Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
FACULDADE ALIANÇA – MAURÍCIO DE NASSAU
ENFERMAGEM – 4º PERÍODO – TURNO MANHÃ
 DOCENTE:
Suziane Carvalho
Teresina (PI), m...
TEORIA DAS NECESSIDADES
FUNDAMENTAIS, DE VIRGINIA
HENDERSON
Lucas
TEORIA DAS NECESSIDADES
FUNDAMENTAIS
PARA HENDERSON, A PRÁTICA DA ENFERMAGEM PROFISSIONAL
SIGNIFICA...
“... a atuação para...
 META DE ENFERMAGEM:
Trabalhar de forma
independente com outros
profissionais de saúde,
ajudando o paciente a
ganhar ind...
 ESTA TEORIA ESTÁ BASEADA NOS SEGUINTES PRESSUPOSTOS:
Tanto o enfermeiro quanto o paciente, valorizam a
independência so...
Ela salienta a assistência de indivíduos em atividades
essenciais para a manutenção da saúde, para recuperação ou
para ch...
1. Respirar normalmente;
2. Comer e beber
adequadamente;
3. Eliminar os resíduos
orgânicos;
4. Movimentar-se e manter
post...
12. Trabalhar de forma
satisfatória;
13. Participar de diferentes
atividades recreativas;
14. Aprender, descobrir ou
satis...
 HENDERSON E O PROCESSO DE ENFERMAGEM:
Ela considera o processo como “realmente a aplicação da
abordagem lógica para a s...
A Sistematização da Assistência de Enfermagem (SAE), por
meio da aplicação do processo de Enfermagem, emerge como
possibi...
CONCLUINDO...
 PARA HENDERSON...
 A função que o enfermeiro desempenha é, principalmente,
uma função independente – a de...
REFERÊNCIA
GEORGE, J. B. e colaboradores. Teorias de enfermagem – Os
fundamentos à prática profissional. 4ed. Porto Alegr...
AGRADECEMOS A ATENÇÃO!
Teoria das 14 necessidades fundamentais, de Virginia Henderson - No Caminho da Enfermagem - Lucas Fontes.
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Teoria das 14 necessidades fundamentais, de Virginia Henderson - No Caminho da Enfermagem - Lucas Fontes.

36,189 views

Published on

Slide sobre a teoria de Virginia Henderson, que trata das 14 necessidades fundamentais do paciente, apresentado por um grupo de graduandos do curso de Enfermagem da Faculdade Aliança - Maurício de Nassau. Lucas Fontes. http://NoCaminhoDaEnfermagem.blogspot.com.br/

Published in: Health & Medicine
  • Be the first to comment

Teoria das 14 necessidades fundamentais, de Virginia Henderson - No Caminho da Enfermagem - Lucas Fontes.

  1. 1. FACULDADE ALIANÇA – MAURÍCIO DE NASSAU ENFERMAGEM – 4º PERÍODO – TURNO MANHÃ  DOCENTE: Suziane Carvalho Teresina (PI), março de 2015. Lucas Fontes Waldennia Veloso Alzira Sousa Renata Freitas Cecília Natielly Natana Karen Jessica Suelen Elane Rodrigues Letícia Silva  DISCENTES:
  2. 2. TEORIA DAS NECESSIDADES FUNDAMENTAIS, DE VIRGINIA HENDERSON Lucas
  3. 3. TEORIA DAS NECESSIDADES FUNDAMENTAIS PARA HENDERSON, A PRÁTICA DA ENFERMAGEM PROFISSIONAL SIGNIFICA... “... a atuação para compensação de qualquer ato, na observação, no cuidado e no aconselhamento dos doentes, feridos ou inválidos; na manutenção da saúde ou prevenção da doença de outros; na supervisão e ensino de outros profissionais ou na administração de medicamentos e tratamento conforme prescritos por um médico; exigindo julgamento especializado substancial e habilidade baseados no conhecimento e na aplicação dos princípios das ciências biológicas, físicas e sociais...” Lucas
  4. 4.  META DE ENFERMAGEM: Trabalhar de forma independente com outros profissionais de saúde, ajudando o paciente a ganhar independência o mais rápido possível.  NA PRÁTICA... Os enfermeiros ajudam os pacientes a colocarem em prática as 14 necessidades fundamentais. TEORIA DAS NECESSIDADES FUNDAMENTAIS
  5. 5.  ESTA TEORIA ESTÁ BASEADA NOS SEGUINTES PRESSUPOSTOS: Tanto o enfermeiro quanto o paciente, valorizam a independência sobre a dependência; O enfermeiro deve ter em conta o plano terapêutico prescrito pelo médico para definir os cuidados; A prática do enfermeiro deve basear-se nos contributos gerados pela investigação em Enfermagem/conhecimentos. TEORIA DAS NECESSIDADES FUNDAMENTAIS Lucas
  6. 6. Ela salienta a assistência de indivíduos em atividades essenciais para a manutenção da saúde, para recuperação ou para chegar a uma morte pacífica, propondo 14 componentes do atendimento básico de Enfermagem, que são... TEORIA DAS NECESSIDADES FUNDAMENTAIS Lucas
  7. 7. 1. Respirar normalmente; 2. Comer e beber adequadamente; 3. Eliminar os resíduos orgânicos; 4. Movimentar-se e manter posturas desejáveis; 5. Dormir e descansar; 6. Selecionar roupas adequadas; 7. Manter temperatura corporal; 8. Manter higiene; 9. Evitar perigos ambientais; 10. Comunicar-se com outros expressando emoções, necessidades, medos ou opiniões; 11. Adorar de acordo com a própria fé; TEORIA DAS NECESSIDADES FUNDAMENTAIS Lucas
  8. 8. 12. Trabalhar de forma satisfatória; 13. Participar de diferentes atividades recreativas; 14. Aprender, descobrir ou satisfazer a curiosidade que conduz ao desenvolvimento normal e a saúde, utilizando os meios disponíveis. TEORIA DAS NECESSIDADES FUNDAMENTAIS Lucas
  9. 9.  HENDERSON E O PROCESSO DE ENFERMAGEM: Ela considera o processo como “realmente a aplicação da abordagem lógica para a solução de um problema. Os passos são os do método científico”. Cada pessoa tem de receber o atendimento individualizado. TEORIA DAS NECESSIDADES FUNDAMENTAIS
  10. 10. A Sistematização da Assistência de Enfermagem (SAE), por meio da aplicação do processo de Enfermagem, emerge como possibilidade de orientar o cuidado ao paciente, com foco na integralidade das dimensões do ser cuidado. É através do processo de Enfermagem que a teoria de Henderson pode ser aplicada. TEORIA DAS NECESSIDADES FUNDAMENTAIS
  11. 11. CONCLUINDO...  PARA HENDERSON...  A função que o enfermeiro desempenha é, principalmente, uma função independente – a de agir para o paciente quando ele precisa de conhecimento, força física ou vontade de agir por si mesmo com faria, ordinariamente, quando saudável, ou também realizar a terapia prescrita.
  12. 12. REFERÊNCIA GEORGE, J. B. e colaboradores. Teorias de enfermagem – Os fundamentos à prática profissional. 4ed. Porto Alegre: Artes Médicas; 2000.
  13. 13. AGRADECEMOS A ATENÇÃO!

×