Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Projectos da CRIE

Projectos da CRIE

  • Login to see the comments

  • Be the first to like this

Projectos da CRIE

  1. 2. CRIE (Computadores, Rede e Internet na Escola)  Análise de alguns projectos
  2. 3. Nome : Competências Básicas em TIC nas EB1 (CBTIC@EB1)
  3. 4. Período de duração : <ul><li>Implementado em 2002 </li></ul><ul><li>(pelo então MCT e posteriormente, pelo FCCN) </li></ul>
  4. 5. Objectivos : <ul><li>Consolidar junto das escolas, dos alunos, dos professores e da comunidade educativa em geral, o desenvolvimento de competências básicas em TIC; </li></ul><ul><li>Desenvolver competências gerais expressas no currículo nacional do Ensino Básico referentes a saberes culturais científicos e tecnológicos; </li></ul><ul><li>Desenvolver junto dos alunos e professores a capacidade de publicação na web, construção de portfólios como forma de partilhar, socializar os trabalhos ou projectos. </li></ul>
  5. 6. Forma de organização : <ul><li>O desenvolvimento do currículo de TIC nos Ensinos Básico e Secundário e respectiva formação de professores; </li></ul><ul><li>Promoção e dinamização do uso dos computadores, de redes e da Internet das escolas; </li></ul><ul><li>O apetrechamento e manutenção de equipamentos de TIC nas escolas. </li></ul>
  6. 7. Resultados/impactos pretendidos : <ul><li>Fazer da sociedade da informação e do conhecimento uma alavanca para a coesão social e modernização económica do país; </li></ul>
  7. 8. Nome : moodle-edu-pt
  8. 9. Período de duração : <ul><li>Julho de 2005 – Junho 2007 </li></ul>(criado por Martin Dougiamas e é actualmente desenvolvido em modelo de comunidade de voluntários)
  9. 10. Objectivos : <ul><li>Tornar o ensino mais dinâmico para todos os intervenientes do Ensino Básico e Secundário através da apropriação generalizada da plataforma moodle, plataforma de gestão ensino-aprendizagem; </li></ul>
  10. 11. Características do moodle : <ul><li>Comparação favorável com outros sistemas LMS; </li></ul><ul><li>Plataforma de código aberto/open source e constituir software livre, com custo de partida nulo; </li></ul><ul><li>Possui muitos interessados ( utilizadores, programadores, educadores) que continuamente contribuem para a sua melhoria e desenvolvimento. </li></ul>
  11. 12. A plataforma moodle destina-se a : <ul><li>disponibilizar um espaço on-line/em-linha de apoio ao desenvolvimento de acções da equipa de missão CRIE, designadamente na área de formação de professores TIC, de projectos educativos em TIC e outras desenvolvidas pela equipa de missão ou pelos seus parceiros; </li></ul><ul><li>criar a &quot;pedra fundadora&quot; do projecto moodle - edu - pt. </li></ul>
  12. 13. Forma de organização : <ul><li>Este projecto apresenta 4 fases: </li></ul><ul><li>Fundação (Julho 2005) - instituída com a criação do moodle.crie, apresentará este sistema aos parceiros e à comunidade educativa, apoiará o desenvolvimento de formação, de projectos e de grupos de trabalho ou de espaços de comunidade educativa. </li></ul><ul><li>Divulgação (Janeiro 2006) - através da criação de moodles nos Centros de Competência que podem ser utilizados como espaços de apoio e formação no âmbito das actividades dos Centros de Competência, e como nascimentos de espaços moodle dos centros de formação de professores no âmbito; </li></ul>
  13. 14. Forma de organização : <ul><li>Disseminação (previsto 2º e 3º período 2005/2006) - pela criação voluntária de sistemas por dinamizadores do uso das TIC; </li></ul><ul><li>Generalização (previsto 2º e 3º período 2006/2007) - com a disponibilização de um serviço moodle para cada escola interessada, a cargo da FCCN - Fundação para a Computação Científica Nacional </li></ul>
  14. 15. Resultados : <ul><li>espera-se que a crescente comunidade de utilizadores educativos portugueses cresça de forma a atingir a massa crítica necessária a que o seu uso possa ser explorado colaborativamente e usado de forma rotineira o moodle como enriquecedor das situações de ensino e de aprendizagem </li></ul>
  15. 16. Nome : Seguranet
  16. 17. Período de duração : <ul><ul><ul><li>Este projecto surge na continuidade de um outro que decorreu entre 2004 e 2006; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>No sentido de não existirem interrupções na transição de um projecto para o outro foram programadas para 2007 um conjunto de novas actividades. </li></ul></ul></ul>
  17. 18. Objectivos : <ul><ul><ul><li>Promover uma utilização esclarecida, crítica e segura da Internet, quer pelas crianças e jovens, quer pelas famílias, trabalhadores e cidadãos no geral; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Alargar as acções de sensibilização e promoção de uma utilização segura da Internet a outros sectores da sociedade, bem como criando uma linha de atendimento (hotline) para denúncia de conteúdos ilegais ou lesivos dos utilizadores. </li></ul></ul></ul>
  18. 19. Formas de Organização : <ul><ul><ul><li>A Agência para a Sociedade do Conhecimento, IP (UMIC), a Direcção Geral de Inovação e Desenvolvimento Curricular/ Equipa de Missão Computadores, Redes e Internet na Escolas (DGIDC/CRIE), a Fundação para a Computação Científica Nacional (FCCN) e a Microsoft (MSFT – Software para Microcomputadores Lda), submeteram no âmbito do programa Europeu Safer Internet Plus, uma candidatura para promoção e consciencialização pública da utilização segura da Internet. </li></ul></ul></ul>
  19. 20. Formas de Organização : <ul><ul><ul><li>Os mais jovens podem encontrar no novo sítio da Internet divertidos jogos sobre o tema “diverte-te e aprende&quot;, os encarregados de educação podem encontrar um interessante “guia para pais&quot;, os professores podem encontrar um “guia para professores&quot; e os responsáveis pelas salas de informática nas escolas encontram informações e sugestões para “gestão em segurança&quot;. </li></ul></ul></ul>
  20. 21. Nome : Sacausef
  21. 22. Objectivos : <ul><ul><ul><li>Alargar o processo de avaliação e de certificação a “sítios virtuais” de natureza pedagógica; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Contribuir para promover a utilização de “software livre”; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Estimular a utilização de ferramentas de e-learning; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Contribuir para a qualidade dos processos de educação à distância através da internet. </li></ul></ul></ul>
  22. 23. <ul><li>Trabalho elaborado por: </li></ul><ul><ul><ul><ul><ul><li>Filipa Monteiro </li></ul></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><ul><li>Elisabete Pinto </li></ul></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><ul><li>Patrícia Duarte </li></ul></ul></ul></ul></ul>

×