Successfully reported this slideshow.
Your SlideShare is downloading. ×

Filosofia da Tecnologia e Software Livre: pode um software ser livre?

Ad
Ad
Ad
Ad
Ad
Ad
Ad
Ad
Ad
Ad
Ad
Loading in …3
×

Check these out next

1 of 19 Ad

Filosofia da Tecnologia e Software Livre: pode um software ser livre?

Download to read offline

Palestra apresentada por Rodrigo Freese Gonzatto no evento FLISOL Curitiba (2016), em 16 de abril de 2016, que discute o conceito de "liberdade" no Software Livre a partir de questionamentos da Filosofia da Tecnologia de Jean-Paul Sartre, Álvaro Vieira Pinto, Marcuse e Andrew Feenberg. Nos perguntamos se as coisas podem carregar valores, tais como a liberdade? Um software livre sempre liberta?

Palestra apresentada por Rodrigo Freese Gonzatto no evento FLISOL Curitiba (2016), em 16 de abril de 2016, que discute o conceito de "liberdade" no Software Livre a partir de questionamentos da Filosofia da Tecnologia de Jean-Paul Sartre, Álvaro Vieira Pinto, Marcuse e Andrew Feenberg. Nos perguntamos se as coisas podem carregar valores, tais como a liberdade? Um software livre sempre liberta?

Advertisement
Advertisement

More Related Content

Similar to Filosofia da Tecnologia e Software Livre: pode um software ser livre? (20)

More from Rodrigo Freese Gonzatto (20)

Advertisement

Recently uploaded (20)

Filosofia da Tecnologia e Software Livre: pode um software ser livre?

  1. 1. Nome da palestra: Filosofia da tecnologia e Software Livre: pode um software ser livre? Autor: Rodrigo F. Gonzatto @gonzatto www.gonzatto.com Imagem de fundo: Vários pássaros voando, Fugindo de uma gaiola aberta. Autoria:Desconhecida :( (me avise por favor se for seu)
  2. 2. Perguntas que faço para mim mesmo: ● O que é liberdade? ● Porque quero liberdade? ● Serei mais livre se escolher usar software livre? ● Se uma pessoa for obrigada a usar software livre, esta pessoa terá mais liberdade?
  3. 3. PARTE I software livre é liberdade?
  4. 4. Liberdade livre ● O termo 'livre' vem é utilizado como substantivo de artefatos (software livre), movimentos (Software Livre) e outros (ex.: classificação etária livre) ● Entretanto... coisas são neutras? Ou elas podem ter qualidades/valores? – Se podem ter qualidades/valores, a liberdade é uma delas?
  5. 5. Tentando encontrar a liberdade em uma coisa.... ● 4 liberdades básicas (software + código fonte) – 0) Executar o programa, para qualquer propósito – 1) Estudar como o programa funciona, e adaptá-lo para as suas necessidades – 2) Redistribuir cópias de modo que você possa ajudar ao seu próximo – 3) Aperfeiçoar o programa, e liberar os seus aperfeiçoamentos, de modo que toda a comunidade se beneficie
  6. 6. Filosofias da Tecnologia ● Contexto: Modernidade e Ciência ● Abordagens: Teoria Crítica, Filosofia da Existência e Materialismo-dialético ● A liberdade é realidade humana (é liberdade) ● Liberdade é relacional, não uma essência. – As essências é que são criadas por liberdade – A liberdade é existência, e precede a essência. Filosofias da Existência
  7. 7. Jean-Paul Sartre ● Sou condenado a ser livre (a escolher) – Ao “não escolher” já estamos escolhendo ● A liberdade é situada – Não existe liberdade universal
  8. 8. Álvaro Vieira Pinto ● Liberdade não é escolher, mas ter escolhido ● Liberdade é libertação (é libertar-se) – Superação das determinações da realidade
  9. 9. O que entendo: ● Software livre não possui em si a qualidade “liberdade” – A liberdade não surge apenas no contato entre uma pessoa e uma coisa 'feita'. – Liberdade é a superação das determinações/limites – Liberdade é quando se modifica a realidade compartilhada e não apenas a realidade individual ● A liberdade não é encontrada em um artefato isolado/sozinho (seja software livre ou proprietário) – Criar e usar Software Livre para finalidades que o software proprietário não permite
  10. 10. ● Software livre é software para a liberdade quando é movimento de libertação. – Apenas fazer software livre não garante “criação de liberdade” – O que liberta é software livre usado para superar determinações ● Uma pergunta: que liberdade produzem para si aqueles que, quando criam e usam softwares, escolhem criar e usar software livre? O que entendo:
  11. 11. PARTE II software livre liberta?
  12. 12. Teoria Crítica e Materialismo-histórico ● Tecnologia e Sociedade se constituem juntas ● Tecnologia: Neutralidade [vs.] Valores ● Tecnologia: Determinismo [vs.] Construção ● Liberdade é permissão para fazer algo? ● Liberdade é relacional, não uma essência.
  13. 13. Herbert Marcuse ● Tecnologia corporifica valores e ideologias ● Racionalidade/razão técnica = só ver o valor da eficiência/progresso a todo custo ● Ser humano unidimensional (o ser nesse viés)
  14. 14. Andrew Feenberg ● Tecnologia não é importada de forma “neutra”: valores e finalidades acompanham as técnicas ● É preciso criar outra tecnologia a partir da tecnologia existente. Subverter a razão técnica para que sirva a outros fins
  15. 15. Software Livre ou software livre? ● Muitas vezes as pessoas resumem software livre à software com licenças permissivas – O copyleft não é o contrário do copyright. Funciona dentro deste, mas subverte-o ● Entretanto, a diferença tem que ser vista na intencionalidade de uso e nas finalidades de produção de software livre – O Software Livre como movimento social – O produto do uso do software livre como produção da liberdade
  16. 16. Software Livre designa 2 coisas: ● Tipo de artefato computacional; principal causa de um... ● Movimento social - cuja organização de destaque internacional é a Free Software Foundation (FSF). – Origens: ● reação à privatização do código-fonte em softwares que aconteceu a partir dos anos 1960, ● continuação da tradição de compartilhamento de informações da engenharia da computação. (MAZIERÈS, 2009)
  17. 17. O que entendo: ● A liberdade emerge com sujeitos que constroem e usam softwares para se libertarem, propondo uma racionalidade diferente da dominante, que os domina. E isso só o software livre faz. ● Quando propõe outra racionalidade para a sociedade, os movimentos Software Livre constituem o software livre enquanto Liberdade. ● Coisas, como software livre não são a mudança ● Mas usar software livre é uma maneira de produzir as coisas que nos levarão à transformação
  18. 18. Fim da palestra: #Obrigado! Autor: Rodrigo Freese Gonzatto @gonzatto www.gonzatto.com

×