Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, JUNHO 2018

65 views

Published on

JORNAL QUE TEM O QUE FALAR

Published in: News & Politics
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

GAZETA DO SANTA CÂNDIDA, JUNHO 2018

  1. 1. 2 Diretor: Adilson da Costa Moreira - Fones 99894.1462 e 3328-0176 CNPJ 12.698.306/0001-42 - Empresa: Adilson da Costa Moreira Dep. comercial: Sharon Simão Zunino - Rua Guilherme Ihlenfelt, 765 - Tingui - Curitiba E-mail: gazetasantacandida@gmail.com Tiragem: 10.000 exemplares www.gazetasantacandida.com / www.gazetasantacandida.blogspot.com As matérias assinadas não refletem necessariamente a opinião do jornal. EXPEDIENTE Os melhores jornais de bairros Comautilizaçãodosalimentosees- peciarias como ferramenta terapêutica apartirdosconhecimentosayurvédicos, vocêadquirequalidadedevida. Avida bemvividaénaturalmentelongevaeos princípio sayurvédicos indicam os ca- minhosparacadaserhumanoentrarem harmoniaconsigomesmo,e,assim,ex- trair o melhor de cada dia. Por isso, o ayurvedatambémétraduzidocomoci- ência da longevidade. OsVedas se ba- Venha aprender a cuidar do corpo e da mente de forma equilibrada e saudável seiamnoconhecimentoquepossuema respeito do corpo, dos alimentos, das plantas e do meio ambiente para corri- girafaltadeharmoniadoorganismo.O Ayurvedatemconhecimentopararela- cionareconectarofísicoaometafísico. Estaciênciaconectaasdisciplinasmen- tais, espirituais e físicas e as guia para técnicas do cuidado com a saúde. En- tre os antigos textos Védicos que fo- ram escritos por volta de sete mil anos denominados como Rig Veda, Sama VedaeAtharvaVeda,encontramosnes- te último a sabedoria relacionada ao cuidado com a saúde. Segundo oAyurveda a alimentação de acordo com cada tipo de constitui- ção é a base da saúde e da harmonia do corpo e da mente. A classificação dosalimentos,segundooconhecimen- toayurvédicorepresentamumaspecto extremamenteimportantedaalimenta- ção, pois a saúde, o humor, o tempera- mento, os impulsos e os padrões bioenergéticoshumanossãoaltamente influenciados por esta classificação, uma vez que estes se transformam na sutil essência do organismo sob forma de fluxo vital. Necessitamos resgatar a relação do homem com a natureza em quehabita,levandoemconsideraçãoas característicasgeográficaseambientais emqueviveparaencontraraharmonia eoequilíbrio.Eseguindoesteconheci- mento é que oWorkshop deAlimenta- ção e CulináriaAyurveda abordará as- pectos sobre a desintoxicação e a nu- trição segundo oAyurveda. Paraosinteressadosemsaberoque é Desintoxicação segundo oAyurveda haverá uma palestra gratuita dia 11 de julho das 19h às 20h30. E Workshop deAlimentaçãoeCulináriaAyurveda– Desintoxicação e Nutrição (das 8h30 as 17hs) dia 14 de julho – Valor R$ 100,00 - ministrada pela Terapeuta AyurvedaAdrianaMelges. Endereço:RuaHildebrandodeAra- újo,n.575–JardimBotânico–Curitiba – Paraná – contato: novalongavida@gmail.com–telefone 41 99665-9863. Adriana Melges – Terapeuta Ayurveda – Self Art – Ser Fazer um MundoMelhor Ayurveda – Nova LongaVida Jornais de bairrosJornais de bairrosJornais de bairrosJornais de bairrosJornais de bairros Imprensa Comunitária “Jornais de bairros são porta-vozes das comunidades junto às autoridades e governantes em geral. “A mídia impressa continua crescendo através dos jornais de bairros em países como Brasil, EUA e Inglaterra”. Adilson da Costa Moreira Diretor da Associação dos Jornais de Bairros do Paraná
  2. 2. 3 Adultos e crianças aproveitaram o sábado (23/6) de sol no Parque Bacacheri de uma maneira diferente: com oficinas e revoada de pipas, jogos de xadrez e trilha, bolinha de gude, carrinho de rolimã e futebol de dedo.As brincadeiras de antigamente fazem parte dos Jogos do Piá, festival lançado pelo prefeito Rafael Greca para resgatar a diversão entre pais e filhos, estimular as práticas saudáveis e ocupar os espaços públicos da cidade.Cerca de 500 crianças participaram da Revoada de Pipas de lançamento do projeto. Até o Dia da Criança, em 12 de outubro, os jogos terão uma série de atividades em várias modalidades, todas gratuitas.“Queremos resgatar, na Curitiba de 2018, a memória de muitas crianças felizes, os nossos piás. Queremos que os nossos curitibinhas deixem fluir a pureza das brincadeiras de antigamente. Temos que ser modernos, mas sem abrir mão do que é eterno. E essas crianças são o futuro da humanidade”, disse Greca.A ideia é que todos se divirtam e que os adultos relembrem os tempos de criança. “Hoje os piás estão fazendo as pipas e estou me lembrando da minha infância, quando ia como minha mãe, Terezinha, até a várzea do Rio Iguaçu buscar varetas de bambu. Depois, íamos ao armazém comprar o papel de seda que, trançado nas varetas, se transformava nas pipas”, disse Greca na oficina. “Antigamente a gente chamava a pipa de raia, porque o seu formato lembra o animal marinho”, explicou o prefeito para um grupo de crianças confeccionava os brinquedos. Um dia lindo Leticia Maia, de 7 anos, e a mãe, Luciana Maia, aguardavam ansiosas para participar da oficina. “Quero fazer uma pipa rosa”, disse Leticia.Luciana levou a filha, que teve pneumonia recentemente, para tomar sol no parque e foi surpreendida pelas atividades, “É muito bacana, porque muitas vezes as crianças ficam em ambientes fechados e não aproveitam atividades ao ar livre. Hoje está um dia lindo e é bom ver os pais interagindo com os filhos”, afirmou Luciana. A menina Leticia aprovou sua estreia no mundo das pipas, mas achou difícil fazer o brinquedo sair do chão.Mais experiente, Kauã Guardiano, de 9 anos, foi levado ao parque por iniciativa da Escola Municipal Maria de Lourdes Lamas Pergoraro. Sob os olhos atentos da mãe, Dayane Guardiano, ele confeccionou rapidamente sua pipa e já saiu empinando o brinquedo.