Considerações sobre o Apocalipse Esquematizado

3,305 views

Published on

Esse é um resumo do livro de 400 páginas Considerações sobre o Apocalipse, de Lucas Guerreiro

Published in: Spiritual
0 Comments
8 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
3,305
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
267
Comments
0
Likes
8
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Considerações sobre o Apocalipse Esquematizado

  1. 1. Capítulo 1 – Introdução O Apocalipse é um dos livros mais claros que Deus já ordenou que se escrevesse”. (Ensinamentos do Profeta Lucas Guerreiro. Todos os direitos reservados. Disponibilização gratuita no blog consideraracoessobreoapocalipse.blogspot.com – NÃO PDOE SER VENDIDO. Joseph Smith, pg 282). O Livro de Mórmon ESPÍRITO SANTO Doutrina e ConvêniosDe todos os recursosutilizados o melhor e o O Novoprincipal é o Espírito Obras-padrão TestamentoSanto. O Velho Testamento Guia de Estudo Para as A Pérola de Escrituras (GEE), Grande Valor Dicionário Bíblico e outros Ensinamentos recursos dos Presidentes da Igreja Fontes de Pregar Meu Estudo para Manuais e Guias Evangelho compreender Apocalipse Manuais do SEI A Liahonas Palavras dos Profetas Modernos Discursos deProcurei [o dom do Espírito ConferênciasSanto] - o qual iluminou minha Geraismente, fazendo-me ver eentender a verdade. Devo dizer Versões dasque há pontos em que o Senhor escrituras emdecidiu, por sua sabedoria, não outros idiomasrevelar seu pleno significado, e Livros Seculares,outros pontos que, embora Ele Acadêmicos erevelou o sentido, não puderam outrosser transmitidos nesta obra. Outras FontesArrisquei-me a opinar sobre um Periódicos,ou outro ponto - e por isso o dicionários,livro deve, de maneira geral ser revistas, etc.considerado como minhaopinião e não como doutrina Sites, blogs, etc.oficial.
  2. 2. Capítulo 2 – Revelação Revelação é a comunicação de Deus com o homem (GEE "Revelação"). Todo livro de Apocalipse é na verdade uma Lucas Guerreiro. Todos os direitos reservados. Disponibilização gratuita no blog consideraracoessobreoapocalipse.blogspot.com – NÃO PDOE SER VENDIDO. comunicação sagrada, dada por ministração angelical,teofanias e dons espirituais, a João, apóstolo de Jesus Cristo - o qual a recebeu enquanto isolado na ilha de Patmos. Quem era João? João não morreu. Seu nome O nome Era pescador. É Foi escolhido para Foi-lhe concedido o de significa "dom frequentemente Escreveu um dos fazer parte do dom de de Jeová“. O retratado na É chamado de evangelhos (que Primeiro Quórum permanecer vivoSalvador o chamou, tradição como um João, o Amado e leva seu nome), dos Doze Apóstolos para ver todas as bem como a seu rapaz sem barba, também de João, o três epistolas e foi membro da obras do Pai entre irmão Tiago, de enquanto os outros Revelador ou João, universais (I João, II Primeira os homens. Ele Boanerges, que apóstolos são o Teólogo João e II João) e o Presidência de sua participou da significa filhos do homens maduros e livro de Apocalipse época Restauração do trovão barbados Evangelho Interpretação A Interpretação do livro Mapas de Apocalipse, bem como a de qualquer outra parte das escrituras deve ser feita pelo poder do Roma Espírito Santo. “Sabendo primeiramente isto: que nenhuma profecia da Patmos Escritura é de particular interpretação. Porque a profecia nunca foi produzida por vontade de homem algum, mas os Jerusalém homens santos de Deus falaram inspirados pelo Espírito Santo." (II Pedro 1:20-21). Fonte do mapa: Google Maps
  3. 3. Capítulo 3 – SimbolismoO Senhor e seus servos nas escrituras utilizam uma infinidadede sinais e também de símbolos. Alguns desses não são fáceis Lucas Guerreiro. Todos os direitos reservados. Disponibilização gratuita no blog consideraracoessobreoapocalipse.blogspot.com – NÃO PDOE SER VENDIDO. de serem compreendidos, entre outros motivos, devido asdiferenças culturais, linguísticas e temporais entre a época em que o símbolo foi primeiramente empregado e nosso tempo. S Í M B O L O S Como podemos aprenderPorque o Senhor os utiliza? seu significado? não estão preparados para de um conhecimento que Poupar os despreparadosRecompensar os justos Saber guardar segredo Ter paciência e Confiar Ter um forte desejo e Preservar verdades buscar aprender conhecimento com grande em Deus eternas aplicar Verificar se a própria escritura da à INTERPRETAÇÃO interpretação do símbolo Considerar o símbolo no contexto O Élder Bruce R. McConkie Observar os ensinamentos dos ensinou: “Toda escritura vem pelo profetas modernos poder do Espírito Santo (…) e deve e pode ser interpretada apenas Buscar o significado espiritual pelo mesmo poder. (…) Ninguém é capaz de compreender o Utilizar auxílios de estudo das verdadeiro significado das escrituras a não ser pela revelação escrituras dada pelo mesmo Revelador que Ampliar a compreensão do as revelou em primeira instância, evangelho que foi o Espírito Santo”. (Doctrinal New Meditar e orar a respeito TestamentCommentary, 3:356) Procurar Cristo nos símbolos
  4. 4. Capítulo 4 – Arrebatado no Espírito Por definição, arrebatar significa ser Apocalipse 1transportado para um lugar longe, levado ou Lucas Guerreiro. Todos os direitos reservados. Disponibilização gratuita no blog consideraracoessobreoapocalipse.blogspot.com – NÃO PDOE SER VENDIDO. elevado. João foi arrebata para receber oconhecimento que registrou em Apocalipse. João cita vários nomes do Senhor Jesus Cristo em Na época que João Apocalipse 1. É uma boaescreveu Apocalipse o Foi escrito para introdução, pois ele escreve Dia Sagrado de mostrar as coisas que logo Apocalipse no nome e pelo adoração era o aconteceriam nome de Cristo, que é a fiel domingo testemunha. Jesus Cristo é o É dirigido aos tema central do servos de Deus livro de Apocalipse APOCALIPSE Visão é um dom do Espírito. Uma Visão é Aqueles que concedida quando guardarem as É furto de uma nossos sentidos estão palavras da revelação pelo despertos, ou seja, revelação serão poder de Deus estamos acordados – bem-aventurados e foi o que aconteceu com João João escreveu para Sete Igrejas: Essas sete Igrejas se localizavam na Ásia, em uma rota circular – o que Laodiceia Filadélfia Pérgamo Esmirna Sardes certamente possui um Tiatira Éfeso significado símbolo – porém não exclui a realidade de um grupo de santos em cada uma dessas localidades.
