Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Treinamento de Administracao do Tempo

18,722 views

Published on

Para investir seu tempo, você tem que encarar o custo de renunciar às outras oportunidades para fazer o que você escolheu.

Você está usando seu tempo para realizar o que é importante para você?

Às vezes, você sente que está correndo sem sair do lugar?

“Dinheiro é importante, mas você sempre poderá ganhar mais dinheiro depois. Porém, você jamais poderá recuperar dois anos ‘perdidos’ da sua vida”

Published in: Education

Treinamento de Administracao do Tempo

  1. 1. Treinamento em Administração do Tempo<br />Duração: 8h<br />1<br />
  2. 2. Apresentação<br />2<br />
  3. 3. A PROAGE<br />Prof. George Paulus<br />Consultoria, treinamento e desenvolvimento<br />Áreas de atuação:<br />Gerenciamento de Operações<br />Gerenciamento de Projetos<br />Desenvolve e comercializa o www.GP3.com.br(software de gerenciamento de projetos)<br />Website: www.proage.com.br<br />3<br />
  4. 4. Prof. George Paulus<br />Outros Treinamentos da Proage<br />Gerenciamento de Operações:<br />Jogo de Empresas – Politron<br />Gestão de Estoques<br />Previsão de Vendas<br />BasicsofSupply Chain Management - APICS<br />Preparação para Certificação CPIM/APICS<br />Gerenciamento de Projetos<br />G. Projetos Básico (16h)<br />G. Projetos Completo (40h)<br />G. Projetos Avançado (80h)<br />G. Custos com Valor Agregado (20h)<br />Preparatório para o Exame de Certificação PMP<br />4<br />
  5. 5. Objetivos<br />Prof. George Paulus<br />Desenvolver instrumentos e habilidades para:<br />Produtividade pessoal<br />Eficácia pessoal<br />Qualidade vida<br />Capacidade de alcançar objetivos<br />Como?<br />Desconstrução do mito “não tenho tempo”<br />Entendimento da importância da alavancagem do seu tempo<br />Auto-avaliação de como você usa seu tempo<br />Conhecimento do processo de administração do tempo<br />Aprendizado com exemplos de pessoas bem sucedidas na gestão do tempo<br />Exercício de boas práticas<br />Dicas<br />5<br />
  6. 6. Exercício de Preparação para o Treinamento<br />Quais foram as principais conclusões com a experiência de preencher o formulário durante a semana passada ?<br />6<br />Prof. George Paulus<br />
  7. 7. Estrutura<br />7<br />Prof. George Paulus<br />
  8. 8. Conceitos Importantes<br />8<br />Prof. George Paulus<br />
  9. 9. Prof. George Paulus<br />Por que é Importante Administrar o Tempo?<br />Oportunidade de Tempo<br />Para investir seu tempo, você tem que encarar o custo de renunciar às outras oportunidades para fazer o que você escolheu<br />Com dinheiro você tem a opção conservadora de guardá-lo em um banco, com o tempo não<br />9<br />
  10. 10. Prof. George Paulus<br />Por que é Importante Administrar o Tempo?<br />Você está usando seu tempo para realizar o que é importante para você?<br />Às vezes, você sente que está correndo sem sair do lugar?<br />‘Onde’ vai estar daqui 1 ano, 10 anos, 25 anos?<br />10<br />
  11. 11. Questionário<br />Auto-diagnóstico de perfis de administração do tempo<br />11<br />Prof. George Paulus<br />
  12. 12. O Que é Tempo?<br />Prof. George Paulus<br />20 minutossãosempre 20 minutos, certo?<br />12<br />
  13. 13. Veja só . . .<br />13<br />Prof. George Paulus<br />
  14. 14. Características do Tempo<br />14<br />Prof. George Paulus<br />
