Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Comunicação pública.zezé

1,135 views

Published on

Aula da Profª Maria José de Oliveira do dia 28/08/2013.

  • Be the first to comment

Comunicação pública.zezé

  1. 1. Comunicação Pública Um novo conceito ou (apenas) mais um rótulo? Profa. Dra. Maria José da Costa Oliveira
  2. 2. Panorama atual e tendências - Livre concorrência; - Desregulamentação; - Uso intensivo das modernas tecnologias da comunicação e da informação; - Pluralismo/Diversidade; - Crescentes problemas sociais; - Instituição de bases democráticas mais sólidas; - Reinvenção do governo.
  3. 3. Comunicação Pública 1º. Identificada com os conhecimentos e técnicas da área de Comunicação Organizacional 2º. Identificada com comunicação científica 3º. Identificada com comunicação do Estado e/ou governamental 4º. Identificada com comunicação política 5º. Identificada com estratégias de comunicação da sociedade civil organizada (Brandão in Duarte, 2007).
  4. 4. CP identificada com os conhecimentos e técnicas da área de Comunicação Organizacional - Sua característica é tratar a comunicação de forma estratégica e planejada, visando criar relacionamentos com diversos públicos e construir uma identidade e uma imagem dessas instituições, sejam elas públicas e/ou privadas.
  5. 5. CP identificada com comunicação científica - Por se tratar de um processo de comunicação construído e mantido pelo Estado, tendo em vista o desenvolvimento do país e de sua população, a comunicação científica tem uma identidade pública e atua no espaço público que a identificam com a comunicação pública. - A produção e a difusão do conhecimento científico incorporam preocupações sociais, políticas, econômicas e corporativas que ultrapassaram os limites da ciência pura e obrigaram as instituições de pesquisa a estender - a divulgação científica além do círculo de - seus pares. -
  6. 6. CP identificada com comunicação do Estado e/CP identificada com comunicação do Estado e/ou governamental - Entende ser de responsabilidade do Estado e do Governo estabelecer um fluxo informativo e comunicativo com seus cidadãos. - A comunicação governamental pode ser entendida como comunicação pública, na medida em que ela é um instrumento de construção da agenda pública e direciona seu trabalho para a prestação de contas, o estímulo para o engajamento da população nas políticas adotadas, o reconhecimento das ações promovidas nos campos político, econômico e social, e provoca o debate público.
  7. 7. CP identificada com comunicação política Pode-se entender a comunicação política sob dois ângulos: 1. Utilização de instrumentos e técnicas da comunicação para a expressão pública de ideias, crenças e posicionamentos políticos, tanto dos governos quanto dos partidos; 2. As disputas perenes entre os proprietários de veículos e detentores das tecnologias de comunicações e o direito da sociedade de interferir e poder determinar conteúdos e acesso a esses 3. veículos e tecnologias em seu benefício.
  8. 8. CP identificada com estratégias de comunicação da sociedade civil organizada - Trata-se de práticas e formas de comunicação desenvolvidas pelas comunidades e pelos membros do terceiro setor e movimentos sociais ou populares, sendo também conhecida como comunicação comunitária e/ou alternativa.
  9. 9. Diagrama de Pierre Zémor