  5. 5. Capítulo 5 – Primeira Carta João escreveu ao líder da Igreja em Éfeso elogiando o trabalho e a Apocalipse 2:1-7 Lucas Guerreiro. Todos os direitos reservados. Disponibilização gratuita no blog consideraracoessobreoapocalipse.blogspot.com – NÃO PDOE SER VENDIDO.paciência dos santos, mas advertindo os membros contra a apostasia advinda principalmente de falsos apóstolos. Temos boas razões para crer que um dos centros mais fortes da igreja primitiva era Éfeso. Entretanto, a grande quantidade de membros da Igreja nem sempre Éfeso era a capital da província Romana na significa segurança espiritual Ásia. Era bem populosa, sendo a maior da Ásia Menor e a quarta do império. Muitas estradas passavam por essa cidade o que mantinha um A Igreja de Éfeso foi chamada ao fluxo de estrangeiros constantes durante o Arrependimento ano. Havia um famoso templo para Diana - que Para que a Expiação seja aplicada na vida do era considerado uma das sete maravilhas do pecador e ele seja completamente perdoado mundo antigo. há necessidade de (1) reconhecimento do pecado; (2) tristeza segundo Deus; (3) Nicolaítas. Era um grupo que acreditavaconfissão; (4) reconstituição; (5) abandono; (6) em determinados ensinamentos falsos, e guardados mandamentos. e que permitia e incentivava atos imorais, mas que, ao que tudo indica, agia em segredo. MODELO DE FEEDBACK USADO PELO SENHOR PARA AS IGREJAS DA ÁSIA A Árvore da Vida representa a santificação advinda do poder do Salvador, porque é pelo sangue de Cristo que somos santificados.Apresentação O Senhor Jesus Cristo diz quem Ele é O Senhor Jesus Cristo em Apocalipse elogiouElogios sinceros e expressões a amor a Igreja de Éfeso dizendo que seus membros eram em geral pacientes, trabalhadores e fiéis Analisado o capitulo 2 e 3 de ApocalipseAdmoestações e exortações notamos que há uma equivalência entre elogios e admoestações. Na maioria das cartas, na verdade, o Senhor elogia mais do que exortaPromessas de bênçãos Todas as sete cartas terminam com bênçãos eternas, que vem aqueles que seguem os mandamentos.
  6. 6. Capítulo 6 – Segunda Carta A Segunda carta de João é destinada a ramo de Esmirna. Pode ter Apocalipse 2:8-11 Lucas Guerreiro. Todos os direitos reservados. Disponibilização gratuita no blog consideraracoessobreoapocalipse.blogspot.com – NÃO PDOE SER VENDIDO. acontecido com a Igreja de Esmirna, que o Senhor os tenha provado na pobreza (Apocalipse 2:9) para que se tornassem humildes (Alma 32:6). As aflições podem nos convidar, e comumente nos convidam, para mais perto do Senhor. Os que são humildes qualificam-se para entrar e permanecer no caminho que leva a Esmirna era a segunda maior cidade da Ásia menor, situava-se numa excelente baía e era Vida Eterna, o maior dom de Deus um dos maiores portos da Turquia. Um (D&C 6:13) - que vale infinitamente terremoto destruiu a cidade em 627 a.C., mas mais do que todos os tesouros da em 290 a.C. um dos sucessores de Alexandre, o Grande, Lisímaco a reconstruiu. Portanto era Terra. "Eis que é rico aquele que tem uma das poucas cidades planejadas do mundo a vida eterna" (D&C 6:7). antigo. Era conhecida como "a Jóia da Ásia". As provações são uma evidência do amorHá dois tipos de morte: de nosso Pai Celestial. Elas podem ser de Física dois tipos: uma adversidade ou um castigo. Morte Significa expressar o A adversidade sobrevirá a todos Espiritual sagrado de maneira independente de sua retidão. O castigo nos leviana, hipócrita, vil, vem por nossos pecados. vã e ingrata O pecado Uma das maneiras imperdoável é de evitar a blasfêmia blasfemar contra o é procurar conhecer Espírito Santo Deus (1 Néfi 2:12) (Mateus 12:31) Blasfêmia A sinagoga de Satanás inclui as ideias e filosofias que contradizem o justo e o bom: todos os artifícios, propósitos e falsas doutrinas do Em Esmirna os diabo. "O ouro e a prata e as sedas A blasfêmia era um e as escarlatas e o linho santos eram crime tão grave para culpados de os judeus, que tinha finamente tecido" e também blasfêmia - e, "toda espécie de vestimentas como sanção o portanto, faziam parte da Igreja do apedrejamento (João preciosas" e "as meretrizes são 10:32-33) o desejo dessa grande e diabo. abominável igreja" cujo fundador é o diabo (1 Néfi 13:6-8)
  7. 7. Capítulo 7 – Terceira CartaPérgamo era uma capital na provínciaasiática, sendo moradia do proconsul Apocalipse 2:12-17 Lucas Guerreiro. Todos os direitos reservados. Disponibilização gratuita no blog consideraracoessobreoapocalipse.blogspot.com – NÃO PDOE SER VENDIDO.de Roma. Era famosa por sua enormebiblioteca - que continha mais de 200 mil pergaminhos. Infelizmente todoconhecimento secular disponível não concedia mais retidão a cidade, pois Pérgamo era um local de grandeiniquidade, sendo, inclusive o centro de adoração pagã do imperador romano. João acusou alguns membros da Igreja a seguirem a doutrina de Balaão. Balaão se tornou símbolo daqueles que usam seu chamado e seus dons a fim de obter riquezas e fama. Balaão praticou artimanha sacerdotal, que é um "homem pregar e estabelecer-se como uma luz para o mundo, a fim de obter lucros e louvor do mundo" (2 Néfi 26:29). O poder da palavra de Deus afeta tanto o corpo físico como o espírito que esta nele, por isso é poderosa ou eficaz. Ela tem um alcance tal que discerne os pensamentos e intenções da vontade do homem. É viva porque nos chega por revelação. Ela também divide "juntas e medulas", ou seja, mostra a verdade: o que é, e o que não é, o que foi, o que não foi, o que será e o que não será. Tal capacidade é essencial para que a voz de Deus exerça duas funções principais: convidar-nos e nos advertir (3 Néfi 9:13-14). Em Doutrina e Convênios 130:9-11 aprendemos o seguinte: “a pedra branca, mencionada em Apocalipse 2:17, tornar- se-á um Urim e Tumim para toda pessoa que receber uma; e por ela tornar-se-ão conhecidas as coisas pertencentes a uma ordem superior de reinos; E é dada uma pedra branca a cada um dos que entram no reino celestial, na qual está escrito um novo nome que ninguém conhece, a não ser aquele que o recebe. “O novo nome é a palavra-chave.”
