Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Filosofia jurídica parte 2

304 views

Published on

filosofia, direito, geraldo magela batista, fadipa

Published in: Law
  • Be the first to comment

Filosofia jurídica parte 2

  1. 1. Resumo das aulas de Filosofia Parte 02 Geraldo Magela Batista Faculdade de Direito Ipatinga – FADIPA gmbui33431@bol.com.br
  2. 2. 1º período - pré-socrático ou cosmológico Ocupou-se principalmente com a origem e o devir do cosmos (observação da natureza). 2º período - Socrático Quando a filosofia, através de Sócrates, Platão e Aristóteles, investiga e elabora os princípios da ética, da lógica e da metafísica. 3º período - Pós-socrático ou helenístico De decadência, no qual a filosofia, abandonando as grandes questões metafísicas anteriores, dissolve-se em questões éticas, como o cinismo, o epicurismo e o estoicismo. Divisão da filosofia grega Tópicos principais filosofia Grega
  3. 3. Eram pessoas dedicados ao ensino da retórica, para os jovens políticos ou quem interessassem, para que persuadissem as multidões a acreditar em tudo que eles desejassem. A busca da verdade não era prioridade. O que se buscava era a lábia do convencimento em detrimento da verdade. Exemplo: Envolver, enredar e confundir as pessoas para que elas aceitem o falso como verdade (provar por argumentos falsos que a cor preto e branco) Sofistas Tópicos principais filosofia Grega
  4. 4. Pré-socráticos O nascimento da reflexão filosófica na Grécia antiga está associado aos pensadores que antecederam a Sócrates. As questões fundamentais propostas por esses filósofos são de âmbito eminentemente cosmológico. Para eles a harmonia na natureza era possível devido ao encontro de forças opostas. • Dia / noite • Frio / quente Atenção Para eles a harmonia das cidades deveria ser fruto do consenso das forças opostas existentes (ideias). Desde consenso nasceria as leis para atender os anseios dos cidadãos. Cosmologia Tópicos principais filosofia Grega
  5. 5. Pré-socráticos Heráclito – Devir (fração de segundos) Mundo Físico • A filosofia de Heráclito realça a mutabilidade das coisas, o constante fluxo de transformações em que tudo está imerso. Mundo Físico • Afirmava que não se pode entrar duas vezes no mesmo rio. Quando vamos entrar de novo, as águas que fluem já são outras. Mundo Físico. • Estava comprometido em encontrar (aphysis) o elemento primordial que permanece em meio a todas as mudanças da realidade. • Para compreender a realidade como um todo era necessário buscar uma causa (que explique o todo). Para ele, porém, tal elemento era a própria mudança, o próprio fluxo de transformações. Cosmologia Tópicos principais filosofia Grega
  6. 6. Pré-socráticos Parmênides - Estaticidade • Analise do mundo a partir da metafísica. Defendia que o conceito de mudança é em si mesmo contraditório e deve ser rejeitado. Advogava, assim, a existência de uma única realidade. O Ser. • Este ser era eterno, imutável e indestrutível. Como tal realidade não pode jamais ser percebida pelos sentidos, ele negava que a sensibilidade pudesse ser uma fonte autêntica de saber e dizia que somente pela razão pode o homem alcançar o conhecimento e a verdade. • Ser indestrutível. Exemplo: Uma pessoa deixa de viver,, mais os componentes de sua corpo (matéria) passa a integrar a terra. Cosmologia Tópicos principais filosofia Grega
  7. 7. Antropologia Sai da visão da cosmologia e passa a focar o homem. O importante é o estudo da natureza do ser humano = Animal racional Método socrático se fundamenta em dois princípios básicos: • A ironia Utilizado contra seus inimigos. Consistia em perguntar, fingindo desconhecer o assunto, com vistas a levar a pessoa a entrar em contradição. Demonstrando que a tese contraria era falsa (devido a contradição do oponente) se chegava a tese verdadeira. • A Maiêutica Utilizada com seus discípulos. Consistia em perguntas que levavam a observar que suas opiniões estavam erradas e dirigindo-os, através destas perguntas, ao caminho certo. Seu método recebeu este nome porque ele acreditava que estava auxiliando o "parto da verdade" em seus discípulos, da mesma forma como sua mãe auxiliava o parto das crianças. Sócrates Tópicos principais filosofia Grega
