Successfully reported this slideshow.

Biologia proteinas

1,032 views

Published on

Published in: Education
  • Be the first to comment

Biologia proteinas

  1. 1. COMO SE EXPRIME A INFORMAÇÃO GENÉTICA? COMO É ASSEGURADA A PRODUÇÃO CONTÍNUA DE PROTEÍNAS COMO A QUERATINA E A HEMOGLOBINA? Trabalho realizado no âmbito da disciplina de Biologia e Geologia por: Gonçalo Oliveira nº7; Hugo Silveiro nº11; José Maria nº18; Pedro Sacadura nº23; Pedro Almeida nº24
  2. 2. INTRODUÇÃO  Informação genética: o DNA, o que é e como funciona e o RNA  Síntese de proteínas: Transcrição e Tradução, intervenientes e funções  RNA de transporte e o Processamento  Intrões e Exões.
  3. 3. Como se exprime a informaçãoComo se exprime a informação genética?genética?
  4. 4. “O RNA participa na expressão da informação genética armazenada no DNA (CHAMPE, 1996).” DNA (Ácido Desoxirribonucléico)
  5. 5. DNA: responsávelDNA: responsável pelapela hereditariedade ehereditariedade e síntese protéicasíntese protéica
  6. 6. RNA (Ácido Ribonucléico) RNA mensageiro: Contêm a informação para a síntese de proteínas. Os RNAm representam cerca de 4% do RNA total da célula. RNA transportador: Transporta aminoácidos para que ocorra a síntese de proteínas. Os RNAt correspondem a 10% do RNA total da célula.     RNA ribossómico:: Componentes de síntese de proteínas presente nos ribossomos. Os RNAr correspondem a 85 % do RNA total da célula, e são encontrados nos ribossomos (local onde ocorre a síntese protéica).
  7. 7. SÍNTESE PROTEICA  Mecanismo da síntese proteica Duas etapas fundamentais: ►Transcrição da mensagem genética ►Tradução da mensagem genética
  8. 8. TRANSCRIÇÃO Transcrição da mensagem genética: 1. Ligação da RNA polimerase (enzima) a locais do DNA no núcleo ; 2. Desfasamento das pontes de hidrogénio e separação das cadeias do DNA ; 3. Ligação de nucleótidos livres (adenina, citosina, guanina e uracilo) a uma das cadeias do DNA, no sentido 5' -----> 3', formando-se mRNA ; 4. Libertação do mRNA sintetizado ; 5. Restabelecimento das pontes de hidrogénio e da estrutura do DNA .
  9. 9. Transcrição
  10. 10. Transcrição
  11. 11. PROCESSAMENTO DO MRNA (Na figura: Intrões a cinzento, Sequência que especifica a síntese proteica a azul) ۟Neste processo, o mRNA sofre uma “maturação” cujo objectivo é alterar a sequência dos seus nucleótidos de forma a que esta indique a junção de aminoácidos, para a produção de proteínas.
  12. 12. Processamento do mRNA
  13. 13. INTRÕES E EXÕES Fenómeno Splicing
  14. 14. RNA DE TRANSFERÊNCIA OU TRNA Cada molécula de tRNA possui:  Uma sequência de 3 nucleótidos, chamada anticodão, que se vai ligar a 3 nucleótidos do mRNA, codão ;  Uma região destinada à fixação do aminoácido, na extremidade 3' ;  Uma região para a ligação ao ribossoma ;  Uma região para as enzimas intervenientes na síntese proteica .
  15. 15. RIBOSSOMA
  16. 16. SÍNTESE PROTEICA
  17. 17. Etapas da síntese proteica A – Iniciação Ligação do mRNA e do tRNA iniciador, que transporta o aminoácido metionina à subunidade pequena do ribossoma. Junção da subunidade grande ao conjunto. Tradução
  18. 18. B – Alongamento Ligação de um novo tRNA , com outro aminoácido, ao segundo codão do mRNA. Formação de uma ligação peptídica entre os dois aminoácidos. Avanço de três bases pelo ribossoma. Repetição do processo ao longo do mRNA.
  19. 19. C – Finalização Chegada do ribossoma a um dos codões de finalização. Libertação da proteína Separação do ribossoma nas suas subunidades.
  20. 20. EXERCÍCIO / CONCLUSÃO Um exercício simples que abrange todo o nosso trabalho:  http://www.netxplica.com/exercicios/bio11/sintese.proteica.htm
  21. 21. BIBLIOGRAFIA  DA SILVA, Amparo Dias; Terra, Universo de Vida 11 - Biologia; Porto Editora;  http://netxplica.com ;  http://www.e-escola.pt;  http://www.byweb.pt;  http://www.infopedia.pt.

×