2 - Concepcao

797 views

Published on

Published in: Business, Technology
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
797
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
27
Actions
Shares
0
Downloads
22
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

2 - Concepcao

  1. 1. Fase de Concepção (Início, Planejamento)
  2. 2. Objetivos <ul><li>Análise Preliminar </li></ul><ul><ul><li>Levantamento de Requisitos (parcial) </li></ul></ul><ul><ul><li>Organização de Requisitos </li></ul></ul><ul><ul><li>Modelo Conceitual Preliminar </li></ul></ul><ul><li>Planejamento das Iterações </li></ul>
  3. 3. Atividades <ul><li>Conhecer a empresa </li></ul><ul><li>Levantar requisitos </li></ul><ul><li>Organizar requisitos </li></ul><ul><li>Esboçar o modelo conceitual do sistema </li></ul><ul><li>Planejar o desenvolvimento </li></ul><ul><ul><li>Iterações </li></ul></ul><ul><ul><li>Cronograma </li></ul></ul><ul><ul><li>Recursos </li></ul></ul>
  4. 4. Artefatos <ul><li>Sumário Executivo </li></ul><ul><li>Documento de Requisitos </li></ul><ul><li>Casos de Uso </li></ul><ul><li>Modelo Conceitual </li></ul>
  5. 5. Sumário Executivo
  6. 6. Conhecimento da Empresa <ul><li>o que a empresa quer com o projeto? </li></ul><ul><li>Por que ele está sendo proposto? </li></ul><ul><li>Por que a empresa vai gastar dinheiro com o projeto? </li></ul><ul><li>O projeto é realizável? </li></ul><ul><li>A equipe de desenvolvimento tem condições de realizar este projeto? </li></ul><ul><li>O cliente tem dinheiro para pagar o desenvolvimento? </li></ul><ul><li>Há tempo disponível? </li></ul><ul><li>Comprar ou desenvolver? </li></ul>
  7. 7. Sumário Executivo <ul><li>O quê? </li></ul><ul><li>Onde? </li></ul><ul><li>Por quê? </li></ul><ul><li>Como? </li></ul><ul><li>3 páginas, no máximo </li></ul><ul><li>Também chamado de Visão Geral do Sistema </li></ul>
  8. 8. Sumário Executivo <ul><li>documento de texto em formato livre </li></ul>
  9. 9. Documento de Requisitos
  10. 10. Levantamento de Requisitos <ul><li>Entrevistas </li></ul><ul><li>Análise de Documentos </li></ul><ul><li>Estudo Bibliográfico Comparativo </li></ul>
  11. 11. Requisitos <ul><li>Requisitos funcionais correspondem à listagem de todas as coisas que o sistema deve fazer </li></ul><ul><li>Requisitos não funcionais são restrições que se coloca sobre como o sistema deve realizar seus requisitos funcionais </li></ul>
  12. 12. Requisitos Funcionais <ul><li>Requisitos funcionais evidentes são efetuados com conhecimento do usuário </li></ul><ul><li>Requisitos funcionais ocultos são efetuados pelo sistema sem o conhecimento explícito do usuário </li></ul>
  13. 13. Requisitos Não Funcionais <ul><li>Obrigatórios </li></ul><ul><li>Desejáveis </li></ul>
  14. 14. Requisitos Não Funcionais <ul><li>de interface </li></ul><ul><li>de implementação </li></ul><ul><li>de eficiência </li></ul><ul><li>de tolerância a falhas </li></ul><ul><li>etc. </li></ul>
  15. 15. Requisitos Não Funcionais <ul><li>Associados a requisitos funcionais </li></ul><ul><li>Suplementares </li></ul>
  16. 16. Requisitos Não Funcionais <ul><li>Permanentes </li></ul><ul><li>Transitórios </li></ul>
  17. 17. Requisitos Funcionais <ul><li>Código do requisito funcional (Ex.: F1, F2, F3, ...) </li></ul><ul><li>Nome do requisito funcional (especificação curta) </li></ul><ul><li>Descrição (especificação longa e detalhamento do requisito) </li></ul><ul><li>Categoria funcional: evidente ou oculto </li></ul>
  18. 18. Requisitos Não Funcionais <ul><li>Código do requisito não funcional (Ex.: NF1.1, NF1.2, ... NF2.1, NF2.2, ...) </li></ul><ul><li>Nome do requisito não funcional (especificação curta) </li></ul><ul><li>Restrição: especificação (longa) do requisito não funcional </li></ul><ul><li>Categoria: tipo de restrição: segurança, performance, compatibilidade, etc. </li></ul><ul><li>Obrigatoriedade: se o requisito é desejável ou obrigatório </li></ul><ul><li>Permanência: se o requisito é permanente ou transitório </li></ul>
  19. 19. Requisitos Funcionais e Não Funcionais Associados
  20. 20. Requisitos Suplementares
  21. 21. Desafios da Análise de Requisitos <ul><li>Como descobrir os requisitos </li></ul><ul><li>Como comunicar os requisitos para as outras fases ou equipes do projeto </li></ul><ul><li>Como lembrar dos requisitos durante o desenvolvimento e verificar se foram todos atendidos </li></ul><ul><li>Como gerenciar a mudança </li></ul>
  22. 22. Organização dos Requisitos <ul><li>Casos de Uso </li></ul><ul><li>Manutenção de Conceitos (Entidades) </li></ul><ul><li>Consultas/Relatórios </li></ul>
  23. 23. Casos de Uso