“É uma oportunidade muito boa de as crianças conhecerem essas brincadeiras, principalmente hoje em dia, quando a maioria fica no celular”, disse Marcio Conte, que jogou futebol de dedo com o COM A REVOADA DE PIPAS, GRECA LANÇA PRIMEIRA EDIÇÃO DOS JOGOS DE PIÁ filho, Leonardo Conte, antes de fazer a inscriçãodeoficinadepipas.“Antesdaqui ele andou de perna de pau e jogou pingue- pongue”, contou Marcio.Enquanto isso, YasminNegretti, de 7 anos, participou da oficina de pintura e desenhou um unicórnio. Com a mãe, Maira Negretti, a irmã, Maria Vitória, e a madrasta da mãe, Gislaine Negretti, Yasmin ia brincar até a hora do almoço. “Foi uma boa surpresa quando chegamos no parque e vimos tanta atividade”, disse Gislaine.Já Lucas de Miranda Rocha, de 4 anos, se divertiu jogando bolinha de gude com a mãe, Karina de Miranda. “Ele gostou também do xadrez e do tênis de mesa”, lembrou Karin. A Prefeitura cedeu todo o material para as oficinas de pipas. Serão cinco etapas da Revoada das Pipas e o grande encerramento será no Parque Barigui, no Dia das Crianças.Os Jogos do Piá fazem parte do programa Curitiba em Movimento da Secretaria Municipal do Esporte, Lazer e Juventude.As atividades são abertas, gratuitas, para meninos e meninas.O próximo evento programado é o de Carrinhos de Rolimã, no Parque São Lourenço, no dia 1 de julho.Até o Dia da Criança, em 12 de outubro, os jogos terão uma série de atividades em várias modalidades, todas gratuitas.
  3. 3. 4 Paraná tem o melhor desempenho do país em captação e transplante de órgãos A última edição do Registro Bra- sileiro de Transplantes, divulgada nesta terça-feira (30), destacou o Paraná como o melhor Estado do país em captação de órgãos. No fi- nal do ano passado, na mesma pu- blicação da Associação Brasileira de Transplantes de Órgãos (ABTO), o Paraná já ocupava o 1° lugar no indicador de desempenho no quesito “transplantes”. Segundooex-secretárioestadualda Saúde, Michele Caputo Neto, os da- dos mostram a verdadeira revolução feita no setor durante nos últimos sete anos e que deu prioridade absoluta à áreadetransplantes.“Em2011,pega- mos o Estado no humilhante 9° lugar no ranking de doação de órgãos.Algo inadmissível para um Estado como o Paraná.Porisso,tínhamosaobrigação moral de reverter este quadro e colo- caroParanánaposiçãoemqueagen- temerece”,comemoraMicheleCaputo. Conformeobalançodivulgadones- ta terça, o Paraná alcançou a taxa de 44,2 doações efetivas por milhão de habitantes. Um crescimento de 426% em relação ao índice de 2010, que foi de8,4doações/milhãodehabitantes. Frente de todos - Com isso, o Paraná fica muito à frente do segun- do colocado que é Santa Catarina (33,7). Em seguida vêm os estados do Ceará (29,7),Acre (24,1), Distri- to Federal (23,7), Rio Grande do Sul (23), São Paulo (22,8), Mato Gros- so do Sul (16,2), Goiás (15,3) e Roraima (15,3). “Nosso desempenho é comparável aos melhores países do mundoemcaptaçõesdeórgãos”,lem- bra Michele Caputo. No período, entre janeiro e mar- ço/2018, o Paraná registrou 214 transplantes de córneas, 148 de rim - taxa de 52,3, a maior entre os es- tados, 83 de fígado, um de coração e um de pâncreas. “Hoje, com a divulgação deste re- sultado, vemos que nossa missão foi exitosa. Tenho muito orgulho de ter deixadoaSecretariacomoParanáem primeirolugar.Issotudosalvoumilha- resdevidas”,ressaltaMicheleCaputo, que deixou o cargo em abril para ser pré-candidato à deputado estadual. Em sete anos, a fila de espera por um órgão caiu drasticamente no Paraná. Atualmente, 1.207 pessoas aguardamporumtransplantenoEsta- do. Em 2010, mais de 3,3 mil pacien- tes estavam cadastrados nesta lista. Sistema estadual - Segundo Michele Caputo, o grande diferenci- al foi o processo de reorganização do sistema estadual de transplantes, tendo em vista a solidariedade do paranaense. “Fizemos de tudo para transformar essa solidariedade das pessoas em vidas salvas. Por isso, investimos pesado na capacitação das equipes e na organização do ser- viço aeromédico, que agilizou muito o transporte de órgãos e equipes transplantadoras”, explicou. Ao todo, quatro bases de helicóp- tero foram implantadas em Cascavel, Londrina, Maringá e Ponta Grossa. A base de Curitiba também foi re- forçada.Além disso, em uma das pri- meiras ações do então governador Beto Richa, a frota de aviões do Es- tado foi liberada para ficar à dispo- sição das demandas da saúde. Já são mais de 8 mil missões aéreas, entre transporte de pacientes e órgãos para transplantes. Além dos órgãos, tecidos como a córnea,pele,ossos,valvascardíacase tendões também podem ser doados. Todas as doações são feitas por meio do Sistema Estadual deTransplantes, encarregado pela coordenação e gerenciamentodafiladequemespera por um órgão no Paraná. No Brasil, a doação de órgãos depende do consentimento da fa- mília, e é com isso que as comis- sões de doação de órgãos traba- lham dentro dos hospitais. Após a detecção da morte encefálica no paciente, essas equipes são res- ponsáveis pelo processo de aco- lhimento da família e também da oferta para a doação de órgãos do paciente. Michele Caputo Neto PAPELARIA COLORIR LAN HOUSE Xerox, Impressão, Plastificação, A3 Encadernação,Plastificação Material Escolar e Presentes FONE: (41) 3030.3513 - papelariaanjoazul@gmail.com RUA FERNANDO DE NORONHA, 390 - LOJA 1 - SANTA CANDIDA INFORMÁTICA - MOUSE, TECLADO, FONE DE OUVIDO, CD e DVD VIRGEM, PEN DRIVE, CARTÃO DE MEMORIA. ASSISTENCIATÉCNICA 41 99894.1462
