O espaço rural

2,607 views

Published on

SDDA

Published in: Education
0 Comments
3 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
2,607
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
882
Actions
Shares
0
Downloads
81
Comments
0
Likes
3
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

O espaço rural

  1. 1. O ESPAÇO RURAL
  2. 2. CARACTERÍSTICAS DO ESPAÇO RURAL  O meio rural compreende o espaço que não é urbano, portanto diferencia as suas atividades produtivas.  Tradicionalmente as atividades rurais são Agricultura, Pecuária e Extrativismo.  Nele também se localizam outras atividades, que vêm se multiplicando nas últimas décadas: hotéis- fazendas, turismo rural e ecológico, clínica de repouso (spas), colônias de férias, condomínios ou fábricas isolados, comércio de pequeno porte, etc.
  3. 3. PECUÁRIA  Criação de rebanhos  destaque para bovinos (bois), avicultura (frango) e suinocultura (porcos);  BOVINOS:  Divide-se em:  BOVINA DE CORTE (carne) realizada em grandes propriedades com mais de 1000 hectares;  BOVINA LEITEIRA (leite) realizada em pequenas propriedades.  Em 2007 foram produzidos cerca de 7,5 milhões de toneladas de carne, cerca de 2 milhões destinaram-se à exportação e 5,5 milhões ao mercado interno  Consumo per capita = 30Kg de carne bovina ao ano  AVICULTURA:  Em 2007 foi produzido 3,2 milhões de toneladas de frango para o mercado externo e 6,8 milhões para o mercado interno.  Consumo per capita = 37Kg de frango ao ano
  4. 4. PECUÁRIA  SUINOCULTURA:  Em 2007 a produção da carne suína atingiu seu auge: cerca de 2,8 milhões de toneladas. Sendo que, 600 mil toneladas foram exportadas e 2,2 milhões abasteceram o mercado interno.  Consumo per capita = 12Kg de carne de porco ao ano.
  5. 5. TIPOS DE PECUÁRIA  EXTENSIVA:  Animal é criado solto em pastagens naturais.  Não há uma alimentação balanceada, é o animal que vai à procura de alimento.  INTENSIVA:  O animal é criado em confinamentos e com ração balanceada  Os investimentos são elevados e a produtividade deste tipo de pecuária é alta.
  6. 6. AGRICULTURA  Corresponde ao processo de uso do solo para cultivar plantas com o objetivo de obter alimentos, fibras, energia e matéria-prima.  Os produtos agrícolas agrupam-se em duas categorias:  CULTURAS DE POBRE: Feijão, Milho, Mandioca e Arroz. Cultivadas nas piores terras e em pequenas propriedades  CULTURAS DE RICO: Cana de Açúcar, Café, Soja, Algodão e Trigo. Cultivadas nos melhores solos em médias e grandes propriedades rurais.
  7. 7. AGRICULTURA: CLASSIFICAÇÃO QUANTO AO CULTIVO  MONOCULTURA: Um único produto é cultivado durante muito tempo. Isto gera perda de nutrientes do solo, necessitando de aplicação de adubos e fertilizantes. Muito comum em produções voltada para exportação.  POLICULTURA: Corresponde ao cultivo de dois ou mais produtos numa propriedade rural. É mais apropriada para a manutenção de um solo saudável, pois os nutrientes são repostos a cada troca de cultivo.
  8. 8. MONOCULTURA POLICULTURA
  9. 9. AGRICULTURA: CLASSIFICAÇÃO QUANTO AO DESTINO DA PRODUÇÃO  SISTEMA INTENSIVO: Alta produtividade, Voltada para exportação, emprego de alta tecnologia.  SISTEMA EXTENSIVO: Técnicas rudimentares. Normalmente, a produção agrícola extensiva destina-se à subsistência de grupos familiares ou de pequenas comunidades.
  10. 10. AGRICULTURA: CLASSIFICAÇÃO QUANTO AO MODO DE PRODUÇÃO  COMERCIAL/EMPRESARIAL: Realizada em grandes propriedades, com aplicação de consideráveis recursos financeiros e mão de obra assalariada. Utiliza alta tecnologia e a produção é voltada para o mercado externo.  AGRICULTURA FAMILIAR: Pequenas propriedades, recebem pouquíssimo investimento do governo, empregam técnicas simples de cultivo. A maior parte dos alimentos que abastecem a mesa dos brasileiros vem das pequenas propriedades. São responsáveis por 40% da produção agrícola.  PRODUÇÃO COLETIVA: Realizada em regime de mutirão (cooperativa rural). Cada grupo é responsável por uma atividade: lavoura, horta, criação de gado e construção de casas.
  11. 11. AGRICULTURA: CLASSIFICAÇÃO QUANTO AO MODO DE PRODUÇÃO 1 – Comercial/Empresarial 2 – Agricultura Familiar 3 – Produção Coletiva
  12. 12. AGRICULTURA: CLASSIFICAÇÃO QUANTO A PROPRIEDADE  MINIFÚNDIO:  Pequena extensão.  Voltada para subsistência.  Em geral seus proprietários trabalham em outras propriedades rurais para obterem sustento.  LATIFÚNDIO:  Grande extensão.  Voltada para exportação.  Divide-se em Latifúndio Empresa Agrícola e Latifúndio Improdutivo (especulação imobiliária).
  13. 13. MINIFÚNDIO LATIFÚNDIO
