Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
ESCOLA TÉCNICA DE ENFERMAGEM
RAIMUNDA NONATA

Noções de psicologia

Prof: Enf. Gabriel Jefferson

Jardim do Seridó/RN
2013
Resumo
• Porque estudar a psicologia;
• Equipe de Trabalho / Trabalho em Equipe;
• Liderança.
...
A comunicação...

Vídeo – Assalto sem fio
A comunicação...
• O que é comunicação?
Processo de emissão, transmissão e recepção de mensagens
por meio de métodos e/ou ...
A comunicação...
O processo de comunicação é composto de três
etapas subdivididas e, por definição, um meio
de comunicação...
A comunicação...
• Meios de Comunicação
Multimídia
Visuais

Sonoros
Audiovisual

Hipermídia
A comunicação...
• Meios de Comunicação

Informal

X

Formal
Todos os integrantes da equipe devem ter
assegurado o direito de participar dos processos
de produção e divulgação da info...
A flexibilização do papel do técnico de
enfermagem
Antigamente SAÚDE era tratada apenas como ausência de
enfermidades. Por...
O Técnico de enf. e o outro
O Técnico de enf. e o outro
• O corpo
A Enfermagem detém a permissão social e cultural para tocar o corpo
do outro, nele r...
O Técnico de enf. e o outro
• O corpo
O corpo já foi visto como algo profano, mas ao final do século
XVIII e início do XIX...
O Técnico de enf. e o outro
• Os cuidados do “corpo” e suas relações com a
equipe de saúde
O cuidado do corpo por parte do...
O Técnico de enf. e o outro
• Os cuidados do “corpo” e suas relações com a
equipe de saúde
O profissional sensível, bom ob...
Próximos capítulos
• Gênero e Sexualidade

Mais uma vez...
Noçõe de psicologia - téc enfermagem  2ª aula
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Noçõe de psicologia - téc enfermagem 2ª aula

8,939 views

Published on

Noçõe de psicologia - téc enfermagem 2ª aula

  1. 1. ESCOLA TÉCNICA DE ENFERMAGEM RAIMUNDA NONATA Noções de psicologia Prof: Enf. Gabriel Jefferson Jardim do Seridó/RN 2013
  2. 2. Resumo • Porque estudar a psicologia; • Equipe de Trabalho / Trabalho em Equipe; • Liderança. ...
  3. 3. A comunicação... Vídeo – Assalto sem fio
  4. 4. A comunicação... • O que é comunicação? Processo de emissão, transmissão e recepção de mensagens por meio de métodos e/ou sistemas convencionados. É a forma como as pessoas se relacionam entre si, dividindo e trocando experiências, idéias, sentimentos, informações, modificando mutuamente a sociedade onde estão inseridas.
  5. 5. A comunicação... O processo de comunicação é composto de três etapas subdivididas e, por definição, um meio de comunicação deve compreender todos os elementos desse processo.
  6. 6. A comunicação... • Meios de Comunicação Multimídia Visuais Sonoros Audiovisual Hipermídia
  7. 7. A comunicação... • Meios de Comunicação Informal X Formal
  8. 8. Todos os integrantes da equipe devem ter assegurado o direito de participar dos processos de produção e divulgação da informação. Em um hospital, por exemplo, cada profissional deve ser incentivado a registrar no prontuário do paciente as ações executadas e a ler as anotações anteriores, de modo a acompanhar a evolução dos fatos ocorridos.
  9. 9. A flexibilização do papel do técnico de enfermagem Antigamente SAÚDE era tratada apenas como ausência de enfermidades. Porém, hoje a OMS já considera que seja um estado de completo bem-estar físico, mental e social. Da mesma forma, a visão do trabalho do técnico de enf. não pode se manter engessada apenas no EXECUTAR. O técnico deve “perceber sua corresponsabilidade social a partir do papel que desempenha, como alguém capaz de interagir e modificar a situação de saúde-doença de sua comunidade através de suas ações.”
  10. 10. O Técnico de enf. e o outro
  11. 11. O Técnico de enf. e o outro • O corpo A Enfermagem detém a permissão social e cultural para tocar o corpo do outro, nele realizando cuidados íntimos como desnudar, limpar, amarrar, banhar, secar, alimentar, injetar, raspar, vesti r, etc. A ideia que temos do corpo relaciona-se diretamente com os valores socioculturais a ele atribuídos.
  12. 12. O Técnico de enf. e o outro • O corpo O corpo já foi visto como algo profano, mas ao final do século XVIII e início do XIX, o corpo passa a ser também um objeto da Medicina.
  13. 13. O Técnico de enf. e o outro • Os cuidados do “corpo” e suas relações com a equipe de saúde O cuidado do corpo por parte do pessoal de enfermagem inclui a manipulação do paciente mediante procedimentos e técnicas do ato de cuidar. Intuição + percepção + sensibilidade
  14. 14. O Técnico de enf. e o outro • Os cuidados do “corpo” e suas relações com a equipe de saúde O profissional sensível, bom observador, conhecedor de suas próprias emoções, limites e possibilidades possui melhores condições para interagir junto aos pacientes e equipe.
  15. 15. Próximos capítulos • Gênero e Sexualidade Mais uma vez...

×