  4. 4. 5 O prefeito Rafael Greca e a governadora Cida Borghetti lançaram nesta quinta-feira (21/6), no Parque Tanguá, a visitação guiada do túnel que passa pelo paredão de pedras, agora chamado Laboratório Geológico do Parque Tanguá. O evento marcou, ainda, a certificação de uma nova Reserva Particular do Patrimônio Natural Municipal (RPPNM), uma área no Abranches que leva o nome do arquitetoAlfred Willer. O túnel do Tanguá estava fechado desde 2016, quando uma rocha caiu e danificou a passarela. Em razão do acidente, a Secretaria Municipal do Meio Ambiente deu início a uma série de estudos que agora permitem o passeio com mais segurança. A secretária Marilza Dias participou da solenidade. “Assim que a Marilza assumiu a Secretaria Municipal do MeioAmbiente pedi que mandasse arrumar e ela agregou à ideia do antigo túnel, que era apenas uma evocação romântica e um dos atrativos do parque, transformando- o em uma centro de estudos geológicos”, contou o prefeito. “É interessante que as pessoas venham ver as entranhas da nossa terra, o granito e o basalto tão antigos, documentação do momento da criação que nos faz ver o quanto a terra é sagrada. Quanto mais respeitarmos a terra, mais sagrada e mais perene será a nossa vida sobre ela”, completou o prefeito. Universidade A secretária Marilza destacou que os estudos para a reabertura tiveram o apoio da Universidade Federal do Paraná (UFPR), por meio do professor de Geotecnia Eduardo Dell’Avanzi. “O prefeito nos pediu que não medíssemos esforços para fazer com que o túnel voltasse a receber visitantes e deixasse de ser um espaço degradado”, lembrou. Marilza também agradeceu o apoio da Secretaria de Obras Públicas nos serviços de infraestrutura e de iluminação do túnel, que facilitarão as visitas guidas. O trabalho feito pelo Departamento de TÚNEL DO PARQUE TANGUÁ É UM LABORATÓRIO GEOLÓGICO COM VISITAS GUIADAS Parques e Praças, não apenas no Tanguá, mas em toda a cidade, foi elogiado pela governadora Cida Borghetti. As visitas guiadas pré-agendadas serão feitas por grupos de, no máximo, 20 pessoas, com uso de equipamentos de segurança. Os passeios começam em julho e os interessados podem se inscrever por meio do endereço visitaguiadatunel@smma.curitiba.pr.gov.br. É preciso informar nome, RG, telefone e idade. A confirmação da data da visita será feita em resposta à mensagem. Área verde A solenidade desta quinta-feira fazia parte das comemorações do Dia Mundial do Meio Ambiente, que se estendeu por todo o mês de junho.Adata foi marcada, ainda, pela criação de uma nova Reserva Particular do Patrimônio Natural Municipal (RPPNM). O prefeito assinou o decreto de criação e entregou o certificado à família proprietária da área, representada por Daniel Willer, filho de Alfred Willer, arquiteto que participou da criação de diversos ícones na cultura da cidade e foi o primeiro presidente da Fundação Cultural de Curitiba. Para Daniel, foi muito importante testemunhar a certificação da área de sua família como Reserva Natural. “Estamos em um momento em que se torna ainda mais importante cuidar da preservação das nossas áreas verdes. Curitiba dá exemplo para o Brasil, que é um país com tantas riquezas naturais”, comentou. Curitiba já é uma cidade com 60 metros quadrados de área verde por habitante, mais do que o recomendado pela Organização Mundial da Saúde. “Com esta reserva, chegamos a 22 áreas particulares preservadas e já temos mais 10 processos de análise em andamento”, reforçou Marilza. AReservaAlfred Willer tem seis mil metros quadrados de área e fica no Abranches. Com ela, são mais de 246 mil metros quadrados de área verde preservados em Curitiba. Presenças Participaram do evento o vice- prefeito e Secretário de Obras, Eduardo Pimentel; o secretário do Governo Municipal, Luiz Fernando Jamur; a presidente da Fundação Cultural de Curtiba, Ana Cristina de Castro; a presidente do Instituto Municipal de Turismo, Tatiana Turra; o diretor-geral da Guarda Municipal, Odgar Nunes Cardoso; e a administradora da Regional Boa Vista, Janaína Lopes Gehr. Estiveram presentes, ainda, o deputado federal Luciano Ducci; a deputada estadual Maria Victoria; o gerente-geral da Região Metropolitana e Litoral da Sanepar, Antônio Carlos Gerardi; Anselmo Geronasso, membro da Associação dos Protetores de Áreas Verdes de Curitiba e Região Metropolitana (APAVE); e o responsável pelo projeto da RPPNM Alfred Willer, CleversonAndreoli. Os vereadores Julieta Reis, Thiago Ferro, Oscalino do Povo e Colpani também prestigiaram a solenidade.
