Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Formação continuada de professores

12,282 views

Published on

Resultados da pesquisa sobre a formação continuada de professores, feita em parceria com a Fundação Carlos Chagas.

Published in: Education, Business

Formação continuada de professores

  1. 1. Formação Continuada de proFessores: uma análise das modalidades e das prátiCas em estados e muniCípiosrealiZação pa r C e r i a
  2. 2. A Fundação Victor Civita, que tem pormissão contribuir para a melhoria da qualidadeda Educação Básica no Brasil, produzindopublicações, sites, material pedagógico,pesquisas e projetos que auxiliem na capacitação eQuipe da Fundação ViCtor CiVitados professores, gestores e demais responsáveispelo processo educacional, implantou uma área diretoria eXeCutiVa Angela Cristina Dannemannde estudos com objetivo de levantar dados einformações que auxiliem as discussões sobre Coordenação pedaGÓGiCa Regina Scarpapráticas, metodologias e políticas públicas deEducação. Para acompanhar outros trabalhos, reVista noVa esCola/reVista Gestão esColar Gabriel Grossivisite o nosso site www.fvc.org.br/estudos. Paola Gentile estudos, pesQuisas e proJetos Mauro Morellato Adriana Deróbio © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  3. 3. EquipE dE TrabalhoFundação Carlos Chagas assessoria Geral pesQuisadores de Campo Bernardete A. Gatti Ana Maria Lima Teixeira Ana Maria Gimenes Corrêa Calil Coordenação do proJeto Ani Martins da Silva Claudia Leme Ferreira Davis Bruna Casiraghi Pançardes Marina Muniz Rossa Nunes Claudia Leme Ferreira Davis Patrícia C. Albieri de Almeida Eleny Mitrulis Juliana Cedro de Souza assistentes de pesQuisa Luciane Maria Schlindwein Ana Paula Ferreira da Silva Maria Eloisa Famá D´Antino Juliana Cedro de Souza Maria Helena da Rocha Besnosik Marina Muniz Rossa Nunes Mary Julia Martins Dietzsch Neusa Banhara Ambrosetti Patrícia Cristina Albieri de Almeida © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  4. 4. obJETiVos identificar como se configuram, atualmente, as ações de Formação Continuada de professores em diferentes estados e municípios brasileiros, bem como as modalidades por meio das quais elas são implementadas e os processos de monitoramento e avaliação empregados analisar as modalidades e práticas de formação visando subsidiar o fortalecimento de novos paradigmas na área, mais capazes de propiciar o aprimoramento profissional dos docentes e a melhoria da qualidade da educação oferecida pelas redes públicas de ensino © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  5. 5. o dEsEnVolVimEnTo do EsTudoFoi proposTo Em quaTro ETapas: levantamento bibliográfico Coleta, tratamento e análise de dados discussão com especialistas elaboração do relatório técnico final © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  6. 6. o quE a liTEraTura diz sobrEFormação ConTinuada os estudos enContrados podem ser reunidos em dois Grandes Grupos abordagens de Formação abordagens de Formação Continuada Continuada que se centram que se centram no desenvolvimento na figura do professor das equipes escolares e das escolasa Formação Continuada como o coordenador pedagógico como principaldesenvolvimento de características éticas responsável pelos processos de Formaçãoe políticas essenciais para o exercício Continuada nas escolasprofissionala Formação Continuada como meio de a Formação Continuada como meio desuprir os déficits da formação inicial dos fortalecer e legitimar a escola como umprofessores lócus de formação contínua e permanente para todos nela presentesa Formação Continuada pautada pelo ciclode vida profissional © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  7. 7. sECrETarias dE EduCaçãoEnVolVidas no EsTudo sECrETarias inVEsTigadas Total (19 secretarias): 6 Secretarias Estaduais 6 Secretarias Municipais de Capital 3 Secretarias Municipais de médio porte 4 Secretarias Municipais de pequeno porte rEgião sul participaram: 1 Secretaria Estadual 1 Secretaria Municipal de Capital 1 Secretaria Municipal de médio porte 1 Secretaria Municipal de pequeno porte © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  8. 8. sECrETarias dE EduCação EnVolVidas no EsTudorEgião norTEparticiparam:2 Secretarias Estaduais1 Secretaria Municipal de Capital rEgião CEnTro-oEsTE participaram: 1 Secretaria Estadual 1 Secretaria Municipal de Capital 1 Secretaria Municipal de pequeno porte © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  9. 9. sECrETarias dE EduCaçãoEnVolVidas no EsTudo rEgião nordEsTE participaram: 1 Secretaria Estadual 2 Secretarias Municipais de Capital 1 Secretaria Municipal de médio porte 1 Secretaria Municipal de pequeno porte rEgião sudEsTE participaram: 1 Secretaria Estadual 1 Secretaria Municipal de Capital 1 Secretaria Municipal de médio porte 1 Secretaria Municipal de pequeno porte © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  10. 