O QUE É SOCIOLOGIA?

180,162 views

Published on

O QUE É SOCIOLOGIA? A sociologia constitui um projeto intelectual tenso e contraditório, materializado da seguinte maneira:

Para uns ela representa uma poderosa arma a serviço dos interesses dominantes.
Para outros trata-se de uma teoria dos movimentos revolucionários.

9 Comments
70 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total views
180,162
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
16,818
Actions
Shares
0
Downloads
4,639
Comments
9
Likes
70
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

O QUE É SOCIOLOGIA?

  1. 1. <ul><li>A Sociologia é uma ciência que estuda as sociedades humanas e os processos que interligam os indivíduos em associações , grupos e instituições . Enquanto que o indivíduo isolado é estudado pela Psicologia e a Antropologia . A Sociologia estuda os fenômenos que ocorrem quando vários indivíduos se encontram em grupos de tamanhos diversos, e interagem no interior desses grupos . </li></ul><ul><li>A Sociologia interessa-se pelo comportamento das pessoas enquanto seres sociais; a vida social dos humanos. Vai estudar desde o contato de indivíduos anónimos em uma rua até o processo global de socialização ( globalização ). </li></ul>O surgimento da sociologia
  2. 2. <ul><li>A Sociologia surgiu como uma disciplina no século XIX , na forma de uma resposta acadêmica para um desafio de modernidade: se o mundo está ficando menor e mais integrado, a experiência de pessoas do mundo é crescentemente atomizada e dispersada. Sociólogos não só esperavam entender o que unia os grupos sociais, mas também desenvolver um &quot;antídoto&quot; para a desintegração social. </li></ul><ul><li>Hoje os sociólogos pesquisam macroestruturas inerentes à organização da sociedade, como raça ou etnicidade , classe e gênero , além de instituições como a família ; processos sociais que representam divergência, ou desarranjos, nestas estruturas, inclusive crime e divórcio . E pesquisam os microprocessos como relações interpessoais. </li></ul>O surgimento da sociologia
  3. 3. <ul><li>Sociólogos confiam frequentemente em métodos quantitativos de pesquisa social (como a estatística ) para descrever padrões generalizados nas relações sociais, e para desenvolver modelos que possam ajudar a predizer mudanças sociais e como as pessoas responderão a essas mudanças. </li></ul><ul><li>Mas para algumas áreas da Sociologia (e para alguns sociólogos) acredita-se que métodos qualitativos — como entrevistas dirigidas, discussões em grupo e métodos etnográficos — permitam um melhor entendimento dos processos sociais. </li></ul>O surgimento da sociologia
  4. 4. <ul><li>Uma abordagem mediana apropriada é que ambos os métodos são complementares, do que se conclui que cada método pode complementar os resultados do outro. </li></ul><ul><li>Por exemplo, os métodos quantitativos podem descrever os padrões grandes ou gerais, enquanto as aproximações qualitativas podem ajudar entender como os indivíduos entendem ou respondem a essas mudanças. </li></ul>O surgimento da sociologia
  5. 5. <ul><li>História: </li></ul><ul><li>A Sociologia é um estudo relativamente novo entre outras Ciências Sociais , como a Economia , a Ciência Política , a Antropologia e a Psicologia . </li></ul><ul><li>O termo Sociologie foi cunhado por Auguste Comte , que esperava unificar todos os estudos relativos ao homem — inclusive a História , a Psicologia e a Economia. </li></ul><ul><li>Seu esquema sociológico era tipicamente positivista , (corrente que teve grande força no século XIX ), e ele acreditava que toda a vida humana tinha atravessado as mesmas fases históricas distintas e que, se a pessoa pudesse compreender este progresso, poderia prescrever os remédios para os problemas de ordem social. </li></ul>O surgimento da sociologia
  6. 6. <ul><li>No fim, a Sociologia não substituiu as outras ciências sociais, mas veio a ser outra entre elas, com suas próprias ênfases particulares em relação a tópicos e métodos de estudo. Hoje, a Sociologia estuda as organizações da humanidade e as instituições sociais, em grande parte por um método comparativo. Concentrou-se particularmente na organização de sociedades industriais complexas. </li></ul>O surgimento da sociologia