  15. 15. Prof. George Paulus<br />Afinal, o quê significa “administrar o tempo”?<br />Administrar o tempo é auto administrar-se<br />Fazer as coisas certas (eficácia)<br />Realizar o planejado no tempo disponível<br />Controlar no quê investe o tempo <br />Controlar a qualidade de sua vida<br />Tomar decisões, às vezes duras<br />Ter disciplina para executá-las<br />15<br />
  16. 16. O Processo de Administração do TEmpo<br />16<br />Prof. George Paulus<br />
  17. 17. 17<br />Prof. George Paulus<br />Melissa Raffoni<br />A alavancagem e a administração de seu tempo exigem dedicação e persistência, mas vale a pena.<br />
  18. 18. Ciclo de Administração do Tempo<br />18<br />Prof. George Paulus<br />Execução<br />Controle<br />Semanal e Mensal<br />Diário e Semanal<br />Anual<br />
  19. 19. VisãoGeral do Processo<br />19<br />Prof. George Paulus<br />
  20. 20. Missão<br />Prof. George Paulus<br />Peter Drucker<br />A empresa não se define pelo seu nome, estatuto ou produto que faz, ela se define pela sua missão. Somente uma definição clara da missão, a razão de existir da organização, torna possíveis, claros e realistas os objetivos da empresa<br />20<br />
  21. 21. Prof. George Paulus<br />Passo 0: Definição Fundamental<br />Defina sua Missão Pessoal <br />O que é importante para você?<br />Quais são seus objetivos na vida?<br />Qual é a sua Missão?<br />21<br />
  22. 22. Vídeo: Equilíbrio Pessoal<br />22<br />Prof. George Paulus<br />
  23. 23. Equilíbrio Pessoal<br />Prof. George Paulus<br />Nigel Marsh<br />As coisas pequenas são importantes. Ser mais equilibrado não significa mudanças dramáticas na suas vidas. Com um mínimo de investimento nos lugares certos, vocês podem transformar radicalmente a qualidade de suas relações e a sua qualidade de vida.<br />Nigel Marsh<br />Isso pode transformar a sociedade, porque se um número de pessoas fizerem isso, nós podemos mudar a definição de sucesso da sociedade, da noção simplista e retardada de que a pessoa com mais dinheiro quando morrer é a vencedora, para uma definição mais atenciosa e equilibrada do que é uma vida bem vivida.<br />Fonte: TED.COM<br />23<br />
  24. 24. Equilíbrio Pessoal<br />Prof. George Paulus<br />Físico<br />Mental<br />Emocional<br />Espiritual<br />Fonte: “A Tríade do Tempo”, Christian Barbosa, 2008<br />24<br />
  25. 25. Prof. George Paulus<br />A Doença de “O Homem Orquestra”<br />Dr. Meyer Friedman e Dr. Ray H. Rosenman<br />Type A Behavior and Your Heart (1974) <br />Tipos de personalidades X Fatores de risco coronário<br />25<br />
  26. 26. Características do Tipo A<br />Prof. George Paulus<br />Urgência e impaciência<br />Propensão a acelerar a execução de qualquer tarefa<br />Avessos a estabelecer prioridades – aceitam todas solicitações<br />Hiperatividade: fazem simultaneamente tarefas de naturezas diversas (“homens orquestra”)<br />Evitam o ócio ou a inatividade<br />Comem depressa<br />Tendem a dormir pouco<br />Falam agitadamente e têm dificuldade de focar a atenção<br />Vão ao ponto, sem rodeios<br />Não “escutam seu corpo”<br />26<br />
  27. 27. Características do Tipo A<br />Prof. George Paulus<br />Ambição e necessidade de conquistas<br />Desejo de conquistas contínuas: conseguir mais, em menos tempo<br />Tendência ao perfeccionismo<br />Competitividade extrema para tudo<br />Não planejam a longo prazo<br />Ansiedade e Fantasia<br />Antecipam-se mentalmente no curto prazo<br />“ansiedade antecipatória”<br />27<br />
