Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Circuitos ElectróNicos E AplicaçõEs Da ElectróNica

13,918 views

Published on

Published in: Technology, Business

Circuitos ElectróNicos E AplicaçõEs Da ElectróNica

  1. 1. Circuitos electrónicos e aplicações da electrónica
  2. 2. O que são circuitos electrónicos? <ul><li>Os circuitos electrónicos são casos particulares dos circuitos eléctricos onde se integram componentes electrónicos de dimensões muito reduzidas, que permitem controlar e regular. </li></ul>
  3. 3. Quais as diferenças entre um circuito eléctrico e um circuito electrónico? <ul><li>Os circuitos electrónicos: </li></ul><ul><li>São percorridos por corrente eléctrica de intensidade muito baixa. </li></ul><ul><li>São constituídos por componentes electrónicos de dimensões muito reduzidas. </li></ul><ul><li>Permitem controlar e regular. </li></ul>
  4. 4. Quais os componentes mais comuns de um circuito electrónico? <ul><li>Díodos </li></ul><ul><li>Resístores </li></ul><ul><li>Resistências variáveis com a luz </li></ul><ul><li>Potenciómetros </li></ul><ul><li>Condensadores </li></ul><ul><li>Termístores </li></ul><ul><li>Transístores </li></ul>
  5. 5. <ul><li>Díodos </li></ul><ul><li>Constituídos basicamente por dois semicondutores de silício. </li></ul><ul><li>O silício e o germânio são substâncias semicondutoras, maus condutores da corrente eléctrica. </li></ul><ul><li>Apenas permitem a passagem da corrente num sentido. </li></ul><ul><li>Daí serem usados como rectificadores da corrente - convertem a corrente alternada em corrente contínua. </li></ul><ul><li>Nunca se deve ligar um díodo directamente à pilha. </li></ul>
  6. 6. <ul><li>Existem condutores do tipo n (negativo) têm electrões que se podem movimentar facilmente . </li></ul><ul><li>Existem condutores do tipo p (positivo) têm falta de electrões . </li></ul><ul><li>Associando um condutor tipo p a um tipo n e ligando a pilha de forma correcta -> o pólo positivo da pilha ligado ao semicondutor p e o pólo negativo ligado ao n ocorre a passagem da corrente eléctrica. </li></ul>
  7. 7. <ul><li>Há díodos convencionais </li></ul><ul><li>E díodos especiais- os LED ou Díodo Emissor de Luz . </li></ul><ul><li>Apresentam uma resistência muito elevada num sentido e muito baixa no sentido oposto, a corrente só passa num sentido. </li></ul>
  8. 8. <ul><li>Resístores ou Resistências fixas </li></ul><ul><li>São Constituídas por um aglomerado de carvão e revestidas com tinta isolante não inflamável. </li></ul><ul><li>Através do código de cores sabemos o seu valor. </li></ul><ul><li>Controlam a intensidade de corrente no circuito. </li></ul>
  9. 9. <ul><li>Potenciómetro </li></ul><ul><li>É uma resistência variável, devido ao comprimento do fio que a percorre. </li></ul><ul><li>Apresenta três terminais: </li></ul><ul><li>Um de entrada </li></ul><ul><li>Outro de saída </li></ul><ul><li>O terceiro, ligado ao cursor que </li></ul><ul><li>se desloca sobre o enrolamento de fio permitindo variar a resistência. </li></ul>
  10. 10. Potenciómetros <ul><li>Usam-se quando se pretende diminuir a d.d.p (diferença de potencial eléctrico). fornecida pela fonte. Controlam o volume de rádio, consolas, televisão.. </li></ul><ul><li>Pode funcionar como um interruptor gradual de luz. </li></ul><ul><li>Ex. sala de cinema. </li></ul>
  11. 11. <ul><li>Resistência fotoeléctrica - Sensor de luz </li></ul><ul><li>São condutores cuja resistência varia com a luz que recebem, é uma fotocélula. </li></ul><ul><li>Têm uma resistência muito elevada no escuro e muito baixa na luz. A corrente só passa num sentido. </li></ul>
  12. 12. Resistência fotoeléctrica - Sensor de luz <ul><li>São usadas em: </li></ul><ul><li>fotómetros. </li></ul><ul><li>sistemas de controlo automático de iluminação. </li></ul><ul><li>nos sistemas de abrir e fechar portas automaticamente. </li></ul><ul><li>para ler cartões em computadores. </li></ul>
  13. 13. <ul><li>Termístores </li></ul><ul><li>Sensores de temperatura </li></ul><ul><li>Resistências que variam com a temperatura. </li></ul><ul><li>PTC – Positive Temperature Coefficient </li></ul><ul><li>(a resistência aumenta com o aumento da temperatura). </li></ul><ul><li>NTC- Negative Temperature Coefficient </li></ul><ul><li>(resistência diminui com o aumento da temperatura) </li></ul><ul><li>Resistência muito elevada quando a temperatura é baixa e muito baixa quando a temperatura é elevada. </li></ul><ul><li>A corrente só passa num sentido. </li></ul>
  14. 14. Termístores Sensores de temperatura <ul><li>São utilizados em: </li></ul><ul><li>Termómetros. </li></ul><ul><li>Alarmes (por exemplo detecção de incêndios). </li></ul>
  15. 15. <ul><li>Condensadores – constituídos por duas placas colocadas paralelamente, sem se tocarem, as armaduras. Entre elas existe um material mau condutor ( dieléctrico). Pode ser ar, cortiça, etc. </li></ul><ul><li>Quando um condensador está submetido a uma tensão eléctrica, uma armadura fica positiva e outra negativa. Assim armazena carga eléctrica. A sua descarga é utilizada para a realização de diferentes tarefas. </li></ul><ul><li>Capacidade para armazenar carga eléctrica depende: </li></ul><ul><li>das dimensões das armaduras </li></ul><ul><li>da distância entre elas </li></ul><ul><li>do dieléctrico que o constitui. </li></ul>
  16. 16. <ul><li>Transístor </li></ul><ul><li>É o componente electrónico básico de todos os </li></ul><ul><li>sistemas de controlo automático. </li></ul><ul><li>Constituído por três semicondutores de silício. </li></ul><ul><li>A sua ligação é feita por três terminais: </li></ul><ul><li>- A base, b </li></ul><ul><li>- O emissor, e </li></ul><ul><li>- O colector, c </li></ul><ul><li>consoante estão instalados no </li></ul><ul><li>circuito. </li></ul>
  17. 17. Transístor <ul><li>Num transístor a corrente circula sempre através de duas entradas e de uma saída. </li></ul><ul><li>Os transístores podem funcionar como: </li></ul><ul><li>- Interruptores </li></ul><ul><li>- Amplificador de corrente </li></ul>
  18. 18. Fim Trabalho Realizado por: Ana margarida Cristiana Francisco Jorge pereira Pedro Henriques

×