Successfully reported this slideshow.
HIPODERMÓCLISE: ASPECTOS      GERAIS E INDICAÇÕES       Dr. Otávio Guimarães Favoreto                          Paliativista
Definição• Infusão contínua de fluidos no tecido subcutâneo com o objetivo  de reposição hidroeletrolítica e/ou terapia me...
Anatomia da Pele
Histórico
Indicações1   • Alterações gastrointestinais    • Impossibilidade de ingesta oral2   • Alterações do nível de consciência3...
Indicações    • Alterações gastrointestinais1   • Impossibilidade de ingestão      oral     Disfagia grave e odinofagia   ...
2    • Alterações do nível de consciência    Sonolência      Diminuição do nível de consciência       AVC’s      Síndrome ...
3   • Impossibilidade de acesso venoso    Veias finas e frágeis       Flebites, trombose venosa e sinais flogísticos      ...
4   • Assistência domiciliar    HOMECARE       Familiares e cuidadores treinados       Conforto do paciente    Idosos     ...
02  01     03Cuidados Paliativos
Vantagens                  Administração                   parenteral  Menor                              Procedimentonece...
Desvantagens               Infusão                lentaEdema                             Volume local                     ...
Contra-indicações• ICC Grave                                                 • Hemorragias• SVCS                          ...
Farmacocinética
Técnica – Locais de punção                     Cuidado Paliativo – CREMESP
Técnica – Punção            Cuidado Paliativo – CREMESP
Material Utilizado                Ilustração internet
Técnica - Punção                     Ângulo                      45º                   Emagrecido                    30 a ...
Técnica - Punção                   Ferreira e Santos, PH – 2009
Técnica - Punção                   Ferreira e Santos, PH – 2009
Técnica - Punção                   Ferreira e Santos, PH – 2009
Técnica - Punção                   Ferreira e Santos, PH – 2009
Técnica - Punção                   Ferreira e Santos, PH – 2009
Técnica - Punção                   Ferreira e Santos, PH – 2009
Cuidados com o                                                                     dispositivo                            ...
Medicamentos            VolumeDiluição               Incompatibilidade            (bollus)  Forma               2 mL      ...
Medicamentos              SF        SGF   0,9%SG 5%                 Cuidado Paliativo – CREMESP                  Ferreira ...
Medicamentos           Cuidados Paliativos - CREMESP
Medicamentos           Cuidados Paliativos - CREMESP
Medicamentos           Cuidados Paliativos - CREMESP
Medicamentos               INCA
Medicamentos               Ferreira e Santos, PH - 2009
MedicamentosOpióides            Morfina, Metadona, Hidromorfona, TramadolAntieméticos        Haloperidol, Ciclizina, Metoc...
Prescrição 01                    Prescrição                       Aprazamento1. Dieta                                     ...
Prescrição 02                     Prescrição                       Aprazamento1. Dieta                                    ...
Prescrição 03                    Prescrição                          Aprazamento1. Dieta                                  ...
OBRIGADO
44   hipodermóclise - aspectos gerais e indicações
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