10. organização dos dados Visão sobre asações de Formação dificuldades Continuada demandas das Formações enfrentadas nas Continuadas ações formativas equipes de práticas formativas Formação mais frequentes Continuada processos de acompanhamento e de avaliação principais conclusões proposições para políticas públicas relativas à Formação Continuada © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  11. 11. Visão sobrE as açõEs dE Formação ConTinuada nos disCursos das ses na aGenda das polítiCas das ses importância conferida aos Formação como eixo professores e à sua formação na articulador das intervenções melhoria da qualidade do ensino na escola Formação Continuada: “Consenso Formação Continuada: possibilitaespaço de socialização entre discursivo” o desenvolvimento profissional e os professores favorece a gestão escolar demandas de formação necessidade de promover apoiadas nas avaliações de práticas formativas sistema sistemáticas © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  12. 12. Visão sobrE as açõEs dE Formação ConTinuada os dados Coletados Junto às ses permitem aFirmar... as práticas a intenção, na maioria de Formação das ses, é fortalecer a Há um grande esforço em atender às necessidades Continuada vêm escola como um espaço formativas dos educadores, evoluindo formativo para assegurar tentando superar ações que a Formação Continuadaisoladas, pontuais e de curta se processe de maneira duração contínua e sistemática, arraigando-se no cotidiano das ses e das escolas Entretanto há problemas: trata-se de tarefa complexa, que exige, das equipes que promovem a formação continuada, ações articuladas, que, em geral, nem sempre são possíveis © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  13. 13. Visão sobrE as açõEs dE Formação ConTinuada seCretarias de eduCação algumas estão bem organizadas - têm política de outras ainda não possuem formação uma política de formação nas redes que possuem uma política de formação, destacam-se • Oferta de cursos e oficinas dois aspectos • Programas do MEC processo ações de • Terceiriza Formação Continuada histórico de valorização dos • Delega Formação Continuadacontinuidade das profissionais da para a escola ações políticas educação © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  14. 14. dEmandas das FormaçõEs ConTinuadas Como as ses identiFiCam neCessidades e traçam o planeJamento das ações de Formação Continuada? prática comum e recorrenteuso de resultados alcançados pelas escolas da rede em dados obtidos no processo avaliações de sistema em de acompanhamento âmbito estadual e nacional junto às escolas algumas ses também utilizam ferramentas própriasde sistemas de gerenciamento de informação © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  15. 15. dEmandas das FormaçõEs ConTinuadas a natureZa das demandas em Formação Continuada práticas formativas que contribuam para o aperfeiçoamento pedagógico demanda mais recorrente: outros temas demandados: cursos de conteúdo e currículo/propostas metodologia de matemática curriculares, ppp, ensinoe português, notadamente do Fundamental de nove anos, processo de alfabetização avaliação da aprendizagem e educação inclusiva Em menor grau: solicitações por temas do cotidiano escolar, como: “como lidar com os conflitos interpessoais”, “como combater a violência”, “como lidar com conflitos” e “como conduzir as relações étnicorraciais” © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  16. 16. dEmandas das FormaçõEs ConTinuadas inCentiVos à Formação Continuada as ses que relatam contar com uma estratégia, especialmente incentivos descrevem a certificação utilizada pelas ses, é auxiliar dos participantes, com posterior os professores, pagando as pontuação no plano de carreira e despesas de transporte, diárias e melhoria nos cargos e salários, como alimentação, situação que incentiva o o principal atrativo para estimular a deslocamento de sua cidade e região, participação dos docentes em ações de por implicar em menores custos Formação Continuada nem todas as ses oferecem incentivo para os professores frequentarem as ações de Formação Continuada © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  17. 17. práTiCas FormaTiVas mais FrEquEnTEs as polítiCas de Formação Continuada de Grande parte das ses são centradas em práticas consideradas “clássicas” Cursos preparados por especialistas, que procuram oferecer subsídios que aprimorem os saberes e as práticas docentes © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  18. 