Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

SCIE

477 views

Published on

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

SCIE

  1. 1. S EGURANÇA C ONTRA I NCÊNDIO EM E DIFÍCIOS (SCIE) Dec-Lei n.º 220/2008 de 12 de Novembro Portaria n.º 1532/2008 de 29 de Dezembro
  2. 2. <ul><li>Em Portugal, os incêndios urbanos têm uma dimensão muito maior do que a maioria das pessoas imagina. </li></ul>S EGURANÇA C ONTRA I NCÊNDIO EM E DIFÍCIOS (SCIE)
  3. 3. <ul><li>Temos, aproximadamente por ano, 8.000 incêndios urbanos e 1.500 incêndios industriais, o que equivale a cerca de 26 fogos por dia, mais do que um sinistro por hora. </li></ul>S EGURANÇA C ONTRA I NCÊNDIO EM E DIFÍCIOS (SCIE)
  4. 4. <ul><li>Como resultado destes números contabiliza-se uma vítima mortal por semana. </li></ul><ul><li>Quem está a ler este texto poderá ser a próxima vítima. </li></ul>S EGURANÇA C ONTRA I NCÊNDIO EM E DIFÍCIOS (SCIE)
  5. 5. <ul><li>Os caldenses têm ainda muito fresco, na sua memória, as consequências destes desastres. </li></ul>S EGURANÇA C ONTRA I NCÊNDIO EM E DIFÍCIOS (SCIE)
  6. 6. <ul><li>Nós, portugueses, somos considerados pelos estrangeiros como bêbados e desastrados. </li></ul><ul><li>Há que transmitir uma nova imagem. </li></ul>S EGURANÇA C ONTRA I NCÊNDIO EM E DIFÍCIOS (SCIE)
  7. 7. <ul><li>O que fazer para nos livrarmos da dor física dos incêndios e da dor psicológica do estigma nacional imposto pelos estrangeiros? </li></ul>S EGURANÇA C ONTRA I NCÊNDIO EM E DIFÍCIOS (SCIE)
  8. 8. <ul><li>Cada um de nós tem a sua quota parte da responsabilidade nesta matéria. </li></ul><ul><li>Logo, cada um vai dar o seu contributo dentro da sua esfera de atuação. </li></ul>S EGURANÇA C ONTRA I NCÊNDIO EM E DIFÍCIOS (SCIE)
  9. 9. <ul><li>A resposta à pergunta “ O que fazer? ”é simples: CUMPRIR A LEI </li></ul>S EGURANÇA C ONTRA I NCÊNDIO EM E DIFÍCIOS (SCIE)
  10. 10. <ul><li>A legislação define dois pilares fundamentais: </li></ul><ul><ul><ul><ul><li>Sistema de segurança contra incêndio </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Medidas de Autoproteção </li></ul></ul></ul></ul>S EGURANÇA C ONTRA I NCÊNDIO EM E DIFÍCIOS (SCIE)
  11. 11. <ul><li>O mundo está em mudança permanente e rápida. </li></ul><ul><li>Também a segurança contra incêndio se adaptou e mudou, assumindo nova atitude. </li></ul>S EGURANÇA C ONTRA I NCÊNDIO EM E DIFÍCIOS (SCIE)
  12. 12. <ul><li>NO PASSADO </li></ul><ul><ul><li>Atitude estática </li></ul></ul><ul><ul><li>Foco no edifício </li></ul></ul>S EGURANÇA C ONTRA I NCÊNDIO EM E DIFÍCIOS (SCIE) <ul><li>NO PRESENTE </li></ul><ul><ul><li>Atitude dinâmica </li></ul></ul><ul><ul><li>Foco na organização </li></ul></ul>
  13. 13. <ul><li>Sistema de Segurança é um conjunto de órgãos adequados à categoria de risco do edifício e à complexidade funcional do mesmo. </li></ul>S EGURANÇA C ONTRA I NCÊNDIO EM E DIFÍCIOS (SCIE)
