Palestra de ti+úo reciclagem

1,054 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,054
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
16
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Palestra de ti+úo reciclagem

  1. 1. RECICLAGEM &SUSTENTABILIDADE O Mundo Ficou Pequeno de Mais Para Tanto “Lixo”
  2. 2. O Tratamento do dos Resíduos Sólidos “Lixo” no Brasil Um dos fatores da vida moderna que mais geram discussões entre ambientalistas, governo e população em geral é o problema do lixo. O Brasil produz uma média de 240 mil toneladas de dejetos/dia, ou 1,5 kg por habitante a cada dia. De acordo com experiências em andamento em vários países e também no Brasil, a reciclagem é uma das formas ideais de lidar com uma parte do problema, os resíduos orgânico/ e resíduos reciclávies. Em nosso país, a maior parte do lixo vai parar nos lixões ou aterros (95%), enquanto apenas 2% dos resíduos são reciclados, e cerca de 4% o orgânico vai para usinas de compostagem. O pouco fôlego da reciclagem no Brasil se deve ao fato da falta de consciência e Ambiental e Educação Ambiental, pois a reciclagem no Brasil surgiu para combater desemprego, a pobreza e a exclusão. Quanto mais rico é um País mais lixo e produz, e o recente crescimento Brasileiro indica que vem muita sujeira por ai. Pois o hoje somos a 5° maior economia do mundo. Além disso, a maior parte das cidades brasileiras ainda não dispõe de políticas de incentivo à reciclagem ou tampouco adotam a coleta seletiva. Portanto, reciclar é uma atitude individual, que aos poucos está chegando à população em geral, cada vez mais zelosa do planeta no qual vive.
  3. 3. Ou Seja ! O volume de “lixo” produzido no Brasil segundo o IBGE é de 240 mil toneladas por dia. Apenas 2% tem Sendo 40 % é como destino a resíduo reciclável reciclagem O Volume de Resíduos recicláveis Coletados pelos O Brasil joga no Lixo 8 Catadores de Jardim é de 90 % dos materiais Bilhões de reais por Ano, 200 toneladas dia. Orecicláveis que segam as por não reciclar equivalente a uma Cidadeindustrias foram coletado devidamente seus de 400 mil habitentes por nós Catadores resíduos recicláveis
  4. 4. Sustentabilidade + Reciclagem = Equilíbrio do PlanetaPois trata-se de uma questões:Ambientais - Brasil produz uma média de 240 mil toneladaspor dia;
  5. 5. Sociais : Estima-se que no existem 1 milhão e 200 mil Catadores de Materiais recicláveis;No inicio a coleta dos dejetos eramfeitas pelos escravos chamados deTigre, a noite coletavam na cabeça ounas costa o lixo das casas edespejavam no Mar e em Lagoas do
  6. 6. Econômica – O Brasil joga no “Lixo” cerca de8 bilhões de reais / dado do IPEA Oportunidade que não se joga fora!
  7. 7. O Grande Paradoxo da Reciclagem no Brasil !98 % da s latinhas dealumínio, produzidasno Brasil tem Comodestino final areciclagem
  8. 8. 56 % das garrafa PET também
  9. 9. A lei 12.305 – Política Nacional de Resíduos Sólidos Política de resíduo solido. O que muda com esta nova lei? Objetivo da Lei: A não-geração, redução, reutilização e tratamento de resíduos sólidos, bem como destinação final ambientalmente adequada dos rejeitos. Redução do uso dos recursos naturais (água e energia, por exemplo) no processo de produção de novos produtos, intensificar ações de educação ambiental, aumentar a reciclagem no país, promover a inclusão social, a geração de emprego e renda de catadores de materiais recicláveis. O que propõe : Propõe atribuições compartilhadas, tanto das instituições públicas como de particulares e sociedade em geral. É importante que os municípios se articulem politicamente com os órgãos de governo federal, estadual e municipal, a fim de construírem políticas públicas de resíduos sólidos integradas e complementares à Política Nacional, tendo como objetivo a busca por alternativas institucionais que otimizem recursos, se traduzam em oportunidades de negócios com geração de emprego e renda, sustentabilidade dos empreendimentos e receitas para o município. Um dos pontos fundamentais da PNRS é a chamada logística reversa, que se constitui em um conjunto de ações para facilitar o retorno dos resíduos aos seus geradores para que sejam tratados ou reaproveitados em novos produtos.
