Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Artropodes

41,727 views

Published on

Published in: Technology
  • Be the first to comment

Artropodes

  1. 1. ARTRÓPODES INSETOS, CRUSTÁCEOS, ARACNÍDEOS, QUILÓPODES E DIPLÓPODES
  2. 2. Características Gerais <ul><li>Os artrópodes, o grupo mais numeroso de animais, reúnem mais de 1 milhão de espécies catalogados. Eles vivem na água ou em terra firme e são representados por insetos (piolhos, borboletas etc), crustáceos (caranguejos, camarões etc), aracnídeos </li></ul><ul><li>( aranhas, escorpiões etc), quilópodes (centopéias etc), diplópodes (piolho-de-cobra etc) e outros grupos, de menor importância. </li></ul>
  3. 3. <ul><li>Se você observar atentamente as pernas dos artrópodes, verá que elas têm “juntas” ou articulações. Daí o nome artrópodes . É uma palavra que vem do grego, onde arthron significa “articulação” e podos significa “pé”. Artrópodes, portanto, é o mesmo que “pés articulados”. </li></ul>
  4. 4. <ul><li>Os artrópodes são animais triblásticos, protostômios e celomados. São metamericamente segmentados, bilateralmente e simétricos, com o corpo organizado em cabeça, tórax e abdome ou cefalotórax e abdômen. Apresentam apêndices ou patas articuladas e exoesqueleto quitinoso. </li></ul>
  5. 5. <ul><li>Possuem um esqueleto externo, denominado exoesqueleto. É o que se chama de “casca” na lagosta, no siri, no camarão, no caranguejo, na barata etc. </li></ul><ul><li>O exoesqueleto é resistente e limita o crescimento do animal. Assim, o exoesqueleto “velho” e limitante é trocado por um “novo” e “folgado”, que permite a continuidade do crescimento. Essa troca de exoesqueleto, que pode ocorrer várias vezes durante a vida do animal, é chamada de muda e ecdise . A maioria dos artrópodes passa por 4 a 7 mudas até atingir o estágio adulto. </li></ul>
  6. 6. Ecdises:
  7. 7. Sistema digestório <ul><li>Completo de boca a ânus. </li></ul><ul><li>Na boca encontramos os apêndices bucais que variam de acordo com a alimentação. Os nutrientes são absorvidos pelas células das paredes intestinal e atingem o sangue, de onde se distribuem pelo corpo. Restos alimentares são eliminados pelo ânus. </li></ul>
  8. 8. Hábitos alimentares <ul><li>Os artrópodes dividem-se em: carnívoros, herbívoros e aqueles que comem matérias em decomposição. Eles capturam e ingerem seu alimento com a ajuda de apêndices, que são diferentes para cada grupo de artrópodes. </li></ul><ul><li>As aranhas possuem quelíceras, espécie de unhas com as quais injetam veneno para paralisar suas presas. </li></ul>
  9. 9. <ul><li>Os mosquitos possuem um aparelho para picar e chupar o sangue. As borboletas possuem um órgão que se enrola em forma de espiral, que lhes permite sugar o néctar das flores. </li></ul>
  10. 10. SISTEMA CIRCULATÓRIO <ul><li>O sistema circulatório dos artrópodes é do tipo aberto ou lacunar. O coração é encontrado na região dorsal, que bombeia o sangue, ou hemolinfa, através das artérias. Estas se abrem em espaços entre os tecidos. Das lacunas a hemolinfa retorna ao coração através das veias. Alguns insetos apresentam corações acessórios, para bombear o sangue para extremidades do corpo, particularmente para as asas. </li></ul>
  11. 11. SISTEMA RESPIRATÓRIO <ul><li>O sistema respiratório varia de acordo com o grupo de artrópodes, refletindo a adaptação aos diversos ambientes. </li></ul><ul><li>- Branquial – encontrado nos crustáceos. - Traqueal – encontrado basicamente nos insetos e alguns aracnídeos. - Filotraqueal - adaptado as regiões aéreas, encontrado nos aracnídeos. </li></ul>
  12. 12. SISTEMA EXCRETOR O sistema excretor varia de acordo com o grupo de artrópodes. - glândulas antenais ou verdes – presente nos crustáceos . Estas filtram a hemolinfa e dela remove as excreções, eliminando –as através de um poro que se abre na base da antena. - Túbulos de Malpighi – presentes nos insetos e em alguns aracnídeos . Ocorre a filtração do sangue e as secreções são conduzidas ao intestino e excretadas através das fezes. - Glândulas coxais – presente nos aracnídeos. Localizam – se no cefalotórax e se abrem para o exterior através de poros localizados á base das patas.
