Oficina de Roteiro - Miguel Nagle

4,007 views

Published on

Slides da oficina de roteiro do diretor e roteirista Miguel Nagle, da 4U Films (www.4ufilms.com) ministrada durante o Gospelcine 2011 (www.mostragospelcine.blogspot.com).

Published in: Education
1 Comment
7 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total views
4,007
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
542
Actions
Shares
0
Downloads
305
Comments
1
Likes
7
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Oficina de Roteiro - Miguel Nagle

  1. 1. OFICINA DE ROTEIRO Miguel Naglequarta-feira, 2 de fevereiro de 2011
  2. 2. O QUE É UM ROTEIRO? "Roteiro: Documento que contem o texto de filme cinematográfico, vídeo, programa de rádio, etc." (Dicionário Novo Aurélio)quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011
  3. 3. O QUE É UM ROTEIRO? "Porque o roteiro é o sonho de um filme" (Jean-Claude Carrière)quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011
  4. 4. O QUE É UM ROTEIRO? "Roteiro: Texto que desenvolve um argumento e que indica como deve realizar-se qualquer tipo de obra audiovisual." (Diccionário del Guión Audiovisual)quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011
  5. 5. O QUE É UM ROTEIRO? "O Roteiro Audiovisual é um documento escrito que desenvolve uma história e indica como deve realizar-se uma obra para um meio que transmite mensagens através de som e imagem, como o cinema e a televisão." (Fernando Marés)quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011
  6. 6. O QUE É UM ROTEIRO? "O Roteiro é a forma escrita de uma obra audiovisual. É uma forma literária efêmera, pois só existe durante o tempo que leva para ser convertido em um produto audiovisual. No entanto, sem material escrito não se pode dizer nada, por isso um bom roteiro não é garantia de um bom filme, mas sem um roteiro não existe um bom filme". (Doc Comparato)quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011
  7. 7. O QUE É UM ROTEIRO? "O roteiro representa um estado transitório, uma forma passageira destinada a desaparecer, como a larva ao se transformar em borboleta. Quando o filme existe, da larva resta apenas uma pele seca, de agora em diante inútil, estritamente condenada à poeira. (...) Pois o roteiro significa a primeira forma de um filme. E quanto mais o próprio filme estiver presente no texto escrito, incrustado, preciso, entrelaçado, pronto para o vôo como a borboleta, que já possui todos os órgãos e todas as cores sob a aparência de larva, mais a aliança secreta (...) entre o escrito e o filme terá chances de se mostrar forte e viva." (Jean-Claude Carrière)quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011
  8. 8. O QUE É UM ROTEIRO? "Roteiro é uma história contada em imagens, diálogo e descrição, localizada no contexto da estrutura dramática." (Syd Field)quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011
  9. 9. O QUE É UM ROTEIRO? "O Roteiro é uma história contada com imagens expressas dramaticamente em uma estrutura definida, com início, meio e fim, não necessariamente nessa ordem." (Chris Rodrigues)quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011
  10. 10. PARA QUE SERVE UM ROTEIRO? "O roteiro é a ferramenta básica da indústria de cinema e televisão." (Cole & Haag)quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011
  11. 11. PARA QUE SERVE UM ROTEIRO? "Roteiro é (...) um discurso verbal, escrito de forma a permitir a pré-visualização do filme por parte do diretor, dos atores, dos técnicos e dos possíveis financiadores. Um instrumento de trabalho e de convencimento. (...) Uma utopia criativa a serviço de um objetivo fundamentalmente econômico: uma boa definição não só de roteiro, mas da própria essência do cinema." (Giba Assis Brasil)quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011
  12. 12. PARA QUE SERVE UM ROTEIRO?"Desde uma perspectiva comercial, um roteiro é umaproposta para o lançamento de um produto. Osaspectos artísticos podem ser decisivos a priori,mas sempre se impõe as possibilidades econômicas nahora de aprovar um projeto. (...) Em função de um roteiroliterário, a produtora pode estimar o custo de um filme eelaborar um estudo de mercado que assegure sua acolhidacomo produto. (...) E quando buscam o financiamentonecessário para o futuro filme, só podem oferecer umacoisa: a história"(António Sanchez-Escalonilla)quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011
