Successfully reported this slideshow.

Caderno 3 templo de cura centro hospitalar

1,299 views

Published on

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Caderno 3 templo de cura centro hospitalar

  1. 1. A VILA DA SAUDE EDO TEMPLO DE CURA CENTRO HOSPITALAR HOSPITAL TEMPLO DE CURAA VILA DA SAÚDE E O TEMPLO DE CURA 3.20THE VILLAGE OF HEALTH & HEALING TEMPLE
  2. 2. Informação do DocumentoTítulo do documento Caderno nº3Email Fernando Lima Silva – fjlls@msn.comComentários CENTRO HOSPITALAR HOSPITAL TEMPLO DE CURANome do arquivo TEMPLO DE CURA CENTRO HOSPITALARProjecto-piloto A VILA DA SAÚDE E DO TEMPLO DE CURADescrição: Projecto-piloto de Economia baseado nos Recursos que pratica a sustentabilidade agrícola e energética rumo a uma sociedade melhor.Objectivos No Hospital TEMPLO DE CURA o paciente é visto dentro de uma abordagem do TODO. Nosso foco é o indivíduo e não apenas a doença que o indivíduo possui. Procuramos tratar a causa base das doenças, não só o sinal ou sintoma - A cura do SER como um TODO. Divulgação da Economia Baseada nos Recursos que pratica a sustentabilidade agrícola e energética rumo a uma sociedade melhor; Investigação, Científica e Tecnológica; Defesa e Protecção do Ambiente;Localização Brasil e PortugalURL www.templodecura.com Histórico de RevisõesData Versão Descrição Auto r4 de Junho de 2012 3.0 A VILA DA SAÚDE E O TEMPLO DE CURA 3.20 THE VILLAGE OF HEALTH & HEALING TEMPLE
  3. 3. A VILA DA SAÚDE E O TEMPLO DE CURA 3.20THE VILLAGE OF HEALTH & HEALING TEMPLE
  4. 4. VILA DA SAUDE E DO TEMPLO DE CURA CENTRO HOSPITALAR TEMPLO DE CURAA VILA DA SAÚDE E O TEMPLO DE CURA 3.20THE VILLAGE OF HEALTH & HEALING TEMPLE
  5. 5. INFORMAÇÃO GERAL DA ESTRUTURA FÍSICA DO HOSPITAL TEMPLO DE CURA PORTUGAL BRASILProjecto HOSPITAL TEMPLO DE CURAÁrea: ha.Estrutura arquitectónica Hospital de estrutura Piramidal inserido dentro fr um centro comercialVia de Acesso:Cidades Próximas:Distância: Aeroporto 400 Camas 600 CamasNATUREZA, E ÁREA DE INFLUÊNCIALOCALIZAÇÃO POPULAÇÃO CIDADEBrasilPortugal A VILA DA SAÚDE E O TEMPLO DE CURA 3.20 THE VILLAGE OF HEALTH & HEALING TEMPLE
  6. 6. DIRECÇÃO GERAL04 Direcções de áreas (Clínica, Administrativa, Científica e Pedagógica e de Enfermagem);06 Departamentos clínicos (Medicina, Cirurgia, Pediatria, Ortopedia, Ginecologia e Obstetrícia e Clínica Especial);04 Departamentos Administrativos (Recursos Humanos, Finanças, Planificação e Estatística, Aprovisionamento e Manutenção Hospitalar);44 Serviços Clínicos; Serviços de Urgências; Blocos Operatórios com 17 mesas operatórias; Serviços de Apoio Clínico e Atendimento Externo. Capacidade, Volume de actividades e Indicadores de funcionamento Camas oficiam distribuídas por 07 Departamentos Clínicos, mas alguns serviços.A VILA DA SAÚDE E O TEMPLO DE CURA 3.20THE VILLAGE OF HEALTH & HEALING TEMPLE
  7. 7. INDICADORES - VOLUME DE ACTIVIDADESActividade Média anual Média mensal Média diáriaConsultas externasConsultas de urgênciaInternamento (altas)Atendimento na FarmáciaOperações de grandecirurgiaLaboratório de AnálisesClínicasLaboratório de AnatomiaPatológicaRadiologia e ImagemBanco de Sangue(unidades de sangue ederivadosRefeiçõesRoupa lavada (kg) A VILA DA SAÚDE E O TEMPLO DE CURA 3.20 THE VILLAGE OF HEALTH & HEALING TEMPLE
