Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Workshop Influenciadores Digitais - Fortaleza Digital 2019

1,768 views

Published on

Apresentação feita no workshop sobre Influenciadores Digitais no evento Fortaleza Digital em Maio-2019

Published in: Data & Analytics
  • Be the first to comment

Workshop Influenciadores Digitais - Fortaleza Digital 2019

  1. 1. INFLUENCIADORES DIGITAIS FORTALEZA DIGITAL 2019
  2. 2. GABRIEL ISHIDA www.gabrielishida.com.br Consultor de Analytics e Influencer Marketing (LATAM Airlines, Banco Next, Jovem Pan…) VERT Inteligência (Smart Fit) Pernod Ricard (Absolut, Chivas Regal, Jameson…) DP6 (Coca-Cola, Itaú, Mizuno, Visa…) 15 artigos publicados em livros e e-books Professor na FAAP, PUC-RS, ESPM, Mackenzie, Cásper Líbero… Co-criador do Atlas Media Lab (desde 2012) Blog: Midializado (desde 2008)
  3. 3. AGENDA CONCEITOS SOBRE INFLUENCER MARKETING ENCONTRANDO E IDENTIFICANDO INFLUENCIADORES NEGOCIANDO E ENGAJANDO INFLUENCIADORES MENSURANDO OS RESULTADOS DOS INFLUENCIADORES
  4. 4. planejamento
  5. 5. ✓ Youpix: 68% das empresas consideram importante ou prioridade o influencer marketing. ✓ Youpix: 56% das empresas pretendem aumentar o budget para influenciadores em 2019 ✓ Qualibest: Influenciadores são a segunda referência em decisões, só atrás de amigos e parentes ✓ Qualibest: 86% da audiência já descobriu um produto graças a um influenciador ✓ Dedicated Media: +53% de intenção de compra via native advertising (que contém influenciadores)
  6. 6. TRADICIONAL x NATIVE ADS Interrupção Formato do século XX Associado a televisão Contextualização Formato do século XXI Não interfere na experiência
  7. 7. O que é ser influente?
  8. 8. Influência é quando algo modifica ou determina a ação de uma coisa ou alguém Influencer marketing is a marketing technique in which focus is placed on specific key individuals (or types of individual) rather than the target market as a whole. It identifies the individuals that have influence over potential buyers, and orients marketing activities around these influencers. Brown, Duncan and Hayes, Nick
  9. 9. Há diversas formas de se entender como a influência funciona no nosso dia a dia • Brian Solis • Malcolm Gladwell • TALK INC
  10. 10. BRIAN SOLIS
 THE RISE OF DIGITAL INFLUENCE
  11. 11. BRIAN SOLIS
 THE RISE OF DIGITAL INFLUENCE Solis define que a influência digital depende do alcance, da relevância e da presença digital do perfil Um perfil pouco conhecido em sua área de atuação não é influente Um perfil sem autoridade, afinidade ou confiança do público não é influente Um perfil sem presença digital ou movimentação nas redes sociais não é influente
  12. 12. MALCOLM GLADWELL
 O PONTO DA VIRADA Comunicadores Experts Vendedores
  13. 13. MALCOLM GLADWELL
 O PONTO DA VIRADA Gladwell focou em disseminação de ideias e como elas “contaminam" as pessoas. Comunicadores são as pessoas que conhecem muitas pessoas Experts são as pessoas que entendem muito de um ou mais assuntos Vendedores são as pessoas que convencem as outras
  14. 14. TALK digital
 METODOLOGIA DE PESQUISA
  15. 15. TALK digital
 METODOLOGIA DE PESQUISA A consultoria Talk Digital se foca em disseminação de tendências, na forma bem semelhante a curva de inovação. Alphas são quem criam as tendências Betas são os tradutores, ou seja, a ponte entre os Alphas e o mainstream Mainstream são a grande massa do público
  16. 16. Para as mídias sociais, desenvolvemos uma classificação que é baseada em diversos métodos e se adequa para estratégias de comunicação e campanhas
 
 
 BROADCASTERS
 CONECTORES
 LEGITIMADORES
  17. 17. BROADCASTER CONECTOR LEGITIMADOR XUXA Nizan guanaes JUCA KFOURI
  18. 18. • Alto alcance • Seguidores diversificados • Baixo percentual (não volume) de interações / alcance • Baixa conexão com a marca • Ideal para estratégias de alcance BROADCASTER
  19. 19. • Médio/Baixo alcance • Seguidores altamente qualificados (broadcasters ou legitimadores) • Alto percentual de interações / alcance • Ideal para estratégias de tendências Conector
  20. 20. • Médio/Baixo alcance • Seguidores com os mesmos interesses em comum • Alto percentual de interações / alcance • Ideal para atingir públicos segmentados Legitimador
  21. 21. OUTRAS TIPOLOGIAS DISPONÍVEIS
  22. 22. CLASSIFICAÇÃO - TRAACKR
  23. 23. CLASSIFICAÇÃO - YOUPIX
  24. 24. identificação
  25. 25. O QUE É UM INFLUENCIADOR?
 
