Oficina Ases2.0 beta6.0 - André Luiz Rezende

2,247 views

Published on

Oficina realizada no evento Acessibilidade Digital - Um direito de Todos. ESAF, 21 de setembro de 2011.

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
2,247
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
2
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Oficina Ases2.0 beta6.0 - André Luiz Rezende

  1. 1. Estes slides são concedidos sob uma Licença Creative Commons. Veja detalhes e restrições adicionais no último slide. Oficina: ASES 2.0 – Beta 6.0 21 de setembro de 2011 André Luiz Andrade Rezende ¹ ¹Rede de Pesquisa e Inovação em Tecnologias Digitais (RENAPI) Doutorando em Educação e Contemporaneidade (UNEB)
  2. 2. AGENDA <ul><li>Justificativa </li></ul><ul><li>A valiador e S imulador para a Acessibilidad E de S ítios (ASES) </li></ul><ul><li>Desdobramentos </li></ul><ul><ul><li>ASES-WEB </li></ul></ul><ul><ul><li>e-ASES </li></ul></ul><ul><ul><li>Selo de Acessibilidade On-Line (on-Selo) </li></ul></ul><ul><ul><li>Componente para IDE de programação </li></ul></ul><ul><li>Laboratório </li></ul><ul><ul><li>Avaliadores </li></ul></ul><ul><ul><li>Simuladores </li></ul></ul><ul><ul><li>Ferramentas </li></ul></ul><ul><li>Dúvidas </li></ul>
  3. 3. JUSTIFICATIVA A rede mundial de computadores é um espaço democrático para a interatividade, construção e difusão do conhecimento. SERÁ MESMO?
  4. 4. JUSTIFICATIVA Oportunizar a acessibilidade das informações nos sítios Jurídica Teórica Técnica
  5. 5. JUSTIFICATIVA Base Jurídica: Leis <ul><li>No Brasil, a acessibilidade é tratada em termos legais pela Lei nº 5.296 de 02 de dezembro de 2004 que regulamenta as seguintes bases jurídicas nº 10.048, de 08 de novembro de 2000, e Lei nº 10.098, de 19 de dezembro de 2000. </li></ul><ul><ul><ul><ul><ul><li>Capítulo III - Das Condições Gerais da Acessibilidade </li></ul></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><ul><li>Art. 8o Para os fins de acessibilidade, considera-se: </li></ul></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><ul><li>II - barreiras : qualquer entrave ou obstáculo que limite ou impeça o acesso, a liberdade de movimento, a circulação com segurança e a possibilidade de as pessoas se comunicarem ou terem acesso à informação , classificadas em: </li></ul></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><ul><li>d) barreiras nas comunicações e informações : qualquer entrave ou obstáculo que dificulte ou impossibilite a expressão ou o recebimento de mensagens por intermédio dos dispositivos, meios ou sistemas de comunicação [...] </li></ul></ul></ul></ul></ul>
  6. 6. JUSTIFICATIVA É a possibilidade de qualquer indivíduo, utilizando qualquer tipo de tecnologia de navegação (navegadores gráficos, textuais, especiais para cegos ou para sistemas de computação móvel), poder visitar qualquer site e obter um total e completo entendimento da informação contida nele, além de ter total e completa habilidade de interação (SONZA, 2008). A acessibilidade virtual refere-se ao acesso a qualquer recurso da Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC), enquanto o termo acessibilidade na internet é usado para definir a acessibilidade dos componentes da rede mundial de computadores, como e-mail, grupos, serviços de notícias, chats entre outros. Já a acessibilidade web, ou e-acessibilidade , trata especificamente do componente web, que é um conjunto de páginas escritas na linguagem HTML e interligadas por links de hipertexto (FERREIRA, 2007). Base Teórica: Acessibilidade Virtual