  7. 7. <ul><li>A ciência da sociologia: </li></ul><ul><li>Ainda que a sociologia tenha emergido em grande parte da convicção de Comte de que ela eventualmente suprimiria todas as outras áreas do conhecimento científico, hoje ela é mais uma entre as ciências. Pelo contrário, a sociologia passou a ser identificada com outras ciências sociais (i.e., psicologia , economia , etc.). </li></ul><ul><li>Atualmente, ela estuda organizações humanas, instituições sociais e suas interações sociais, aplicando mormente o método comparativo. Esta disciplina tem se concentrado particularmente em organizações complexas de sociedades industriais . </li></ul>O surgimento da sociologia
  8. 8. <ul><li>Áreas de estudo em Sociologia: </li></ul><ul><li>Os sociólogos estudam uma variedade muito grande de assuntos. </li></ul><ul><li>Segue uma pequena lista de áreas e tópicos de estudo na Sociologia </li></ul>Demografia social, Micro-sociologia, Sociologia Ambiental, Sociologia da cultura, Sociologia econômica, desenvolvimento econômico, Sociologia Industrial, Sociologia Médica, Sociologia Política, Sociologia da Religião, Rural, do Trabalho, Urbana, Leituras em sociologia, do Esporte e Lazer, da Educação Física. O surgimento da sociologia
  9. 9. <ul><li>Comparação com outras Ciências Sociais: </li></ul><ul><li>No começo do século XX , sociólogos e antropólogos que conduziam estudos sobre sociedades não-industrializadas ofereceram contribuições à Antropologia . </li></ul>O surgimento da sociologia <ul><li>Deve ser notado, entretanto, que mesmo a Antropologia faz pesquisa em sociedades industrializadas; a diferença entre Sociologia e Antropologia tem mais a ver com os problemas teóricos colocados e os métodos de pesquisa do que com os objetos de estudo. </li></ul>
  10. 10. <ul><li>A Etnologia , por sua vez, é o estudo sociológico das sociedades primitivas, e nesse aspecto se aproxima da Sociologia. </li></ul><ul><li>Quanto a Psicologia social , além de se interessar mais pelos comportamentos do que pelas estruturas sociais, ela se preocupa também com as motivações exteriores que levam o indivíduo a agir de uma forma ou de outra. Já o enfoque da Sociologia é na ação dos grupos, na ação geral. </li></ul>O surgimento da sociologia <ul><li>Já a Economia diferencia-se da Sociologia por estudar apenas um aspecto da integração social, aquele que se refere a produção e troca de mercadorias. Nesse aspecto, como mostrado por Karl Marx e outros, a pesquisa em Economia é freqüentemente influenciada por teorias sociológicas. </li></ul>
  11. 11. <ul><li>Por fim, a Filosofia social procura generalizar as explicações e procedimentos observados na sociedade, tentando construir uma teoria que possa explicar inclusive as variâncias no comportamento social; a Sociologia, por sua vez, é mais específica no tempo e no espaço. </li></ul><ul><li>Apesar de ainda estar em uma fase de desenvolvimento, principalmente teórico, a sociologia do Esporte, Lazer e Educação Física, entrou na agenda de estudos da sociologia influenciada pelos aspectos empírico. </li></ul>O surgimento da sociologia
  12. 12. <ul><li>O Esporte, por exemplo, é uma grande instituição social mobilizadora e aglutinadora de diversas sujeitos no Brasil e no mundo. Estes sujeitos são oriundos de culturas específicas e vivenciam problemas sociais e econômicos singulares provocando o interesse de diversos profissionais da Educação Física e do Esporte (não só), quanto a esta temática. </li></ul>O surgimento da sociologia
  13. 13. <ul><li>ORIGEM: </li></ul><ul><li>Platão e Aristóteles que primeiro trataram as questões humanas de forma sistemática e independente da religião. </li></ul><ul><li>Santo Agostinho que apresentou idéias e análises para as concepções jurídicas e sociológicas modernas. </li></ul><ul><li>São Tomás de Aquino retomou idéias do pensador helênico Aristóteles sobre as relações inter-humanas, mas sem se afastar da orientação cristã. </li></ul><ul><li>No período da Renascença, as obras propunham normas que entrosassem política e economia, como Utopia , de Thomas Morus. </li></ul>O surgimento da sociologia