  28. 28. Características do Tipo A<br />Prof. George Paulus<br />Tendência a controlar os outros<br />Trabalhar em grupo é difícil<br />Hostilidade e agressividade quando quebram o ritmo<br />Minuciosos (“controladores”)<br />Incapazes de delegar funções e tarefas<br />28<br />
  29. 29. Prof. George Paulus<br />Padrão de Comportamento Tipo B<br />Pessoas mais tranqüilas e serenas<br />Assumem poucas atividades ao mesmo tempo<br />Agem com pouca ou nenhuma agressividade<br />Baixos níveis de ambição – sem perder eficácia nas relações humanas e profissionais<br />Têm probabilidade 3 a 4x menor do que pessoas Tipo A de sofrer ataque cardíaco<br />Menor risco de padecer com doenças<br />Psicossomáticas (Artrite; Câncer e Alergias variadas, Asma, Rinite, Gastrite, Úlcera, Transtornos de pele, Impotência, Hipertensão arterial)<br />Cardiovasculares (acidentes vasculares cerebrais , enfarte de miocárdio , arritmia)<br />Neurose de ansiedade<br />29<br />
  30. 30. Prof. George Paulus<br />SouTipo A – Porondecomeçar?<br />Educação sobre Doenças Coronarianas<br />Educação sobre os Tipo A e B<br />Relaxamento (como por exemplo Yoga)<br />Terapia Cognitiva<br />Imaging<br />Modificação de comportamento<br />Role playing<br />Apoio Emocional<br />30<br />
  31. 31. 31<br />Prof. George Paulus<br />Randy Pausch<br />Fotos do Mural<br />O objetivo de executar o trabalho de forma eficaz e eficiente é poder sair no horário certo e passar mais tempo com as pessoas que você ama.<br />
  32. 32. Questionário<br />Avaliação de Stress<br />32<br />Prof. George Paulus<br />Gregorio Marañón<br />Trabalho sem pressa é o maior descanso para o organismo<br />
  33. 33. Objetivos<br />Direcionam a estratégia de atuação<br />Estabelecempadrões de desempenho<br />Alinhamesforços de equipes<br />Devem ser claros<br />Devemdescrever “o quê” e não “como”<br />33<br />Prof. George Paulus<br />Escreva seus objetivos ! ! !<br />
  34. 34. Passo 1: Identifique Papéis<br />Prof. George Paulus<br />Exercício:<br />Papéis x Importância<br />Identifique os papéis que deve desempenhar na sua vida<br />34<br />
  35. 35. Prof. George Paulus<br />Passo 1: Importância dos Papéis<br />Exercício:<br />Papéis x Importância<br />Atribua a importância relativa de cada um dos papéis de forma que a soma total seja igual a 70<br />Distribua esses papéis no gráfico de pizza da folha 1<br />Papéis x Uso do Tempo<br />Determine o tempo investido em cada papel durante uma semana<br />Distribua o uso do tempo no gráfico de pizza da folha 2<br />Compare os gráficos da folhas 1 e 2<br />Registre na coluna %[2] o valor desejado [adequado] para o cumprimento da sua missão<br />35<br />
  36. 36. Vídeo: Planejamento<br />Prof. George Paulus<br />Vídeo de reflexão sobre a importância do planejamento<br />36<br />
  37. 37. O que é Planejamento ?<br />37<br />Prof. George Paulus<br />
  38. 38. 38<br />Prof. George Paulus<br />Leonard Bernstein<br />Fotos do Mural<br />Para obter grandes realizações, duas coisas são necessárias: - um plano, <br />- e não todo o temponecessário<br />
  39. 39. Passo 2 – Defina Metas SMART<br />39<br />Prof. George Paulus<br />
  40. 40. Passo 2 – Defina Metas SMART<br />40<br />Prof. George Paulus<br />
  41. 41. Passo 2 – Defina Metas SMART<br />Prof. George Paulus<br />EstabeleçaMetas SMART de curto, médio e longoprazo<br />41<br />