  8. 8. Capítulo 8 – Quarta Carta "Apesar do fato de Tiatira ser a menor das sete cidades, foi o ramo Apocalipse 2:18-28 Lucas Guerreiro. Todos os direitos reservados. Disponibilização gratuita no blog consideraracoessobreoapocalipse.blogspot.com – NÃO PDOE SER VENDIDO.da Igreja lá estabelecido que recebeua carta mais extensa. Tiatira era mais conhecida como um grande centro artesanal, onde se encontravainclusive o de tingimento de lã. Com certeza nos lembraremos de Lígia, uma vendedora de púrpura, convertida por Paulo, era natural de Tiatira também era uma cidade militar.Tirino, o deus-sol, era a deidade Tiatira (Atos 16:14)." (Manual do principal da cidade - e era representado Instituto do Curso do Novo comumente em posição de batalha. Testamento, pg. 502). João, assim como outros profetas, foi Jezabel foi uma das mulherestestemunha ocular do Senhor Jesus Cristo. mais iníquas que já viveram No caso peculiar de João, ele recebeu o na Terra. Aqueles que seguem segundo Consolador - que significa o a doutrina de Jezabel são os privilégio de desfrutar da companhia do que alteram os caminhosSalvador constantemente (João 14:15-25, retos do Senhor com idolatria Apocalipse 1:10-18). e lascívia. A imoralidade, a prostituição, a artimanha sacerdotal, a bruxaria, o satanismo também se incluem nesse rol. A promessa para os que forem fiéis é a de adquirirem poder sobre as nações. Há três significados para essa expressão. A promessa para Igreja de Tiatira referia-se ao terceiro significado de se ter poder sobre as nações. Poder Sobre as Era uma promessa que extrapolava a nações realidade mortal e finita. Era uma promessa para os que vencessem, ou seja, àqueles que recebessem sua exaltação: poder ter filhos espirituais e ser como Deus. ter autoridade liderar receber e sobre as nações politicamente as desfrutar de da Terra nações da Terra Vidas Eternas
  9. 9. Capítulo 9 – Quinta Carta Também traduzida como "Sardo", Sardes era muito importante no Apocalipse 3:1-6 Lucas Guerreiro. Todos os direitos reservados. Disponibilização gratuita no blog consideraracoessobreoapocalipse.blogspot.com – NÃO PDOE SER VENDIDO. comercio do interior da Ásia, pois era o ponto de confluência das cinco maiores cidades rurais. Vemos, por outras escrituras, que o progressofinanceiro, na maioria das vezes, leva a corrupção moral e grande iniquidade(Mosias 11, 4 Néfi 1:23-45). Talvez isso tenha acontecido em Sardes, e se foi O Livro de Vida é um registro feito nos céus. assim, é provável que os santos Todos os que merecerem um reino de glória, estivessem entre àqueles, que por pelo poder expiatório, estarão inscritos neste livro. Esse livro será usado no Julgamento Final envolverem-se em atividades (ver também "Apocalipse 20:11-15 - o comerciais, haviam colocado o lucro e Julgamento Final", pg. 342). Ter o nome a fama acima do bem e de Deus - riscado desse livro é o mesmo que ser condenado às trevas exteriores. servindo à Mamon (Mateus 6:20). Em diversas ocasiões o Senhor ordenou a seu povo que estivesse atento e preparado (D&C 20:34, 38:30, 65:5, 71:4, Isaías 61:10, Alma 9:28). A vigia, em termos espirituais, é o mesmo que estar em espírito de oração (I Pedro 4:7) ou estar apto para receber e seguir as revelações de Deus (Marcos 11:38). O Senhor prometeu que andaremos de branco com ele. O convite de andarmos com Deus debranco só virá se formos dignos disso, pois branco simboliza pureza. E se perseverarmos nessa dignidade e vencermos, não seremos riscados do Livro da Vida.
  10. 10. Capítulo 10 – Sexta CartaDevido a sua importante localização, a cidade de Filadélfia era conhecida Apocalipse 3:7-13 Lucas Guerreiro. Todos os direitos reservados. Disponibilização gratuita no blog consideraracoessobreoapocalipse.blogspot.com – NÃO PDOE SER VENDIDO.como "a porta do oriente". A região da cidade possuía fontes térmicas emuitos vinhedos. A principal divindadeera Baco, ou Dionísio, deus do vinho e das festas - e também por isso a cidade era apelidada de "cidade do amor fraternal". Os iníquos se prostrarão. O Senhor disse que diante Dele "se dobrará todo joelho, e jurará toda língua" (Isaías 45:23). A hora da tentação. A hora da tentação Como chave nas escrituras refere-se a em Apocalipse 3:10-11 refere-se a um autoridade de liderança, a chave de momento específico na História do Davi é autoridade para governar e mundo: a Grande Apostasia (GEE reinar sobre a Casa de Israel para "Apostasia - Apostasia da Igreja sempre As chaves do sacerdócio podem Primitiva"). ser definidas como capacidade ou poder de realizar determinados atos sagrados. Em sentido mais especifico, Sião (de porém, as chaves são o poder de Cidades Enoque) presidência (GEE "Chaves"). SagradasA coluna é um apoio fixado entre a Jerusalém base do edifício, os alicerces, e o (restaurada) teto ou piso superior do mesmo. Certamente tornar-se coluna do Nova Jerusalém Templo de Deus refere-se a servir (Nova Sião)no Templo, dando apoio constante a realização de ordenanças eministração de ensinamentos. Mas como a promessa esta incluída entre o rol de bênçãos deexaltação o significado é ampliado - querendo dizer que os que "vencerem" tornar-se-ão tãosagrados quanto o Templo, sendo integrantes essenciais do próprio santuário celestial.