  7. 7. JUSTIFICATIVA <ul><li>Conjunto de diretrizes que aplicadas ao conteúdo disponibilizado na rede mundial (Internet) de computadores torna suas informações acessíveis. São exemplos desses padrões: </li></ul><ul><li>WCAG – Web Content Acessibility Guideline (Versão – 2.0) </li></ul><ul><ul><li>Referência proposta pelo W3C sobre acessibilidade na rede mundial de computadores, cujo objetivo é esclarecer como produzir conteúdos para Web que sejam acessíveis às pessoas com necessidades especiais. </li></ul></ul><ul><li>E-MAG – Modelo de Acessibilidade Eletrônica do Governo Brasileiro (Versão – 3.0) </li></ul><ul><ul><li>Referência proposta pelo Governo Brasileiro sobre acessibilidade, fundamentado no WCAG, cujo objetivo é esclarecer como produzir conteúdos para Web para os sites do Governo Federal. </li></ul></ul>Base Técnica: Padrões de Acessibilidade
  8. 8. ASES 2.0 <ul><li>Resumo </li></ul><ul><ul><li>Solução computacional que agrupa diversas tecnologias para avaliar e identificar problemas relacionados a acessibilidade em sítios. </li></ul></ul><ul><li>Versão </li></ul><ul><ul><li>2.0 - Beta06 (Atende as normas da WCAG2.0 e E-MAG 3.0); </li></ul></ul><ul><ul><li>Em teste e aguardando sugestões da comunidade para melhorias. </li></ul></ul><ul><li>Parceria: </li></ul><ul><ul><li>Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) e a Rede de Pesquisa e Inovação em Tecnologias Digitais (RENAPI). </li></ul></ul>
  9. 9. DESDOBRAMENTOS E-ASES – Extensão para o browser Firefox ASES-WEB – Versão WEB do software ASES ASES –Avaliador de acessibilidade A partir do isolamento do núcleo ou motor de validação do ASES, surgiram outras possibilidades. São elas: On-Selo: certificado de acessibilidade on-line Componente para IDE de programação
  10. 10. DESDOBRAMENTOS <ul><li>on-Selo: Certificado de acessibilidade on-line baseado no núcleo de validação do Avaliador e Simulador de Acessibilidade de Sítios (ASES); </li></ul><ul><li>e-ASES: Extensão para acessibilidade do navegador Firefox baseado no núcleo do Avaliador e Simulador de Acessibilidade de Sítios (ASES); </li></ul><ul><li>ASES-WEB: Plataforma WEB do Avaliador e Simulador de Acessibilidade de Sítios; </li></ul><ul><li>ASES-IDE: Componente para IDE (Interface de desenvolvimento) de programação </li></ul>E-ASES – Extensão para o browser Firefox ASES-WEB – Versão WEB do software ASES on-Selo ASES-IDE
  11. 11. LABORATÓRIO - Introdução <ul><li>Objetivo: apresentar os procedimentos para acesso às informações disponibilizadas para o projeto ASES. </li></ul><ul><li>Referência: http://www.youtube.com/watch?v=spUOithmwFI&feature=related </li></ul>
  12. 12. LABORATÓRIO - Introdução <ul><li>Objetivo: apresentar o processo de instalação da ferramenta ASES. </li></ul><ul><li>Referências: </li></ul><ul><ul><li>http://www.youtube.com/watch?v=spUOithmwFI&feature=related </li></ul></ul><ul><ul><li>http://www.youtube.com/watch?v=SgiOMf8DPEc&feature=related </li></ul></ul>
  13. 13. LABORATÓRIO - Introdução <ul><li>Objetivo: introdução as funcionalidade da ferramenta ASES. </li></ul><ul><li>Referências: </li></ul><ul><ul><li>http://www.youtube.com/watch?v=SgiOMf8DPEc&feature=related </li></ul></ul>
  14. 14. LABORATÓRIO - Avaliador <ul><li>Objetivo: conhecer o funcionamento do avaliador de acessibilidade </li></ul><ul><li>Menu: Avaliadores -> Avaliador de Acessibilidade </li></ul><ul><li>Caminho: http://www.ifbaiano.edu.br/modelo/html/index.html </li></ul><ul><li>Referência: </li></ul><ul><ul><li>http://www.youtube.com/watch?v=kEC_5_6_WVA </li></ul></ul>
  15. 15. LABORATÓRIO - Avaliador Continuação....
  16. 16. LABORATÓRIO - Avaliador <ul><li>Objetivo: conhecer o funcionamento do avaliador de HTML(4.01 e XHTML) </li></ul><ul><li>Menu: Avaliadores -> Avaliador HTML (4.01 e XHTML) </li></ul><ul><li>Caminho: http://www.ifbaiano.edu.br/modelo/html/index.html </li></ul>