  42. 42. Prof. George Paulus<br />Passo 3: Liste e Analise os Afazeres<br />Compromissos têm data e hora marcados<br />Exemplo: reuniões, apresentações, seminários, etc<br />Têm menor flexibilidade para gerenciamento<br />É preciso defender o tempo livre ao marcar compromissos<br />Preparação, trânsito, imprevistos, etc.<br />Ações podem ser<br />Rotina: ocorrem periodicamente<br />Não Rotina (projetos)<br />42<br />
  43. 43. Exercício<br />Prof. George Paulus<br />Preencha o formulário:<br />Identifique todos os seus de afazeres<br />Identifiquequaissãocompromissos<br />Rotule como: Rotina ou Não-rotina<br />Relacione com cada um dos papéis identificados anteriormente<br />43<br />
  44. 44. Passo 4: Priorize<br />Prof. George Paulus<br />O cerne do problema de priorizaçãoestánaescolha do quenãoseráfeito<br />44<br />
  45. 45. O Conceito de Tríade do Tempo<br />Prof. George Paulus<br />Onde você investe seu tempo?<br />Coisas importantes<br />Atividades que trazem os resultados mais efetivos<br />Levam ao cumprimento de sua Missão<br />Coisas urgentes<br />Devem ser executadas já<br />Caso contrário irão gerar algum problema<br />Coisas circunstanciais<br />Atividades não urgentes e não importantes: realizadas em função de uma situação, condição, ambiente ou outra pessoa – sem sua vontade total<br />Exigem grande atenção, pois são grandes desperdiçadores de tempo<br />Fonte: “A Tríade do Tempo”, Christian Barbosa, 2008<br />45<br />
  46. 46. Passo 4: Priorize<br />Prof. George Paulus<br />Pratique a relação 80/20: <br />“80% do que você produz de importante num dia vem de 20% de suas atividades”<br />Otimize resultados com foco nas atividades prioritárias<br />46<br />
  47. 47. Passo 4: Priorize<br />Prof. George Paulus<br />Devemos priorizar o que é importante, ou o que é urgente?<br />Importante (valor): tem impactos nas suas metas<br />Contribui para nossa missão<br />Objetivos<br />Metas<br />Urgente (prazo): tem tempo limitado<br />Exigem nossa atenção imediata<br />Assuntos urgentes se impõem<br />É agora!<br />
  48. 48. Prioridade: Urgência x Importância<br />48<br />Prof. George Paulus<br />
  49. 49. Passo 4: Priorize<br />Prof. George Paulus<br />Exercício:<br />Para os afazeres listados anteriormente<br />Priorize:<br />Defina a importância<br />Defina urgências<br />Calcule a prioridade: “importância x urgência”<br />Destaque atividades prioritárias<br />49<br />
  50. 50. Passo 5: Elimine Hábitos Desperdiçadores de Tempo<br />Prof. George Paulus<br />As Três Barreiras:<br />50<br />
  51. 51. Questionário<br />Prof. George Paulus<br />Você é um procrastinador?<br />Fonte: www.mindtools.com<br />51<br />
  52. 52. Vídeo: Procrastinação<br />52<br />Prof. George Paulus<br />
  53. 53. Procrastinação<br />Prof. George Paulus<br />Procrastinação é o diferimento ou adiamento de uma ação<br />Resulta em<br />Stress<br />Sensação de culpa<br />Perda de produtividade<br />Vergonha em relação aos outros<br />A procrastinação crônica pode ser um sinal de alguma desordem psicológica ou fisiológica<br />53<br />
  54. 54. Procrastinação<br />Prof. George Paulus<br />A procrastinação pode se manifestar como uma disfunção e/ou desajuste comportamental que resulta em infelicidade, ou fracasso na realização de tarefas, ou sentimento de culpa (Ferrari, 1995).<br />Pode causar grande estresse pessoal e está correlacionada com o baixo desempenho escolar, a insatisfação com a vida e com a ansiedade (McCown e Johnson, 1989). <br />Procrastinação é também associada a graves distúrbios psicológicos e/ou abuso de substâncias que requerem intervenção clínica. Técnicas clínicas devem ser usadas apenas por um terapeuta.<br />54<br />