  14. 14. AGRICULTURA TÉCNICAS DE CULTIVO  ROTAÇÃO DE CULTURAS: Consiste em alternar anualmente espécies vegetais numa mesma área agrícola. Essa prática melhora as características físicas, químicas e biológicas do solo.  O POUSIO: Solo posto em descanso para recuperação dos nutrientes.  A COIVARA: Sistema agrícola rudimentar (indígena). Inicia-se com a derrubada da mata e queimada da vegetação rasteira, em seguida é realizada o plantio de várias culturas diferentes. Após 3 anos de uso o solo necessita de descanso, que vai de 3 a 12 anos.  AGRICULTURA ITINERANTE: Consiste no sistema da coivara aplicado em vários locais. Esgota-se um solo e logo procura-se outro.
  15. 15. AGRICULTURA TÉCNICAS DE CULTIVO 1 2 3 1 – Rotação de Cultura 2 – Coivara 3 – Pousio
  16. 16. AGRICULTURA TÉCNICAS DE CULTIVO  AGRICULTURA DE PRECISÃO: Novas tecnologias a serviço do agricultor. Imagens de Satélite.  HIDROPONIA: Sistema de cultivo, dentro de estufas sem uso do solo. Os nutrientes de que a planta precisa para desenvolver-se provém de água enriquecida com nitrogênio, potássio, fósforo e magnésio.  AGRICULTURA ORGÂNICA: Cultivo voltado para o mercado externo. Não agride o solo, pois não utiliza substâncias químicas. Por consequência, a produtividade é menor e o custo é maior.
  17. 17. AGRICULTURA TÉCNICAS DE CULTIVO 1 2 3 1 – Agricultura de Precisão 2 – Hidroponia 3 – Agricultura Orgânica
  18. 18. AGRICULTURA PROBLEMAS AGRÍCOLAS  VOÇOROCA: Processos erosivos causados por desmatamento excessivo e plantio incorreto. Chegam a atingir 50m de profundidade.  ACIDIFICAÇÃO/EUTROFICAÇÃO: Processo pelo qual grandes quantidades de nutrientes, particularmente fosfatos, levam ao crescimento de algas. Este fenômeno ocorre através da prática abusiva e incorreta da irrigação, prejudicando muitos lagos.  DESERTIFICAÇÃO: No processo de desertificação a vegetação se reduz ou acaba totalmente, através do desmatamento. Neste processo, o solo perde suas propriedades, tornando-se infértil (perda da capacidade produtiva).  CONSUMO DE ÁGUA: A agropecuária é responsável por 70% do consumo de água.  USO DE AGROTÓXICOS: Os agrotóxicos foram criados na tentativa de defender a agricultura contra pragas que atacam as plantações. Porém, se os agricultores não tiverem alguns cuidados durante o uso e extrapolarem no tempo de ação podem afetar o ambiente e a saúde.
  19. 19. AGRICULTURA PROBLEMAS AGRÍCOLAS VOÇOROCA DESERTIFICAÇÃO
  20. 20. CONDICIONANTES FÍSICOS DA AGROPECUÁRIA  ELEMENTOS CLIMÁTICOS: Variação da temperatura e umidade do ar influenciam a produção agrícola. Geadas, secas, excesso de chuvas provocam queda na produção e subida no valor dos alimentos.  SOLO: deve conter diversos tipos de minerais e húmus, necessários ao desenvolvimento agrícola.  RELEVO: Nas planícies, a mecanização agrícola é mais facilitada do que em terrenos íngremes, que necessitam de curvas de nível e terraços.
  21. 21. CONDICIONANTES FÍSICOS DA AGROPECUÁRIA TERRAÇOS CURVAS DE NÍVEL
  22. 22. CONDICIONANTES ECONÔMICOS DA AGROPECUÁRIA  Incentivo governamental e possibilidade de financiamento somente à agricultura de exportação  Pequenos produtores encontram inúmeras dificuldades  Melhor parte da produção é destinada ao mercado externo
  23. 23. AGROINDÚSTRIA  É uma atividade dinâmica que implica a combinação das atividades rurais e industriais, com o objetivo de obter maiores lucros.  O termo designa toda uma cadeia ou um sistema integrado de produções – adubos, fertilizantes, cereais, máquinas agrícolas, criações de animais, etc. – que dependem umas das outras.  A agroindústria refere-se especificamente às indústrias cujos produtos têm por base um produto agrícola, tais como a indústria de cigarros (fumo), bebidas (cana-de-açúcar, cevada, uva e laranja), óleos comestíveis (oliva e soja), calçados (couro), laticínios (iogurte, queijos, manteiga e derivados do leite) e carnes diversas (carnes enlatadas, frangos congelados e salsichas).  A agroindústria provocou um aumento de 5% na exportação agrícola.
  24. 24. ESTRUTURA FUNDIÁRIA  Denomina-se estrutura fundiária a forma como as propriedades agrárias de uma área ou país estão organizadas, isto é, seu número, tamanho e distribuição social;  A agropecuária ocupa cerca de 27% do território nacional;  A maior parte das terras ocupadas e os melhores solos encontram-se nas mãos de pequeno número de proprietários (latifundiários), muitas vezes com enormes áreas ociosas, não utilizadas para a agropecuária, apenas à espera de valorização  60 a 70% da produção agrícola provém da agricultura familiar realizada em pequenas propriedades.

×