  13. 13. PARA QUE SERVE UM ROTEIRO? O objetivo de um roteiro, portanto, é tentar estabelecer com o seu leitor uma relação o mais parecida possível com a relação de um espectador vendo um filme. Um objetivo impossível de se atingir, é claro, uma vez que um filme são imagens em movimento numa tela acompanhadas de som, e um roteiro vai ser sempre palavras sobre papel.quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011
  14. 14. COMO ENCONTRAR A IDÉIA? - O mundo ao nosso redor; - Experiência; - Memória; - Medos, sonhos e fantasias; - Imaginação; - Mantenha um diário; - Jornais, revistas, internet; - Conversas e estórias ouvidas; - Casos reais e temas do momento; - Universos e personagens singulares; - A importância da pesquisa;quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011
  15. 15. STORYLINEMelhor é impossível: um excêntrico e difícil escritor deNova Iorque apaixona-se pela garçonete que todos osdias o atende, mas a doença obsessivo compulsiva de quesofre impede uma relação normal. Uma viagem em queos dois se vêem envolvidos por um amigo comum dá- lhepor fim a oportunidade de mostrar o seu lado melhor,conseguindo conquistá-la.quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011
  16. 16. STORYLINEO Fugitivo: um médico é falsamente acusado da morteda mulher mas um acidente de viação dá-lhe a oportunidadede fugir. Perseguido por um polícial teimoso e eficiente,tem de correr contra o relógio para descobrir o verdadeiroculpado e encontrar as provas de que precisa para provara sua inocência.quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011
  17. 17. STORYLINE Juno: uma adolescente precoce e sabichona descobre que está grávida. Decide dar o bebé para adoção mas quando finalmente encontra o casal perfeito estala uma crise conjugal, que lhe mostra que ainda não sabe tudo sobre a vida e a obriga a tomar decisões difíceis para garantir o melhor futuro para o seu bebé.quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011
  18. 18. SINOPSE ARGUMENTOquarta-feira, 2 de fevereiro de 2011
  19. 19. ESCALETA Luis convida Silvia para festa na casa de João. Surpresa. Conhece Felipe na biblioteca. Encontra Amanda com Túlio. É recebida por Bruno. Ameaça.quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011
  20. 20. MÉTODO DOS CARTÕESquarta-feira, 2 de fevereiro de 2011
  21. 21. MÉTODO DOS CARTÕESquarta-feira, 2 de fevereiro de 2011
  22. 22. MÉTODO DOS CARTÕESquarta-feira, 2 de fevereiro de 2011
  23. 23. MÉTODO DOS CARTÕESquarta-feira, 2 de fevereiro de 2011
  24. 24. COMO CRIAR UM PERSONAGEM? CARACTERÍSTICAS FÍSICAS: - Raça - Sexo - Idade - Saúde - Cor de pele, olhos, cabelos - Postura - Movimentação - Aparência física - Traços marcantes - Defeitosquarta-feira, 2 de fevereiro de 2011
  25. 25. COMO CRIAR UM PERSONAGEM? CARACTERÍSTICAS SOCIAIS: -Nacionalidade - Nome - Classe - Educação - Ocupação - Ambiente familiar - Religião - Opções políticas - Relação com a comunidade -Hobbies - Tempos livresquarta-feira, 2 de fevereiro de 2011
  26. 26. COMO CRIAR UM PERSONAGEM? CARACTERÍSTICAS PSICOLÓGICAS: - Qualidades - Frustrações - Defeitos - Dificuldades - Sociabilidade - Temperamento - Grau de inteligência - Opções sexuais - Atitudes - Padrões morais - Competências - Sonhos - Ambições - Objetivos - Medosquarta-feira, 2 de fevereiro de 2011
  27. 27. ESCREVER A BIOGRAFIAquarta-feira, 2 de fevereiro de 2011
  28. 28. NARRATIVA - Linear - Não-linearquarta-feira, 2 de fevereiro de 2011
  29. 29. NARRATIVA - Flash-back - Flash-foward - Montagem paralelaquarta-feira, 2 de fevereiro de 2011
  30. 30. ELIPSE - Tempo - Espaçoquarta-feira, 2 de fevereiro de 2011
  31. 31. DIVISÃO DE CENAS - Interior ou exterior - Dia ou noite - Nome do local CENA 19 - EXT. PRAÇA EM FRENTE À IGREJA - NOITE quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011
  32. 32. NARRAÇÃO ou DESCRIÇÃO DA CENA Tudo o que acontece no filme (é que o público deve ver ou ouvir) tem que estar no roteiro.quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011
  33. 33. NARRAÇÃO ou DESCRIÇÃO DA CENA "O Professor entra na sala" "O Professor abre a porta, dá um passo, olha em volta enquanto fecha a porta atrás de si, dá outro passo, troca a pasta da mão direita para a esquerda e dá mais três passos até chegar à sua mesa"quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011
  34. 34. NARRAÇÃO ou DESCRIÇÃO DA CENA "A porta se abre. O Professor entra, apressado, nervoso. Fecha a porta atrás de si e encara a turma. Na primeira fila, dois alunos disfarçam sorrisos com a mão. O Professor respira fundo e, mais calmo, caminha até sua mesa. "quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011