  55. 55. Procrastinação<br />Prof. George Paulus<br />Algumas razões para o adiamento do trabalho<br />55<br />
  56. 56. Lei de Parkinson<br />56<br />Prof. George Paulus<br />Cyril Parkinson<br />O trabalho se expande para preencher todo o tempo disponível para sua conclusão<br />
  57. 57. FatosSobreProcastinação<br />Prof. George Paulus<br />20% das pessoas se consideramprocrastinadorescrônicos<br />Não é um problema de gestão do tempo ouplanejamento<br />Procrastinadoresacreditamnassuasmentiras:<br />“Vaisermelhorfazerissoamanhã”<br />“Voutermais tempo praissonasemanaquevem”<br />“Eutrabalhomelhorsobrepressão”<br />Procrastinadoresprocuramativamentepordistração<br />Saboresda procrastinação<br />Adrenalina: aquelesqueesperam o últimominutoparasentir a euforia do sprint final<br />Medo: do fracasso. Preocupados com a opinião dos outros preferemservistoscomopreguiçosos do quecomoincompetentes<br />Fuga: evitamtomardecisõespara se isentarem das consequências<br />Fonte: Psychologytoday<br />57<br />
  58. 58. Procrastinação<br />Prof. George Paulus<br />Dicas para eliminar o hábito da procrastinação:<br />58<br />
  59. 59. Outros Exemplos de Desperdiçadores de Tempo<br />59<br />Prof. George Paulus<br />
  60. 60. 60<br />Prof. George Paulus<br />Mike Levy<br />Idolatre o seu cesto de lixo: jogue dentro dele quantas oferendas sacrificiais puder<br />
  61. 61. Vídeo: Desperdiçadores de Tempo<br />61<br />Prof. George Paulus<br />
  62. 62. Passo 5: Elimine Hábitos Desperdiçadores de Tempo<br />Prof. George Paulus<br />Reflita sobre os seus hábitos de trabalho<br />Incorpore lições aprendidas de períodos anteriores<br />Identifique e elimine imediatamente os que não geram valor<br />Negocie com seu gestor a transferência de atividades não relacionadas aos seus objetivos<br />F1<br />Crie hábitos positivos e produtivos e os COMPARTILHE<br />Copieoshábitospositivos dos colegasde trabalho<br />62<br />
  63. 63. Desperdiçadores de Tempo<br />63<br />Prof. George Paulus<br />
  64. 64. Prof. George Paulus<br />Passo 6: Negocie a Programação<br />Prepare-se para a negociação<br />Registre o trabalho executado e o tempo utilizado<br />Inclua um pouco de tempo extra além de suas horas contratuais<br />Certifique-se que as estimativas de tempo sejam razoáveis, aprenda!<br />Decomponha tarefas que levarem mais tempo<br />Prepare uma proposta<br />Liste suas funções e responsabilidades<br />Incorpore lições aprendidas de negociações anteriores<br />Faça uma sugestão de priorização<br />Planeje quando e como elas podem ser realizadas<br />Indique atividades que não são da sua responsabilidade<br />Faça uma sugestão do que pode ser delegado, transferido ou eliminado<br />64<br />
  65. 65. Exercício<br />Prof. George Paulus<br />Crie sua programação:<br />Para o próximo dia útil<br />Lição de casa<br />Para a semana<br />Para o mês<br />65<br />
  66. 66. Prof. George Paulus<br />Passo 7: Execute a Programação<br />Crie uma agenda organizada<br />Determine um sistema de acompanhamento<br />Distribua as tarefas prioritárias na agenda:<br />Marque os compromissos na agenda<br />Reserve tempo para a realização da rotina<br />Reserve tempo para imprevistos<br />Atue de forma organizada, direcionada e produtiva<br />Risque cada tarefa realizada da agenda<br />Registre LIÇÕES APRENDIDAS: dificuldades, soluções novas, restrições, oportunidades etc.<br />66<br />