  5. 5. 6 Diante da desistência do ex- presidente do Supremo Tribunal Federal(STF)JoaquimBarbosa, p r i n c i p a l aposta do PSB para a disputa p e l a Presidência da República, o partido não tem, no m o m e n t o , preferência por outro pré- candidato, mas irá considerar as possibilidades no campo da centro-esquerda levando em Ducci comemora avanço na obra do Terminal Santa Cândida Em entrevista à Gazeta da Santa Cândida, o deputado federal Luciano Ducci (PSB), afirma que tem um carinho muito grande pela região e pelos moradores do bairro. Ducci comemora os avanços na obra do Terminal do Santa Cândida, iniciada em 2012, quando ele era prefeito, e que ficou parada por 4 anos, por incompetência administrativa da gestão que o sucedeu. “A reforma do Terminal estava no PAC da Copa mas foi abandonada. Agora, o prefeito Rafael Greca fez nova licitação para conclusão da reforma e ampliação do terminal, iniciada em maio”, explica. Idealizador da Unidade de Saúde Jardim Aliança, Ducci busca em Brasília recursos para a Saúde e tem votado em favor dos paranaenses. “Nesse quase quatro anos de mandato,votei pelo impeachment da Dilma, pela cassação do Eduardo Cunha e pela abertura de processo contra o presidente Michel Temer. Também votei contra a Reforma Trabalhista e sou contra a Reforma da Previdência. Fui a favor do projeto das Dez Medidas Contra a Corrupção e também votarei pelo fim do Foro Privilegiado, inclusive para juízes e ministros.” PSB fará consultas internas após desistência de Barbosa conta a conjuntura do país e suasestratégicascandidaturasa governos estaduais, disse o presidente da legenda, Carlos Siqueira. Os próximos passos do PSB serão definidos, diz o presidente, a partir de uma larga consulta interna e de uma reunião da Executiva do partido, mas não há “pressa” para essa definição. As crianças aprendem a comportar-se em sociedade ao conviver com outras pessoas, principalmente com os próprios pais. Por Psicologias do Brasil As crianças aprendem a comportar-se em sociedade ao conviver com outras pessoas, principalmente com os próprios pais. A maioria dos comportamentos infantis é aprendida por meio da imitação, da experimentação e da invenção. Se os pais permitem que os filhos, por menores que sejam, façam tudo o que desejam, não estão lhes ensinando noções de limites individuais e relacionais nem lhes passando noções do que podem ou não podem fazer. Os pais usam diversos argumentos para isso: “Eles não sabem o que estão fazendo”. “São muito pequenos para aprender.” “Sabemos que não devemos deixar…, mas é tão engraçadinho.” É preciso lembrar que uma criança, quando faz algo pela primeira vez, sempre olha em volta para ver se agradou alguém. Se agradou, repete o comportamento, pois entende que agrado é aprovação – e ela ainda não tem condições de avaliar a adequação do seu gesto. Portanto, cada vez que os pais aceitam uma contrariedade, um desrespeito, a quebra de limites, estão fazendo com que seus filhos rompam o limite natural para seu comportamento em família e em sociedade. Apesar de serem mais fortes, os pais que “Os filhos não podem tudo. Cabe aos pais impor limites” – Içami Tiba não reagem à quebra de limites dos filhos acabam permitindo que estes, muito mais fracos, os maltratem, invertendo a ordem natural de que o mais fraco deve respeitar o mais forte. A força dos pais está em transmitir aos filhos a diferença entre o que é aceitável ou não, adequado ou não, entre o que é essencial e supérfluo, e assim por diante. Pedir um brinquedo é aceitável, mas quebrar o brinquedo meia hora depois de ganhá-lo e pedir outro, é inaceitável. É importante estabelecer limites bem cedo e de maneira bastante clara, pois, mais tarde, será preciso dizer ao adolescente de quinze anos que sair para dar uma volta com o carro do pai não é permitido, e ponto final. O estudo é essencial; portanto, os filhos têm obrigação de estudar. Caso não o façam, terão sempre que arcar com as consequências de seus atos, e estas deverão ser previamente estabelecidas pelos pais. Só poderão brincar depois de estudar, por exemplo. Naquilo que é