  8. 8. Há três tipos de doença: física, mental e espiritual. A doença física ocorre devido às diferentesformas de condições tóxicas, processos infecciosos e acidentes. A doença mental é causada pelo medo,preocupação, raiva e outros distúrbios emocionais. A doença espiritual deve-se à ignorância do homem sobresua verdadeira relação com Deus. A ignorância é o mal supremo. Quando a eliminamos, também eliminamos as causas de todos osdistúrbios físicos, mentais e espirituais. A sabedoria é o melhor depurativo." ·Tentar vencer os vários tipos de sofrimento pelo poder limitadodos métodos materiais de cura muitas vezes acaba em frustração. Somente no poder ilimitado dos métodosespirituais pode o homem encontrar a cura permanente para as "des-ordens" do corpo, da mente e da alma. Devemos procurar em Deus esse poder infinito de cura. Se você tem sofrido mentalmente com aperda de entes queridos, poderá reencontrá-los em Deus. Tudo é possível com o Seu Auxílio. Paramahansa Yogananda A VILA DA SAÚDE E O TEMPLO DE CURA 3.20 THE VILLAGE OF HEALTH & HEALING TEMPLE
  9. 9. O HOSPITAL TEMPLO DE CURA. A VILA DA SAÚDE E O TEMPLO DE CURA tem como principal objectivo a construção doCentro Hospitalar privado designado por Hospital TEMPLO DE CURA, vocacionado para a prestação decuidados diferenciados em todas as vertentes. PREVENIR E TRATAR DOENÇAS E CUIDAR DO PACIENTE COMO UM TODO. O paciente é visto dentro de uma abordagem do TODO. Procuramos tratar a causa que originou a doença e não os sintomas… O Hospital TEMPLO DE CURA terá uma estrutura arquitectónica totalmente construída de raiz queserá projectado com maiores e melhores instalações baseada na Geometria sagrada, Geobiologia, TecnologiasQuânticas e dispositivos específicos de Som, Luz e Formas. Implementado num terreno de 30 hectares numa estrutura arquitectonicamente moderna, construídapara uma perfeita articulação entre as diferentes funcionalidades, sempre na perspectiva de uma maiorqualidade de serviço e conveniência para o utente. A actividade do Hospital TEMPLO DE CURA assegura a cada doente, cuidados que correspondamàs suas necessidades, de acordo com as melhores práticas clínicas e numa lógica de governação clínica,promove uma eficiente utilização dos recursos disponíveis, abrangendo, ainda, as áreas de investigação, ensino,prevenção e continuidade de cuidados, conforme o primado do doente.O Hospital TEMPLO DE CURA será regido por 2 princípios  Princípio da Unicidade: cada indivíduo é único no universo, tendo uma individualidade bioquímica (o que pode ser bom para um, pode ser veneno para outro);  Princípio da integralidade: não estamos desconectados do universo, vivemos em uma grande teia, na qual o que fazemos afecta todo um sistema, por mais simples que seja essa acção. Os diversos factores fisiológicos que contribuem para o aparecimento das doenças estão interligados entre si. Ou seja, todos os seres estão integrados e o que o homem faz com o meio ambiente gera repercussões em todos os âmbitos da nossa vida.No Hospital TEMPLO DE CURA o paciente é visto dentro de uma abordagem do TODO. Nosso foco é oindivíduo e não apenas a doença que o indivíduo possui. Procuramos tratar a causa base das doenças, não só osinal ou sintoma. A VILA DA SAÚDE E O TEMPLO DE CURA 3.20 THE VILLAGE OF HEALTH & HEALING TEMPLE
  10. 10. O HOSPITAL TEMPLO DE CURA. As instalações conciliam unidades de assistência médica, investigação, ensino e apoio social. Umespaço criado para prestar os melhores e mais inovadores cuidados de saúde com tecnologia de última geraçãopara cuidar de quem mais gosta, entre as diferentes funcionalidades, sempre na perspectiva de uma maiorqualidade de serviço e conveniência para o utente. Nas instalações projectadas do Hospital são:  60 Gabinetes de consulta médica  Ala de Ambulatório com Gabinetes de consulta médica;  Ala de Cuidados Continuados Integrados;  Ala de Cuidados Oncológicos;  Ala de Cuidados Paliativos e Alívio da Dor;  Bloco Operatório Central;  Bloco Periférico de Obstetrícia com uma sala  Caminho pedonal de ligação ao pólo tecnológico e da Saúde, que facilita o acesso ao ensino e à investigação;  