  10. 10. Âmbito da Comunicação Públicos Envolvidos Finalidades da Comunicação Funções da Comunicação Modalidades da Comunicação Integrada Ambiente Interno • Gabinetes • Burocracia • Servidores • Terceirizados • Qualidade das ações dos agentes. • Mobilização interna • Preparação para a comunicação externa COMUNICAÇÃO IDENTIDADE LEGITIMIDADE COMUNICAÇÃO INTERNA • Escutar o público e seus representantes • Interlocução, negociação e consenso Usuários, Clientes / Cidadãos • Usuários / clientes • Empresas / fornecedores • Administração pública • Parcerias • Explicar e informar • Eficiência e qualidade dos serviços • Gerenciar a imagem dos serviços prestados RELAÇÃO DE PROXIMIDADE DISPONIBILIZAÇÃO DE DADOS PÚBLICOS  Acesso, consulta e divulgação das informações públicas  Diversificação de técnicas ATENDIMENTO: (recepção, escuta diálogo, tratamento) PROMOÇÃO DOS SERVIÇOS OFERECIDOS • Publicidade • Relações públicas Mediadores e Mediáticos • Governos Estaduais • Imprensa geral e mídia especializada • Sindicatos, Associações, ONG’s • Gerenciar percepção da imagem da instituição pública. • Informar objetivos das políticas públicas. • Treinar fontes para o relacionamento com a imprensa INFORMAR A MISSÃO E CUIDAR DA IMAGEM INSTITUCIONAL COMUNICAÇÃO INSTITUCIONAL • Missão e valores • Campanhas publicitárias • Relações públicas Macro-Ambiente • Interlocutores inter-ministeriais ou inter- setoriais e especialistas juridico- administrativos • Partidos políticos • As Mídias: Relações Internacionais • Mudança social e Política • Modificação dos comportamentos sociais • Difusão do saber cívico • Treinar para relacionamento eficaz com a imprensa INTERESSE PÚBLICO E AMBIENTE DEMOCRÁTICO COMUNICAÇÃO POLÍTICA E MARKETING POLÍTICO Acompanhamento do exercício do poder COMUNICAÇÃO CÍVICA E DE INTERESSE GERAL
  11. 11. Ser cidadão “É ter direito de ver-se protegido legalmente, de locomover-se, de interferir na dinâmica, de votar e ser votado, de expressar-se. É também ter o direito de morar numa casa digna, de comer bem, de poder estudar e trabalhar. É, por fim, ter o direito de participar, com igualdade, na produção, na gestão e na fruição dos bens econômicos e culturais” (Peruzzo, 1999, p. 287).
  12. 12. Direito à informação dos cidadãos: Direito natural do ser humano; Declaração Universal dos Direitos Humanos; Constituição Federal Fundamentos da Comunicação no Poder Público
  13. 13. Fundamentos da Comunicação no Poder Público Responsabilidade da Informação Governamental: Veracidade das informações; Contribuição dos servidores públicos; Informação transparente, pontual e bem apresentada.
  14. 14. Cenário - Sociedade democrática; - Direito à informação; - Prestação de contas; - Cidadania.
  15. 15. Responsabilidade da Comunicação no espaço público Falta de uma política de comunicação capaz de compreender a sociedade atual Avanço da sociedade no processo democrático
  16. 16. Modalidades de Comunicação do Poder Público - Comunicação Governamental; - Comunicação Política ou Marketing Político; - Comunicação Pública.
  17. 17. - É praticada por um determinado governo, visando a prestação de contas, o estímulo para o engajamento da população nas políticas adotadas e o reconhecimento das ações promovidas nos campos político, econômico e social. - É uma forma legítima de um governo se fazer presente perante a população, uma espécie de lobby junto à opinião pública. Comunicação Governamental Modalidades de Comunicação do Poder Público
  18. 18. - Busca atingir a opinião pública com métodos publicitários, buscando respostas rápidas e efeitos imediatos, que podem ser auferidos nas pesquisas. - Usa a mídia na competição por resultados eleitorais e/ou políticos partidários e freqüentemente serve como instrumento de gestão de um processo social complexo, imprevisível e de difícil planejamento. Comunicação Política ou Marketing Político Modalidades de Comunicação do Poder Público
  19. 19. - Emerge como fator estratégico para a plena vivência da democracia; - Espaço privilegiado de negociação entre a sociedade e o Estado; - Volta-se para a dimensão pública da comunicação, buscando novos paradigmas que abarquem o significado político da comunicação. Comunicação Pública Modalidades de Comunicação do Poder Público
  20. 20. Dimensão da Comunicação Pública - Comunicação marketizada – o marketing político de um governo e que diz mais respeito à construção de seu conceito e a manutenção de sua imagem frente à sociedade. - Política Pública – que diz respeito diretamente à utilização da comunicação como meio de construção da cidadania.
