Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
Dilatação Térmica <ul><li>Conteúdo de física </li></ul><ul><li>Prof. Sergio Antonio </li></ul><ul><li>Colégio Professor Fe...
<ul><li>Com aumento de temperatura; </li></ul><ul><li>Aumenta a agitação térmica </li></ul><ul><li>Maiores distâncias entr...
Dilatação Linear
<ul><li>Empiricamente, pode-se provar que a dilatação Linear de um corpo depende: </li></ul><ul><li>a) Da variação da Temp...
Dilatação Linear  Δl <ul><li>Δl   é diretamente proporcional ao comprimento inicial ( lo) e à variação de temperatura (Δθ)...
Constante de proporcionalidade. <ul><li>α  –  coeficiente de dilatação linear do material (depende do material).  </li></ul>
Unidades de α: Grau Celsius recíproco  =  ºC ־ ¹
Tabela de algumas substâncias.
Observação <ul><li>Para se obter o comprimento final l, basta-se  acrescentar ao lo, a dilatação  Δl. </li></ul><ul><li>l ...
Gráfico da dilatação linear
Tangente do ângulo.
Algumas aplicações
Dilatação Superficial
<ul><li>Consideremos a </li></ul><ul><li>dilatação linear  </li></ul><ul><li>em duas  </li></ul><ul><li>dimensões da </li>...
Dilatação linear  a  e dilatação linear  b
Valores desprezíveis
Desenvolvendo a expressão anterior
Coeficiente de dilatação superficial
Vão para dilatação das plataformas de um viaduto.
Dilatação Volumétrica
 
V = a o .b o .c o <ul><li>Por meio de raciocínio semelhante ao que fizemos para dilatação superficial, teremos: </li></ul>
Relação entre  α, β e  γ <ul><li>β = 2α  γ = 3α </li></ul>
Importante saber:
Perguntas??? <ul><li>Empírico? </li></ul><ul><li>Homogêneo? </li></ul><ul><li>Isótropo? </li></ul>
Lâminas bi-metálicas <ul><li>Feitas de duas tiras de metais diferentes; </li></ul><ul><li>Mantém-se retilíneas nas tempera...
Dilatação de um sólido
 
Dilatação dos líquidos
<ul><li>Estuda-se somente a dilatação volumétrica. </li></ul><ul><li>V = Vo +  ΔV  e  ΔV = γ.Vo. Δθ </li></ul>
Dilatação aparente do líquido ΔV ap
<ul><li>ΔV ap   –  quantidade de líquido que </li></ul><ul><li>transborda do  recipiente (aparente) </li></ul><ul><li>ΔV r...
Coeficiente de dilatação (  γ ) <ul><li>γ = γ rec  +  γ ap  </li></ul>
Valores médios de coeficientes de dilatação real de alguns líquidos.
Dilatação anômala da água
Ponte de hidrogênio <ul><li>No estado sólido, os átomos de oxigênio, unem-se aos átomos de hidrogênio, através da ligação ...
Rompimento da ponte. <ul><li>Quando a água é aquecida de 0 ºC a 4 ºC, as </li></ul><ul><li>pontes de hidrogênio rompem-se....
Anomalia da água <ul><li>Os diagramas ilustram o comportamento do volume e da densidade em função da temperatura da água. ...
GELO – Isolante térmico
Esse conteúdo você encontrará no site abaixo: <ul><li>http://www.slideshare.net/prof.sergio </li></ul>
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×
Upcoming SlideShare
#2 título e volume específico propriedades termodinâmica
Next
Download to read offline and view in fullscreen.