 Qualquer pessoa que tenha uma autoridade pública (por alcance, por entendimento do assunto, por estilo de vida) para influenciar outras pessoas.
 
 Exemplos:
 
 CELEBRIDADES
 ESPECIALISTAS
 MODELOS
 JORNALISTAS
  26. 26. A melhor forma de identificar influenciadores é através do MONITORAMENTO EM MÍDIAS SOCIAIS ENCONTRE INFLUENCIADORES COMENTANDO E INTERAGINDO EM SEUS CANAIS SOCIAIS ENCONTRE INFLUENCIADORES FALANDO DE SUA MARCA OU MERCADO NAS REDES SOCIAIS ENCONTRE INFLUENCIADORES CONVERSANDO COM OUTROS INFLUENCIADORES EM SEUS PERFIS
  27. 27. Ferramentas de monitoramento Scup HiPlatform Stilingue Buzzmonitor ZMonitor OpSocial V-Tracker Sprinklr Netbase Sysomos Synthesio Crimson Hexagon Netlytic …
  28. 28. OUTRA FORMA MAIS PRÁTICA É CONTRATAR UMA PLATAFORMA DE INFLUENCIADORES Squid Airfluencers Celebryts influency.me Tapinfluence Traackr Indahash Onalytica + plataformas
  29. 29. As ferramentas e plataformas otimizam bastante o trabalho Mas o trabalho de escolher influenciadores tem que ter uma etapa analítica humana
  30. 30. IDENTIFICANDO INFLUENCIADORES
 Olhando os dados e investigando os perfis BROADCASTER Alto alcance Baixa ressonância (posta sobre a vida pessoal, sem assuntos definidos, etc) Interações ”vazias” CONECTOR Médio/Baixo alcance Alta disseminação das mensagens Interações qualificadas LEGITIMADOR Médio/Baixo alcance Muitas menções espontâneas Interações qualificadas
  31. 31. BROADCASTER
  32. 32. BROADCASTER
  33. 33. CONECTOR
  34. 34. CONECTOR
  35. 35. LEGITIMADOR
  36. 36. LEGITIMADOR
  37. 37. LEGITIMADOR
  38. 38. COMO VER SE UM PERFIL É INFLUENCIADOR? • Seguidores / Fãs • Média de engajamento por post (últimos doze posts) • Taxa de engajamento médio (últimos doze posts) • Menções/respostas em monitoramento de mídias sociais Dica: pondere de acordo com a área de atuação. Perfis da área de saúde tendem a ter menos seguidores e menções do que da área de entretenimento
  39. 39. Ferramenta gratuita https://influencermarketinghub.com/instagram-money-calculator/
  40. 40. Ferramenta gratuita https://influencermarketinghub.com/youtube-money-calculator/
  41. 41. Parâmetros
  42. 42. Parâmetros
  43. 43. EXPLORAÇÃO QUALITATIVA • Leia os comentários, veja se a audiência se engaja com o conteúdo (content connection) • Veja se há outros influenciadores no engajamento do perfil. Quanto mais perfis influentes na rede, maior a influência • Analise a forma como o influenciador se apresenta e suas qualificações. Um influenciador com formação médica costuma ter mais influência do que alguém sem isso • Cheque se há seguidores falsos e robôs de engajamento COMO VER SE UM PERFIL É INFLUENCIADOR?
  44. 44. Fraud checker https://influencermarketinghub.com/instagram-fake-follower-bot-checker-free/
  45. 45. Dados sobre fraudes
  46. 46. • São experts em suas áreas de atuação • Possuem entre 1 mil a 100 mil seguidores • Altos índices de engajamento nas redes sociais • São referências em seu círculo de amigos Exemplos: Cabelereiras, bartenders, garçons, chefs de cozinha, médicos, enfermeiras, geeks... MICRO INFLUENCIADORES
  47. 47. Como achar micro influenciadores? Monitoramento! Checar: • Se há um engajamento alto no conteúdo • Se o micro influenciador é visto como autoridade (ex: se perguntam muitas informações, se há muitas conversas) • Se há uma consonância e frequência de conteúdo • Se já trabalhou com marcas (se sim, tende a aceitar melhor os trabalhos oferecidos e é mais profissionalizado) MICRO INFLUENCIADORES
  48. 48. LOVERS E HATERS 70% dos consumidores confiam nas recomendações de outras pessoas no ambiente online (IBOPE 2013) Ambos podem decidir uma compra e devem ter planejamento de como lidar com eles
  49. 49. https://www.youtube.com/watch?v=zJLNVSaOVnA Macro vs micro
  50. 50. engajamento
  51. 51. LIVRO: CONTÁGIO (JONAH BERGER) Conceito de MOEDA SOCIAL ”influenciadores procuram algo mais do que dinheiro: procuram mais influência” A ideia de ter acesso ou contato a algo exclusivo ou para poucos é mais interessante do que remuneração para a maioria dos influenciadores
  52. 52. OFEREÇA EXPERIÊNCIAS EXCLUSIVAS Influenciadores precisam de conteúdo para crescer sua audiência e manter o engajamento alto. Kits para atletas Primeira mão em produtos Degustação de novidades Co-criação de receitas Garrafas exclusivas Convite para eventos Acesso a eventos Beta tester em produtos
  53. 53. A MAIORIA DOS ACORDOS NÃO ENVOLVE DINHEIRO ACESSO A FÁBRICA NA IRLANDA Serve como conteúdo para um canal de gastronomia ou viagens CONVITE PARA EVENTOS Acesso a lançamentos e novidades em primeira mão PRODUTOS PARA REVIEWS Envio de produtos exclusivos ou recém lançados para reviews DESTINOS PARA TESTES Testar pacotes e destinos de viagens
  54. 54. DOIS TIPOS DE PARTICIPAÇÃO DO INFLUENCIADOR
 
