83.140 aristides faria consultor em recursos humanos [RH em Hospitalidade]
  2. 2. Objetivos da apresentação <ul><li>informação </li></ul><ul><li>auto-avaliação </li></ul><ul><li>intervenção </li></ul>
  3. 3. O que é estresse? <ul><li>é a resposta do corpo, da mente e comportamental do homem às pressões e às mudanças </li></ul><ul><li>luta e fuga </li></ul><ul><li>condicionamento operante/respondente </li></ul>
  4. 4. Reações fisiológicas do estresse <ul><li>aumento da freqüência cardíaca e da pressão arterial </li></ul><ul><li>aumento da respiração </li></ul><ul><li>tensão muscular </li></ul><ul><li>aumento da sudorese </li></ul><ul><li>liberação de açúcares e gorduras para a corrente sangüínea </li></ul><ul><li>liberação de fatores de coagulação do sangue </li></ul><ul><li>diminuição da digestão. </li></ul>
  5. 5. O que controla seu comportamento?
  6. 6. O que controla seu comportamento?
  7. 7. X estresse positivo estresse negativo
  8. 8. Estresse positivo <ul><li>fase de alerta </li></ul><ul><li>adrenalina: ânimo, vigor e energia - produtividade criatividade </li></ul><ul><li>busca por sexo, drogas, alimento </li></ul><ul><li>esportes radicais </li></ul><ul><li>perigo real (medo) </li></ul>
  9. 9. <ul><li>stress em excesso - a pessoa ultrapassa seus limites </li></ul><ul><li>a produtividade e a capacidade de trabalho ficam muito prejudicadas </li></ul><ul><li>a qualidade de vida sofre danos </li></ul><ul><li>a pessoa pode adoecer </li></ul><ul><li>você permanece “ligado” e não consegue se refazer após ter alcançado os desafios </li></ul><ul><li>leva os problemas pra casa </li></ul>Estresse negativo
  10. 10. <ul><li>intensidade </li></ul><ul><li>duração </li></ul><ul><li>freqüência com que ocorrem </li></ul>Como saber se é patológico?
  11. 11. Estresse ideal <ul><li>a pessoa aprende o manejo do stress e gerencia a “fase de alerta” de modo eficiente, alternando entre estar em alerta e sair de alerta. </li></ul>
  12. 12. Estresse ideal <ul><li>o organismo precisa entrar em homeostase após uma permanência em alerta para que se recupere. Não há dano em entrar de novo em alerta após a recuperação. </li></ul>
  13. 13. Sinais de problemas <ul><li>dificuldade de concentração </li></ul><ul><li>decréscimo de habilidades sociais (momentâneos ou persistentes) </li></ul><ul><li>paralisação ou lentificação da atividade em curso </li></ul>
  14. 14. Sinais de problemas <ul><li>não aceitação de crítica </li></ul><ul><li>excesso de bebidas, fumo ou drogas </li></ul><ul><li>perturbações do sono </li></ul><ul><li>bruxismo </li></ul>
  15. 15. Sinais de problemas <ul><li>afastamento de relacionamentos acolhedores </li></ul><ul><li>cansaço </li></ul><ul><li>apatia </li></ul><ul><li>choro freqüente </li></ul>
  16. 16. Sinais de problemas <ul><li>dificuldades na fala </li></ul><ul><li>negativismo </li></ul><ul><li>sentimentos de perseguição </li></ul><ul><li>medo </li></ul>
  17. 17. Sinais de problemas <ul><li>dificuldade de aprendizagem </li></ul><ul><li>desmotivação </li></ul><ul><li>diminuição da auto-estima </li></ul><ul><li>impaciência </li></ul>
  18. 18. Características marcantes do estressado
  19. 19. Personalidade do estressado <ul><li>altamente competitivo </li></ul><ul><li>impaciente, agitado </li></ul><ul><li>super objetivo, fala rápido </li></ul><ul><li>domina a conversa ou fica alheio </li></ul><ul><li>come rápido </li></ul><ul><li>só tem tempo para o trabalho </li></ul><ul><li>sente culpa durante o lazer </li></ul>
  20. 20. Encarando o estresse <ul><li>os estressados sobreviveram e nós também sobreviveremos </li></ul><ul><li>os estressados tem mais chance de sobreviver no mundo empresarial </li></ul><ul><li>não arraste os problemas </li></ul><ul><li>expor-se ao estresse ao longo da vida </li></ul>
  21. 21. Encarando o estresse <ul><li>reconhecer as próprias fraquezas mesmo que seja penoso e assustador (ajuda profissional) </li></ul><ul><li>experiências difíceis nos tornam mais fortes </li></ul><ul><li>desenvolvimento de consciência e controle corporal em busca de um melhor manejo do estresse </li></ul><ul><li>Jacobson no dia-a-dia (expressão facial) </li></ul>
  22. 22. O que fazer? <ul><li>a recuperação pode ser obtida por: meditação, sono, cochilos, música (atividades recompensadoras diferentes para cada um) </li></ul><ul><li>estratégias ativas: correr, atividade sexual, falar, agir com humor </li></ul>
  23. 23. Nossa proposta: Comunhão
  24. 24. Mudança comportamento <ul><li>Inteligência emocional </li></ul><ul><li>Disciplina </li></ul><ul><li>Alimentação equilibrada </li></ul><ul><li>Exercícios físicos </li></ul>
  25. 25. Atividades recreativas <ul><li>Família </li></ul><ul><li>Hobbies </li></ul><ul><li>Experimente </li></ul><ul><li>Novas e antigas </li></ul><ul><li>Amizades </li></ul><ul><li>Durma ! </li></ul>
  26. 26. Viagens introspectivas! <ul><li>Tempo de vida >> trabalho, necessidades vitais ou livre >> obrigações sociais ou tempo de lazer >> lúdico (entretenimento) >>> atividades recreativas >> entorno habitual ou viagem !! </li></ul><ul><li>Nosso caso : viagens motivadas por desejo de contato com a natureza e outras culturas, em busca de atividades recreativas para redução dos níveis de stress. </li></ul>
  27. 27. Comunhão com a natureza, as pessoas e nós mesmos!
  28. 30. Cultive amizades!
  29. 31. Veja a vida a partir de uma nova perspectiva!
  30. 32. Quais os nossos objetivos? <ul><li>Objetivo Geral </li></ul><ul><li>Desenvolver a habilidade de comunicação dos participantes por meio da experiência vivida em um esporte interativo no ambiente natural. </li></ul><ul><li>Objetivos Específicos </li></ul><ul><ul><li>Vivenciar a Canoagem e a vida ao ar livre, provocando reflexão entre as similaridades entre este esporte e o trabalho cotidiano; </li></ul></ul><ul><ul><li>Sensibilizar os participantes quanto a importância da eficiência na comunicação inter-pessoal e do trabalho em equipe; </li></ul></ul><ul><ul><li>Ajudar no surgimento de coesão entre os colegas, além do momento do treinamento. </li></ul></ul>
  31. 33. Objetivos da apresentação <ul><li>informação </li></ul><ul><li>auto-avaliação </li></ul><ul><li>intervenção </li></ul>
  32. 34. <ul><li>Oficina do Comportamento LTDA - Diretor Técnico </li></ul><ul><li>Graduado pela Universidade Federal de São Carlos. Especialista em Terapia Comportamental </li></ul><ul><li>[email_address] </li></ul><ul><li>(13) 3235-7683 </li></ul>Pedro Quaresma Cardoso Psicólogo Comportamental CRP 06/83.140

×