  11. 11. Capítulo 11 – Sétima Carta "Localizada na confluência de dois vales importantes e três rodovias Apocalipse 3:14-22 Lucas Guerreiro. Todos os direitos reservados. Disponibilização gratuita no blog consideraracoessobreoapocalipse.blogspot.com – NÃO PDOE SER VENDIDO. principais, Laodicéia era um dos mais abastados centros comerciais domundo antigo. Ela era particularmente famosa por seu sistema bancário,confecção de tecidos de lã negra e suaescola médica notável, principalmentepelo colírio que fabricava de uma certapedra da Frígia. (...) Ironicamente, esta O problema de alguns membros de Laodicéia cidade era também chamada de era o de ter um pé no mundo e outro na Igreja. Cidade do Compromisso, justamente Eles, aparentemente, queriam ser considerados cidadãos de Sião, mas seus desejos estavam na o problema que parecia afetar os Babilônia. Eram como a mulher de Ló - se membros da igreja que lá existiam" propunham a obedecer a Deus, mas, em(Manual do Curso do Novo Testamento seguida, voltavam-se para trás, para espionar Sodoma. Não podemos ser mornos. do Instituto, pg. 504). Nas imediaçõesdessa cidade "existiam fontes termais" (Manual do Aluno do Seminário do Curso do Novo Testamento de 1984, pg. 265). Apocalipse 3:20-21 - A lei da Consagração. Quando o Senhor diz que ceará conosco, acrescenta que nós também cearemos com Ele, o que é significativo por demonstrar uma igualdade material. Aquele que vencer se assentará com Ele em seu trono. Esses versículos ensinam que precisaremos viver a Lei da Consagração para estarmos com Cristo na Vida Eterna (Ver D&C 88:22, 105:3–5). De fato, essa benção precisa vir antes de “Estou à porta e bato.” consumarmos nossa vitória. Essa é uma das frases mais belas que já foram escritas. Ela demonstra o A recompensa do fiel. Sentar-se no trono de sereno, porém poderoso desejo do Deus é receber a Vida Eterna, que é o tipo de Mestre em compartilhar as bênçãos Vida que Deus tem. É desfrutar do poder, de exaltação. força, domínio e sabedoria de Deus, sendo como Ele.
  12. 12. Capítulo 12 – O Trono de Deus João após receber e transmitir os mandamentos às igrejas de Deus, tem uma das mais impressionantes visões de todos os Lucas Guerreiro. Todos os direitos reservados. Disponibilização gratuita no blog consideraracoessobreoapocalipse.blogspot.com – NÃO PDOE SER VENDIDO. tempos. Parece que o apóstolo teve a mesma visão, ou pelo menos uma revelação muito semelhante a de outros grandesprofetas que viveram antes dele, como Moisés, Isaías, Ezequiel Leí e Néfi. O Senhor Jeová é o um que se assenta no trono. Sua figura era tão gloriosa que João usou preciosas joias e pedras para representá-lo. João só pode contemplá-lo porque fora arrebatado no Espírito - ou seja, fora transfigurado (Moisés 1:2, 11, 14; GEE "Transfiguração") Os quatro animais eram diferentes dos que João já contemplara, e por isso ele usou a palavra "semelhante". Isso ajuda a nortear os leitores da Revelação. Assim os animais que João viu eram semelhantes a um leão, bezerro, águia durante o voo e um outro tinha a face parecida com a deum homem - não eram, porém, um leão, um bezerro, uma águia ou um homem. Todos os animais tinham seis asas, e muitos olhos - que representam o arbítrio, poder e conhecimento deles Elestambém eram seres imortais, sem necessidade de descanso físico - o que lhes possibilitava louvar eternamente à Deus. João viu 24 élderes Esses vinte quatro homens haviam sido justificados e santificados (Apocalipse 5:8) - e adoraram e louvavam o Senhor dizendo Aleluia! (Apocalipse 11:16-17, 19:4). Havia uma coroa sobre a cabeça de cada um deles representando que as promessas de exaltação, mencionadas em Apocalipse 2 e 3 lhes haviam sido concedidas. Seu trono particular não estava abaixo, ou acima, do trono de Deus - mas ao redor. Eram todos iguais e participantes do dom celestial.
  13. 13. Capítulo 13 – Um livro selado Um livro é um registro. E no caso é o registro dos eventos e circunstâncias desta Terra em que vivemos. A história da Terra em seu estado temporal, Lucas Guerreiro. Todos os direitos reservados. Disponibilização gratuita no blog consideraracoessobreoapocalipse.blogspot.com – NÃO PDOE SER VENDIDO. seu começo e fim, estava naquele livro, que era escrito por dentro e por fora, simbolizando com isso que estava repleto, cheio e pleno de acontecimentos. Um anjo forte (isto é, com grande autoridade) bramou com grande voz a indagação que fez João chorar muito: "quem é digno de abrir o livro e desatar os seus selos?" João viu quem ninguém poderia fazê-lo. Nem mesmo olhar, ou melhor, intentar abri-lo alguém se atrevia. Os acontecimentos do livro só poderiam se desencadear,7 conforme planejado, se alguém fosse digno de "abrir" seus selos. O Senhor Jesus Cristo é o que é digno de abrir os selos. O número sete aparece mais de trinta vezes no livro de Apocalipse, e na maioria dessas ocasiões sua expressão é simbólica. A palavra hebraica sheva designa o número sete e encerra a ideia de inteiro, de pleno, de completo, de perfeição. "O sete simboliza totalidade em muitas culturas, sendo a união da divindade (três) com a Terra material (quatro). Nos textos sagrados hindus, judeus, cristãos e muçulmanos, o sétimo aspecto confere integridade e perfeição a um grupo de seis; o sete é auspicioso em todas as culturas. A menorá, candelabro sagrado cujos sete braços representam os dias da criação e os corpos celestes, é um símbolo do judaísmo. No Egito antigo, o sete simboliza a vida eterna; para os índios americanos, simboliza o Sonho da Vida." ("Números", Sinais & Símbolos, Dorling Kindersley Limeted 2008, pg. 295)Selo Dispensações e Acontecimentos Importantes1o Selo Vida após a Queda; Adão e Enoque2o Selo Noé (Dilúvio) e os Jareditas3o Selo Abraão, Isaque, Jacó e José4o Selo Moisés; o governo dos juízes e reis de Israel; Leí5o Selo O Senhor Jesus Cristo; A grande Apostasia Continuação da Grande Apostasia e Restauração do Embora Jesus Cristo6o Selo seja o Leão da Tribo Evangelho; Sinais dos Tempos de Judá é também é Guerras, pragas e desolação; A Segunda Vinda;7o Selo o humilde Cordeiro Milênio de Deus, que dá suaDepois vida pela A Grande Batalha, Julgamento Final; A Terra édo 7o humanidade e é celestializadaSelo digno de abrir o livro selado.