  35. 35. DIÁLOGO BITUCA É um assalto, todo mundo pro chão, pro chão. Se vocês ficarem quietos ninguém se machuca. Você aí, apaga logo esse som.quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011
  36. 36. DIÁLOGO BITUCA É um assalto, todo mundo pro chão, pro chão. Os convidados da festa, assustados, levantam os braços. Alguns se jogam rapidamente no chão. BITUCA Se vocês ficarem quietos ninguem se machuca. Você aí, apaga logo esse som. Um garçom, ao lado da aparelhagem, desliga o som. Silêncio.quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011
  37. 37. DIÁLOGO - Voice over - Voice offquarta-feira, 2 de fevereiro de 2011
  38. 38. DESCRIÇÃO DOS PESONAGEM "MARIANA, 25 anos, loira, bonita, mancando da perna direita..." "O CAPITÃO, 50 anos, grisalho, sério, barriga proeminente..."quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011
  39. 39. DESCRIÇÃO DO PESONAGEM "Luiza é casada e tem duas filhas, o tipo de mulher que tem tudo para ser feliz." "Samuel está ultimando sua tese de doutorado, que versa sobre as motivações e origens da doutrina tradicionalista da igreja católica."quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011
  40. 40. DESCRIÇÃO DA LOCAÇÃO "O quarto de Cleide é amplo, arejado, com uma cama de solteiro." "O auditório, com lugar para 100 pessoas, está lotado."quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011
  41. 41. RUBRICAS PAULINHO Pode deixar. (irônico) CARLA Ah, você está aí? (fechando a porta) Eu desisti de ir.quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011
  42. 42. REGRAS DE ESCRITA - Terceira pessoa - Verbos no presentequarta-feira, 2 de fevereiro de 2011
  43. 43. ORDEM FÍLMICA "Mané tira um revólver do bolso" (1) Mané; (2) o ato de tirar; (3) o revólver; (4) o bolso. (1) Mané e sua mão; (2) o bolso; (3) o ato de tirar; (4) o revólver. "Mané tira do bolso um revólver" "Mané põe a mão no bolso e tira um revólver".quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011
  44. 44. NADA INFILMÁVEL PENSAMENTOS NÃO FILMÁVEIS: "Everaldo abre um buraco na terra e enterra sua pistola, colocando uma estaca sobre ela, para indicar o lugar, caso algum dia ela seja necessária. Célio observa, de longe, sabendo que é uma revelação para daqui a muitos anos." "O Delegado pára e pensa até que ponto valeria a pena manter aquele tiroteio contra a quadrilha de Palito. Aquele era seu território e por mais homens que a polícia tivesse na operação a probabilidade de efetuar alguma prisão seria mínima." "Nélson está desconfiado: foi preso e solto no mesmo dia, isso cheira a armação." quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011
  45. 45. NADA INFILMÁVEL SENTIMENTOS NÃO FILMÁVEIS: "Marília se sente feia, mal vestida e desinteressante" "Cíntia está com vontade de fazer xixi." "Era a primeira vez que Cunhatã vislumbrava um homem branco." "Eles não percebem, mas estão se envolvendo emocionalmente"quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011
  46. 46. NADA INFILMÁVEL RELAÇÕES PESSOAIS NÃO FILMÁVEIS: "Márcia está ao telefone falando com Joana, mulher de Ernesto." "O bar é administrado pelo irmão de Jair." "Cinara é uma ex-namorada que casou-se com Romeu, um grande amigo que Bernardo só voltaria a ver um ano depois desse encontro."quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011
  47. 47. NADA INFILMÁVEL PASSAGENS DE TEMPO NÃO FILMÁVEIS: "Dilmar aguarda ansioso por alguns minutos" "Gilberto está na mesma situação há horas." "Duas semanas depois, Laura encontra Patrícia para desabafar sobre seu casamento." quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011
  48. 48. TERMOS TÉCNICOS "close", "plano geral", "travelling", "corta para", "a câmara mostra", "vemos agora".quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011
  49. 49. DECUPAGEM INPLÍCITA "Na sala há vinte estudantes desatentos" "Os pés de Ricardo, sobre o asfalto. O rosto de Mauro. A mão de Ricardo segurando a pá." "Aproximando-se lentamente do carro."quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011
  50. 50. FINAL DRAFT CELTXquarta-feira, 2 de fevereiro de 2011
  51. 51. quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011
  52. 52. quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011
  53. 53. CONTATOS: Email: miguelnagle@gmail.com Msn: miguelnagle@hotmail.com Twitter: @miguelnaglequarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

×