O sangue de cristo

112 views

Published on

O ITG - Instituto Teológico Gamaliel, atualmente na condição de Maior Portal de Teologia do Brasil, atua na formação teológica de homens e mulheres das mais diferentes denominações eclesiásticas, fornecendo-lhes cursos de teologia nos níveis. http://www.institutogamaliel.com
Acesse nosso canal de notícias:
www.institutogamaliel.com/portaldateologia
www.institutogamaliel.com
www.pastoreseteologos.com
www.facebook.com/ITG.Gamaliel

Published in: Spiritual
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
112
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
6
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

O sangue de cristo

  1. 1. O SANGUE DE CRISTO institutogamaliel.com/portaldateologia/o-sangue-de-cristo/teologia +gamaliel Fez o SENHOR Deus vestimenta de peles para Adão e sua mulher e os vestiu. Gênesis 3:21. Quando Adão pecou, no jardim do Éden, imediatamente se escondeu de Deus. Antes de Adão pecar, ele desf rutava Deus e estava em Sua presença, todo o tempo. Contudo, após ter pecado, ele escondeu-se. O pecado sempre resulta em separação de Deus. Quando você ler a Bíblia com cuidado irá descobrir que após Adão pecar, Deus não disse: “Adão, que f ez você?” Pelo contrário, Deus disse: “Adão, onde está você?” Em outras palavras, Deus não está tão preocupado com os pecados que você possa cometer, quanto com o f ato de seus pecados separarem você dEle. Deus o ama, mas Ele abomina seus pecados. Enquanto seus pecados permanecem, Deus tem de manter-se af astado, porque o nosso pecado nos af asta de Deus. Para Deus vir, os nossos pecados precisam ir. Em primeiro lugar sabemos que Cristo na cruz já tratou com o nosso pecado. Na cruz Ele tirou o nosso pecado. No dia seguinte, viu João a Jesus, que vinha para ele, e disse: Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo! João 1:29. Na cruz, Jesus nos f ez participantes de Sua morte, logo o nosso pecado f oi removido. É quando cremos em nossa morte com Cristo, que o nosso pecado é tirado de nós, nos tornando livres completamente. Porque eis aqui a pedra que pus diante de Josué; sobre esta pedra única estão sete olhos; eis que eu lavrarei a sua escultura, diz o SENHOR dos Exércitos, e tirarei a iniqüidade desta terra, num só dia. Zacarias 3:9. O pecado, o nosso velho homem, a nossa maldade e nossa suposta bondade, tudo f oi incluído em Cristo, crucif icado e morto. Fomos libertos! Romanos 6:22 Agora, porém, libertados do pecado, transformados em servos de Deus, tendes o vosso fruto para a santificação e, por fim, a vida eterna. O problema do pecado já f oi resolvido na cruz em Cristo, pois a cruz trata daquilo que somos por natureza. Agora tem o problema de nossos pecados. O que f azer com eles? Há somente uma coisa em todo o Universo que pode lançar f ora os pecados, é o sangue precioso de Cristo. Não é pelo muito orar nem por muita lamentação nem por ritual, penitência, promessa de ser melhor, nem por um período de espera, pois nada disso resolve o problema dos nossos pecados, senão o sangue precioso de Cristo. Com efeito, quase todas as coisas, segundo a lei, se purificam com sangue; e, sem derramamento de sangue, não há remissão. Hebreus 9:22.
  2. 2. Sabemos que é pelo sangue de Cristo que os nossos pecados são perdoados, lavados e purif icados. Não importa quantos pecados você cometeu, ou quão arraizadas nossas of ensas possam estar, o sangue clama: Vinde, pois, e arrazoemos, diz o SENHOR; ainda que os vossos pecados sejam como a escarlata, eles se tornarão brancos como a neve; ainda que sejam vermelhos como o carmesim, se tornarão como a lã. Isaías 1:18. Este é o maravilhoso ref rão do céu: “Temos lavado nossas vestes no sangue do Cordeiro e tornando-as brancas”. Irmãos esta é a experiência na terra, pois ninguém jamais f oi limpo exceto nesta f onte: O Sangue de Cristo! O sangue de Cristo nos deixa purif icados e preservados do mal. Isso é ilustrado no livro do Êxodo. Alguns dos f ilhos de Israel podem ter sido tão pecadores quanto os egípcios. Mesmo assim, quando Deus enviou Seu Anjo para f erir todos os f ilhos primogênitos na terra do Egito, Ele não disse: “Quando Eu vir os vossos bons comportamentos, passarei por vós”. Deus não exigiu que os f ilhos de Israel, orassem ou f izessem penitência ou prometessem comportar-se bem. Deus deu ordem a eles para imolar o cordeiro pascal e aspergir o sangue do cordeiro sobre as ombreiras das portas. Veja o que Deus disse em Êxodo 12:13 O sangue vos será por sinal nas casas em que estiverdes; quando eu vir o sangue, passarei por vós, e não haverá entre vós praga destruidora, quando eu ferir a terra do Egito. Temos que observar que Deus não olhava que tipo de pessoa estava dentro da casa; quando via o sangue Ele apenas passava por cima. O sangue é para a satisf ação de Deus. E Deus f icou satisf eito com o sangue de Cristo. E hoje a destra do Pai está o nosso Senhor com o Seu sangue precioso f azendo expiação pelos pecados do mundo inteiro. Hebreus 9:12 não por meio