  14. 14. <ul><li>Uma das tradições da sociologia que se comprometeu com a defesa da ordem instalada pelo capitalismo, teve no pensamento conservador uma rica fonte de inspiração para formular os seus principais conceitos explicativos da realidade (p.36). </li></ul><ul><li>Estes, outrora chamados “profetas do passado”, construíram suas obras contra os iluministas. </li></ul>O surgimento da sociologia <ul><li>No século XVII, Montesquiel, Humer, Adam smith e Rousseau elaboraram grandes obras de grande valor no campo da política, economia e sociologia. </li></ul><ul><li>Tais pensadores se inspiravam no pensamento, na sociedade feudal e na sua organização hierárquica e estável. </li></ul>
  15. 15. <ul><li>Época de grandes obras criadas por esse autores citados a cima, analisando através dessas obras estudos sociológicos, metodológicos, psíquicos, as mudanças sociais, independência, condutas e elementos culturais. </li></ul><ul><li>DESENVOLVIMENTO: </li></ul><ul><li>No desenvolvimento da sociologia existiam os grandes estudiosos como, Émile Durkheim, Ferdinand Tonnies, Gabriel Tarde, Charles H. Cooley, Georg Simmel, Max Weber, Vilfredo Pareto, Piritim A. Sorokin, Talcott Parsons e Robert K Merton. </li></ul>O surgimento da sociologia
  16. 16. <ul><li>Graças a especialistas estrangeiros foram publicadas, nestas universidades, obras de sistematização teórica que permitiram o nascimento de uma geração de sociólogos formada dentro do país. </li></ul><ul><li>A SOCIOLOGIA BRASILEIRA: A sociologia brasileira começou a ganhar identidade no início da década de 1930, com a publicação de trabalhos como Casa grande e senzala, de Gilberto Freyre, e Formação do Brasil contemporâneo (Colônia), de Caio Prado Jr. Esses livros coincidiram com o início dos primeiros cursos de Ciências Sociais nas principais universidades do Rio de Janeiro e São Paulo. </li></ul>O surgimento da sociologia
  17. 17. <ul><li>Neste período, pensadores de formação marxista influenciaram fortemente a produção intelectual nacional. Entre estes pensadores está Fernando Henrique Cardoso, que já foi nosso presidente da República. No final da década de 1980, a falência, na prática, da ideologia socialista gerou uma crise no pensamento sociológico brasileiro. </li></ul><ul><li>Neste contexto, começou a se destacar a obra de Florestan Fernandes, na qual a preocupação com a interpretação do fato social tinha mais relevância do que, apenas, sua descrição. Na década de 1960, a sociologia brasileira conheceu sua idade de ouro. </li></ul>O surgimento da sociologia
  18. 18. <ul><li>A SOCIOLOGIA LATINO- AMERICANA: </li></ul><ul><li>A sociologia dentro da América latina visava questões existentes e características das sociedades subdesenvolvidas, conhecidas como países do terceiro mundo, que ainda estavam em desenvolvimento. </li></ul><ul><li>Para substituir as proposições perdidas e responder as novas perguntas da sociedade contemporânea, os pensadores resgataram os autores clássicos da sociologia mundial, como o francês Émile Durkheim e o alemão Max Weber. Nessa nova geração, destacam-se os trabalhos de Renato Ortiz, no campo da cultura, e de Ricardo Antunes, no campo das relações trabalhistas. </li></ul>O surgimento da sociologia
  19. 19. <ul><li>Para Burke (1729-1797), Maistre (1754-1821) Bonald (1754-1840), era importante o resgate das instituições feudais: a religiosa, monárquica e aristocrática, que estavam sendo desmoronadas. </li></ul><ul><li>Segundo os conservadores, a sociedade moderna encontrava-se em declínio. </li></ul><ul><li>As idéias dos conservadores se estabeleceriam enquanto um ponto de referência para os pioneiros da sociologia, estes, interessados na preservação da nova ordem econômica e política que estava sendo implantada nas sociedades européias ao final do século passado.(p.39) </li></ul>O surgimento da sociologia
