Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
PROJETO DE IRRIGAÇÃO PARA PASTAGEM NA PRODUÇÃO DE LEITE         SCHONS, Charles Luis1; MERA, Cláudia Maria 2; COLLING, Ren...
Rio Grande do Sul. O tamanho da área a ser implantada será de 30.000 m2, de gramaTifton – 85 (Cynodon spp), A tifton-85 é ...
Quadro 2- Receitas, investimentos e custos de produção.                                     Tabela do leiteInvestimento   ...
BibliografiaBESKOW,         W.;       Notícias      Cotrijuí.       2009,      disponível     em<http://www.cotrijui.coop....
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Projeto de irrigação para pastagem na produção de leite

17,149 views

Published on

Projeto de irrigação para produção de leite

  • Interessados em irrigação de pastagens e outros sistemas, podem entrar em contato.
    (47)9158 3766
    recantoagropecuaria@hotmail.com
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here

Projeto de irrigação para pastagem na produção de leite

  1. 1. PROJETO DE IRRIGAÇÃO PARA PASTAGEM NA PRODUÇÃO DE LEITE SCHONS, Charles Luis1; MERA, Cláudia Maria 2; COLLING, Renan Aloisio3;Palavras-chave: Irrigação. Rentabilidade. Produtividade.Introdução A distribuição de água de maneira artificial em pastagens por meio de irrigação éa garantia para se produzir como planejado, sem que a falta de chuvas altere os índicesde produtividade e de rentabilidade previamente estabelecidos. A utilização dessatecnologia para exploração de pastagens no Brasil ainda é bastante empírica, sendo àsvezes até casual, em decorrência do fracasso de outras explorações agrícolas. Aspropriedades de agricultores familiares têm área pequena e por isso os sistemas deaspersão convencional são os mais utilizados nas pastagens dessas propriedades,principalmente os semiportáteis e os fixos. Entretanto, por sua praticidade e por seumenor custo, os sistemas de aspersão em malha vêm ganhando espaço nessaspropriedades. Embora a irrigação traga benefícios ao sistema de produção de leite, odesconhecimento das possibilidades e das opções para melhorar o sistema de irrigaçãopode reduzir a lucratividade dos produtores rurais, em razão de custos desnecessários,principalmente devido à compra de equipamentos super dimensionados e ao desperdíciode água e energia. Este estudo tem o objetivo de analisar a viabilidade econômica efinanceira da produção de pastagem para pecuária leiteira através da irrigação em umapequena propriedade rural. Metodologia A localização do projeto foi em uma propriedade rural de 25 hectares, onde apecuária de leite é a atividade principal, no município de Mato Queimado do estado do1 Acadêmico do Curso de Agronomia UNICRUZ – c-schons@hotmail.com2 Professora M. Sc. do Curso de Agronomia da UNICRUZ – cmera@unicruz.edu.br3 Acadêmico do Curso de Agronomia UNICRUZ – renancolling@hotmail.com
  2. 2. Rio Grande do Sul. O tamanho da área a ser implantada será de 30.000 m2, de gramaTifton – 85 (Cynodon spp), A tifton-85 é uma Gramínea perene estolonífera com grandemassa folhear, rizomas grossos, que são os caules subterrâneos que mantêm as reservasde carboidratos e nutrientes. Resultados e Discussões Foi feito junto a uma empresa da área de irrigação um orçamento para instalaçãodo pivô, e foi orçado R$ 12.452,00 para investimento em material, para uma área de 3hectares. Foi orçado também a mão de obra para instalação no valor de R$ 2.000, eainda a instalação de energia elétrica até o local, obtendo um custo de aproximadamenteR$ 5.000,00 totalizando R$ 19.452,00. O total investido por hectare será de R$6.484,00. O quadro abaixo demonstra os resultados de produção estimada com e sem autilização do processo de irrigação, de acordo com a literatura especializada.Quadro 1: Estimativa de produção com o sistema de irrigação Produção R$ Total – R$Com irrigação 11550 litros 0,70 8085,00Sem irrigação 4680 litros 0,60 2808,00Diferença 5.277,00Fonte: Beskow (2009) Na propriedade analisada, a área sem irrigação, produz em média 4.680 litrospor mês, nas três hectares. Essa produção é oriunda de uma taxa de lotação de 3vacas/ha, com produtividade media 18L/vaca/dia. Sem a instalação do sistema estima-seuma capacidade de aumento de produção para 33.000 L/ha/ano (BESKOW, 2009).Após a instalação do sistema, projeta-se um acréscimo na produção de 40% (JUNG,2009). Assim a produção será de 2.750L/ha/mês, equivalendo a 11.550L/mês. Essadiferença aliada ao aumento do volume do leite produzido, faz com que aumente alucratividade na produção leiteira, uma vez que aumentando a produção, e a qualidadedo produto, o produtor receberá mais, tanto por qualidade como por quantidade doproduto vendido. O quadro abaixo resume as receitas, investimentos, os custos fixos evariáveis e os resultados do projeto.
  3. 3. Quadro 2- Receitas, investimentos e custos de produção. Tabela do leiteInvestimento ValorTotal 19.452,00Custos Valor mensal Valor/safraCustos fixos 517,00 6.204,10Custos variáveis 1.268,45 15.221,4Custo total 1.785,45 2.1425,4Receitas Valor mensal Valor/safraReceita 8.085,00 97.020,00Lucro bruto Valor mensal Valor/safraReceita total – CT 6.299,55 75.594,60Fonte: O Produtor A partir dos dados pode-se identificar que a rentabilidade que mede a relaçãodo lucro médio provável que o investimento gerará em cada ano, pelo total desseinvestimento é de 388,62%. A lucratividade que mede a relação do lucro médioprovável que o investimento gerará em cada ano, pelo total desse investimento é de498,76%. O valor presente liquido que representa o valor presente de futurosrendimentos em dinheiro, descontados a uma taxa de juros de 10%a.a, menos o valorpresente do custo do investimento será de R$ 267.111,01. A Taxa Interna de Retorno doinvestimento será de de 388,48%.ConclusãoA propriedade analisada apresenta plenamente as condições impostas acima, e emvirtude disso podemos ver, através das projeções de crescimento, um amento na receitada propriedade nas 3 ha de mais de R$ 5.000,00 por mês, o que nos permite avaliar queo sistema é altamente rentável, inclusive sendo que a quitação do mesmo poderá serfeito já no primeiro ano da sua implantação. Sendo assim, observadas todas ascondições impostas acima, observa-se que o sistema de irrigação de pastagens éplenamente viável, sendo uma ótima alternativa de incremento na produtividade,qualidade e geração de renda na atividade rural produtora de leite.
  4. 4. BibliografiaBESKOW, W.; Notícias Cotrijuí. 2009, disponível em<http://www.cotrijui.coop.br:8080/pg_noticias/noticiaunica.jsp?id_noticia=269> acessoem 30 junho 2010.JUNG, M. A.; A Experiência da Cotrijuí com Irrigação de Pastagens Para aPecuária Leiteira. XII Fórum de Produção Pecuária-Leite, Anais, 2009.

×