  10. 10. Como fazer isso?1. Planos de resíduos sólidos;2. Inventários e o sistema declaratório anual de resíduos sólidos;3. Coleta seletiva, os sistemas de logística reversa e outras ferramentas relacionadas à implementação da responsabilidade compartilhada pelo ciclo de vida dos produtos;4. Incentivo a cooperativas de catadores;5. Monitoramento e a fiscalização ambiental, sanitária e agropecuária;6. Cooperação técnica e financeira entre os setores público e privado para o desenvolvimento de pesquisas de novos produtos, métodos, processos e tecnologias de gestão, reciclagem, reutilização, tratamento de resíduos e disposição final ambientalmente adequada de rejeitos;7. Educação ambiental.
  11. 11. O Lixo no Mundo Em Gana no maior Aterro de Lixo Eletrônico do Mundo, Catadores buscam entre Gases Tóxicos e Metais extraídos de Lep Tops, Computadores, TVs entres aparelhos, seu sustento de cada dia. Não é a toa que o local é chamado “Sodoma e Gomorra”.
  12. 12. Segundo o Instituto de Pesquisas Gartner, no ano de 2011 foram vendido no Mundo 364 milhões de PC’s e 468 milhões de celulares e smartphones. Certamente engrossará as estatísticas do Lixo eletrônico até o Ano 2014 .Menino Ganense leva fio e cabos decomputadores, descartados pela EUA eEuropa.E comprados pela Índia e China .
  13. 13. Há solução para o lixo eletrônico e ela é Limpa No Japão graças ao programa de incentivo do Resíduos eletrônicos, hoje o acumulo três (3) mais de ouro, prata e metal índio (usados na fabricação de telas de cristal liquido e painéis solares . O mercado da reciclagem de resíduos eletrônicos crescerá, passará de 5.7 bilhões para 15 bilhões.
  14. 14. A categoria• Embora exercida desde de 1950, o catador sempre foi visto como sujeito excluído socialmente. Apesar de nós catadores sempre prestarmos um serviço de extrema importância para a Sociedade e para o Meio- Ambiente, destinando corretamente os resíduos sólidos produzidos por ela “lixo”. No passado, assim como hoje a grande maioria dos catadores trabalham de formas precárias, em lixões, nas ruas ou em lugares impróprios para exercer seu trabalho com dignidade e respeito de Trabalhador. Muitos sofrem humilhação e exploração por parte de Atravessadores e Empresas de reciclagem.
  15. 15. O Inicio de umMudança 2001 A organização dos Catadores.  O Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis (MNCR) é um movimento social que há cerca de 10 anos vem organizando os catadores e catadoras de materiais recicláveis pelo Brasil afora. Buscamos a valorização de nossa categoria de catador que é um trabalhador e tem sua importância.  Nosso objetivo é garantir o protagonismo popular de nossa classe, que é oprimida pelas estruturas do sistema social. Temos por princípio garantir a independência de classe, que dispensa a fala de partidos políticos, governos e empresários em nosso nome.  Acreditamos na prática da ação direta popular, que é a participação efetiva do trabalhador em tudo que envolve sua vida, algo que rompe com a indiferença do povo e abre caminho para a transformação da sociedade.
  16. 16. 5.000 pessoas tem atividades ligadas ao trabalho de reciclagem no bairro de Jardim Gramacho. 1.700 são catadores.ATERRO METROPOLITANO DOJD. GRAMACHO O aterro ocupa uma área de aproximadamente 1,3 milhões de m².
  17. 17. Números do Aterro de Jardim Gramacho em toneladas/diaRecebe um volume de lixo ................ 12.000O Rio de Janeiro deposita .............. 8.000Os Catadores retiram ..................... 200tn(materiais recicláveis).O Equivalente a uma Cidade com 400 milhabitantes
  18. 18. A superação Não Somos Catadores de Lixo. Somos Catadores de Materiais Recicláveis !
  19. 19. O reconhecimentoe a Valorização “O momento em que um coisa se transforma em outra e um Momento Mágico” Vik Muniz
  20. 20. O Futura da Reciclagem no Rio de Janeiro
  21. 21. AS conquistas: Fundo de Valorização dos Catadores R$ 22 milhões de reais; Fundo de recuperação do passivo social e ambiental do Bairro Jardim Gramacho R$ XXXX; Verba do FECAM para ampliação do Pólo de Reciclagem de Jardim Gramacho R$ 1 milhão e 500 mil e 3 milhões da Reduc;

×