  14. 14. Capítulo 14 – Os Primeiros 5 Selos João viu o desenrolar dos acontecimentos desta Terra. Ele, contudo, sintetiza bastante os primeiros cinco períodos de mil anos da existência Lucas Guerreiro. Todos os direitos reservados. Disponibilização gratuita no blog consideraracoessobreoapocalipse.blogspot.com – NÃO PDOE SER VENDIDO. temporal da Terra. Quando o Cordeiro de Deus abre os quatro primeirosselos, cada um dos animais dos céus anuncia a João o ocorrido - e este vê um cavalo e um cavaleiro correspondente a cada selo, ou seja, representando o teor de cada período. Nesses versículos, tanto o cavalo quanto o cavaleiro são simbólicos, bem como suas cores. Agora, éimportante repetir que o foco de João não é discorrer sobre os primeiros cinco mil anos, mas sim sobre o sexto e sétimo milênios - e tambémsobre o fim do mundo e a celestialização da Terra. Em nenhum momento João quer dizer que a fome atingiu a humanidade de forma terrível exclusivamente no terceiro milênio ou que só ocorreram martírios de santos no quinto selo. O que João faz é realçar pontos principais, que embora possam encontrar paralelos em outras épocas, destacaram-se1º Selo naquele determinado período.Cavalo branco; cavaleirovitorioso, armado com arco e 3º SeloO cavalo negro era a fome e a penúria.usando uma coroa = Enoque e O fato de oseu ministério bem sucedido. cavaleiro estar2º Selo com uma balança demonstra a necessidade de racionamento, equilíbrio eO Élder Bruce R. McConkie sensata economiadisse: "Quem cavalgava o paracavalo vermelho, o cavalo sobrevivência. 4º Selovermelho da guerra e doderramamento de sangue,durante a abertura do segundoselo? Talvez fosse o própriodiabo, pois certamente aqueleera o grande dia de seu poder,um dia que havia tamanha O cavalo amarelo tinhainiquidade, que todas as almas como cavaleiro aviventes (com exceção de oito) própria Morte 5º Selomereceram a morte porafogamento” ("Os Reinos do Mundovieram a ser de Nosso Senhor", Manual do Os mártires da dispensação doInstituto de Religião: Vida e Ensinamentos de Jesuse seus Apóstolos, curso 212, pg. 510). meridiano dos Tempos são retradados
  15. 15. Capítulo 15 – O Sexto Selo João falou principalmente do sexto e sétimo milênio em seu Lucas Guerreiro. Todos os direitos reservados. Disponibilização gratuita no blog consideraracoessobreoapocalipse.blogspot.com – NÃO PDOE SER VENDIDO. livro de revelações. No final do capítulo seis ele começa sua descrição, às vezes simbólica, e às vezes literal, dos últimos tempos. Entretanto ele não faz essa descrição de maneira cronológica - embora ele comece a falar sobre a abertura do sexto selo e termine seu registro quando a Terra recebe sua glória sempiterna. João interrompe a narrativa cronológica sequencial com frequência (a partir do capítulo 6) para esclarecer pontos importantes à seus leitores ou retomar um tema e explicá-lo com mais propriedade A passagem de Apocalipse Um anjo foi visto por Joãoque fala dos 144 mil selados é subindo do oriente para selar os motivo de grande confusão servos de Deus. O selamento para algumas religiões referido na passagem deduz “a cristãs, que pensam que o confirmação das bênçãos sobre número de pessoas a ser suas cabeças, com referência ao salvo restringe-se a cento e convênio eterno, com o qual fica quarenta e quatro mil. Isso confirmado o chamado e não é verdade. Outras eleição” (Ensinamento depassagens, como a de Daniel Joseph Smith, pg. 313). Para que e Doutrina e Convênios 77 esse último e supremo abrem nossa visão para o selamento advenha, todavia, significado correto. Trata-se todas as ordenanças de de uma grande reunião que salvação precisam ter sido ocorrerá nos últimos dias. realizadas e seladas pelo Santo Espírito da Promessa. Os quatro anjos representam mensageiros enviados a todo o mundo – os quatro cantos da Terra. Eles não terão poder de “danificar” a Terra, conforme descrito em Apocalipse 8, antes que os servos de Deus sejam selados “a fim de permanecer em meio [as] desolações e pragas, sem serem por elas vencidos. Quando eles se acharem preparados, quando receberem a renovação de seus corpos no templo do Senhor (...) estarão preparados para (...) pregarem (...) aos iníquos.” (Orson Pratt, Journal of Discourses, vol. 15, pg. 365-366).
