Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
BIOGRAFIA DO MARQUÊS DE POMBAL<br />
O MARQUÊS DE POMBAL<br />O nome do Marquês de Pombal era Sebastião José de Carvalho e Melo, mas todos o <br />    conhecia...
 Entre 1738 e 1749, representou Portugal em Londres (Inglaterra) e em Viena (Áustria) em missões diplomáticas.Quando D. Jo...
Durante o seu trabalho como ministro, o Marquês de Pombal fez muitas reformas, que agradaram a alguns, mas na altura desag...
O Marquês de Pombal defendia o absolutismo, que é a ideia de que todos os poderes devem estar nas mãos do rei. Foi por iss...
Além das reformas que fez, o Marquês de Pombal tornou-se uma figura muito importante na História de Portugal por causa do ...
Foi ele que reconstruiu a baixa lisboeta com todas aquelas ruas paralelas e perpendiculares. Também mandou alterar o modo ...
O problema é que a maioria das pessoas (sobretudo nas classes altas, os nobres e o clero) não gostava das reformas que o M...
 Em 1779, depois de uma queixa contra ele feita por um comerciante muito importante, o Marquês de Pombal foi condenado ao ...
FIM<br />
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

BIOGRAFIA DO " MARQUÊS DE POMBAL"

30,900 views

Published on

Published in: Technology, Business

BIOGRAFIA DO " MARQUÊS DE POMBAL"

  1. 1. BIOGRAFIA DO MARQUÊS DE POMBAL<br />
  2. 2. O MARQUÊS DE POMBAL<br />O nome do Marquês de Pombal era Sebastião José de Carvalho e Melo, mas todos o <br /> conheciam por este título, que lhe foi dado pelo rei D. José.Sebastião José de Carvalho e Melo nasceu em Lisboa, em 1699. Apesar de pertencer a uma família nobre, os seus pais não tinham muito dinheiro. Mesmo assim, estudou na Universidade de Coimbra.<br />
  3. 3. Entre 1738 e 1749, representou Portugal em Londres (Inglaterra) e em Viena (Áustria) em missões diplomáticas.Quando D. José subiu ao trono, depois da morte de D. João V, Sebastião José de Carvalho e Melo foi chamado de volta à corte de Lisboa para ser ministro deste rei.Foi o rei D. José que lhe deu os dois títulos que teve. Primeiro, ganhou o título de Conde de Oeiras, em 1759, e, depois, o de Marquês de Pombal, em 1769.<br />
  4. 4. Durante o seu trabalho como ministro, o Marquês de Pombal fez muitas reformas, que agradaram a alguns, mas na altura desagradaram a muitos.Por exemplo, foi ele o principal responsável pela expulsão dos Jesuítas (membros de uma ordem religiosa católica), através do encerramento de vários colégios que eles tinham.<br />
  5. 5. O Marquês de Pombal defendia o absolutismo, que é a ideia de que todos os poderes devem estar nas mãos do rei. Foi por isso que tomou uma série de medidas para lhe dar mais poder e retirá-lo a classes sociais como o clero.Com esse objectivo, protegeu o comércio português, criou companhias monopolistas, reformou a Universidade de Coimbra e reorganizou o exército.Tudo isto para dar mais poder ao rei, mas era o Marquês que tinha tudo nas mãos!<br />
  6. 6. Além das reformas que fez, o Marquês de Pombal tornou-se uma figura muito importante na História de Portugal por causa do terramoto de Lisboa, que aconteceu em 1755.Depois do terramoto, o Marquês ficou responsável pela reconstrução da cidade.<br />
  7. 7. Foi ele que reconstruiu a baixa lisboeta com todas aquelas ruas paralelas e perpendiculares. Também mandou alterar o modo de construção das casas, para prevenir mais terramotos.É por isso que a baixa lisboeta é conhecida como “Baixa Pombalina&quot;.<br />
  8. 8. O problema é que a maioria das pessoas (sobretudo nas classes altas, os nobres e o clero) não gostava das reformas que o Marquês estava a fazer, porque lhes retirava privilégios e os impedia de fazerem o que queriam...Quando o rei D. José morreu e a rainha D. Maria I subiu ao trono, em 1777, o Marquês foi afastado do seu trabalho na corte.<br />
  9. 9. Em 1779, depois de uma queixa contra ele feita por um comerciante muito importante, o Marquês de Pombal foi condenado ao desterro! Como já era muito idoso, não o obrigaram a ir para o estrangeiro.O Marquês foi, então, para Pombal, onde viveu até ao dia da sua morte, em 8 de Maio de 1782.<br />
  10. 10. FIM<br />

×