Estrutura interna da Terra

11,851 views

Published on

Published in: Education
0 Comments
4 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
11,851
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
26
Actions
Shares
0
Downloads
238
Comments
0
Likes
4
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Estrutura interna da Terra

  1. 1. Estrutura Interna da Terra Questão – Problema: “ Como é constituída a Terra? ”
  2. 2. Estrutura Interna da Terra Modelos do interior da Terra ao longo do tempo Aristóteles (384 – 322 a.C.) – dizia que a Terra era uma esfera sólida Teoria do séc. XVII - “ via o interior da Terra em fusão e um fogo perpétuo a alimentar os vulcões” Teoria do início do séc. XX – considerava que no centro da Terra existia uma zona sólida, a barisfera , depois uma zona fundida, a pirosfera e, à superfície, uma crosta sólida
  3. 3. Estrutura Interna da Terra Teoria dominante em grande parte do século XX – distinguia núcleo, manto e crosta
  4. 4. Estrutura Interna da Terra Como é que se pode analisar o interior da Terra? Raio da Terra ≈ 6 400 km r equatorial ≈ 6 379 km r polar ≈ 6 357 km
  5. 5. Estrutura Interna da Terra Como é que se pode analisar o interior da Terra? Métodos de estudo directos – permitem tirar conclusões di- rectamente a partir da observação Métodos de estudo indirectos – permitem, através do estudo de vários fenómenos, fazer deduções
  6. 6. Estrutura Interna da Terra Métodos de estudo directos: Escavações feitas em minas (3 km) As explorações mineiras permitem conhecer zonas profundas da Terra
  7. 7. Estrutura Interna da Terra Estudos de sondagens ( mais profunda – 12 023 m)
  8. 8. Estrutura Interna da Terra Afloramentos Afloramento granítico no território português. As rochas tornam-se visíveis devido à erosão.
  9. 9. Estrutura Interna da Terra Métodos de estudo indirectos: Dados gravimétricos Dados planetológicos Meteorito caído na Antártida arrancado de Marte pelo impacto de um asteróide ou cometa
  10. 10. Estrutura Interna da Terra Dados geotérmicos Baseiam-se principalmente no estudo da temperatura do interior da Terra
  11. 11. Estrutura Interna da Terra Dados geotérmicos
  12. 12. Estrutura Interna da Terra Dados geotérmicos <ul><li>Temperatura aumenta com a profundidade (gradiente geotérmico verifica-se apenas nos primeiros quilómetros) </li></ul><ul><li>Pressão aumenta com o aumento da profundidade (no entanto, a pressões muito elevadas torna-se difícil a fusão dos materiais rochosos) </li></ul>
  13. 13. Estrutura Interna da Terra Dados sísmicos Baseiam-se principalmente na forma como as ondas sísmicas se propagam no interior da Terra.
  14. 14. Estrutura Interna da Terra Dados sísmicos Baseiam-se principalmente na forma como as ondas sísmicas se propagam no interior da Terra. <ul><li>Velocidade das ondas sísmicas depende das características dos materiais que atravessam: </li></ul><ul><li>meio sólido – ondas sísmicas propagam-se com maior velocidade </li></ul><ul><li>meio líquido - ondas sísmicas são mais lentas </li></ul><ul><li>- Trajectória das ondas sísmicas é alterada ao passarem de um meio para o outro </li></ul>
  15. 15. Estrutura Interna da Terra Actualmente consideram-se válidos dois modelos diferentes, que se baseiam nos seguintes critérios: Modelos da Estrutura Interna da Terra Composição dos materiais (tipo de rocha) Comportamento físico dos materiais (sólido ou líquido )
  16. 16. Estrutura Interna da Terra Modelo baseado na composição dos materiais (3 camadas)
  17. 17. Estrutura Interna da Terra Crosta Crosta continental : - constitui os continentes - espessura média de 35 km - mais antiga - r. magmáticas plutónicas - granitos Crosta oceânica : - constitui os fundos oceânicos - espessura média de 5 a 10 km - r. magmáticas vulcânicas - basaltos
  18. 18. Estrutura Interna da Terra Manto (35 – 2900 km) Manto superior (crosta – 700 km) - 100 – 300 km – dá-se a fusão das rochas (formação do magma) Manto inferior (700 – 2900 km) Composição heterogénea
  19. 19. Estrutura Interna da Terra Núcleo (2900 - 6400 km) Núcleo externo (2900 – 5150 km): - materiais fundidos Núcleo interno (5150 - 6400 km) - estado sólido (devido às elevadas pressões) Constituído essencialmente por ferro e níquel
  20. 20. Estrutura Interna da Terra Modelo baseado no comportamento físico dos materiais rochosos (4 camadas) Defendida pela teoria das placas tectónicas 100 km 300 km 2900 km
  21. 21. Estrutura Interna da Terra Litosfera (0 – 100 km) <ul><li>zona mais rígida (estado sólido) </li></ul><ul><li>- está fracturada em placas tectónicas </li></ul>
  22. 22. Estrutura Interna da Terra Astenosfera (100 – 300 km) <ul><li>rochas estão parcialmente em fusão devido às elevadas temperaturas </li></ul><ul><li>- zona onde se movimentam as placas tectónicas </li></ul>
  23. 23. Estrutura Interna da Terra Mesosfera (300 – 2900 km) <ul><li>camada rígida – estado sólido </li></ul>
  24. 24. Estrutura Interna da Terra Endosfera ou Núcleo (2900 – 6400km) <ul><li>Núcleo/ Zona externo(a) (2900 – 5150 km): </li></ul><ul><ul><li>estado líquido </li></ul></ul><ul><li>Núcleo/ Zona interno(a) (5150 – 6400 km): </li></ul><ul><ul><li>estado sólido </li></ul></ul>
  25. 25. Estrutura Interna da Terra Comparação entre os dois modelos: 6400 km
  26. 26. Minerais e Rochas Uma rocha é um agregado natural de minerais. Mineral é qualquer substância sólida, natural (forma-se sem intervenção humana) e com origem inorgância (sem intervenção de qualquer ser vivo na sua formação), apresentando estrutura cristalina e composição química fixa ou ligeiramente variável. Granito Quartzo Biotite Feldspato
  27. 27. Ciclo das Rochas
  28. 28. Ciclo das Rochas

×