essencial, os pais deverão dedicar mais tempo para acompanhar de perto se o combinado está sendo respeitado. Os filhos precisam entender que têm a responsabilidade de estudar e que seus pais os estão ajudando a cumprir um dever que faz parte da “brincadeira” da vida. Livro: Disciplina – Limite na medida certa, de Içami Tiba. Editora Integrare. Viver sem o aparelho celular é praticamenteimpensávelouimpossível para muitas pessoas nos dias de hoje. Para outras, esta ainda é uma tecnologia que precisa ser compreendida e dominada. É justamente para este segundo grupo que a Companhia de Tecnologia da Informação e Comunicação do Paraná (Celepar) organizou o Curso Básico de Smartphone voltado às pessoas da terceira idade. Acapacitação,nestaparceriaentre o Governo do Estado e a Prefeitura deCuritiba,vaiocorrerde31dejulho a 02 de agosto, na Rua da Cidadania BoaVista.Asaulasestãoprogramadas paraosperíodosdamanhãedatarde, e as inscrições podem ser feitas diretamentenaAdministraçãoRegional oupelostelefones3313-5667e3313- 5710. Paraparticipardestecursogratuito de nove horas/aula, que acontece em três dias, o interessado precisa ter a idade mínima de 60 anos e levar o aparelho celular carregado.Ao final, cada aluno recebe um certificado. Prefeitura de Curitiba e Celepar promovem curso de smartphone para idosos Osparticipantesserãocadastrados noGovernoDigital,portalquepermite oagendamentodeserviços,consultas àpontuaçãodacarteirademotoristas, a multas, às guias de pagamento do IPVAedoDPVAT,registrodeboletim de ocorrência e emissão de certidões, entre outras opções. Mais de 140 serviços públicos já estão disponíveis no endereço www.governodigital.pr.gov.br. Conteúdo Nas aulas osalunos aprendem a personalizaroaparelhocelular,inserir papel de parede ou plano de fundo, aumentar ou diminuir volume e tamanhodeletras,movere/ouexcluir ícones, cadastrar, alterar e excluir contatos. Além disso, ler, enviar e excluirmensagens,baixaraplicativos/ ferramentas como WhatsApp e outros,pesquisarinformaçõesatravés de navegador da internet e redes sociais, tirar fotos, compartilhar e limpargaleriadefotos,entreasvárias possibilidades que esta tecnologia móveloferece.
  6. 6. 7 Telefones 3357-9272 e 99740-0669 RUA MACAPÁ, 878, TINGUÍ MOACIR RADIADORES Neste domingo foi uma tarde de muita diversão na pista de rolimã do Parque São Lourenço e nos gramados com atividades as crianças. Com quase 200 metros de descida, incluindo três curvas e muito espaço para manobra nes- te domingo dia ( 01), a pista pú- blica do Parque São Lourenço recebeu o festival de carrinhos de rolimã, com inicio as 14 ho- ras. Tanto pais e crianças foram orientados pela equipe da Se- cretaria de Esporte e Lazer, na manutenção, como montar um CAMPEONATO DE CARRINHOS DE ROLIMÃ RESGATE DE BRINCADEIRAS MEMORÁVEIS E TRADICIONAIS NO PARQUE SÃO LOURENÇO carrinho de rolimã. O festival não foi uma competição que houves- sem ganhador ou perdedor, o objetivo foi oferecer divertimen- to as famílias que participaram Quem levou o seu carrinho pode fazer manutenção, colocar óleo nos rolamentos e fazer uns ajustes para melhorar o desem- penho na pista. Para quem não tinha o '' veículo'', a Smelj fez em- préstimo de carrinhos com equi- pamento de segurança. Ao final da ladeira tem uma escada de pedras em que os praticantes su- biam novamente ao cume da pis- ta para nova- mente, rodar o carrinho. Outras ativi- dades em par- ques O projeto Jo- gos do Piá fa- zem parte do p r o g r a m a Curitiba em mo- vimento, da Se- cretaria Munici- pal de Esporte, Lazer e Juventu- de ( Smelj ), foi oferecido para o divertimento das famílias que fo- ram ao Parque. Pingue-pongue ( tênis de mesa ) e esportes tra- dicionais ( futebol e volibol ),mas também com outras brincadeira; ' boca de palhaço', jogos de bo- linha de gude, pipas,betes, fute- bol de dedo, pião, jogo de dados e amarelinha. Os Jogos de Piá serão encerrados no Dia das Cri- anças, em outubro, com um gran- de evento no Parque Barigui, in- forma a Secretaria de Esporte e Lazer de Curitiba. Todas as ati- vidades são abertas e gratuitas, para meninos e meninas.