 
 Troca por posts/conteúdo nos canais sociais
 Alinha-se a quantidade e formatos
 
 
 Uso da imagem do influenciador nos canais da marca
 Alinha-se período, formatos, peças e até conteúdo
  55. 55. Há duas formas de se trabalhar com influenciadores:
 
 BRAND ENDORSEMENT
 
 EMBAIXADORES
  56. 56. Quando você contrata a pessoa para estrelar uma campanha ou divulgar sua marca BRAND ENDORSEMENT
  57. 57. Quando você contrata a pessoa para representar sua marca por um período longo (mais de seis meses) EMBAIXADORES
  58. 58. CACHÊ FINANCEIRO Paga-se um valor fixo para determinada entrega e prazo PERMUTA Troca-se produtos ou serviços por tempo determinado COMISSÃO Estabelece valor ou percentual por cada transação efetuada vinda do influenciador Três formas de se remunerar o influenciador
  59. 59. FORMATO MAIS SEGURO PARA O ANUNCIANTE, MAS MENOS ACEITO PELOS INFLUENCIADORES Estabeleça um valor fixo por conversão ou percentual de cada venda realizada. USE A PARAMETRIZAÇÃO DE LINKS OU CÓDIGOS PERSONALIZADOS Comissão BOA PRÁTICA: COLOQUE UM VALOR DE CACHÊ + PERCENTUAL DE GANHO
  60. 60. ADIANTE UMA COMISSÃO INICIAL E DESCONTE NAS DEMAIS VENDAS Exemplo: Cachê inicial: R$ 1.000 Comissão por venda: R$ 25 Depois de 40 vendas, o influenciador começa a receber a comissão, já que 40 vendas significa R$ 1.000 de comissão Comissão
  61. 61. Mensuração
  62. 62. PARA ANÁLISE DE PERFIS: MÉTRICAS
 Para entender os resultados das ativações e engajamento DIMENSÃO ENGAJAMENTO RESPOSTA *rastrear a venda via web analytics **recomendado usar contador de cliques FACEBOOK INSTAGRAM TWITTER YOUTUBE ALCANCE POTENCIAL Alcance Impressões Impressões Impressões Visualizações INTERESSE INICIAL Fãs Seguidores Seguidores Inscritos ATENÇÃO Like Like Favorito Retenção APROVAÇÃO DESAPROVAÇÃO Reactions Comentários Comentários Replys Gostei Não Gostei DISSEMINAÇÃO Share Envios Retweets Compartilhar LEADS INTERESSE FINAL Vendas* Cliques** Salvos Vendas* Cliques** Vendas* Cliques** Vendas* Cliques**
  63. 63. Há ferramentas nativas ou terceirizadas para análise de métricas Facebook Insights Twitter Analytics Youtube Analytics Instagram Insights Socialbakers Quintly Fanpage Karma Socialblade Iconosquare Minter.io Simply Measured Union Metrics
  64. 64. PONDERAÇÃO DE MÉTRICAS
 fazendo melhores análises Katie Paine: Taxa de Engajamento (Likes + Comentários + Shares) Alcance OU Impressões OU Fãs OU Seguidores Mídia: Taxa de Cliques Cliques Impressões OU Fãs OU Seguidores
  65. 65. PONDERAÇÃO DE MÉTRICAS
 A métrica ideal de taxa de engajamento Taxa de Engajamento Ideal (para posts próprios) (Likes + Comentários + Shares + Cliques*) Impressões Uma taxa boa depende do histórico da marca e se houve impulsionamento do post *Quando o post tiver link para site externo
  66. 66. Parametrização dos links