  67. 67. Desenvolvendo Hábitos Adequados à Administração do Tempo<br />67<br />Prof. George Paulus<br />
  68. 68. Hábitos Fundamentais<br />Melhoria do uso do tempo passa por mudanças de hábitos:<br />São determinados por repetição e reforço<br />São incentivados pelo ambiente<br />Praticar<br />Observação<br />Reflexão<br />Planejamento<br />Atenção ao presente<br />O presente é o único tempo em que podemos realizar nossos objetivos<br />68<br />Prof. George Paulus<br />
  69. 69. Área de Trabalho<br />69<br />Prof. George Paulus<br />
  70. 70. Duas Horas Perdidas por Dia<br />Mesa bagunçada<br />Não encontra coisas<br />Despreparo para reuniões<br />Falta de concentração<br />70<br />Prof. George Paulus<br />Wall Stre et Journal<br />As pessoas passam em média 6 semanas por ano procurando coisas no escritório<br />
  71. 71. Reuniões<br />71<br />Prof. George Paulus<br />
  72. 72. Reuniões<br />72<br />Prof. George Paulus<br />
  73. 73. Trânsito<br />Prof. George Paulus<br />Estatísticas:<br />Tempo médio por dia (Set/2010): 2h 42min<br />Velocidade média no horário de pico (2002): 19,9 Km/h (prefeitura.sp.gov.br)<br />Velocidade média no horário de pico (2010): 15 Km/h (Folha de São Paulo)<br />Dicas:<br />Tente evitar os horários de pico<br />Se não puder evitar o horário de pico, utilize o tempo parado<br />Use um gravador para registrar idéias<br />Ouçalivros<br />Usa transporte público? Responda a e-mails, organize a agenda no smartphone<br />Relaxe: ouça música que te deixe feliz, programas de rádio, CDS de humor etc.<br />Pratique direção defensiva<br />Evitedeslocamentos<br />Se possível, more perto do trabalho<br />Utilize teleconferência<br />73<br />
  74. 74. Arquivos<br />74<br />Prof. George Paulus<br />
  75. 75. Arquivos<br />75<br />Prof. George Paulus<br />
  76. 76. Telefone<br />76<br />Prof. George Paulus<br />
  77. 77. Internet<br />77<br />Prof. George Paulus<br />
  78. 78. Internet<br />Prof. George Paulus<br />Internautas ativos em residências e no trabalho e horas navegadas<br />Fonte:Painel IBOPE/NetRatings<br />78<br />
  79. 79. Internet<br />Fonte:Painel IBOPE/NetRatings<br />79<br />Prof. George Paulus<br />Internautas ativos em residências e horas navegadas<br />
  80. 80. Papéis<br />80<br />Prof. George Paulus<br />
  81. 81. Diga “Não”<br />Antes de dizer “não” pergunte:<br />Eu tenho tempo para fazê-lo? <br />Onde esta requisição se encaixa na matriz Importância x Prioridade?<br />Eu sou a pessoa certa para executá-la?<br />Há alguém mais indicado?<br />Essa requisição está adequada às minhas metas e objetivos?<br />Se a resposta para alguma dessas questões for “não”, pode ser melhor dizer “não”<br />Caso contrário, pode ser anti-profissional dizer não apenas porque você não quer, não sabe como, vai levar muito tempo, ou porque é complexo<br />81<br />Prof. George Paulus<br />
  82. 82. Diga “Sim”<br />Antes de dizer “sim”, faça três perguntas:<br />O que a pessoa realmente precisa?<br />Encontre áreas de flexibilidade<br />Determine prioridades<br />De qual outra forma a necessidade dessa pessoa pode ser atendida?<br />Encontre uma forma de abordagem para o problema<br />Busque por tempo e alternativas de recursos<br />Como você pode ajudar à pessoa a atender à necessidade?<br />Defina uma meta mais ampla<br />Busque por necessidades e interesses em comum<br />Importante: para que esse processo tenha sucesso, são necessárias altos níveis de confiança e comunicação<br />82<br />Prof. George Paulus<br />