  16. 16. Capítulo 16 – A abertura do 7º SeloNuma revelação dada ao Profeta Joseph Smith o Senhor disse: "E haverá silêncio no céu pelo espaço de meia hora; e imediatamente depois a cortina do céu se desenrolará, como um rolo se desenrola depois de ter sido enrolado, e a face do Senhor será revelada" (D&C 88:95). O Élder Orson Pratt comentou essas passagens: "Não sabemos se a meia hora deque fala a escritura é de acordo com a nossa maneira de contar - trinta minutos, ou conforme a maneira de contar do Senhor. (Journal of Discourses, volume 16, pg. 328). João viu sete mensageiros "vestidos de linho puro e resplandecente, e cingidos com cintos de ouro pelos peitos" (Apocalipse 15:6). Eles haviam saído do Templo de Deus para uma missão importante: preparar o mundo para o fim. Estes sete anjos são mencionados em duas ocasiões em Apocalipse (a primeira em Apocalipse 8-11; e, a segunda, em Apocalipse 15-16) e uma em Doutrina em Convênios (D&C 88). Através de uma interpretação teleológica e ontológica percebe-se que as três ocasiões tratam dos mesmos sete anjos. Eventos que antecedem a Primeira Trombeta. Como prelúdio do grande final o evangelho serápregado a toda nação, tribo língua e povo (Mateus 24:14). "E depois [desse] testemunho vêm ira e indignação sobre o povo.Pois depois [do] testemunho [dos santos dos últimos dias] vem o testemunho de terremotos, que farão gemer a Terra em seu âmago; e homens cairão por terra enão poderão ficar de pé. E vem também o testemunho da voz de trovões e da voz de relâmpagos eda voz de tempestades e da voz das ondas do mar, arremessando-se além de seus limites. E todas as coisas estarão tumultuadas; e certamente o coração dos homens lhes falhará; pois o temor tomará conta de todos. E anjos voarão pelo meio do céu, clamando em alta voz, soando a trombeta de Deus, dizendo: Preparai-vos, preparai-vos, ó habitantes da Terra; pois é chegado o julgamento do nosso Deus. Eis que vem o Esposo; saí para encontrá-lo. E imediatamente aparecerá um grande sinal no céu e todo o povo o verá juntamente. E outro anjo soará sua trombeta, dizendo: Aquela grande igreja, a mãe das abominações, que fez com que todas as nações bebessem do vinho da ira de sua fornicação, que persegue os santos de Deus, quederramou seu sangue - aquela que se assenta sobre muitas águas e sobre as ilhas do mar - eis que ela é o joio da Terra; está amarrada em feixes; seus laços são fortalecidos, nenhum homem os pode desatar; portanto está pronta para ser queimada. E ele soará sua trombeta longa e fortemente; e todas as nações a ouvirão" (D&C 88:88-94).
  17. 17. Capítulo 16 – continuação Eis uma tabela que resume bem o que acontecerá com cada anuncio angelicalTrombetas Eventos mencionados em Apocalipse Eventos mencionados em outras passagens Há saraivas e fogo misturado com sangue que É anunciado que os santos que estiverem na Lucas Guerreiro. Todos os direitos reservados. Disponibilização gratuita no blog consideraracoessobreoapocalipse.blogspot.com – NÃO PDOE SER VENDIDO. queimam a terça parte das árvores e plantas terra serão arrebatados e os que estiverem no Primeira (Apocalipse 8:7). Uma "chaga má e maligna" é mundo espiritual serão ressuscitados para colocada sobre os homens que não são de Deus glória celestial.Ambos os grupos encontrarão (Apocalipse 16:2). Cristo nas nuvens (D&C 88:96-98; e D&C 45:45). É lançado no mar "uma coisa como um grande monte ardendo em fogo" o que resulta na morte de um terço das criaturas marinhas e na destruição É anunciado que a ressurreição Segunda de um terço dos veículos marítimos. Um terço do dos seres terrestres ocorrerá (D&C 88:99). mar torna-se "em sangue" (Apocalipse 8:8-9); mais adiante toda alma vivente do mar morre (Apocalipse 16:3). Uma grande estrela, chamada Absinto, "ardendo Os "espíritos de homens que deverão ser em tocha" cai do céu e destrói um terço dos rios e julgados e que se encontram sob condenação" fontes de águas - tornando-as poluídas - o que faz Terceira com que muitos homens morram (Apocalipse 8:10- permanecerão na prisão espiritual e sua ressurreição se dará após o milênio (D&C 11); Os rios e as fontes das águas se tornam em 88:100-101) sangue (Apocalipse 16:4). A terça parte do sol, da lua e das estrelas é ferida, de modo que sua luz é drasticamente reduzida Os homens que se tornaram filhos da perdição (Apocalipse 8:12); Os homens são abrasado com Quarta fogo e grandes calores - mas em vez de se neste estado permanecerão imundos (D&C 88:102) arrependerem blasfemam contra Deus (Apocalipse 16:8-9). A estrela"que do céu caiu na terra" provoca fumaça "como a fumaça de uma grande fornalha" e escurece o sol e o ar. Um exercito maligno, É confirmado que o evangelho foi entregue a simbolizado por uma praga de gafanhotos com o "todas as nações, tribos, línguas e povos"; o poder de escorpiões, afligem os homens iníquos anjo anunciará: "Temei a Deus e dai glória a por cinco meses. Estes procuram a morte, Quinta desejando morrer, mas não conseguem, pois a ele,que se assenta em seu trono para todo o sempre; pois chegada é a hora de seu juízo" - e morte foge deles. O rei desses "gafanhotos" é um então todo ouvido ouvirá e todo joelho se anjo do abismo que recebe o nome de Abadom ou dobrará (D&C 88:103-104) Apoliom (Apocalipse 9:1-12). Os iníquos sentem dor e tentam se matar; eles não se arrependem e blasfemam (Apocalipse 16:10-11). Quatro anjos de Satanás são soltos para matarem a terça parte dos homens. Guerras e tragédias se seguem, mas os homens não se arrependem e adoram ao demônio ou deuses falsos (Apocalipse Sexta 9:13-21). A água do rio Eufrates seca e um caminho A Babilônia cai (D&C 88:15) é preparado para os reis do oriente; o demônio e seus servos se congregam para batalhar num lugar chamado Armagedom (Apocalipse 16:12-16). O sétimo anjo anuncia que os reinos do mundo vieram a ser de Cristo (Apocalipse 11:15-17). Um O anjo declara: "esta consumado! O Cordeiro grande terremoto "como nunca houve desde que de deus venceu e sozinho pisou no lagar, sim o Sétima há homens sobre a terra" acontece. Há grandes lagar do furor da ira de Deus Todo- Poderoso" destruições por meio de catástrofes naturais. Os (D&C 88:106).Este anjo é Miguel (D&C 29:26, homens não se arrependem, o anjo declara: esta 88:112) feito! (Apocalipse 16:17-21)
  18. 18. Capítulo 17 – A Queda da Babilônia 1 Quais são as calamidades dos últimos dias? O Senhor e seus Lucas Guerreiro. Todos os direitos reservados. Disponibilização gratuita no blog consideraracoessobreoapocalipse.blogspot.com – NÃO PDOE SER VENDIDO. profetas levantaram a voz para profetizar que os últimos dias seriam um tempo de grandes catástrofes (D&C 45:31). As escrituras, quando falam dos últimos dias, frequentemente citam grandes adversidades. João, em Apocalipse, não é exceção. Ele mencionou várias das catástrofes reservadas a nosso tempo, como a tabela abaixo demonstra Catástrofe Apocalipse Guerras e Rumores 9:15-19; 14:20; 16:13- de Guerras 21; 1:19-21; 20:7-10 Decadência Moral 6:15-17; 9:5-6, 21; e Civil 13:17; 18:7-19 6:15-17; 8:10-11; 9:1- 4, 20-21; 11:7-10; Decadência 13:4, 7-8, 13:13-17; Espiritual 16:9, 11, 13-14; 17:1- 2, 14 Doenças, Pestes, 16:2-6, 8-9; 16:10-11, Fome, Seca, etc. 12; 18:8-19 O Profeta Joseph Smith perguntou "O que Desastres Naturais devemos entender pelo livrinho que João 6:12-14; 8:5, 7, 9-11, comeu, como mencionado no capítulo 10 de (terremotos, 12; 11:13; 16:3-6, 18- Apocalipse?" E recebeu a seguinte resposta: tempestades, calor, "Devemos entender que era uma missão e 21 etc.) uma ordem para ele reunir as tribos de Israel" (D&C 77:14). Em uma conferência realizada em 1831, o Profeta disse que "João, o revelador, se encontrava entre as dez tribos de Israel, queParalelamente aos grandes tumultos dos últimos dias, haviam sido levadas inclusive uma grande guerra mundial que estará em cativas por andamento nos últimos dias, na qual todas as nações Salmanasar, rei da da Terra estarão envolvidas - dois apóstolos serão Assíria, preparando-osenviados à Palestina. Mas depois de laborarem por três para retornarem de anos e meio, os inimigos finalmente conseguirão sua longa dispersão" destruí-los e conquistar grande parte da cidade; (...) (Documentary History of Então eles ouvirão uma grande voz do céu, dizendo: theChurch, Vol. 1, pg. 176; Subi cá, e eles subirão ao céu em um nuvem, perante Essentials in Church History, pg. 126). seus inimigos" (Voice of Warning, pg. 33).