  14. 14. <ul><li>Os condomínios habitacionais também estão sujeitos às diretrizes desta legislação. </li></ul><ul><li>O administrador do condomínio é o responsável pelas condições de segurança. </li></ul>S EGURANÇA C ONTRA I NCÊNDIO EM E DIFÍCIOS (SCIE)
  15. 15. <ul><li>Medidas de Autoproteção : </li></ul><ul><li>Traduzem-se num conjunto de procedimentos e atitudes proativas que são uma importante ferramenta no despiste de um possível incêndio. </li></ul>S EGURANÇA C ONTRA I NCÊNDIO EM E DIFÍCIOS (SCIE)
  16. 16. Coimas <ul><li>Pessoa Singular: de € 180,00 a € 3.700,00 </li></ul><ul><li>Pessoa Coletiva: de € 180,00 a € 44.000,00 </li></ul><ul><li>Há que evitar... </li></ul>
  17. 17. Entidades Fiscalizadoras <ul><li>ANPC ( Autoridade Nacional de Protecção Civil ) </li></ul><ul><li>ASAE ( Autoridade de Segurança Alimentar e Económica ) </li></ul><ul><li>Câmara Municipal </li></ul>
  18. 18. <ul><li>Não arrisque o futuro da sua empresa e o da sua família. </li></ul><ul><li>Proteja: » A sua vida </li></ul><ul><ul><ul><ul><ul><li>Os seus bens </li></ul></ul></ul></ul></ul>S EGURANÇA C ONTRA I NCÊNDIO EM E DIFÍCIOS (SCIE)
  19. 19. <ul><li>O Seguro morreu velho e D. Prudência foi ao seu funeral. </li></ul>S EGURANÇA C ONTRA I NCÊNDIO EM E DIFÍCIOS (SCIE)
  20. 20. Direto aos Bombeiros Ajude-se ajudando os Bombeiros
  21. 21. S EGURANÇA C ONTRA I NCÊNDIO EM E DIFÍCIOS (SCIE) <ul><li>Art.º 116º </li></ul><ul><li>Portaria 1532/2008 </li></ul><ul><li>Os edifícios devem ser equipados com instalações que permitam detetar o incêndio e, em caso de emergência difundir o alarme para os seus ocupantes, alertar os bombeiros... </li></ul>
  22. 22. S EGURANÇA C ONTRA I NCÊNDIO EM E DIFÍCIOS (SCIE) <ul><li>A fim de ajudar os empresários a cumprir a Lei, criámos o conceito </li></ul><ul><li>DIRETO AOS BOMBEIROS. </li></ul>
  23. 23. S EGURANÇA C ONTRA I NCÊNDIO EM E DIFÍCIOS (SCIE) <ul><li>DIRETO AOS BOMBEIROS </li></ul><ul><li>Sistema Automático de Deteção de Incêndios (SADI), instalado no estabelecimento, com ligação à Central Recetora de Alarmes, instalada nos Bombeiros. </li></ul><ul><li>Esta Central está em permanente monitorização e receção de dados por forma a dar-se resposta imediata a qualquer incêndio. </li></ul>
  24. 24. S EGURANÇA C ONTRA I NCÊNDIO EM E DIFÍCIOS (SCIE) <ul><li>DIRETO AOS BOMBEIROS </li></ul><ul><li>Vantagens : </li></ul><ul><li>1 – Está a cumprir a lei; </li></ul><ul><li>2 – Aumenta a eficácia em caso de sinistro; </li></ul><ul><li>3 – Tem descontos nos estabelecimentos aderentes; </li></ul><ul><li>4 – Está a contribuir para uma causa social por duas vias: </li></ul><ul><li> Ajuda diretamente os bombeiros; </li></ul><ul><li> Ajuda os mais necessitados através do fundo </li></ul><ul><li>solidário. </li></ul>
  25. 25. S EGURANÇA C ONTRA I NCÊNDIO EM E DIFÍCIOS (SCIE) <ul><li>Fim da Apresentação. </li></ul><ul><li>Obrigado. </li></ul>

×