  7. 7. 8 Associação dos Jornais de Bairros do Estado do Paraná Mídia comunitária - Imprensa de bairro A v o z d a s c o m u n i d a d e s Tel: 3357-3601, Celular 8462-3354 - 99105354 Rua Ilda C. Manasczuk, 444 - Jd Aliança - Santa Cândida Contador: Sandro da Silva Constituição e Encerramento de Empresas Imposto de Renda Assessoria Contábil, Empresarial, Financeira, RH Faleceu Abdo Abage, ex-cônsul da Síria, industrial e combatente pela paz mundial No último dia 18 faleceu o enge- nheiro, industrial e ex-cônsul da Síria para o Paraná e Santa Catarina, Abdo DibAbage. Ele foi membro do Conselho Superior da Associação Comercial do Paraná e personalida- de de destaque na vida social e eco- nômica do Paraná. Abdo Abage nasceu em 27 de maio de 1940 em Curitiba, filho do casal Nassib Abdo Abage e Bárbara Abage. Casado com Ironita Carmen Ghesti Abage, teve três filhos: Fabiana, Adriane e Rafael. Durante todo o dia 19 a igreja orto- doxa São Jorge, na rua Brigadeiro Franco, esteve lotada por amigos e fa- miliaresqueforamprestaraúltimaho- menagem a um dos curitibanos mais ilustres da nossa história recente. Abdo Dib Abage foi Cônsul Ho- norário da Síria para o Paraná e San- ta Catarina no período de 1987 a 2017. Foram 30 anos de trabalho honrado e dedicado aos imigrantes sírios que escolheram o Brasil como pátria. O pai de Abdo, Nassib Abdo Abage, também foi Cônsul da Síria e havia recomendado ao filho que se- guisse em seu trabalho.Após o fale- cimento do paí,Abdo relutou bastan- te porque tinha muito trabalho como engenheiro e na construção das em- presas Plastilit - Produtos Plásticos do Paraná Ltda., e da Polifort – Indús- tria, Comércio, Importação e Expor- tação de Perfis e Peças Plásticas Ltda. Amigoscontamqueemalgumasvi- sitas que ao então CônsulAbdoAbage no consulado, entre um café e outro, ele contou que o Embaixador da Síria em1986insistiamuitoparaqueeleas- sumisse o cargo de Cônsul, mas ele re- cusava.Somentequandolíderesdaco- lônia síria em Curitiba o visitaram e fi- zeram um pedido formal, ele decidiu aceitar o cargo. “Mesmo sabendo que issotrariaprejuízosfinanceiros,poiseu estava no auge das atividades profissi- onais, aceitei porque o pedido era da colônia formada pelos meus amigos, conhecidos e familiares. E havia tam- bém o pedido do meu pai. Como po- deria recusar?” perguntavaAbdo. E nesses 30 anos que ele esteve à frente do Consulado suas previsões se concretizaram. A sede do Consu- lado era em uma de suas proprieda- des, uma belíssima e ampla casa co- lonial. Dois anos atrás, durante visita do Embaixador da Síria a Curitiba, ele disse: “Este é o mais bonito Consula- do da Síria em todo o Brasil”. OCônsulAbdoAbagefinanciavado próprio bolso a maioria dos eventos promovidos pelo Consulado, e apoia- vafinanceiramentepublicaçõeseeven- tos em defesa da paz na Síria. No ano de 2012, quando a guerra à Síria assumia proporções gigantescas, com milhares de mercenários – vindos de108países–invadiramaSíria,finan- ciadospelosgovernosdosEUA,Israel, França, Inglaterra, Catar e Arábia Saudita,AbdoAbagefaziapalestrasem escolas,faculdadeseuniversidadesfa- lando a verdade sobre a guerra à Síria, quetratava-sedeumaguerrapormoti- vosmeramenteeconômicosparatentar mudar a geopolítica local. Uma guerra pararetiraraRússiadocomérciodegás epetróleonaregiãoebeneficiarosEUA e Israel, às custas do sangue e destrui- ção de parte da população síria. Sobre sua atuação como diploma- ta, a ex-cônsul do Uruguai, Leda Neli da Silva Pedrosa Borges, falava que “AbdoAbage é um dos homens mais educados e cultos que conheci na vida”. E ela tinha razão. A educação e a cultura de Abdo Abage eram im- pressionantes, qualidades marcantes de uma personalidade onde se desta- cavam a coragem, generosidade e bondade. Em uma de suas visitas ao Consula- do, o tradutor e escritor Youssef Mousmar,presenciouumacenainteres- sante.UmdosvisitantesdisseaoAbdo quealgunsmovimentospolíticosgosta- riam de pedir ao presidente BasharAl Assad que o nomeasse Embaixador da SírianoBrasil,parafortaleceralutapela paz na Síria.Abdo sorriu e disse:“Não façam isso. Passei dos 70 anos de ida- de e pretendo descansar. Já dei minha contribuição à causa síria”. Mas a fra- se ficou no ar porque mesmo após se retirar da vida diplomática Abdo Abage fazia planos de continuar de- fendendo suas ideias e pensamentos políticos através de um blog ou site. A morte surpreendeu Abdo Abage enquantoelefaziaumapalestrasobrea Paz na Síria, naAssociação Comercial do Paraná. Foi prontamente atendido por dois médicos presentes ao evento, mas não resistiu. Foi um guerreiro, lu- tandopelassuasideiasaté o último dia. A morte prematura de Abdo Abage pegou de surpresa a todos porque ele era um homem que se preocupava com a saúde, fazia exer- cícios físicos com regularidade. No dia 19, na igreja católica orto- doxa São Jorge, centenas de pessoas prestaram homenagens e acompanha- ram o féretro ao cemitério. Pelo nú- mero de pessoas e expressões dos presentes,ficouprovadoqueAbdoDib Abage foi um homem muito querido e amado por todos que o conheceram. José Gil 998999899989998999894.4.4.4.4.11111462462462462462