  19. 19. Capítulo 18 – A Queda da Babilônia 2 Quais são as calamidades dos últimos dias? O Senhor e seus Lucas Guerreiro. Todos os direitos reservados. Disponibilização gratuita no blog consideraracoessobreoapocalipse.blogspot.com – NÃO PDOE SER VENDIDO. profetas levantaram a voz para profetizar que os últimos dias seriam um tempo de grandes catástrofes (D&C 45:31). As escrituras, quando falam dos últimos dias, frequentemente citam grandes adversidades. João, em Apocalipse, não é exceção. Ele mencionou várias das catástrofes reservadas a nosso tempo, como a tabela abaixo demonstra A Igreja é frequentemente representada como a mulher de Deus. No livro de Oséias, por exemplo, a esposa representa o povo do Convênio . Assim também o é nos textos de Isaías. E em várias outras passagens Cristo é chamado de o Noivo ou o Esposo (Mateus 9:15; Mateus 25:1-13; João 3:29-29; Apocalipse 21:2; D&C 33:17; D&C 133:10) A mulher estava "vestida de Sol" - o que indica a investidura de convênios muito sublimes, o uso de vestes santas e um condição celestial. A lua, que em certas passagens de escrituras representa a glória terrestrial (I Coríntios 15:40-42 e D&C 76:71 e 78), estava subordinada a mulher, que é a Igreja. Isso pode significar que todos os reinos inferiores à Glória Celestial estão submetidos ao poder Igreja de Deus. O Élder Bruce R. McConkie disse: "todas as igrejas e reinos da terra (...) se acham muito abaixo, e em plano mais inferior que o da verdadeira Igreja. A recompensa mais elevada que elas podem oferecer é o reino terrestrial" (Doctrinal New Testament Commentary, volume 3, pg. 517). Como a cabeça da Igreja é Cristo (Efésios 4:15), as doze estrelas na fronte da mulher só João viu o grande poder e ira de Satanás e podem representar aqueles que Ele mesmo escolheu paradecidiu retratá-lo como um enorme dragão liderar sua Igreja, estando a frente dos santos: seus Dozevermelho de sete cabeças. A imagem não é Apóstolos, cujo brilho "excedia ao das estrelas do estranha para nós. O vermelho é a dor da firmamento" (1 Néfi 1:10, ver também "Apocalipse 5:6 - agressão, da guerra, do perigo, do fogo Chifres e olhos do Cordeiro", pg. 172). A Igreja é infernal e da rebeldia. Sete cabeças comparada a uma mulher grávida que esta prestes a dar a indicam o domínio do diabo sobre toda a luz. As dores do parto são as aflições e adversidades que os terra decaída ou como João explicou santos da Igreja verdadeira enfrentarão nos últimos dias, referem-se a "sete montes" e também antes que o filho homem nasça, ou seja, antes que o Reino "sete reis" (Apocalipse 17:9-10; ver de Deus seja estabelecido. também comentários da pg. 330-311). A besta representa o A batalha dos céus. João explicou que a guerra de Satanás contra os trabalho de Satanás seguidores de Cristo começou antes da fundação deste mundo. Na vida pré- antes da Segunda mortal ele rebelou-se contra o Senhor e seu Plano. Vinda de Cristo
  20. 20. Capítulo 19 – A Queda da Babilônia 3 Um anjo voou pelo meio do céu e trouxe o "evangelho eterno". O evangelho são os convênios, as ordenanças e os ensinamentos de Jesus Cristo. É a lei pela qual os Lucas Guerreiro. Todos os direitos reservados. Disponibilização gratuita no blog consideraracoessobreoapocalipse.blogspot.com – NÃO PDOE SER VENDIDO. homens podem ser salvos. Deve-se reparar que o anjo trouxe de volta o evangelho eterno - ora, se houve necessidade de um anjo proclamar o evangelho é porque este havia se perdido. E tanto João como nós "Muitas pessoas tentaram explicar o sabemos que a Grande Apostasia foi o momento em quesignificado do “número da besta”. (666; a verdade do evangelho foi retirada dos homens. v. 18) Os profetas modernos não Felizmente Deus e seus anjos escolheram um profeta e fizeram nenhuma interpretação dessa restauraram a autoridade, ordenanças e poderespassagem das escrituras, e os membros celestes. Hoje o evangelho eterno, em sua plenitude, devem ter o cuidado de não ensinar esta disponível - e esta sendo pregado a todo o mundo -nem divulgar as teorias que não tenham a todas as nações e línguas. Esse anjo mencionado porsido ensinadas pelos profetas e de quem João é identificado como Morôni. Ele apareceu ao jovemnão concorde com a doutrina da Igreja" Joseph Smith e foi fundamental na Restauração do ("Apocalipse 13", Manual do aluno do Evangelho.Seminário - Novo Testamento, pg. 172). Os três anjos anunciam os eventos mais importantes dos últimos dias: O primeiro (que é um personagem composto, como explicado logo acima), a Restauração da Plenitude do Evangelho Eterno e aconsequente propagação desse evangelho à todo mundo (Apocalipse 14:6-7); o segundo, a Queda da Igreja do Diabo e o fim de suas obras maléficas (Apocalipse 14:8); e o terceiro, a condenação dosiníquos e justificação dos fiéis (Apocalipse14:9-12). A própria voz de Deus então veio novamente a João, ordenando-lhe que escrevesse, a fim de que todos os leitores de João fossem informados, que bem-aventurados seriam os que morressem no Senhor. Saí dela, povo meu. O Senhor tem apelado a seu povo, dês do inicio dostempos a não ir à Babilônia. E quando seu povo se mistura com o pecado ele diz: saída Babilônia. Essa admoestação tem sido repetida por vários profetas. Mais recentemente o Senhor disse: "Deixai Babilônia. Sede puros, vós que portais os vasos do Senhor" (D&C 133:5). Entramosna Babilônia quando começamos a pensar e agir como seus cidadãos impuros.