  83. 83. Delegue<br />Prof. George Paulus<br />Pontos Chave<br />Partilhar informações<br />Estabelecer limites para a autonomia<br />Desenvolvimento de competências<br />Delegar  “Delargar”<br />Você não é responsável pela realização<br />Você é responsável por fornecer os recursos necessários à realização<br />Você continua sendo responsável pelo resultado<br />Você é responsávelpelaseleção da pessoacapaz de executar a tarefa<br />
  84. 84. Prof. George Paulus<br />10 Dicas para Delegar Eficazmente<br />
  85. 85. Todo Mundo tem Bons e MausPeríodos<br />Saiba como usar sua energia trabalhando a seu favor ("relógio biológico”):<br />Encontre seu períodoprodutivo: defenda-o impiedosamente<br />Encontre seu períodoimprodutivo: agende reuniões, telefonemas e outras tarefas simples<br />Encontre o sistema que funcione para você!<br />85<br />Prof. George Paulus<br />
  86. 86. Encerramento<br />86<br />Prof. George Paulus<br />
  87. 87. Arrependimento<br />87<br />Prof. George Paulus<br />Randy PauschEm nosso leito de morte, não nos arrependemos do que fazemos na vida. Nos lamentamos do que não fizemos. Encontre sua paixão e a persiga.<br />
  88. 88. Mensagem Final 1 de 3: Coragem de Mudar<br />88<br />Prof. George Paulus<br />George Paulus<br />Fotos do Mural<br />Jogue fora sua televisão. O processo de desintoxicação é indolor e rápido. <br />Você vai ganhar muito tempo pra você e para conhecer melhor as pessoas que moram na sua casa.<br />
  89. 89. Mensagem Final 2 de 3: Equilíbrio<br />89<br />Prof. George Paulus<br />
  90. 90. Mensagem Final 3 de 3: Compromisso de Continuidade<br />90<br />Prof. George Paulus<br />Randy Pausch<br />Fotos do Mural<br />O problema é sistêmico, portanto, exige uma solução sistêmica: é preciso pensar no longo prazo e mudar processos/hábitos fundamentais<br />
  91. 91. Bibliografia<br />Prof. George Paulus<br />“A Tríade do Tempo”, Christian Barbosa, Editora Campus, 2008<br />“A Sabedoria da Tartaruga – Sem Pressa, Mas Sem Pausa”, José Luis Trechera, Editora Academia de Inteligência, 2009<br />“Gerenciamento de Tempo”, Melissa Raffoni, Editora Campus, 3ª Edição, 2006<br />“The Time Paradox – TheNewPsychologyof Time that Will ChangeYourLife”, Philip Zimbardo e John Boyd, Editora FreePress, New York, 2009<br />“Os 7 Hábitos das Pessoas Altamente Eficazes”, Stephen R. Covey, Editora Best Seller, 7ª Edição, 2001<br />“Você Sabe Administrar Seu Tempo?”, James Manktelow, Editora SENAC, 2009<br />“Time Management”, palestra de Randy Pausch, , http://www.randypausch.com<br />“Como fazer o equilíbrio entre a vida pessoal e profissional funcionar”, palestra de Nigel Marsh no TED.com<br />“O 8º Hábito – Da Eficiência à Grandeza”, Stephen R. Covey, Editora Campus / Elsevier, 2005<br />Site “MindTools - Essential Skills for an Excellent Career” (www.MindTools.com)<br />Psychologic Treatment for the Type A Behavior Pattern and for Coronary Heart Disease: A Meta-Analysis of the Literature, Edward V. Nunes, Kenneth A. Frank e Donald S. Kornfeld<br />91<br />
  92. 92. Obrigado<br />Contatos PROAGE:<br />Tel: 11 3262.5111<br />E-mail: paulus@proage.com.br<br />Web: www.proage.com.br<br />http://br.linkedin.com/in/georgepaulus<br />92<br />Prof. George Paulus<br />

×