Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Intro Figuras De Linguagem

7,495 views

Published on

Published in: Technology
  • Be the first to comment

Intro Figuras De Linguagem

  1. 1. Introdu çã o à estilos e figuras de linguagem
  2. 2. Figura de linguagem é : <ul><li>Uma forma de express ã o que consiste no emprego de palavras em sentido figurado, isto é , em sentido diferente daquele em que convencionalmente s ã o empregadas. </li></ul>
  3. 3. Compara çã o <ul><li>É a figura de linguagem que consiste em aproximar dois seres em raz ã o de alguma semelhan ç a existente entre eles, de modo que as caracter í sticas de um sejam atribu í das ao outro, e sempre por meio de um elememto comparativo expresso: como, tal qual, semelhante a, que nem, etc. </li></ul>
  4. 4. Exemplo: “Meu cora çã o tombou na vida tal qual uma estrela ferida pela flexa de um ca ç ador.” (Cec í lia Meireles)
  5. 5. É a figura de linguagem que consiste no emprego de uma palavra com sentido que n ã o lhe é comum ou pr ó prio, sendo esse novo sentido resultante de uma rela çã o de semelhan ç a, de intersec çã o entre dois termos. Met á fora <ul><li>É a figura de linguagem que consiste no emprego de uma palavra com sentido que n ã o lhe é comum ou pr ó prio, sendo esse novo sentido resultante de uma rela çã o de semelhan ç a, de intersec çã o entre dois termos . </li></ul>
  6. 6. Exemplo: “O samba é o pai do prazer , O samba é o filho da dor .” (Caetano Veloso) “Pelos vales de teus olhos de claras á guas antigas meus sonhos passando v ã o.” (Cec í lia Meireles)
  7. 7. Meton í mia <ul><li>É uma figura de linguagem em que consiste na substitui çã o de uma palavra por outra em raz ã o de haver entre elas uma rela çã o de interdepend ê ncia, de inclus ã o, de implica çã o. </li></ul>
  8. 8. Exemplos: Conseguiu sucesso com determina çã o e suor . (trabalho) Para dar brilho,use bombril .(uma palha de a ç o) Nunca tive um teto pr ó prio. (casa)
  9. 9. Ant í tese <ul><li>É a figura de linguagem que consiste no emprego de palavras que se op õ em quanto ao sentido. </li></ul>
  10. 10. Exemplo: “O sonho de um c é u e de um mar E de uma vida perigosa Trocando o amargo pelo mel E as cinzas pelas rosas Te faz bem tanto quanto mal Faz odiar tanto quanto querer .” (Charly Garcia)
  11. 11. Paradoxo <ul><li>É a figura de linguagem que consiste no emprego de palavras que, embora opostas quanto ao sentido, se fundem em um enunciado. </li></ul>
  12. 12. Exemplo: “Amor é fogo que arde sem se ver É ferida que d ó i e n ã o se sente É um contentamento descontente É dor que desatina sem doer .” (Cam õ es)
  13. 13. Personifi çã o ou prosopop é ia <ul><li>É a figura de linguagem que consiste em atribuir linguagem, sentimentos e a çõ es pr ó prios dos seres humanos a seres inanimados ou irracionais . </li></ul>
  14. 14. Exemplo: “Minhas irm ã s s ã o belas, são ditosas …. Dorme a Á sia nas sombras volutuosas Dos har é ns do Sut ã o […] Mas eu, Senhor!…Eu triste , abandonada , Em meio dos desertos esgarrada, Perdida marcho em v ã o! (Castro Alves) ditosa: feliz, venturosa. Volutuosa: sensual, deleitosa .
  15. 15. Hip é rbole <ul><li>É a figura de linguagem que consiste em expressar uma id é ia com exagero . </li></ul>
  16. 16. Exemplo: “ Queria querer gritar setecentas mil vezes Como são lindas, como são lindos os burgueses!” (Caetano Veloso)
  17. 17. Eufemismo <ul><li>É a figura de linguagem que consiste no emprego de uma palavra ou express ã o no lugar de outra palavra ou expressão considerada desagrad á vel ou chocante . </li></ul>
  18. 18. Exemplo: “ Quando a indesejada das gentes chegar, (N ã o sei se dura ou caro á vel), Talvez eu tenha medo. Talvez sorria, ou diga: — Al ô , inilud í vel! (Manuel Bandeira) caroável: carinhosa, afetuosa, meiga. iniludível: que n ã o se pode iludir.
  19. 19. Ironia <ul><li>É a figura de linguagem que consiste em afirmar o contr á rio do que se quer dizer . </li></ul>
  20. 20. Exemplo: “Nunca conheci quem tivesse levado porrada. Todos os meus conhecidos t ê m sido campe õe s em tudo. […] Arre, estou farto de semideuses ! Onde é que h á gente no mundo?” (Fernando Pessoa)

×