  24. 24. Caso de Uso <ul><li>Um cenário de interação usuário-sistema </li></ul><ul><ul><li>Ordenação de um subconjunto de requisitos funcionais, e seus requisitos não-funcionais associados, relacionado com o caso de uso </li></ul></ul><ul><li>Pouco detalhado na fase de concepção </li></ul><ul><li>Bastante detalhado na fase de elaboração (refinamento de casos de uso) </li></ul><ul><li>Dado um requisito funcional, ele deve aparecer em pelo menos um caso de uso </li></ul><ul><ul><li>Critério de validação do caso de uso </li></ul></ul>
  25. 25. Organizando Requisitos em Casos de Uso
  26. 26. Diagrama de Casos de Uso UML
  27. 27. Diagrama de Caso de Uso <ul><li>Em geral, na fase de concepção, um caso de uso não é decomposto </li></ul><ul><ul><li>Decomposição é detalhamento (fase de elaboração) </li></ul></ul>
  28. 28. Granulosidade de um Caso de Uso <ul><li>Um caso de uso deve ser mono-sessão, ou seja, executado em uma única interação e não se estendendo ao longo de vários dias </li></ul><ul><li>Um caso de uso deve ser interativo, com informações fluindo para dentro e para fora do sistema </li></ul><ul><li>Um caso de uso deve produzir uma alteração consistente na informação armazenada </li></ul><ul><ul><li>Uma seqüência de consultas puras ao sistema não caracteriza um caso de uso </li></ul></ul><ul><li>Duração de um caso de uso: de alguns minutos a 1 hora (Larman) </li></ul>
  29. 29. Granulosidade de um Caso de Uso <ul><li>Algumas operações relativamente simples e elementares (de um único passo), como o registro de uma fita, ou de um pagamento, não devem ser consideradas como casos de uso por si só (um único passo) </li></ul>
  30. 30. Modelo Conceitual Preliminar
  31. 31. Modelo Conceitual <ul><li>A entrada para o modelo conceitual são os casos de uso </li></ul><ul><ul><li>Cada conceito ou entidade, assim como seus relacionamentos, deve aparecer direta ou indiretamente nas descrições dos casos de uso </li></ul></ul>
  32. 32. Modelo Conceitual Preliminar
  33. 33. Modelo Conceitual <ul><li>Note que o modelo está incompleto </li></ul><ul><ul><li>Faltando contemplar o caso de uso Devolver Fitas </li></ul></ul>
  34. 34. Manutenção de Conceitos ou Entidades
  35. 35. Cada conceito normalmente tem associadas operações de: <ul><li>inserção (I) </li></ul><ul><li>alteração (A) </li></ul><ul><li>exclusão (E) </li></ul><ul><li>consulta (C) </li></ul>
  36. 36. Manutenção
  37. 37. Consultas / Relatórios
  38. 38. Organização de Requisitos em Consultas
  39. 39. Planejamento das Iterações
  40. 40. Planejamento do Desenvolvimento <ul><li>Alocar o desenvolvimento em ciclos iterativos de mesma duração </li></ul><ul><li>Estimativa de Esforço </li></ul>
  41. 41. Estabelecendo Prioridades <ul><li>Casos de Uso Críticos </li></ul><ul><li>Casos de Uso de Apoio </li></ul><ul><li>Manutenção de Conceitos </li></ul><ul><li>Consultas </li></ul>
  42. 42. Planejamento dos Ciclos Iterativos (Fase de Elaboração)
  43. 43. Cronograma de Execução <ul><li>Considerar </li></ul><ul><ul><li>Tempo total estimado para o projeto (em hora/pessoa) </li></ul></ul><ul><ul><li>Tempo disponível (em semanas ou meses) </li></ul></ul><ul><ul><li>Tamanho da equipe </li></ul></ul><ul><ul><li>Estruturação da equipe </li></ul></ul>
  44. 44. Planejamento com 4 equipes
  45. 45. Planejamento com 2 equipes
  46. 46. Observações <ul><li>Note que, associando requisitos não-funcionais a requisitos funcionais, a maior parte dos requisitos não-funcionais é implementada na fase de elaboração </li></ul><ul><ul><li>Fase de construção: requisitos suplementares </li></ul></ul><ul><li>Note também que, trabalhando com várias equipes, somente as atividades de implementação-testes são seqüênciais </li></ul><ul><ul><li>Atividades de análise-projeto podem ocorrer em paralelo </li></ul></ul>
  47. 47. Projeto do Curso
  48. 48. Projeto <ul><li>Fase Início (Concepção, Planejamento) </li></ul><ul><ul><li>Documento constando de: </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Sumário Executivo </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Requisitos Funcionais e (Não-funcionais Associados) </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Requisitos suplementares </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Casos de uso </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Modelo Conceitual </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Manutenção de Entidades </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Consultas / Relatórios </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Planejamento das Iterações </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>Prazo de entrega: 05/09 </li></ul></ul>

×