  21. 21. Política de Comunicação Pública - Comunicação comprometida com a democracia; - Comunicação como garantia de cidadania; - Comunicação como expressão da opinião pública.
  22. 22. Atuar em Comunicação Pública exige: - Compromisso em privilegiar o interesse público em relação ao interesse individual ou corporativo; - Centralizar o processo no cidadão; - Tratar comunicação como um processo mais amplo do que informação; - Adaptação dos instrumentos às necessidades, possibilidades e interesses dos públicos; - Assumir a complexidade da comunicação, tratando-a como um todo uno. (Duarte, 2007, p. 59)
  23. 23. Comunicação Pública - Feita no espaço público, sobre temas de interesse público. - É a informação cívica e que inclui a accountability.
  24. 24. Accountability “Uma pessoa ou instituição é accountable quando é responsável por decisões e pelas conseqüências de suas ações e inações, e o de, portanto, ser um exemplo para outros. Aquele que é accountable aceita a responsabilidade e mantém sua integridade, evitando a ‘aparência de Improbidade’ e resguardando (no caso de uma organização) sua reputação” (Coelho, 2000).
  25. 25. Accountability “Uma relação accountable depende do estabelecimento de mecanismos de avaliação e controle. O estado de confiança, respeitabilidade, transparência e interlocução é cobrado de todos os lados: na relação da organização com seus membros e com a sociedade; e na relação que estabelece com as agências públicas e com as organizações privadas; e na relação com os órgãos governamentais na gestão dos recursos públicos” (Coelho, 2000).
  26. 26. Quando uma organização pode ser considerada accountable? - Quando é transparente, permitindo o acesso e a exposição de seus objetivos e resultados; - Quando é íntegra, responsabilizando-se por suas ações de impacto positivo ou negativo, ou mesmo pela falta de ações, por suas decisões e conseqüências; - Quando presta contas à opinião pública, sendo aberta à fiscalização em todos os seus aspectos gerenciais.
  27. 27. Perspectivas de Comunicação Pública: - Orçamento participativo; - Conselhos municipais; - Programas abertos às comunidades nas escolas; - Audiências Públicas; - Debates nas Câmaras; - Modelo Colaborativo (Curitiba); - Amarribo (Amigos Associados de Ribeirão Bonito); - Ouvidorias Públicas; - TV Pública; - Rádio Comunitária.
  28. 28. Cidadão “é todo aquele que deve ser subjetivamente respeitado em seus direitos. É a pessoa que tem direitos. Ocorre que todos são iguais perante a lei (ou a lei é igual perante todos) nas sociedades modernas. Logo, todos são cidadãos. ...quem tem direitos, necessariamente tem deveres”. (Estatuto da Criança e do Adolescente, p. 12).
  29. 29. Quem faz Comunicação Pública? “A comunicação pública deve ser realizada por todos que integram a área pública, de maneira autônoma e descentralizada de acordo com suas características, buscando encontrar a melhor forma de expressão da comunicação em cada setor das políticas públicas adotadas pelo Estado”. (Elizabeth Brandão)
  30. 30. Conclusão - A ação integrada de todos os setores da sociedade requer o estabelecimento de uma política pública, a partir da interlocução entre os diferentes setores da sociedade; - Diálogo, solidariedade, confiança, transparência, devem ser as bases de uma política de comunicação que envolva todos – dirigentes, governantes, colaboradores internos e cidadãos – em benefício de todos.
  31. 31. Comunicação Pública Um novo conceito ou (apenas) mais um rótulo? Um novo conceito, mas, infelizmente, muitos episódios revelam o quanto precisamos avançar para sua efetivação.
  32. 32. É hora de começar a trilhar o caminho da comunicação pública como um direito de cidadania e de exercício democrático, afinal, de acordo com a Declaração Universal dos Direitos Humanos... Comunicação Pública Um novo conceito ou (apenas) mais um rótulo?
  33. 33. Contatos

×