18. práTiCas FormaTiVas mais FrEquEnTEs Há seCretarias Que rompem Com essa Visão especialmente nas ses estaduais e municipais de grande porte, coexistem diferentes modalidades de Formação Continuada, que procuram atender a diferentes objetivos: A formação continuada pode ser um curso, pode ser um workshop, pode ser uma oficina mesmo. Ela pode vir em forma de uma formação longa, como essa, agora de 360 horas. Você pode variar a estratégia e até é benéfico que se faça isso. A gente observou essa progressão, porém a gente não perde o foco, né? E vai graduando o desafio, vai avançando dentro do conhecimento da própria área. É isso que é o norteador. A estratégia é usar muitas estratégias diferentes (...) (secretaria municipal de educação de médio porte – região sudeste) o que diferencia a política de formação das ses é exatamente a ênfase dada a cada uma das modalidades oferecidas e o foco no trabalho individual ou coletivo © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  19. 19. práTiCas FormaTiVas mais FrEquEnTEs modalidades de Formação Continuada perspeCtiVas perspeCtiVas indiVidualiZadas ColaboratiVas © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  20. 20. práTiCas FormaTiVas mais FrEquEnTEs Valoriza o professor, sanando suas dificuldades de formação, divulga mudanças ou a ensinando a lidar com implementação de novos situações atuais da prática programas ou políticas das pedagógica e da escola secretarias de educaçãoCursos de curta duração perspectivas oficinas individualizadas ações pontuais Cursos de longa duração Ciclo de vida e desenvolvimento profissional © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  21. 21. práTiCas FormaTiVas mais FrEquEnTEs perspeCtiVas ColaboratiVas apoiam-se Centradas em atividades realizadas nas escolasNo papel do coordenador pedagógico como Grupos de estudos, com acompanhamento sistemáticocorresponsável pela Formação Continuada dos e rigorosoprofessores no âmbito escolar Produção coletiva de materiais, posteriormenteNo fortalecimento da equipe pedagógica como um divulgadas nos portais das SEstodo, incluindo aí a direção e a coordenação pedagógica Envolvimento dos professores nos processos deNa legitimização da escola como um espaço de planejamento, implementação de ações e sua avaliaçãoFormação Continuada permanente, no qual uns auxiliam Elaboração de projetos pedagógicos relativos àsos outros questões curriculares ou a problemas identificados em sala de aula Formação de redes virtuais de colaboração e apoio profissional, envolvendo comunidades escolares e sistemas educacionais, entre outros © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  22. 22. EquipEs dE Formação ConTinuada Aqueles que são profissionais das Os profissionais externospróprias redes de ensino e assumem, perfis vinculados a outras instituições além de suas funções específicas, a parceiras das SEs oferecem formação dos professores assessorias e cursos de formação Função Função Oferecem assessorias e cursos Organizar as políticas de formação, de formação para a melhoria e o atuar como formadores e realizar desenvolvimento dos processos de o acompanhamento e a avaliação Formação Continuada da rede das ações realizadas, podendo ou não receber o apoio de especialistas externos Em alguns casos, a equipe externa trabalha de forma articulada com a equipe interna da SE, que, por sua vez, se articula com as equipes responsáveis pelas modalidades de ensino © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  23. 23. EquipEs dE Formação ConTinuada Central na articulação das Queixas recorrentes: perfil dos atividades de Formação Continuada profissionais e resistências dos e no trabalho cotidiano na escola professores especialistas CoordenadorFormação específica dirigida pedagógico parceiro crítico dos docentesao Coordenador pedagógico observação em sala de aula para o acompanhamento dos professores (...) é necessário que o Coordenador Pedagógico deixe de ser um fiscal dos alunos e passe a auxiliar os professores na superação das dificuldades de aprendizagem, atuando como formador e facilitador nas relações da formação com a prática docente © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  24. 24. proCEssos dE aCompanhamEnToE dE aValiação ValoriZados por todas as eQuipes enVolVidas Com Formação Continuada Verifica-se no entanto o movimento de buscar todas as ses revelam dificuldades para informações nas escolas que executá-los e verificar o impacto das ações revelem melhorias para a aprendizagem dos alunos É comum o uso de várias estratégias na tentativa de verificar a efetividade em sua ação © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  25. 25. proCEssos dE aCompanhamEnToE dE aValiação aCompanHamento aValiação objetivos Verificar como o professor avalia a formação que recebeu Verificar o impacto da formação na aprendizagem dos alunos de forma indireta por meio por meio Questionários Questionários indicadores de: Visitas e relatos • rendimento dos alunosobservação de sala de aula • Qualidade de educação © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  26. 