Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Faltam limites de quem?

1,689 views

Published on

Produção de Fotonovela (na perspectiva da Educomunicação) realizada para a disciplina Tecnologia Educacional, ministrada pelo Prof. Donizete Soares no Curso de Pedagogia da Faculdade Sumaré, Unidade Santo Amaro, no segundo semestre de 2010.

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Faltam limites de quem?

  1. 1. Faltam limites de quem: Crianças ou adultos?
  2. 2. Taty e Paty desde nenêm sempre foram muito mimadas pelos pais, e na infância não poderia ser diferente...
  3. 3. ...Nem precisavam fazer muito esforço, elas tinham tudo o que queriam, pois seus pais: Alice e Antonio faziam muito mais do que deveriam.
  4. 4. Oh Mãnheeee... A Paty não quer me dar o meu brinquedo!!! Haha.. Ela pensa que é dela...
  5. 5. Amo minhas princesas faço tudo por elas...
  6. 6. Ai, ai, essa vida De dondoca me Cansa...
  7. 7. Comprei tanta coisa. As crianças vão adorar... Oi Crianças a mamãe chegou, trouxe tudo que vocês me pediram.
  8. 8. Ebaaaaaaaaaa.... A mamãe chegou... Não falei que ela ia trazer tudo? Ela sempre faz tudo que a gente manda!!!! É verdade Taty, ela sempre faz tudo mesmo, é muito legal poder mandar em nossos pais não é? Hahahaha...
  9. 9. Taty e Paty além de serem muito mimadas, sempre foram muito metidas, nunca quiseram se misturar com as outras crianças. Nossa!!! Como os brinquedos delas são feios, você viu? Ai.. Nem liga pra elas, não vamos nos misturar, porque o nossos brinquedos são muito mais bonitos.
  10. 10. Elas sempre se desfaziam das outras crianças.
  11. 11. Ai credooo... Sai pra lá com isso.. E quem disse que eu sou sua amiga? Oi amigas... Vocês querem?
  12. 12. Taty e Paty eram muito egoístas, não dividiam nada com ninguém, queriam brincar sempre sozinhas.
  13. 13. Tive uma idéia!!! Vamos pedir para o papai nos levar para Disney?
  14. 14. Vocês querem ir para Disney??? Adoroooooo!!
  15. 15. Ai ai.. Tenho uma família linda.
  16. 16. Vamos comprar as passagens para Disney...
  17. 17. Vamos mostrar nossas fotos para aquelas meninas, elas vão morrer de inveja!!! Kkkkk quero só ver a cara delas
  18. 18. Família unida, linda, feliz e cheia de glamour...
  19. 19. Não faltava nada para eles, a felicidade era completa.
  20. 20. Ai menina... minhas filhas acabaram de chegar da Disney e já chegaram reclamando, vê se pode!!!Disseram que lá é uma porcaria, ai essas crianças.E elas já querem outra viagem , e é claro que eu vou dar, afinal de contas eu posso!!!!
  21. 21. Mas na hora de fazer o planejamento, mal sabiam o que os esperavam... Meu Deus!!!! Mas o que significa isso mulher?? Eu não sei! Nem gastamos tanto assim, e além do mais, temos muito dinheiro. Isso não poderia ter acontecido.
  22. 22. O que está acontecendo papai? Nada filha, toma esse dinheiro e fica quietinha para o papai continuar gostando de você. Filha, vai brincar vai...
  23. 23. Eu sabia que eu ia ganhar esse dinheiro, vou falar para Taty vir também hehehe...
  24. 24. Olha só a situação que chegamos!!!! Eu não posso acreditar!!! E agora como vou fazer os gostos das crianças? E minhas jóias? Minhas roupas?
  25. 25. Alice estava desconsolada, como fazer para se desprender de tanta luxuria?
  26. 26. Vou ter que vender minhas jóias... Meu Deus e agora? Como vou fazer para pagar todas essas contas?
  27. 27. Boa tarde, Sr. Antônio? Aqui é da empresa de cobrança, o Sr. Está com 5 contas de Energia Elétrica atrasadas, é necessário que o pagamento seja feito dentro de 24 hs, caso contrário, ficará sem energia elétrica, aguardamos o pagamento dentro deste prazo. Obrigada e tenha uma excelente tarde.
  28. 28. Ninguém merece ouvir a esposa dele chorando, por ter que vender as jóias para pagar as contas... Cada coisa viu!!!
  29. 29. A situação já não era mais a mesma, as crianças mal tinham o que comer... Hummm... Que delícia, vou pedir para o papai comprar...
  30. 30. Compra mãe.. Eu queroooo. Estou com fome!!!
  31. 31. Por favor mãe compra, compra... Eu quero pai, eu quero... Não aguento mais essa situação...
  32. 32. Vejam, não tenho mais dinheiro!!! Chega! Acabou. Não tem dinheiro e pronto!!!
  33. 33. Não pode ser!!! essa menina está achando que estou de brincadeira, não é possível!!!
  34. 34. Acabou o dinheiro!! Você não entende???
  35. 35. As crianças comiam tudo que viam pela frente, até pedras....
  36. 36. Paty chegou até a passar mal, pois não estavam acostumadas a comer qualquer coisa.
  37. 37. Mas qualquer coisa mesmo!!!
  38. 38. Antonio virou alcoólatra pra tentar fugir dos problemas...