 para rastrear os resultados dos influenciadores http://www.dp6.com.br/sala-de-performance-parte-2/? utm_source=facebook&utm_medium=social&utm_conten t=blog&utm_campaign=DigitalAnalytics Source = onde o link foi colocado Medium = a “plataforma" (site, social, e-mail, influenciador) Content = qual conteúdo será direcionado Campaign = qual campanha ou ação https://ga-dev-tools.appspot.com/campaign-url-builder/ GOOGLE URL BUILDER
  67. 67. Com a parametrização, no google analytics irá ficar sinalizado de quem é cada resultado
  68. 68. • Taxa de engajamento acima da média dos posts do influenciador • Aumento nos seguidores da marca • Aumento nas menções espontâneas em redes sociais • Inserções em sites, blogs e portais BROADCASTERS RESULTADOS ESPERADOS Paola carosella
  69. 69. • Content connection • Aumento nos comentários nos posts do influenciador • Aumento nos compartilhamentos • Influenciadores interagindo no conteúdo do influenciador contratado CONECTORES RESULTADOS ESPERADOS Brian solis
  70. 70. • Aumento na taxa de engajamento nos posts do influenciador • Aumento nas buscas do Google sobre produtos da marca • Aumento na conversão, leads ou vendas diretas • Melhora na percepção de imagem LEGITIMADORES RESULTADOS ESPERADOS Kondzilla
  71. 71. PLANEJE FORMAS DE MENSURAÇÃO OBJETIVO: GERAÇÃO DE VENDAS NO E-COMMERCE MENSURAÇÃO: FUNIL DE CONVERSÃO Visitas ao site Leads Vendas! Aprofundamento: aulas de Google Analytics
  72. 72. OBJETIVO: GERAÇÃO DE VENDAS NAS LOJAS FÍSICAS MENSURAÇÃO: VENDAS COM VOUCHERS Influenciador recebe vouchers personalizados para distribuir A loja rastreia as vendas vindas de cada voucher Mensura as vendas dos vouchers de cada influenciador PLANEJE FORMAS DE MENSURAÇÃO
  73. 73. OBJETIVO: GERAÇÃO DE VENDAS NAS LOJAS FÍSICAS MENSURAÇÃO: RECALL DE CAMPANHA Influenciadores realizam a ação Grupo exposto a campanha X Não exposto Verifica-se se lembram da campanha PLANEJE FORMAS DE MENSURAÇÃO
  74. 74. Exemplo: Pesquisa Ad recall “VOCÊ LEMBRA DA PROPAGANDA DA MARCA X NO INSTAGRAM?"
  75. 75. OBJETIVO: MELHORA NA PERCEPÇÃO DE MARCA MENSURAÇÃO: PESQUISA DE IMAGEM EM REDES SOCIAIS 55% 45% NEGATIVO POSITIVO PERCEPÇÃO DE IMAGEM Após ação com influenciadores 78% 22% NEGATIVO POSITIVO PLANEJE FORMAS DE MENSURAÇÃO
  76. 76. ALGUMAS REFERÊNCIAS • Katie Paine (PR Social Media): http://painepublishing.com/best-metrics-show-off- social-media-efforts/ • Brian Solis – The Rise of Digital Influence: http://www.briansolis.com/2012/03/report- the-rise-of-digital-influence/ • Malcolm Gladwell – O ponto da virada: http://www.midializado.com.br/2011/07/ resumo-do-livro-o-ponto-da-virada-de.html • Charles Duhigg – O poder do hábito: http://www.livrariacultura.com.br/p/o-poder- do-habito-30351365 • E-book Monitoramento e Pesquisa em Mídias Sociais (2016): http:// www.slideshare.net/gabrielishida/monitoramento-e-pesquisa-em-midias- sociais-69594087
  77. 77. OBRIGADO! contato@gabrielishida.com.br

×