26. diFiCuldadEs EnFrEnTadasnas açõEs FormaTiVas descompasso entre o desarticulação entre propostas de desenvolvimento tecnológico e a Formação Continuada oferecidas atuação docente em sala de aula pelo meC e/ou universidades e/ou instituições de ensino superior principais Variedade das dificuldades Custos elevados das formaçõesdemandas de formação dos formadores políticas de lotação e resistência dos professores/ remoção de docentes - técnicos das ses às impedem a continuidade das mudanças propostas nas ações formativas ações formativas © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  27. 27. diFiCuldadEs EnFrEnTadasnas açõEs FormaTiVas tempo remunerado professores substitutos para na jornada de trabalho a participação de ações de do professor Formação Continuadapolítica de Formação ausência Centro de formação próprio Continuada articulação entre ações preparo dos coordenadores da própria secretaria pedagógicos e dos diretores relacionadas aos docentes © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  28. 28. prinCipais ConClusõEs em relação às ações polítiCas: A existência de ações políticas que reconhecem e dão continuidade a experiências e trabalhos bem-sucedidos favorecem o aprimoramento da Formação Continuada, alcançando resultados bastante satisfatóriosA valorização e a manutenção de equipes bem formadas de Formação Continuada de professores mostraram-se centrais nesse processo A experiência adquirida gera uma crítica mais acurada para diagnosticar o que está ocorrendo nas escolas e entre os professores, criando uma expertise da qual todas as ações formativas se beneficiam © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  29. 29. prinCipais ConClusõEs alGumas ses, notadamente as muniCipais, não têm elaborado uma polítiCa de Formação Continuada Com Contornos prÓprios nelas, dois proCedimentos Foram obserVados: relegar a Formação Continuada Contratar firmas dos docentes às especializadas em iniciativas das próprias escolas Formação Continuada De qualquer modo, em um e em outro caso, o que marca essas SEs é a ausência de um conhecimento sólido de sua rede de ensino, que permita um diagnóstico de suas carências e o encaminhamento de soluções para saná-las © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  30. 30. prinCipais ConClusõEs ainda em relação às ações polítiCas mEC Esforço no sentido de encaminhar políticas e desenvolver estratégias que possam definir e regulamentar a Formação Continuada de professores no país risco: as ações do MEC podem se tornar inócuas sem a necessária coordenação e articulação com outros programas e políticas voltados para os professores © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  31. 31. prinCipais ConClusõEs em relação às ações de Formação Continuada ações de Formação Continuada nas sEs investigadas orientam-se, concomitantemente, por duas perspectivas: Perspectivas Perspectivas individualizadas colaborativas © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  32. 32. prinCipais ConClusõEs polítiCa de Formação Continuada Fortalece A escola como Qualidade da Professores - um todo escolarização desenvolvimento oferecida profissional É importante que se invista nas necessidades: dos próprios docentes da própria escola Em termos de didáticas específicas Demandas de seu projeto político- pedagógico,e temas pertinentes ao cotidiano escolar, amparo aos docentes em diferentes momentos de seu habilidades pedagógicas, manejo de desenvolvimento profissional, necessidades de atender às classe etc. demandas da SE e das famílias dos alunos etc. © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  33. 33. prinCipais ConClusõEs para tanto, É preCiso Que as ses elaborem/oFereçam polítiCas FormatiVas Que apresentem coerência interna (entre objetivos, métodos e resultados buscados) e coerência com as demais políticas voltadas para o desenvolvimento profissional dos professores, articulando-se com a carreira docente e com os salários, entre outras © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  34. 34. prinCipais ConClusõEs ilustra bem o Que se pretende diZer a polítiCa Que:Incentiva suas escolas a se converter em espaços colaborativos de formaçãoprofissionalInveste em Centros de Formação, cuja tarefa é propiciar tanto a troca de experiênciase a socialização de ideias e conhecimentos envolvidos em suas metas comoconstituir espaços de cursos sistemáticos, oficinas pedagógicas, elaboração dematerial de trabalho junto aos alunos, grupos de estudos etc.Dá suporte, cobra e articula as ações levadas a efeito nas escolas e nos Centrosde Formação, acompanhando a implementação de mudanças e verificando se elasestão levando aos resultados esperados em termos de melhorias no processo deensino e aprendizagem © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  35. 