6

Share

Download to read offline

DilataçãO TéRmica

Download to read offline

Related Books

Free with a 30 day trial from Scribd

See all

Related Audiobooks

Free with a 30 day trial from Scribd

See all

DilataçãO TéRmica

  1. 1. Dilatação Térmica <ul><li>Conteúdo de física </li></ul><ul><li>Prof. Sergio Antonio </li></ul><ul><li>Colégio Professor Fernando Moreira caldas </li></ul>
  2. 2. <ul><li>Com aumento de temperatura; </li></ul><ul><li>Aumenta a agitação térmica </li></ul><ul><li>Maiores distâncias entre as moléculas. </li></ul>
  3. 3. Dilatação Linear
  4. 4. <ul><li>Empiricamente, pode-se provar que a dilatação Linear de um corpo depende: </li></ul><ul><li>a) Da variação da Temperatura ( Δθ ) </li></ul><ul><li>b) Do comprimento inicial ( lo ) </li></ul>
  5. 5. Dilatação Linear Δl <ul><li>Δl é diretamente proporcional ao comprimento inicial ( lo) e à variação de temperatura (Δθ). </li></ul>
  6. 6. Constante de proporcionalidade. <ul><li>α – coeficiente de dilatação linear do material (depende do material). </li></ul>
  7. 7. Unidades de α: Grau Celsius recíproco = ºC ־ ¹
  8. 8. Tabela de algumas substâncias.
  9. 9. Observação <ul><li>Para se obter o comprimento final l, basta-se acrescentar ao lo, a dilatação Δl. </li></ul><ul><li>l = lo + Δl </li></ul><ul><li>l = lo + α.lo.Δθ </li></ul><ul><li>l = lo (1 + α.Δθ ) </li></ul>
  10. 10. Gráfico da dilatação linear
  11. 11. Tangente do ângulo.
  12. 12. Algumas aplicações
  13. 13. Dilatação Superficial
  14. 14. <ul><li>Consideremos a </li></ul><ul><li>dilatação linear </li></ul><ul><li>em duas </li></ul><ul><li>dimensões da </li></ul><ul><li>superfície: </li></ul>
  15. 15. Dilatação linear a e dilatação linear b
  16. 16. Valores desprezíveis
  17. 17. Desenvolvendo a expressão anterior
  18. 18. Coeficiente de dilatação superficial
  19. 19. Vão para dilatação das plataformas de um viaduto.
  20. 20. Dilatação Volumétrica
  21. 22. V = a o .b o .c o <ul><li>Por meio de raciocínio semelhante ao que fizemos para dilatação superficial, teremos: </li></ul>
  22. 23. Relação entre α, β e γ <ul><li>β = 2α γ = 3α </li></ul>
  23. 24. Importante saber:
  24. 25. Perguntas??? <ul><li>Empírico? </li></ul><ul><li>Homogêneo? </li></ul><ul><li>Isótropo? </li></ul>
  25. 26. Lâminas bi-metálicas <ul><li>Feitas de duas tiras de metais diferentes; </li></ul><ul><li>Mantém-se retilíneas nas temperaturas que foram coladas; </li></ul><ul><li>No ferro elétrico funciona como termostato. </li></ul>
  26. 27. Dilatação de um sólido
  27. 29. Dilatação dos líquidos
  28. 30. <ul><li>Estuda-se somente a dilatação volumétrica. </li></ul><ul><li>V = Vo + ΔV e ΔV = γ.Vo. Δθ </li></ul>
  29. 31. Dilatação aparente do líquido ΔV ap
  30. 32. <ul><li>ΔV ap – quantidade de líquido que </li></ul><ul><li>transborda do recipiente (aparente) </li></ul><ul><li>ΔV rec - dilatação do recipiente. </li></ul><ul><li>ΔV - dilatação real do líquido </li></ul><ul><li>ΔV = ΔV rec + ΔV ap </li></ul>
  31. 33. Coeficiente de dilatação ( γ ) <ul><li>γ = γ rec + γ ap </li></ul>
  32. 34. Valores médios de coeficientes de dilatação real de alguns líquidos.
  33. 35. Dilatação anômala da água
  34. 36. Ponte de hidrogênio <ul><li>No estado sólido, os átomos de oxigênio, unem-se aos átomos de hidrogênio, através da ligação ponte de hidrogênio. </li></ul><ul><li>Entre as moléculas </li></ul><ul><li>formam-se grandes </li></ul><ul><li>vazios, aumentado o </li></ul><ul><li>volume externo. </li></ul>
  35. 37. Rompimento da ponte. <ul><li>Quando a água é aquecida de 0 ºC a 4 ºC, as </li></ul><ul><li>pontes de hidrogênio rompem-se. </li></ul><ul><li>As moléculas passam a ocupar os vazios; </li></ul><ul><li>provocando uma contração. </li></ul><ul><li>Portanto neste intervalo </li></ul><ul><li>de temperatura ocorre, uma </li></ul><ul><li>diminuição de Volume. </li></ul>
  36. 38. Anomalia da água <ul><li>Os diagramas ilustram o comportamento do volume e da densidade em função da temperatura da água. </li></ul>
  37. 39. GELO – Isolante térmico
  38. 40. Esse conteúdo você encontrará no site abaixo: <ul><li>http://www.slideshare.net/prof.sergio </li></ul>
  • CarlosEduardo2553

    Jun. 26, 2020
  • ThiagoMarrettodeOliv

    Sep. 8, 2019
  • SimonedaCunhaAlmeida

    May. 20, 2018
  • Edivania36

    May. 31, 2017
  • VitriaMelo9

    Mar. 1, 2017
  • edjeine

    Jul. 24, 2014

Views

Total views

21,208

On Slideshare

0

From embeds

0

Number of embeds

105

Actions

Downloads

842

Shares

0

Comments

0

Likes

6

×