Heliporto, que permite um rápido e seguro transporte de doentes urgentes;  Meios Complementares de Diagnóstico e Tratamentos de apoio a todas as especialidades clínicas  Quartos de internamento com um máximo de duas camas e todos com quarto de banho privativo  Ala de internamento  Serviço de Psiquiatria com acesso próprioO Hospital TEMPLO DE CURA vai investir nas unidades de excelência;  Urgência Geral  Cuidados Paliativos e Alívio da Dor;  Cuidados Oncológicos;  Cuidados Continuados Integrados O serviço de urgência do Hospital TEMPLO DE CURA permitirá um atendimento segmentado emfunção das necessidades de cada paciente, o serviço integra a Urgência Geral, a Urgência Pediátrica e aUrgência Ginecológica e Obstétrica, prestando, deste modo, cuidados diferenciados de acordo com os gruposde utentes e respectivas necessidades. Funciona 24 horas por dia, todos os dias do ano. A VILA DA SAÚDE E O TEMPLO DE CURA 3.20 THE VILLAGE OF HEALTH & HEALING TEMPLE
  11. 11. Com o objectivo de garantir um atendimento urgente eficaz e eficiente, os utentes serão atendidos deacordo com os níveis de gravidade, através do método: Triagem. Esta metodologia visa assegurar uma rápidaresposta às situações urgentes e emergentes e gerir com o máximo rigor possível, do ponto de vista clínico, otempo de atendimento, contribuindo ainda para uma melhor gestão do tempo de espera. O Serviço de Urgência funciona em estreita articulação com a Unidade de Cuidados Intensivos erestantes especialidades, nomeadamente as que suportam a realização dos diversos meios de diagnósticocomplementar. O Serviço de Urgência é assegurado por profissionais diferenciados (médicos/as, enfermeiro/as eterapeutas holísticos), com sólida experiência no diagnóstico, tratamento e referenciação das situaçõesurgentes.Pode contar com:  Um serviço que funciona 24 horas diárias, durante todo o ano;  Resposta diferenciada em Urgência Geral, Pediátrica e Ginecológica/Obstétrica;  Profissionais experientes, especializados em entendimento urgente;  Triagem para resposta adequada face ao grau de gravidade e gestão rigorosa do tempo de espera;  Acesso aos meios de diagnósticos necessários e adequados;  Articulação com a Unidade de Cuidados Intensivos;  Apoio das diferentes especialidades médicas disponíveis no hospital; A VILA DA SAÚDE E O TEMPLO DE CURA 3.20 THE VILLAGE OF HEALTH & HEALING TEMPLE
  12. 12. VISÃO. A visão do Hospital TEMPLO DE CURA assenta no continuado desenvolvimento e aperfeiçoamentotécnico e científico com elevada diferenciação tecnológica, sendo reconhecido pela excelência hospitalar,eficácia e eficiência assumindo-se como instituição de referência nas valências que integra, na qualidade daassistência prestada aos utentes e na experiência na gestão. Isto, mediante a avaliação sistemática deprocedimentos e resultados nesta área, numa lógica de transparência e de responsabilização. A VILA DA SAÚDE E O TEMPLO DE CURA 3.20 THE VILLAGE OF HEALTH & HEALING TEMPLE
  13. 13. MISSÃO. O Hospital TEMPLO DE CURA tem por missão prestar cuidados de saúde diferenciados, a promoção da saúde e as actividades de educação para a saúde são indispensáveis à capacitação individual, habilitando a pessoa a prevenir complicações da sua patologia e a agir no sentido de exercerem um maior controlo sobre a sua própria saúde para a obtenção de ganhos em saúde. Faz, igualmente, parte da sua missão prestar, com elevados níveis de qualidade e eficiência, cuidadosde saúde diferenciados, que poderá realizar em articulação com a rede de saúde primária e com hospitais doServiço Nacional de Saúde, apostando na motivação e satisfação dos seus profissionais e colaboradores. O ensino e a investigação e o desenvolvimento de formação / científico em todas as áreas das ciênciasda saúde fazem também parte da missão do Centro Hospitalar. A VILA DA SAÚDE E O TEMPLO DE CURA 3.20 THE VILLAGE OF HEALTH & HEALING TEMPLE