35. prinCipais ConClusõEs ações de Formação Continuada preferências Ações que ocorrem de maneira sistemática Que solidificam a identidade grupal e o trabalho colaborativo Cursos de longa Atividades regulares de formação, duração que se desenvolvam no contexto de trabalho dos professores © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  36. 36. prinCipais ConClusõEs oferecer ações formativas que Fortalecer, por meio das ações de considerem o ciclo de vida e Formação Continuada, a postura desenvolvimento profissional ética e o profissionalismo oferecer horários adequados descentralizar as ações de para a Formação Continuada Formação Continuada, de modo a permitir que todos os professores delas participem o que é ainda preciso fazer incentivar a participação Criar instâncias capazes dedocente, sem atrelá-la apenas coordenar, acompanhar e avaliar os à progressão na carreira projetos de Formação Continuada e as instituições envolvidas equilibrar as atividades de Formação Continuada incluir tempo para a - sem desconsiderar a necessidade de aprimorar participação em Formação os conhecimentos e as práticas pedagógicas dos Continuada na jornada de professores, investindo, sobretudo, em perspectivas trabalho docente colaborativas, centradas na escola © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  37. 37. as proposiçõEs dEsTE EsTudo para aFormação ConTinuada dE proFEssorEs são:1 investir na formação inicial dos professores para que a Formação Continuada não precise atuar retrospectivamente e de forma compensatória2 Coordenar a oferta de formação continuada com as etapas da vida profissional dos docentes, mediante a oferta de programas: • dirigidos especificamente ao professor ingressante na carreira • Voltados para professores que se encontram mudando de segmento ou nível de ensino • direcionados a estimular a autonomia progressiva e responsável do professor • delineados para docentes com mais de 15 anos de docência © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  38. 38. as proposiçõEs dEsTE EsTudo para aFormação ConTinuada dE proFEssorEs são:3 desenvolver políticas que: • Formem e fortaleçam o corpo docente e a equipe gestora • aproveitem as competências disponíveis, colocando-as a serviço do projeto pedagógico da escola4 ampliar a oferta da Formação Continuada para atender a professores de todos os níveis e modalidades de ensino © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  39. 39. as proposiçõEs dEsTE EsTudo para aFormação ConTinuada dE proFEssorEs são:5 explorar adequadamente o papel das universidades na Formação Continuada, elaborando propostas que: • Favoreçam sua interação com as comunidades escolares • Vão ao encontro das demandas das redes de ensino, trazendo • novos conhecimentos do campo educacional • o debate acadêmico para o interior das escolas • aproximação dos docentes com o ambiente e espaço da universidade e vice-versa • a possibilidade de superar problemas e/ou lidar adequadamente com sua realidade © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  40. 40. as proposiçõEs dEsTE EsTudo para aFormação ConTinuada dE proFEssorEs são:6 evitar que programas bem-sucedidos sejam interrompidos por mudanças de gestão ou adoção de políticas partidárias7 investir na socialização de experiências bem-sucedidas de Formação Continuada em diferentes níveis e modalidades de ensino8 desenvolver ações de Formação Continuada que contribuam para aumentar o capital cultural dos docentes © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  41. 41. as proposiçõEs dEsTE EsTudo para aFormação ConTinuada dE proFEssorEs são:9 ampliar o tempo dedicado às ações de Formação Continuada, de modo que elas não se restrinjam apenas às reuniões pedagógicas coletivas na escola É preciso propiciar na escola - e entre escolas - oportunidades para a realização de encontros formativos e discussões pedagógicas por áreas de conhecimento e não apenas por ano ou nível de ensino10 apoiar as escolas – equipe gestora e corpo docente - e incentivá-las a: • experimentar novas práticas educacionais • debater criticamente as propostas • empregar as inovações divulgadas nas ações de Formação Continuada © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  42. 42. as proposiçõEs dEsTE EsTudo para aFormação ConTinuada dE proFEssorEs são:11 avaliar os resultados dos programas de Formação Continuada e, portanto, sua qualidade, por meio da apropriação, por parte dos professores, dos conteúdos e das habilidades neles oferecidos, sempre diversificando as modalidades de avaliação evitar que a avaliação dos programas de Formação Continuada de professores centre-se basicamente nos resultados obtidos pelos alunos em avaliações censitárias © 2011 Fundação Victor Civita. Todos os direitos reservados.
  43. 43. Para mais informações sobre este e outros Estudos e Pesquisas da Fundação Victor Civita, acesse: www.fvc.org.br/estudosrealiZação pa r C e r i a

×