Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Catástrofes Naturais

52,914 views

Published on

  • Be the first to like this

Catástrofes Naturais

  1. 1. Catástrofes Naturais Grupo: Nº2 Ana Pinto Nº6 Bárbara Gonçalves
  2. 2. Índice <ul><li>Introdução………………………………………….1 </li></ul><ul><li>O que é um furacão?……………………………..2 </li></ul><ul><li>Como são formados os furacões?.....................3 </li></ul><ul><li>Curiosidades sobre Furacões…………………...4 </li></ul><ul><li>Classificação dos Furacões …………………….5 </li></ul><ul><li>O que é a trovoada?.........................................6 </li></ul><ul><li>Como se forma a trovoada?…………………….7 </li></ul><ul><li>Curiosidades sobre a trovoada……………….. </li></ul><ul><li>Classificação da trovoada……………………… </li></ul><ul><li>Tipos de Catástrofes Naturais…………………..8 </li></ul><ul><li>Conclusão………………………………………....9 </li></ul><ul><li>Bibliografia………………………………………..10 </li></ul>
  3. 3. Introdução <ul><li>Neste trabalho pretendemos relatar a importância de dois exemplos de catástrofes naturais: </li></ul><ul><li>-Furacões </li></ul><ul><li>-Trovoadas </li></ul>A palavra “furacão” tem origem entre os maias (povo que habitava a América Central antes da chegada dos conquistadores espanhóis, no final do século XV). De acordo com a mitologia maia, Huracan era o deus responsável pelas tempestades.
  4. 4. O que é um Furacão? <ul><li> O furacão é uma forte tempestade que forma ventos extremamente rápidos. O furacão é um ciclone (uma depressão) de forte intensidade. </li></ul>
  5. 5. Como são formados os Furacões? <ul><li>Quanto mais ar quente e húmido sobe, mais a temperatura diminui, o que ajuda a condensação do vapor em gotas de chuva para formar as nuvens. Quanto mais humidade e calor existirem, mais evaporação irá ocorrer, o que poderia provocar o surgimento de várias de tempestades. </li></ul>Os furacões formam-se depois dos raios do Sol baterem durante vários dias sobre o oceano, provocando o aquecimento da massa de ar situada perto do oceano.
  6. 7. Curiosidades sobre Furacões <ul><li>No interior dos furacões, os ventos variam entre 117 km/h e 300 km/h. Segundo a sua intensidade, o diâmetro do furacão pode atingir os 2.000 quilómetros e pode deslocar-se por vários milhares de quilómetros. </li></ul>Alguns deslocam-se à velocidade de 20 a 25km/h, apesar da velocidade excessiva dos ventos que o fazem girar.
  7. 8. Classificação dos Furacões <ul><li>Furacões são classificados em três grupos principais: depressões tropicais, tempestades tropicais, e um terceiro grupo cujo nome depende da região.   </li></ul>
  8. 9. O que é a trovoada? <ul><li>A trovoada é um facto atmosférico que se traduz </li></ul><ul><li>por descargas eléctricas, que se mostram por um clarão brusco e intenso, e por um ruído seco, quando está próxima, ou por um ruído surdo quando está longe. </li></ul><ul><li>Para uma trovoada se formar é necessário que exista </li></ul><ul><li>elevação de ar húmido numa atmosfera instável. </li></ul>
  9. 10. Tipos de Catástrofes Naturais <ul><li>1-Inundações </li></ul><ul><li>2-Cheias </li></ul><ul><li>3-Derrocadas </li></ul><ul><li>4-Aluimentos </li></ul><ul><li>5-Furacões </li></ul><ul><li>6-Secas </li></ul><ul><li>7-Desertificação </li></ul><ul><li>8-Vagas de calor 9-Vagas de frio </li></ul><ul><li>10- Avalanches </li></ul><ul><li>11-Sismos </li></ul><ul><li>12-Vulcões </li></ul>
  10. 11. Conclusão <ul><li>Com este trabalho adquirimos novas capacidades no âmbito da disciplina de Ciências Naturais. Aprendemos mais sobre o meio ambiente. </li></ul>
  11. 12. Bibliografia <ul><li>http://www.icess.ucsb.edu/gem/furacoes.htm </li></ul>
  12. 13. FIM

×