  8. 8. 9 Brasil libera agrotóxicos proibos na Europa Oito brasileiros se intoxicam com agrotóxicos por dia devido à permissividade da lei brasileira, aponta estudo inédito O debate sobre o uso de agrotóxicos ganhou um novo capítulo, e ele não é bom para o Brasil. Estudo inédito revelou o abis- mo que existe entre a legislação brasileira e a da União Europeia sobre o limite acei- tável de resíduos na água e nos alimentos. A contaminação da água é o que mais cha- ma a atenção, com a lei brasileira permi- tindo limite 5 mil vezes superior ao máxi- mo que é permitido na água potável da Eu- ropa. No caso do feijão e da soja, a lei brasileira permite o uso no cultivo de quan- tidade 400 e 200 vezes superior ao permi- tido na Europa. Esses são os resultados do estudo “Ge- ografia do Uso de Agrotóxicos no Brasil e Conexões com a União Europeia”, da pes- quisadora Larissa Mies Bombardi, do La- boratório de geografia Agrária da Univer- sidade de São Paulo. “Infelizmente, ainda não é possível banir os agrotóxicos. Por isso, é importante questionar por que o governo brasileiro não usa parâmetros ob- servados no exterior”, afirma Bombardi, para quem a permissividade em relação à água “é uma barbárie”. Enquanto a União Europeia limita a quantidade máxima que pode ser encontrada do herbicida glifosato na água potável em 0,1 miligramas por li- tro, o Brasil permite até 5 mil vezes mais. O Brasil tem, segundo o estudo, 504 agrotóxicos de uso permitido. Desses, 30% são proibidos na União Europeia – alguns há mais de uma década. Esses mesmos itens vetados estão no ranking dos mais vendidos. O acetato, tipo de in- seticida usado para plantações de cítricos, é o terceiro da lista. Uma nota técnica da Anvisa citada no estudo de Lombardi mos- tra que o acetato causa a chamada “síndrome intermediária”. Entre os danos à saúde estão fraqueza muscular dos pul- mões e do pescoço. Em crianças, o risco é mais acentuado. “A nossa legislação é frouxa no que diz respeito aos resíduos e à quantidade permitidos na União Europeia”, diz Bombardi. Para Brian Garvey, da Universidade de Strathclyde, da Escócia, e orientador de Bombardi na pesquisa, as autoridades bra- sileiras “lavam as mãos da toxidade”. Como resultado, o mapa aponta ainda que oito brasileiros são contaminados por dia, se levarmos em conta os números oficiais, que são subnotificados. Uma pes- quisa da Fiocruz estima que, para cada caso registrado, 50 não o foram. O que signifi- ca que, entre 2007 e 2014, mais de um milhão de brasileiros foram intoxicados por agrotóxico – um quinto das vítimas é cri- ança ou adolescente. Para piorar, em 2015, o governo deixou de publicar os casos de intoxicação por agrotóxicos. Desde então, ficou mais difícil estudar os casos de ví- timas intoxicadas dentro ou fora do traba- lho, como nos casos de pessoas que mo- ram em áreas pulverizadas. Bombardi se refere aos casos de into- xicação como a “ponta do iceberg”. “A intoxicação representa 2% do total de pro- blemas de saúde que podem acometer a sociedade. As doenças crônicas não são estudadas como deveriam.” Procurado no sábado, a assessoria de imprensa do Mi- nistério da Saúde respondeu que recebeu a demanda na segunda (dia 27) e que até o final do dia mandaria esclarecimentos. AAnvisa, por e-mail, informou que “re- aliza a avaliação toxicológica dos agrotóxicos, antes dos mesmos serem registrados pelo Ministério da Agricultu- ra” e que há uma série de restrições para registros de agrotóxicos no país, como nos casos em que não há antídoto ou trata- mento eficaz no Brasil. Em relação à quan- tidade de resíduos presentes, a Anvisa afir- mou que uma análise feita entre 2013 e 2015 mostrou que quase 99% das amos- tras de alimentos analisadas “estão livres de resíduos de agrotóxicos que represen- tam risco agudo para a saúde”. Consumo de agrotóxicos aumentou Desde 2008 o Brasil é o país campeão mundial em uso de agrotóxicos. Consu- mimos 20% do que é comercializado mun- dialmente. Não bastasse, o manuseio não parou de crescer. Entre 2000 e 2014, mostou o estudo, o Brasil saltou de cerca de 170 mil toneladas para 500 mil, aumento de 194% em quinze anos. Segundo o estudo, nos estados de Rio Grande do Sul, Paraná, Goiás e Mato Grosso o consumo do herbicida glifosato fica entre 9 kg e 19 kg por hectare. Análi- ses feitas com animais mostraram que a exposição ao produto causou câncer de mama, necrose de células e reduziu o tem- po de vida dos bichos. Em setembro des- te ano, a França anunciou que banirá o glifosato até 2022. “O primeiro-ministro [Edouard Philippe] decidiu que este pro- duto será proibido na França – assim como todos os que se pareçam com ele e que ameaçam a saúde dos franceses”, disse o porta-voz Christophe Castaner em entre- vista a um canal de televisão. Mesmo em casos em que o agrotóxico é permitido lá e cá, a quantidade usada é menor, como é hoje o caso do glifosato, o líder brasileiro de vendas. Enquanto na Europa é permitido usar até 2 kg de glifosato por hectare, a média brasileira fica entre 5 kg e 9 kg. Entre 2009 e 2014, o consumo subiu 64%, de 118 mil tonela- das para 194 mil. Em 2014, o Mato Gros- so liderou as compras, seguido por Paraná e Rio Grande do Sul. Por Thais Lazzeri / Repórter Brasil Luiz Fernando Guerra Filho se sentiu muito honrado em conversar com os jovens empreendedores Marcel e José, proprietários da Mem Camisaria no município de Ampere. A Mem Camisaria é uma empresa especializada em roupas sociais, atuando em todo território nacional. Trabalha com matérias primas espe- cífica para a fabricação de uniformes empresariais. com imensa varieda- Enquanto alguns falam em crise, empreendedores empregam com criatividade e coragem de de produtos com preços altamente competitivos. Há vários anos no mercado, a Mem Camisaria vem atendendo e superando as expectativas de seus clientes, e encantando a todos com seus artigos sociais. “Senti-me orgulhoso de ver jovens engajados e com coragem de empreender em um país com tantos obstáculos como o nosso”, dis- se Fernando Guerra Filho.
