Successfully reported this slideshow.

Visao e467 - Silêncio da Fraude

2

Share

Upcoming SlideShare
Vai correr tudo bem?Não!
Vai correr tudo bem?Não!
Loading in …3
×
1 of 1
1 of 1

Visao e467 - Silêncio da Fraude

2

Share

Download to read offline

Artigo publicado na edição 467 da revista visão na coluna "silêncio da Fraude" da responsabilidade do OBEGEF - Observatório de Economia e Gestão de Fraude

Artigo publicado na edição 467 da revista visão na coluna "silêncio da Fraude" da responsabilidade do OBEGEF - Observatório de Economia e Gestão de Fraude

More Related Content

Related Books

Free with a 14 day trial from Scribd

See all

Related Audiobooks

Free with a 14 day trial from Scribd

See all

Visao e467 - Silêncio da Fraude

  1. 1. 1 CRÓNICAVISÃO ELECTRÓNICA Nº 467 / 2017-12-28 http://www.gestaodefraude.eu Filipe Pontes Abraçar o desconforto> > Os tempos são de avaliação do ano: o que de melhor e pior aconteceu, o que devia ter acontecido e não aconteceu e o que não podia ter acontecido e acon- teceu. Avaliarmos e autoavaliarmos é no fundamental abraçar o des- conforto de apontar ao outro e a nós próprios o que de mais ou menos positivo aconteceu. Fazemos todos os anos este exercício e concluímos todos os anos que temos de fazer mudanças na nossa vida. Aproveitamos esta época do ano para usufruir de momentos em família no conforto das nossas casas, juntos de quem realmente valorizamos e en- chemos as mesas com doces e pratos deliciosos que todos apre- ciam. Aprendemos que partilhar o nosso coração não o esgota, mas an- tes, multiplica-o, pois, conseguimos ter mais tempo para apre- ciar os outros e fazemos o esforço de aproximação aos outros. Assim é, mas passado este período, é tempo de encarar a reali- dade e por isso preparar um novo ano, uma nova oportunidade de atingir os objetivos a que nos propomos todos os anos e que insistem em não ser atingidos. As FES (Família, Esperança e a Solidariedade) são citadas e exalta- das neste período como em nenhum outro, mas a verdade é que o TAS (Trabalho,Angústias e Sofrimentos) nos esperam no próximo ano. São assim as FESTAS, todas elas acabam e tudo recomeça. Os votos que deixo são pois o de prepararmos o novo ano com ho- nestidade, ética e a frontalidade que ele exige na esperança que ele efetivamente seja melhor! Bom ano! GESTÃO DE FRAUDE

×