  13. 14. Metamorfose - mosquito da dengue: 1- fase adulta 2- larva 3- larva
  14. 15. MORFOLOGIA INTERNA GERAL
  15. 16. Piolho-de-cobra Lacraia Aranha, Carrapato, escorpião Siri, lagosta, caranguejo Barata, pulga, mosca Exemplos Traqueal Traqueal Pulmo-traqueal Branquial Traqueal Respiração Um par Um par Ausente Dois pares Um par Antenas Dois pares por segmento Um par por segmento 8 10 ou mais 6 Número de pernas Cabeça, tórax e abdome Cabeça e tronco Cefalotórax e abdome Cefalotórax e abdome Cabeça, tórax e abdome Divisão do corpo Direto Direto Direto (exceto carrapatos) Direto ou indireto Direto ou indireto Desenvolvi-mento Terrestre Terrestre Terrestre Aquático Terrestre Habitat Diplopoda (Diplópodes) Chilopoda (Quilópodes) Arachnida (Aracnídeos) Crustácea (Crustáceos) Insecta (Insetos) Caracterís-ticas
  16. 17. REPRESENTANTES <ul><li>LACRAIA- QUILÓPODES </li></ul>
  17. 18. PIOLHO-DE-COBRA- Diplópode
  18. 19. Araneideos- aranhas
  19. 20. Aranhas de interesse médico: Aranha-marrom O fato destas aranhas ficarem escondidas nos calçados, roupas e cama facilita o acidente, que é indolor e só após 12 a 14 horas surge edema(inchaço), eritema(vermelhão), dor local em queimação com ou sem prurido(coceira), podendo surgir bolha e necrose (morte do tecido). Edema de mãos, face, pés, longe do local da picada, boca seca, urina escura, oligúria (pouca urina), sonolência e mal estar são sinais de gravidade. É indolor e só após 12 a 14 horas surge edema(inchaço), eritema(vermelhão), dor local em queimação com ou sem prurido(coceira), podendo surgir bolha e necrose (morte do tecido). Edema de mãos, face, pés, longe do local da picada, boca seca, urina escura, oligúria (pouca urina), sonolência e mal estar são sinais de gravidade.
  20. 21. 3 dias... 4 dias... 5 dias... 6 dias...
  21. 22. 10 dias após a picada... Tratamento: O tratamento é baseado na gravidade da lesão, que por sua vez é avaliado con forme os seguintes critérios: no aspecto da lesão, local do corpo onde ocorreu, tempo de evolução entre o acidente e o atendimento, identificação da aranha marrom, idade do paciente, presença de doenças associadas e sintomas presentes.
  22. 23. Caranguejeira Aranha de Jardim ou Tarântula (Lycosa) <ul><li>dor no local da picada semelhante à picada de uma abelha </li></ul><ul><li>sensação de inchaço dos lábios e garganta </li></ul><ul><li>vermelhidão </li></ul><ul><li>Frequência cardíaca acelerada </li></ul>
  23. 24. Viúva-negra A aranha viúva negra possui um veneno que ao picar uma pessoa ou outro animal pode ser fatal. A vítima da picada pode sentir dores musculares, cãibras e distúrbios nervosos.
  24. 25. Armadeira A picada resulta em dor violenta no local que se irradia pela região atingida. A vítima apresenta tonturas, queda de pressão, vômito, suor intenso e espasmos.
  25. 26. Escorpionideos- escorpiões
  26. 27. Acarinos- ácaros e carrapatos
  27. 28. Insetos- principais ordens <ul><li>Ordem Thysanura – traça </li></ul><ul><li>- Ordem Odonata - Exemplo: as libélulas. </li></ul><ul><li>- Ordem Blattodea - Exemplo: as baratas. </li></ul><ul><li>- Ordem Isoptera –Exemplo: os cupins. </li></ul><ul><li>- Ordem Orthoptera –Exemplo: gafanhotos e grilos. </li></ul><ul><li>- Ordem Phasmida –Exemplo: os bichos-pau. </li></ul>
  28. 29. <ul><li>- Ordem Phthiraptera –Exemplo: os piolhos. </li></ul><ul><li>- Ordem Heteroptera –Exemplo: são os percevejos-do-mato e barbeiros. </li></ul><ul><li>- Ordem Homóptera – Exemplo: as cigarras, pulgões e cigarrinhas. </li></ul><ul><li>- Ordem Coleóptera –Exemplo: os besouros, joaninhas e carunchos. </li></ul>
  29. 30. <ul><li>- Ordem Hymenoptera Exemplo: são as abelhas e formigas. </li></ul><ul><li>- Ordem Díptera Exemplo: são as moscas e mosquitos. </li></ul><ul><li>- Ordem Siphonaptera Exemplo: a pulga e o bicho-do-pé. </li></ul><ul><li>- Ordem Lepidóptera Exemplo: são as borboletas e mariposas. </li></ul>

×