  9. 9. 10
  10. 10. 11 O velho Hans trabalhava na cervejaria por muitos anos, mas um dia ele não estava prestando atenção, tropeçou e caiu dentro de um daqueles tanques de cerveja e se afogou. O dono da cervejaria achou que era a obrigação dele de informar a viúva da morte do Hans e tocou a campainha. Quando Helga apareceu na porta ele disse: - Lamento ter que lhe informar que o velho Hans veio a falecer no trabalho hoje, quando ele caiu no tanque de cerveja e se afogou. Helga chorou e cobriu o rosto com o avental e depois de um tempo, entre soluços perguntou: - Me diga, ele sofreu? E o dono da cervejaria: - Eu não creio... Ele saiu do tanque três vezes pra dar uma mijada... -o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o- O repórter, na rua, aborda uma loira e pergunta: - Por favor, senhorita, uma entrevista rápida. Como você se sente, sabendo que tem quatro bilhões de neurônios a menos que os homens? A loira pensa um pouco e responde: - Quatro o quê? -o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o- Um homem e uma bonita mulher estavam jantando á luz de velas num restaurante de luxo. De repente o garçom notou que o homem escorregava lentamente para debaixo da mesa. A mulher parecia não reparar que o companheiro tinha desaparecido. - Perdão senhora, disse o garçom: mas acho eu que seu marido está debaixo da mesa. - Não está não, disse a mulher, olhando calmamente para o garçom. Meu marido acabou de entrar no restaurante. -o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o- Marido ao chegar em casa diz à mulher: - Querida hoje vou amar-te!!! Responde a Mulher: - Por mim, podes ir a Júpiter, desde que me deixes dormir! -o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o- Quando o marido finalmente morreu, a esposa colocou no jornal o anúncio da morte, acrescentando que ele havia morrido de gonorréia. Logo que o jornal foi distribuído, um amigo da família telefonou e protestou veementemente: - Você sabe muito bem que ele morreu de diarréia, e não de gonorréia!!! A viúva respondeu: - Eu cuidei dele noite e dia, portanto é lógico que eu sei que ele morreu de diarréia, mas eu achei que seria melhor que se lembrassem dele como um grande amante, ao invés do grande merda que ele sempre foi. -o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o- Ao ver o amigo casado há tanto tempo, o sujeito, indignado, lhe pergunta o segredo. - Ora, meu caro, é muito simples! Nos primeiros quinze dias do mês, eu deixo a minha mulher fazer o que ela quiser. - E nos outros quinze? - Aí, eu faço o que ela quiser! -o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o- Quando Daniel, um belo, promissor e jovem advogado, descobriu que herdaria uma fortuna quando seu pai morresse, decidiu que precisava de uma mulher para ser sua companheira. Assim, numa noite ele foi para o bar da OAB, onde procurou a advogada mais bonita que já tinha visto. Sua beleza natural era de tirar o fôlego. - Eu posso parecer um advogado comum - disse enquanto se aproximava da musa. - Mas em cerca de um mês ou dois, meu pai vai morrer, e eu herdarei 20 milhões de dólares. Impressionada, a mulher foi para casa com ele naquela noite e, três dias depois, se tornou sua madrasta. -o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o- Três amigos encontram uma lâmpada com o gênio de Aladim, que lhes diz: - Sou um gênio expresso, posso lhes conceder já um desejo, mas apenas um, o que querem? O primeiro pede: - Eu quero ser imensamente rico. - Muito bem, vá ao banco, peça seu saldo e verás. O segundo pede: - Eu quero parecer um galã de cinema. - Pois bem, vá a tua casa e olhe-se no espelho. O terceiro pede: - Eu quero ser tremendamente inteligente. O gênio lhe pergunta: - Não se importa de menstruar todo mês? -o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o- O casal estava tendo uma briga feia no café da manhã. O marido bate a porta e sai para o trabalho gritando: - E além do mais, nem mesmo boa de cama você é! Durante a manhã, ele se arrepende e liga para casa para se desculpar. - Por que você demorou tanto para atender? - diz ele. - Eu estava na cama - responde ela. - Mas o que você está fazendo na cama a esta hora? - retruca ele. - Pegando uma segunda opinião. -o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o- O homem diz pra esposa: - Só tem uma pessoa que presta na sua família. Ela pergunta: - Quem? - A sua sogra. -o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o- A mulher passou a noite fora. Chega de manhã, diz ao marido que dormiu na casa da melhor amiga. Ele telefona para as dez melhores amigas dela. Nenhuma confirma. Ele se vinga e passa a noite seguinte fora de casa. Diz à mulher que dormiu na casa do melhor amigo. Ela, então, telefona para dez amigões dele. Sete confirmam e os três restantes, além de confirmar, garantem que ele ainda está lá.
  11. 11. 12

×