  39. 39. Alice por sua vez não teve estrutura, abriu mão de tudo, até de suas filhas e juntou-se a Antonio no vicio. Paty!! Olha isso são nossos pais!!! E agora Taty o que será de nós? E nossos brinquedos, nossas viagens, quem vai nos dar tudo isso?
  40. 40. Antonio entregou-se aos problemas, e foi ficando cada dia mais viciado e mais pobre...
  41. 41. As crianças não acreditavam no que estavam vendo, e seus pais já nem se importavam com a presença delas.
  42. 42. Antonio e Alice viraram mendigos, perderam todos os bens que possuíam passaram a dormir nas ruas, embaixo dos viadutos...
  43. 43. Os dias foram se passando e Alice já não raciocinava mais, foi ficando louca, perdeu a noção de tudo...
  44. 44. Ela só falava: Olha lá... O avião está chegando olha lá...
  45. 45. Querido levante, o avião chegou, vamos para Paris.
  46. 46. Enquanto isso Paty e Taty imploravam para não serem levadas para um abrigo, mas não teve jeito, pela cara da assistente social, as crianças já eram dela.
  47. 47. Eu não queroooo Irrrrrrrrrrrrrrrrrrrr... Não nos levem por favor!!!! Sempre a mesma coisa, mas depois elas vão me agradecer!!! Agora elas vão aprender a dividir tudo, e aprender que não se pode ter tudo que ser..
  48. 48. Alice foi levada ao hospício... Esse foi seu fim e Antonio continuou como mendigo.
  49. 49. Mãeeee.. Paiiiiiiii.. Não nos deixe... Eu não vou!!!! Eu não vou!!!!
  50. 50. Os Limites tem que ser dosados, tem que existir para ambos. Se não houver limites, não haverá respeito e certamente os pais não terão autoridade sobre seus filhos, e as consequências virão futuramente e provavelmente será muito tarde.
  51. 51. Muitas mães têm se tornado inconvenientes quando procuram proteger seus filhos: elas chamam a atenção das mães dos colegas deles, dão broncas nos professores, são rudes com parentes que interagem com seus rebentos e etc... Mas não enxergam ou não querem enxergar, que o erro está vindo da própria casa. É claro que as crianças precisam da proteção dos adultos, porque sem ela não têm condições de viver bem. A mãe é a primeira a exercer essa função: alimenta o filho, cuida de seu bem-estar, evita que se coloque em situação de risco. Quando ele ainda é um bebê, a função de proteção não provoca dúvidas. Mas o problema aparece quando a criança começa a crescer, pois nesse estágio a criança já está muito mal acostumada, e se não souberem respeitar os próprios pais não respeitarão outras pessoas e por terem essa super proteção nunca saberão andar com as próprias pernas.
  52. 52. Sinopse: Uma família de renda considerável, deixa que as regras em relação às filhas sejam quebradas. Duas meninas parecem fazer o papel de pais, mandando e desmandando na vida familiar. Com isso transformam-se em pessoas mimadas e egoístas, acreditando que são o centro das atenções. Desmerecendo a tudo e a todos. Os pais continuavam a mimar suas filhas, até que descobrem-se falidos após uma viagem ao exterior, quando a mesma não “agrada “ as pequenas, e sua mãe quer lhes dar uma aventura melhor. O caminho destas quatro pessoas muda radicalmente, fazendo com que esse grupo conheça um lado duro da vida e aprenda a dar valor ao que em outro momento era esnobado pelos mesmos.
  53. 53. Andréa O.A.M.C. De Souza Anderson Carlos Alves Ato Claudinéia De Jesus Pinho Cristina Alves Carvalho Deise Cristina Oliveira Valdívia Alves De Araujo Gonçalves Foto Novela criada e aditada por:
  54. 54. Coordenação de projeto: Prof º Donizete Soares Roteiro: Cristina Alves/ Andrea/ Anderson Produção: Valdívia Alves Fotografia: Anderson Carlos e Deise Cristina Cenário: Sala de aula, lanchonete, corredores e banheiro da Faculdade Sumaré. Figurino: Andréa e Anderson Maquiagem: O próprio ator Cabelo: O próprio ator Apresentação no power point: Cristina Alves Revisão: Claudinéia de Jesus e Valdívia Alves. Andréa: Mãe Alice Anderson: Pai Antonio Cristina : Filha Taty Claudinéia: Filha Paty Deise: Telefonista/Cabeleireira/Assistente Social Ficha Técnica: Elenco:
  55. 55. -Aos participantes pela criatividade, trabalho em equipe, sugestões, criticas, valiosas discussões para que o trabalho fosse concretizado. - Aos funcionários da Faculdade Sumaré que cederam os espaços para que pudéssemos realizar nosso trabalho. -As nossas colegas de classe que mesmo não fazendo parte do grupo, aceitou fazer parte de algumas cenas da nossa apresentação. -E alguns alunos da faculdade que também aceitaram. participar de algumas cenas no meio do corredor. - Ao Profº Donizete pelo incentivo ao desenvolvimento deste trabalho. Agradecimentos: Deixamos nossos sinceros agradecimentos às pessoas, sem as quais o presente trabalho teria sido impossível:
  56. 56. Faculdade Sumaré - Unidade Santo Amaro Curso de Pedagogia – Turma Tecnologia Educacional 1 Prof. Donizete Soares São Paulo, 06 setembro de 2010
  57. 57. Fim

×