Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Coca-Cola

16,016 views

Published on

Published in: Technology, Business
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Coca-Cola

  1. 2. <ul><li>Posição e atividades: </li></ul><ul><li>É a maior companhia de bebidas não-alcoólicas do mundo, possuindo quatro das cinco marcas mais vendidas. </li></ul><ul><li>- A firma terceiriza os engarrafamentos e vende cerca de 400 marcas de bebidas em torno de 200 países. </li></ul>
  2. 3. Histórico: Em 1886, o farmacêutico John Stith Pemberton produziu o xarope original da Coca-Cola, vendida como Pemberton’s French Wine Coca, uma &quot;bebida para curar a todos os males&quot; e vendia cerca de 9 garrafas ao dia. Como resposta a leis proibitivas locais, foi criada uma versão não-alcoólica e e um novo nome foi criado pelo parceiro de Pemberton, Frank Mason Robinson. Sem perceber o potencial da bebida, Pemberton vendeu parte de seu negócio a vários parceiros, e perto de sua morte, vendeu o restante a Asa G. Candler,um homem de negócios que logo se empenhou a comprar os direitos restantes e ficar com o controle total. Com apoio em marketing, as vendas começaram a decolar e ele passou a dedicar total atenção na nova bebida, em detrimento de seus negócios no ramo farmacêutico. Com mais quatro sócios, incluindo seu irmão, foi fundada a Coca-Cola Company, com capital inicial de 100.000 dólares. Com o crescimento da demanda, foi erigido, 1898 a primeira construção dedicada exclusivamente à produção do xarope e para o gerenciamento dos negócios.
  3. 4. Começo do Engarrafamento: Enquanto Candler punha esforços no crescimento das vendas dos dispensers de refrigerante, Joseph A. Biedenharn, que começou a engarrafar vidros de Coca-Cola para vender nas fazendas e campos de extração de madeira em torno do Rio Mississipi, tornou-se o primeiro engarrafador de Coca-Cola. O engarrafamento em larga escala tornou-se possível 1899, quando Benjamin F. Thomas e Joseph B. Whitehead - e posteriormente John T. Lupton - asseguraram direitos exclusivos de envasamento e venda de Coca-Cola em quase todos os estados norte-americanos. Com a abertura de dois locais de engarrafamento em dois anos seguidos, o grupo se deu conta de que não teria condições de levantar capital suficiente para abrir unidades de engarrafamento no mundo inteiro, e decidiram procurar capital de fora e contratar pessoas para dirigir as operações em áreas geográficas pré-definidas. As unidades de envasamento cresceram de duas a mil em vinte anos. Com o crescimento do negócio e o desenvolvimento da indústria de alta-performance, aliado à também crescente eficiência logística, mais e mais consumidores tiveram acesso aos produtos, e hoje em dia o sistema de engarrafamento da Coca-Cola é uma das maiores e mais onipresentes redes de distribuição mundiais.
  4. 5. Prestígio: Em 1919, a Coca-Cola Company foi vendida ao grupo Woodruff por 25 milhões, e houve então a abertura da empresa para o mercado de ações. Woodruff filho, já em 1930, fez do departamento estrangeiro uma subsidiária conhecida como The Coca-Cola Export Corporation. A essa altura, o número de países com operações de envasamento tinha quadriplicado e a companhia estava em parceria com os Jogos Olímpicos. Na década de 60 a companhia passou a produzir outras bebidas, houve a incorporação da companhia Minute Maid. Nos anos seguintes, muito da história da empresa foi contada pela propaganda, e a própria Coca-Cola mudou junto com o mundo, alcançando novos grupos consumidores através de novos canais, notoriamente a televisão. O Poder e Prestígio da Coca-Cola ficaram claros 20 anos mais tarde, quando em 1988, três diferentes avaliações independentes conduzidas no mundo pela Landor & Associates confirmam a Coca-Cola como a marca mais conhecida mundialmente .
  5. 6. Lovemark: Em função de algumas leis locais da época de sua criação, a French Wine Coca teve de ter seu conteúdo alterado em função da presença de álcool, e o parceiro de Pemberton se encarregou da logotipia, que visionou a presença constante e destacada dos dois &quot;C's&quot; da Coca-Cola em qualquer campanha publicitária e foi ele também que escolheu a distinta escrita cursiva do logo. A fonte usada, conhecida como Spencerian Script, foi desenvolvida em meio ao século 19 e era a forma dominante de escrita à mão nos Estados Unidos durante esse período. Não é somente a logotipia em fundo vermelho que torna a marca tão icônica, mas também sua igualmente famosa garrafa, também patenteada em função de uma série de imitações, que deveria servir para destacar a original em meio às outras
  6. 7. A descrição original da garrafa enfatiza que esta deverá ser reconhecível mesmo se seus componentes estiverem em pedaços, e que sua forma deve ser facilmente reconhecível por tato ou mesmo submersa em um recipiente com gelo. Como resultado, uma competição de design foi feita em 1915 e foi ganha por Alexander Samuelsson e Earl R. Dean da Root Glass Company. Os designers se inspiraram na casca de noz de cola e levaram as curvas verticais para a garrafa. A companhia de vidros Georgia Green foi usada para criar as curvas registradas e a garrafa esverdeada teve a gravada a escrita Coca-Cola em alto-relevo. Depois de muita discussão a respeito, o registro de patente da garrafa finalmente aconteceu em 1960. A combinação de um nome de pronúncia fácil, coloração em vermelho vivo e formato característico da garrafa tornaram a Coca-Cola a marca mais famosa do mundo, bastando um lampejo em vermelho e uma linha branca em curva para fazer as pessoas lembrarem-se do refrigerante.

×