de sangue de bodes e de bezerros, mas pelo seu próprio sangue, entrou no Santo dos Santos, uma vez por todas, tendo obtido eterna redenção. Hoje ninguém pode olhar para o céu e ver esse sangue. No entanto, ele está lá. Ele esta f alando por cada um de nós. Hebreus 12:24 e a Jesus, o Mediador da nova aliança, e ao sangue da aspersão que fala coisas superiores ao que fala o próprio Abel. O sangue de Cristo não só f ala, mas ele está lá satisf azendo a Deus a nosso f avor. Embora não vemos o sangue, mas podemos crer na sua ef icácia. Este sangue resolve o meu e o seu problema com Deus. Se Deus considera o sangue de Cristo suf iciente para remover nossos pecados, temos que f azer o mesmo. Irmãos todos nós já nascemos culpados diante de Deus. O que é culpa? Culpa é a mancha em nossa consciência. Nenhum detergente, nenhum composto químico, nenhum ácido pode lavar a mancha da culpa em nossa consciência. Nem mesmo uma bomba nuclear pode remover essa mancha! Por quê? Porque nossa consciência exige algo mais poderoso que isso. Nossa consciência precisa do sangue precioso de Cristo, pois somente ele tem toda capacidade e poder de nos purif icar. Muito mais o sangue de Cristo, que, pelo Espírito eterno, a si mesmo se ofereceu sem mácula a Deus, purificará a nossa consciência de obras mortas, para servirmos ao Deus vivo! Hebreus 9:14. Quando cremos no f ato, somos purif icados totalmente pelo sangue de Cristo. Mas quando não cremos e achemos que cremos, f icamos perturbados e sem paz. A nossa inclinação natural é buscarmos em nós ou nas coisas alguma coisa que possa constituir, junto com o sangue de Cristo, o f undamento da nossa paz. Existe uma f alta lamentável de compreensão e clareza sobre este ponto vital, como se verif ica pelas dúvidas e receios com que muitos do povo de Deus são af ligidos. Somos inclinados a pensar nos f rutos do Espírito em nós, em vez de pensarmos na obra de Cristo por nós, como f undamento da nossa paz. Ou o sacrif ício de Cristo é suf iciente ou não é. Se é suf iciente, por que essas dúvidas e temores? As palavras dos nossos lábios conf essam que a obra está consumada, mas as dúvidas e temores do coração declaram que não. Todo aquele que duvida do seu perdão perf eito e eterno, nega, tanto quanto lhe diz respeito, o cumprimento do sacrif ício de Cristo. Irmãos o sangue de Cristo nos aproximou de Deus o Pai. Ef ésios 2:13-14a. Mas, agora, em
  3. 3. Cristo. Irmãos o sangue de Cristo nos aproximou de Deus o Pai. Ef ésios 2:13-14a. Mas, agora, em Cristo Jesus, vós, que antes estáveis longe, fostes aproximados pelo sangue de Cristo. Porque ele é a nossa paz. A paz chegou até nós por meio do sangue da sua cruz. E que, havendo feito a paz pelo sangue da sua cruz, por meio dele, reconciliasse consigo mesmo todas as coisas, quer sobre a terra, quer nos céus. Colossenses 1:20. Nós estamos eternamente protegidos pelo sangue de Cristo. E não somente isso, mas o coração amoroso de nosso Senhor nunca poderá contentar-se com isto. Ele trouxe-nos para perto de Si para que pudéssemos apreciá-Lo, alimentarmo-nos Dele e regozijarmo-nos n`Ele. Cristo apresenta- Se perante nós como Aquele que sof reu o f ogo intenso da ira de Deus, a f im de ser, neste caráter maravilhoso de Cordeiro, alimento para nossas almas redimidas. Confia no SENHOR e faze o bem; habita na terra e alimenta-te da verdade. Quem de mim se alimenta por mim viverá. Salmos 37:3 e João 6:57b. O nosso coração deve guardar sempre a lembrança viva de que toda a verdadeira comunhão está inseparavelmente ligada com a redenção ef etuada. Crer que se pode ter comunhão com Deus sobre qualquer outro f undamento é imaginar que Deus pode ter comunhão com o pecado, e isto é inconcebível. A alma que se aproveita da liberdade da graça divina e da redenção que há em Cristo Jesus para continuar no pecado prova claramente que não compreende nem a graça e nem a redenção. A graça não somente salva a alma com uma eterna salvação, como lhe dá uma natureza que se deleita em tudo que pertence a Deus. Nós somos f eitos participantes da natureza divina, a qual não pode viver no pecado, porque somos nascidos de Deus. A cruz já tratou com cada um de nós e o sangue com os nossos pecados. Aleluia! Agora podemos celebrar a f esta! Por isso, celebremos a festa não com o velho fermento, nem com o fermento da maldade e da malícia, e sim com os asmos da sinceridade e da verdade. 1 Coríntios 5:8. Amém. gamaliel (4903 Posts) O ITG - Instituto Teológico Gamaliel atua já por vários anos na f ormação teológica de homens e mulheres das mais dif erentes denominações eclesiásticas, f ornecendo- lhes cursos de teologia com excelência. http://www.institutogamaliel.com/ Fone: (81) 3726-2979 Comente via Facebook Comentários Tweet Email gamaliel O ITG - Instituto Teológico Gamaliel atua já por vários anos na f ormação teológica de homens e mulheres das mais dif erentes denominações eclesiásticas, f ornecendo-lhes cursos de teologia com excelência. http://www.institutogamaliel.com/ Fone: (81) 3726-2979

×