  20. 20. <ul><li>Destacam-se Saint-Simon, Augusto Comte e Emile Durkheim, em que as idéias dos conservadores provocariam grande influência. </li></ul><ul><li>Saint-Simon é saudado como um autor de idéias positivistas (Durkheim) e de idéias socialistas (Engels). </li></ul><ul><li>A união dos industriais com os homens da ciência, formando a elite da sociedade e conduzindo os seus rumos, era a força capaz de trazer ordem e harmonia à emergente sociedade industrial. </li></ul>O surgimento da sociologia
  21. 21. <ul><li>Para alguns, a nova ciência deveria descobrir as leis do progresso e do desenvolvimento social. </li></ul><ul><li>Acreditavam que a melhoria das condições de vida dos trabalhadores deveria ser iniciativa das elites formada pelos industriais e cientistas. </li></ul>O surgimento da sociologia
  22. 22. <ul><li>Comte (1798-1857), pensador menos original, porém mais sistemático, foi durante certo período seu secretário particular. Comte defende sem ambigüidade as idéias conservadoras. </li></ul><ul><li>Segundo Comte as sociedades européias se encontravam em um estado profundo de caos. </li></ul><ul><li>Em seus trabalhos, sociologia e positivismo aparecem intimamente ligados, uma vez que a criação desta ciência marcaria o triunfo final do positivismo no pensamento humano. </li></ul><ul><li>Para Comte a sociologia é o coroamento da evolução do conhecimento cientifico. </li></ul><ul><li>Para este autor um dos pontos altos da sociologia era a reconciliação entre “ordem” e o “progresso”. </li></ul>O surgimento da sociologia
  23. 23. <ul><li>Durkheim (1858-1917), também vai se preocupar com a questão da ordem social e com o estabelecimento do objeto da sociologia, assim como o seu método de investigação. </li></ul><ul><li>É através deste autor que a sociologia ganha espaço no mundo acadêmico. </li></ul><ul><li>Uma de suas preocupações, relaciona-se a responder as formulações das teorias socialistas em expansão. </li></ul><ul><li>A sociologia deveria se preocupar com os fatos sociais que se apresentavam aos indivíduos como exteriores e coercitivos. </li></ul><ul><li>Para este autor, a educação deverá repassar as gerações futuras, os costumes, as crenças religiosas e o sistema financeiro. (p.49) </li></ul><ul><li>A sociologia positivista deveria analisar a sociedade da mesma forma que os fenômenos da natureza. </li></ul>O surgimento da sociologia
  24. 24. <ul><li>Merton e Parsons são os responsáveis pelo desenvolvimento do funcionalismo moderno e pela integração da contribuição de Durkheim ao pensamento sociológico contemporâneo. </li></ul><ul><li>O pensamento socialista por sua vez realizará uma crítica radical a esse tipo histórico de sociedade colocando em evidencias os seus antagonismos e contradições (p.51) </li></ul><ul><li>É a partir de sua perspectiva teórica que e a sociedade capitalista passa a ser analisada. </li></ul>O surgimento da sociologia
  25. 25. <ul><li>A formação e o desenvolvimento do conhecimento sociológico crítico e negador da sociedade capitalista, liga-se a Marx (1818-1883) e Engels (1920-1903). </li></ul><ul><li>A rigor estes pensadores não se encontram interessados em fundar a sociologia como disciplina específica. </li></ul><ul><li>A formação teórica do socialismo marxista constitui uma complexa operação intelectual onde se articulam três ramos do saber, quais sejam: o socialismo, a dialética e a economia política. </li></ul><ul><li>O socialismo utópico ou pré-marxista constituía uma clara reação à nova realidade implantada pelo capitalismo, principalmente em relação ao processo de exploração. Este tipo de socialismo também é criticado por Marx e Engels. </li></ul>O surgimento da sociologia
  26. 26. <ul><li>Existem quatro sociólogos considerados os principais precursores da sociologia: </li></ul><ul><ul><li>Henri de Saint-Simom. </li></ul></ul><ul><ul><li>Pierre-Joseph Proudhon. </li></ul></ul><ul><ul><li>August Comte. </li></ul></ul><ul><ul><li>Herbert Spencer. </li></ul></ul><ul><li>Há três pensadores que são considerados clássicos da sociologia: </li></ul><ul><ul><li>Émile Durkheim. </li></ul></ul><ul><ul><li>Max Weber. </li></ul></ul><ul><ul><li>Karl Marx. </li></ul></ul>O surgimento da sociologia

×