  21. 21. Capítulo 20 – Julgamento e Celestialização da Terra Lucas Guerreiro. Todos os direitos reservados. Disponibilização gratuita no blog consideraracoessobreoapocalipse.blogspot.com – NÃO PDOE SER VENDIDO. As bodas do Cordeiro será uma ocasião de grande regozijo, louvor e ação de graças.O Testemunho de Jesus é o espírito de profecia. O Élder Bruce R. McConkie ensinou: "“Quem pode profetizar? Quem pode receber revelação? A quem as visões e manifestações celestiais são concedidas com exclusividade? Não somente aos membros do Conselho dos Doze, não apenas aos bispos e presidentes de estaca, não apenas aos líderes da Igreja. Em vez disso, Deus, que não faz acepção de pessoas e que ama todos os Seus filhos, falacom toda pessoa que der ouvidos a Sua voz. A profecia é para todos: homens, mulheres e crianças, todos os membros da Igreja verdadeira; e aqueles que têm o testemunho de Jesus têm o espírito de profecia, ‘porque otestemunho de Jesus é o espírito de profecia’.” (Doctrinal New Testament Commentary, 2:387.) O Guia "Sempre Fiéis" explica sucintamente o significado de milênio nas escrituras: "Um milênio é um período de 1.000 anos. Quando falamos do “Milênio”, estamos nos referindo aos 1.000 anos que se seguirão à Segunda Vinda do Salvador. (Ver Apocalipse 20:4; D&C 29:11.) Durante o Milênio, “Cristo reinará pessoalmente na Terra”. (Regras de Fé 1:10) O Milênio será uma época de retidão e paz na Terra. O Senhor revelou que “nesse dia, a inimizade do homem e (...) a inimizade de toda carne terá fim”. (D&C 101:26; ver também Isaías 11:6–9.) Satanás será “amarrado, para que não tenha lugar O Julgamento Final. Após o última batalha virá o no coração dos filhos dos homens”. (D&C fim. O fim do Segundo Estado, o fim da provação 45:55; ver também Apocalipse 20:1–3.)mortal e o fim de Satanás e suas hostes. Haverá umjulgamento, o último e supremo julgamento. O Pai A Nova Jerusalém. João viu a cidade Santaentregou ao Filho todo juízo (João 5:22). Os mortos que seria construída nas Américas, serão julgados pelos registros mantidos na Terra. chamada Nova Jerusalém e também a Nós seremos também julgados pelo “livro da vida” cidade de Enoque, que desceu do céu e que é mantido nos céus (ver D&C 128:6–8). passou a integrar a cidade de Sião.
  22. 22. Capítulo 21 – Conclusão . Quando João termina seu livro presta seu testemunho sobre a veracidade do que viu e escreveu. Outros profetas também Lucas Guerreiro. Todos os direitos reservados. Disponibilização gratuita no blog consideraracoessobreoapocalipse.blogspot.com – NÃO PDOE SER VENDIDO. fizeram o mesmo (por exemplo Néfi, 2 Néfi 33:10-15). Além de seu testemunho João faz um convite e uma advertência. O convite é o de ir à Cristo. Tanto a Igreja, quanto o Cordeiro nos convidam a partilhar do fruto da árvore da Vida. A advertência é a de que se as palavras de João não forem atentadas, se forem desvirtuadas ou se forem repudiadas - as maldições por ele previstas se cumprirão sobre àqueles que assim procederem. "Há quem utilize Apocalipse 22:18–19 para defender a ideia de que não poderíamos receber nenhuma outra escritura ou revelação depois da Bíblia. Isso é umatentativa de desacreditar o Livro de Mórmon, Doutrina e Convênios e A Pérola de Grande Valor. Moisés, porém, escreveu o mesmo a respeito de seus livros. (Ver Deuteronômio 4:2.) Se as palavras de Moisés fossem interpretadas da mesma forma que as de João, a Bíblia só teria os cinco primeiros livros. Assim como Moisés, João estava-se referindo simplesmente às coisas que Vem, Senhor Jesus - Os justos anseiam pelaDeus lhe ordenara que escrevesse: o livro de Apocalipse. vinda do Senhor Jesus Cristo, eles oram por Qualquer um pode descobrir se as escrituras modernas ela - eles vivem por ela. Àqueles que são verdadeiras perguntando ao próprio Deus se elas o desejam retardar a vinda de Cristo nãosão. (Ver Mateus 7:7-11; Tiago 1:4-5)" (Manual do Aluno compreendem o evangelho ou são de Seminário - Novo Testamento, "Apocalipse 21-22 - pecadores. Algumas pessoas dizem em Compreensão das Escrituras", pg. 178). seus corações: "eu quero casar, quero criar meus filhos, quero desfrutar o mundo, quero ter minha vida antes que Cristo venha." Mas que tolice pensar assim! Quando Cristo voltar será muito melhor se casar (porque só haverá pessoas boas e justas), será infinitamente melhor criar os filhos (não haverá drogas nas escolhas e risco com amizades suspeitas) e a vida será muito mais confortável e pacifica: não haverá iníquos, não haverá maldade, o conhecimento alcançará os céus, nada será retido, não haverá guerras e contendas, e todos se converterão à Sião e a Cristo. Será a época que todos os profetas ansiaram viver.

×