Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Riscos Ambientais e Medidas de Controle de Riscos

92,060 views

Published on

Apresentação em Segurança do Trabalho - Riscos Ambientais e Medidas de Controle de Riscos. Esta apresentação é uma aula avaliativa.

Published in: Education

Riscos Ambientais e Medidas de Controle de Riscos

  1. 1. RADIOTEC CURSOS CURSO TÉCNICO DE SEGURANÇA DO TRABALHO SEGURANÇA E PRESERVAÇÃO AMBIENTAL RISCOS AMBIENTAIS E MEDIDAS DE CONTROLE DE RISCOS GERLANE BATISTA DE SOUZA
  2. 2. RISCOS AMBIENTAIS     O conceito de risco ambiental: São aqueles que possam trazer ou ocasionar danos à saúde ou à integridade física do trabalhador nos ambientes de trabalho, em função de sua: Natureza: É essência física, química ou biológica (o urânio é prejudicial em quase todas as dosagens). Concentração: É o grau de presença do elemento (muito gás carbônico cria problemas respiratórios). Intensidade: É capacidade de causar efeitos (temperaturas baixas e altas produzem danos). Exposição: É a submissão do trabalhador às suas consequências (vibração afeta o ser humano).
  3. 3. Perigo: Riscos? Perigo: “Estado ou situação que inspira cuidado”. Risco: “Perigo ou possibilidade de perigo”. Dicionário Aurélio da Língua Portuguesa, 2009
  4. 4. Perigo: Riscos
  5. 5. Riscos Ambientais Segundo a NR 9 consideram-se ambientais os agentes: riscos
  6. 6. Classificação dos Agentes Confira exemplos de agentes que podem ser encontrados no meio ambiente de trabalho, classificados em 5 grupos:
  7. 7. Riscos Físicos Os agentes físicos podem ser definidos como diversos tipos de energias:  Ruído;  vibrações;  radiação ionizante (raio-x, alfa , gama)  radiação não-ionizante (radiação do sol, radiação de solda);  temperaturas extremas (frio/calor);  pressões anormais e umidade.
  8. 8. IDENTIFICANDO OS AGENTES FÍSICOS Veja os exemplos nas imagens ilustrativas:
  9. 9. Riscos Químicos Podem ser definidos como substancias ou compostos que possam penetrar no organismo do trabalhador, quando entram em contato, podem provocar danos à saúde de forma imediata, há médio ou longo prazo. Podem ocorrer de três formas: por via respiratória, via cutânea, digestiva.       Poeiras; Fumos; Névoas; Neblinas; Gases; Vapores , etc.
  10. 10. Agentes Agressivos Pó Névoa Fum o Gás Vapor
  11. 11. Riscos Biológicos Os agentes de riscos biológicos surgem do contato do homem com certos micróbios e animais no ambiente de trabalho. Algumas atividades facilitam o contato dos trabalhadores com esse tipo de agentes como atividades em hospitais, coleta de lixo, laboratórios dentre outros.  Micro-organismos indesejáveis: bactéria, fungos
  12. 12. Riscos Ambientais RISCOS BIOLÓGICOS Material biológicos em laboratórios • Capacitações iniciais e continuadas; • Uso dos epi's: luvas, protetores respiratórios, protetores faciais, óculos;  Hábitos de higiene Pessoal;  Higiene rigorosa nos locais de Coletando material biológico trabalho • Instalações adequadas para refeições e descanso; • Uso de roupas e calçados adequados; • Vacinação e o tratamento.
  13. 13. Riscos Ergonômicos  Estão relacionados às condições de trabalho dos funcionários como cadeiras e mesas adequadas, maquinários modernos, conscientização dos trabalhadores etc. Podem gerar distúrbios psicológicos e fisiológicos como fadiga, dores musculares, hipertenção, etc.  Esforço físico intenso e repetitivo;  Levantamento de pesos;  Posturas Inadequadas;  Ritmos excessivos;  Jornada prolongada;
  14. 14. RISCOS ERGONÔMICOS Esforço físico e repetitivos Medidas Preventivas para os Riscos de Ambientais • Uso de capacete de proteção (chapéu para proteção contra o sol); •Botas impermeáveis; • Luvas, óculos de proteção; •A bancada de trabalho deve ter características possibilitem movimentação dimensionais posicionamento adequados que e dos segmentos corporais, segundo a Norma Regulamentadora Ergonomia. Bancada Inadequada 17 –
  15. 15. Riscos de Acidentes Os riscos mecânicos estão relacionados às condições físicas do (ambiente de trabalho) e tecnologias impróprias, capazes de colocar em perigo a integridade física do trabalhador. São considerados riscos geradores de acidentes:  Arranjo físico deficiente;  Eletricidade, incêndio ou explosão, piso escorregadio;  Armazenamento inadequado;  Ferramenta inadequados ou defeituosas;  Máquina e equipamentos sem proteção.
  16. 16. RISCOS DE ACIDENTES Espaço obstruído Medidas Preventivas para os Riscos de Ambientais • Uso correto de EPI`S • Treinamento para execução das tarefas e para uso de equipamento de proteção fornecidos. • Correção das posturas de trabalho Risco de Acidente:Falta de organização • Guarda-corpo de proteção nas periferias das lajes e nos vãos das lajes e escadas. ATENÇÃO Em serviços de acabamento com gesso, deve ser utilizada luva química. Risco de quedas de nível
  17. 17. Programa de Prevenção de Riscos Ambientais O Programa de Prevenção de Riscos Ambientais ou PPRA é um programa estabelecido pela Norma Regulamentadora NR-9, da Secretaria de Segurança e Saúde do Trabalho, do Ministério do Trabalho.  Objetivo do PPRA, garantir a preservação da saúde e integridade física dos trabalhadores aos riscos existentes nos ambientes de trabalho.
  18. 18. Vídeo: Organização do Ambiente do Trabalho
  19. 19. “Um trabalho bem executado tem a segurança como resultado” SIPAT 2013 Fonte: SIPAT 2013 - www.sipatetreinamentos.com.br
  20. 20. Referências Bibliográficas SEGURANÇA E MEDICINA DO TRABALHO. Manual de normas de legislação. Editora Atlas. 72ª edição, São Paulo, SP, 2013. Pag.101e 104. SIPAT - Semana Interna de Prevenção de Acidentes no Trabalho -. Disponível em: http://www.sipatetreinamentos.com.br. Acesso em: 05 de Out. de 2013. CLÁUDIO, Luiz Pinheiro. SEGURANÇA DO TRABALHO NA INDÚSTRIA. Apostila 02, Aula: Resíduos Industriais, Riscos Ambientais e Normas ISO. Curso Técnico de Segurança do Trabalho. Radiotec Cursos, Natal, 2012. PIRES, Adriano. Apostila: Riscos Biológicos Guia Técnico. Riscos biológicos no âmbito da Norma Regulamentadora nº 32, 2013. Disponível em: http://www.slideshare.net. Acesso em: 06 de Outubro de 2012.

×