44 hipodermóclise - aspectos gerais e indicações

22,098 views

Published on

44 hipodermóclise - aspectos gerais e indicações

  1. 1. HIPODERMÓCLISE: ASPECTOS GERAIS E INDICAÇÕES Dr. Otávio Guimarães Favoreto Paliativista
  2. 2. Definição• Infusão contínua de fluidos no tecido subcutâneo com o objetivo de reposição hidroeletrolítica e/ou terapia medicamentosa O´Keeffe et al, 1996Mecanismo• Administração lenta de soluções no espaço subcutâneo, sendo o fluido transferido para a circulação sanguínea por ação combinada entre difusão de fluidos e perfusão tecidual. Molloy W, Cunje A (1992)
  3. 3. Anatomia da Pele
  4. 4. Histórico
  5. 5. Indicações1 • Alterações gastrointestinais • Impossibilidade de ingesta oral2 • Alterações do nível de consciência3 • Impossibilidade de acesso venoso4 • Assistência domiciliar Cuidado Paliativo – CREMESP
  6. 6. Indicações • Alterações gastrointestinais1 • Impossibilidade de ingestão oral Disfagia grave e odinofagia Lesões na cavidade oral Náuseas e vômitos persistentes e intratáveis Fístula traqueobrônquica e broncoesofágica Oclusão intestinal Intolerância gástrica Má absorção do trato gastrointestinal (ileostomia) Cuidado Paliativo – CREMESP
  7. 7. 2 • Alterações do nível de consciência Sonolência Diminuição do nível de consciência AVC’s Síndrome delírio-confusional Coma Cuidado Paliativo – CREMESP
  8. 8. 3 • Impossibilidade de acesso venoso Veias finas e frágeis Flebites, trombose venosa e sinais flogísticos Conforto do paciente Ausência de cateter implantável Cuidado Paliativo – CREMESP
  9. 9. 4 • Assistência domiciliar HOMECARE Familiares e cuidadores treinados Conforto do paciente Idosos Cuidado Paliativo – CREMESP
  10. 10. 02 01 03Cuidados Paliativos
  11. 11. Vantagens Administração parenteral Menor Procedimentonecessidade simples/menor de tempo deobservação execução Hipodermóclise Seguro, Custo Eficaz eConfortável reduzido Uso domiciliar Manual de Cuidados Paliativos - ANCP
  12. 12. Desvantagens Infusão lentaEdema Volume local reduzido Hipodermóclise Número Velocidade limitado dede fluidos Absorção Ajuste de dose Manual de Cuidados Paliativos - ANCP
  13. 13. Contra-indicações• ICC Grave • Hemorragias• SVCS • Hematomas• Cirurgias local punção• Áreas irradiadas• Ascite Distúrbios de Comorbidades Coagulação Emergência Edema• Hipotensão • Anasarca grave• Administração rápida • Edema local • Hipoalbuminemia severa (>1) Manual de Cuidados Paliativos - ANCP
  14. 14. Farmacocinética
  15. 15. Técnica – Locais de punção Cuidado Paliativo – CREMESP
  16. 16. Técnica – Punção Cuidado Paliativo – CREMESP
  17. 17. Material Utilizado Ilustração internet
  18. 18. Técnica - Punção Ângulo 45º Emagrecido 30 a 35º Bisel daPreencher o agulhacircuito com voltado para fluido o aplicador ConsideraçõesPossibilidade Não aspirar de manter ou salinizado heparinizar Soroma
  19. 19. Técnica - Punção Ferreira e Santos, PH – 2009
  20. 20. Técnica - Punção Ferreira e Santos, PH – 2009
  21. 21. Técnica - Punção Ferreira e Santos, PH – 2009
  22. 22. Técnica - Punção Ferreira e Santos, PH – 2009
  23. 23. Técnica - Punção Ferreira e Santos, PH – 2009
  24. 24. Técnica - Punção Ferreira e Santos, PH – 2009
  25. 25. Cuidados com o dispositivo • Tolerância do paciente Imediatamente • Reavaliar a cada 1 hora nas primeiras 4 horas após a punção • Reação local, suspender imediatamente Volume total de infusão contínua em 24horas por • 1500 mL sítio Velocidade • 62 mL/h ou máxima de infusão contínua 21 gotas/min Volume máximo em bollus • 2 mLCuidados Paliativos - CREMESP
  26. 26. Medicamentos VolumeDiluição Incompatibilidade (bollus) Forma 2 mL Precipitações líquida Água Tabela de 1:1 IncompatibilidadeDestilada Cuidados Paliativos - CREMESP
  27. 27. Medicamentos SF SGF 0,9%SG 5% Cuidado Paliativo – CREMESP Ferreira e Santos, PH – 2009 INCA - 2009
  28. 28. Medicamentos Cuidados Paliativos - CREMESP
  29. 29. Medicamentos Cuidados Paliativos - CREMESP
  30. 30. Medicamentos Cuidados Paliativos - CREMESP
  31. 31. Medicamentos INCA
  32. 32. Medicamentos Ferreira e Santos, PH - 2009
  33. 33. MedicamentosOpióides Morfina, Metadona, Hidromorfona, TramadolAntieméticos Haloperidol, Ciclizina, Metoclopramida, Granisetrona, Ondansetrona,Análogos OctreotídeosomatostatinaSedativos Midazolam, Clonazepam, Fentanil, LevomepromazinaAnti-histamínico Prometazina, HidroxizinaAnticolinérgicos Atropina, Escopolamina/HioscinaCorticoide DexametasonaBloqueador H2 Ranitidina, FamotidinaAINH/Analgésico Ketorolac, Diclofenaco, Naproxeno, DipironaAntibiótico Ampicilina, Cefepime, Cefotaxima, Ceftazidima, Ceftriaxone, TobramicinaDiurético FurosemidaAnticonvulsivante FenobarbitalSoluções SF 0,9% e 0,45%; SRS e SG 5%. Cuidado Paliativo – CREMESP Ferreira e Santos, PH – 2009 INCA - 2009
  34. 34. Prescrição 01 Prescrição Aprazamento1. Dieta Ok2. Punção Subcutâneo (Hipodermóclise – HD) Ok3. SF 0,9% 500 mL VHD a 62mL/h em BIC ou 21 14 22 06gotas/min.4. Morfina 10mg (1mL) + 1mL AD VHD de 6/6 12 18 00 06horas5. Plasil 1mL + 1mL AD VHD 6/6 horas 09 15 21 036. Dipirona 40 gts VO caso febre SOS SOS7. SV e CG Ok8. FST motora e respiratória Ok
  35. 35. Prescrição 02 Prescrição Aprazamento1. Dieta Ok2. Punção Subcutâneo (Hipodermóclise – HD) Ok3. SF 0,9% 500 mL4. Morfina 20mg VHD em BIC 62mL/h 07 15 22 ou 21 gotas/ min.5. Plasil 10 mg6. Dipirona 40 gts VO caso febre SOS SOS7. SV e CG Ok8. FST motora e respiratória Ok
  36. 36. Prescrição 03 Prescrição Aprazamento1. Dieta Ok2. Punção Subcutâneo (Hipodermóclise – HD) Ok3. SF 0,9% 500 mL4. Morfina 20mg VHD em BIC 62mL/h 07 15 22 ou 21 gotas/min5. Midazolan 10mg6. Dexametasona 10 mg 1 mL + 1mL AD VHD 6/6 12 18 00 06horas7. Dipirona 500mg/ml – 1mL + 1 mL AD VHD até de SOS6/6 horas caso febre
  37. 37. OBRIGADO

×