  17. 17. LABORATÓRIO - Avaliador <ul><li>Objetivo: conhecer o funcionamento do avaliador de CSS </li></ul><ul><li>Menu: Avaliadores -> Avaliador CSS </li></ul><ul><li>Caminho: http://www.ifbaiano.edu.br/modelo/html/ </li></ul>
  18. 18. LABORATÓRIO - Avaliador <ul><li>Objetivo: conhecer o funcionamento do avaliador de contraste </li></ul><ul><li>Menu: Avaliadores -> Avaliador de Contraste </li></ul>
  19. 19. LABORATÓRIO - Simulador <ul><li>Objetivo: conhecer o funcionamento do simulador de leitor de tela </li></ul><ul><li>Menu: Simuladores -> Leitor de Tela </li></ul><ul><li>Caminho: http://www.ifbaiano.edu.br/modelo/html/index.html </li></ul>
  20. 20. LABORATÓRIO - Simulador <ul><li>Objetivo: conhecer o funcionamento do simulador de baixa visão </li></ul><ul><li>Menu: Simuladores -> Baixa Visão </li></ul><ul><li>Caminho: http://www.ifbaiano.edu.br/modelo/html/index.html </li></ul>
  21. 21. LABORATÓRIO - Ferramentas <ul><li>Objetivo: conhecer o funcionamento da ferramenta conteúdo alternativo para tags IMG </li></ul><ul><li>Menu: Ferramentas -> Conteúdo Alternativo para Tags -> IMG </li></ul><ul><li>Caminho: http://www.ifbaiano.edu.br/modelo/html/cadastro.php </li></ul>
  22. 22. LABORATÓRIO - Ferramentas <ul><li>Objetivo: conhecer o funcionamento da ferramenta conteúdo alternativo para tags OBJECT </li></ul><ul><li>Menu: Ferramentas -> Conteúdo Alternativo para Tags -> OBJECT </li></ul><ul><li>Caminho: http://www.ifbaiano.edu.br/modelo/html/cadastro.php </li></ul>
  23. 23. LABORATÓRIO - Ferramentas <ul><li>Objetivo: conhecer o funcionamento da ferramenta conteúdo alternativo para tags SCRIPT </li></ul><ul><li>Menu: Ferramentas -> Conteúdo Alternativo para Tags -> SCRIPT </li></ul><ul><li>Caminho: http://www.ifbaiano.edu.br/modelo/html/dicas.html </li></ul>
  24. 24. LABORATÓRIO - Ferramentas <ul><li>Objetivo: conhecer o funcionamento da ferramenta Associador de Rótulos </li></ul><ul><li>Menu: Ferramentas -> Associador de Rótulos </li></ul><ul><li>Caminho: http://www.ifbaiano.edu.br/modelo/html/cadastro.php </li></ul>1 2
  25. 25. LABORATÓRIO - Ferramentas <ul><li>Objetivo: conhecer o funcionamento da ferramenta Editor de DocType </li></ul><ul><li>Menu: Ferramentas -> Editor de DocType </li></ul><ul><li>Caminho: http://www.ifbaiano.edu.br/modelo/html/index.html </li></ul>
  26. 26. LABORATÓRIO - Ferramentas <ul><li>Objetivo: conhecer o funcionamento da ferramenta Preenchedor de Formulário </li></ul><ul><li>Menu: Ferramentas -> Preenchedor de Formulário </li></ul><ul><li>Caminho:http://www.ifbaiano.edu.br/modelo/html/formErro.html </li></ul>
  27. 27. LABORATÓRIO - Ferramentas <ul><li>Objetivo: conhecer o funcionamento da ferramenta Corretor de Eventos </li></ul><ul><li>Menu: Ferramentas -> Corretor de Eventos </li></ul><ul><li>Caminho: http://www.ifbaiano.edu.br/modelo/html/cadastro.php </li></ul>
  28. 28. DÚVIDAS
  29. 29. FIM Muito Obrigado! André Rezende andre.rezende@ifbaiano.edu.br [email_address]
  30. 30. Licença <ul><li>Estes slides são concedidos sob uma Licença Creative Commons. </li></ul><ul><li>Sob as seguintes condições: Atribuição, Uso Não-Comercial e </li></ul><ul><li>Compartilhamento pela mesma Licença, com restrições adicionais: </li></ul><ul><li>Se você é estudante, você não está autorizado a utilizar estes slides (total ou parcialmente) em uma apresentação na qual você esteja sendo avaliado, a não ser que o professor que está lhe avaliando: </li></ul><ul><ul><li>a) lhe peça explicitamente para utilizar estes slides; </li></ul></ul><ul><ul><li>b) ou seja informado explicitamente da origem destes slides e concorde com o seu uso. </li></ul></ul><ul><li>Mais detalhes sobre a referida licença Creative Commons veja </li></ul><ul><li>no link:http://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/2.5/br/ </li></ul>

×