  8. 8. Diálogos Forma como o filósofo Sócrates ficou famoso por interpelar os transeuntes e fazer perguntas aos que se achavam conhecedores de determinado assunto. Mas durante o diálogo, Sócrates colocava o interlocutor em situação delicada, levando-o a reconhecer sua própria ignorância. Posteriormente foram redigidos pelo filósofo Platão. Observação Em virtude de sua atuação, Sócrates acabou sendo condenado à morte sob a acusação de corromper a juventude, desobedecer às leis da cidade e desrespeitar certos valores religiosos. Sócrates Tópicos principais filosofia Grega
  9. 9. Mundo das Ideias ( imutável, eterno) Mundo verdadeiro. Onde a realidade e igual a verdade imutáveis, eternas Exemplo No mundo das ideias o ser humano registra na memória a essência da coisa (árvore) que é concreta, absoluta e perfeita. Da mente a árvore jamais desaparecerá, basta fechar os olhos e ela surge na memória. A ideia é em si e por si, quer dizer, depende do sujeito que a conheceu e não pode ser manipulada por interferências externas Platão Tópicos principais filosofia Grega
  10. 10. Mundo Sensível (Físico) Cópia do mundo das ideias. Platão concede ao mundo sensível uma certa realidade, mas ele só existe porque participa do mundo das ideias do qual é uma cópia ou, mais exatamente, uma sombra. Exemplificando Um modelo de vestido nasce no mundo das ideias. No mundo das ideias ele é verdadeiro, imutável e eterno. A pessoa que o pensou o desenha, em uma prancheta, para passar para o setor de confecção. Agora ele é uma cópia e torna-se mutável e não mais eterno (acabara com o tempo) Platão Tópicos principais filosofia Grega
  11. 11. Amor Platônico O amor platônico, não se fundamenta num interesse, e sim na virtude. O amor verdadeiro e o amor do mundo das ideias. É algo essencialmente puro e desprovido de paixões. Paixões, para o filosofo, são essencialmente cegas, materiais, efêmeras e falsas. Atenção A ideia acima é o conceito correto. O amor verdadeiro e o amor presente no mundo das ideias (imutável e eterno). Mas o termo é também entendido como um amor à distância, que não se aproxima, não toca, não envolve, é feito de fantasias e de idealização, onde o objeto do amor é o ser perfeito, detentor de todas as boas qualidades e sem defeitos. Platão Tópicos principais filosofia Grega
  12. 12. Justiça para Aristóteles Livro Ética a Nicômaco • Mediana / equilíbrio = Justo é aquilo que é equilibrado • Virtude = Pessoa sensata (pessoa equilibrada), prudente (pensa antes de agir). São as boas ações. A virtude por excelência é a justiça. • Habito = Quando se costuma fazer as coisa corretas (justas), elas passas a ser um acontecimento (fato) natural na vida das pessoas. Pela repetição torna-se um hábito • Harmonia • As leis (formação das leis) = Consenso dos homens justos. A justiça é imutável, mas as leis , que são criadas pelos homens , são mutáveis. Aristóteles Para Aristóteles a justiça é uma virtude. A virtude pode ser ensinada através de treinamento (prática) até tornar-se um hábito. Tópicos principais filosofia Grega
  13. 13. Valoriza o mundo sensível Para ele o motivo da vida humana e a felicidade. E o fim para a sua realização e a razão. A razão seria, portanto, a realização plena. Os demais elementos seriam os meios para alcança-la: Exemplo: • Prazer • Dinheiro • Fama • Glória • Honra Aristóteles Tópicos principais filosofia Grega
  14. 14. Teoria do Ato e Potência O ser é o que existe em ato e também o que existe em potência. E pode possuir determinadas características em um momento e outras características diversas em um momento diferente. Aristóteles Tópicos principais filosofia Grega
  15. 15. Teoria do Ato e Potência Atenção • Cada ser ao surgir, surge em ato. [matéria + forma = ao que o ser é] • E em potência. [o que a matéria do ser poderá e/ou deverá vir a ser] Aristóteles Cabe a dýnamis atualizar a potência, de tal modo que o ser ‘não muda de forma’, mas passa de uma forma “menos perfeita” para a “forma mais perfeita ou acabada”. Tópicos Principais Filosofia Grega
  16. 16. Ato e Potência Simplificando (leigamente) • Potência: O que poderia ser ou vir a ser: Uma jovem possui o potencial para ser mãe,mas ainda não é. O jovem possui o potencial para ser pai, mas ainda não é . • O ato: Se origina (vem) da realização de uma potência: Agora a jovem tornou-se mãe e o jovem tornou-se pai. Aristóteles Tópicos principais filosofia Grega
  17. 17. Possíveis erros entrar em contato para acertos: Geraldo Magela Batista gmbui33431@bol.com.br

×