  14. 14. LINHAS DE ORIENTAÇÃO ESTRATÉGICA.O Plano Estratégico reflecte as seguintes linhas de orientação:  O Hospital TEMPLO DE CURA tem como missão a prestação de cuidados diferenciados em todas as vertentes - prevenir e tratar doenças e cuidar do paciente como um Todo.  O utente estará no centro de todas as actividades e, consequentemente, assume especial importância a excelência na prestação de serviços e a melhoria continuada da qualidade clínica (clinical governance);  Potenciação da participação activa e motivada de todos os colaboradores;  Gestão eficiente dos recursos materiais e humanos que integram o Centro Hospitalar;  Opção por um modelo de gestão condizente com o estatuto que lhe está atribuído. A VILA DA SAÚDE E O TEMPLO DE CURA 3.20 THE VILLAGE OF HEALTH & HEALING TEMPLE
  15. 15. OBJECTIVOS ESTRATÉGICOS. Tendo em conta o enquadramento e posicionamento do Hospital TEMPLO DE CURA, o Conselhode Administração assume os seguintes objectivos estratégicos e define as acções a desenvolver, bem como asmedidas a implementar para obter os resultados que deseja atingir:  Abertura de UNIDADES DE SAÚDE móveis, interligados ao TEMPLO DE CURA através da telemedicina.  Abertura de NÚCLEOS DAS UNIDADES DE SAÚDE interligados ao TEMPLO DE CURA através da telemedicina.  Colaborar no aperfeiçoamento e formação de profissionais de saúde  Formação de voluntários  Construção de um centro de referência dedicado exclusivamente ao tratamento.  Criar protocolos com diversas entidades públicas e privadas.  Acordos e Convenções Clarificação e potenciação do posicionamento estratégico do Centro Hospitalar na rede de oferta decuidados de saúde nas áreas do;  Gestão clínica activa;  Atenção permanente aos processos clínicos fundamentais;  Preocupação permanente com a satisfação dos utentes;  Reforço do nível de integração com a comunidade em que o Centro Hospitalar está inserido;  Melhoria do processo de gestão das pessoas, de forma a motivar continuamente as equipas que integram o Centro Hospitalar;  Adequação da liderança de topo e intermédia e da estrutura organizacional às exigências da empresarialização do Centro Hospitalar;  Protecção do ambiente e reforço da segurança, considerando, estas áreas como transversais a toda a organização;  Desenvolvimento dos sistemas de informação, da gestão orçamental e do controlo de gestão;  Gestão eficiente das instalações e dos equipamentos;  Gestão criteriosa dos custos com impacto imediato em várias áreas, nomeadamente: aquisições, aprovisionamento e logística;  Aplicação de regras correspondentes a uma boa gestão financeira para atingir o equilíbrio económico;  Fomento da comunicação aos níveis interno e externo;  Melhoria dos níveis de qualidade nos serviços prestados, nomeadamente ao nível dos indicadores de qualidade acordados com a tutela. A VILA DA SAÚDE E O TEMPLO DE CURA 3.20 THE VILLAGE OF HEALTH & HEALING TEMPLE
  16. 16. VALORES.O Hospital TEMPLO DE CURA pauta a sua actividade pelos seguintes valores:  Competência técnica;  Ética profissional;  Segurança e conforto para o doente;  Responsabilidade e transparência;  Cultura de serviço centrada no doente;  Melhoria contínua da qualidade;  Cultura de mérito, rigor e avaliação sistemática;  Actividade orientada para resultados;  Trabalho em equipa/multidisciplinar e multiprofissional;  Boas condições de trabalho. A VILA DA SAÚDE E O TEMPLO DE CURA 3.20 THE VILLAGE OF HEALTH & HEALING TEMPLE
  17. 17. SERVIÇO DE URGÊNCIA O serviço de urgência do Hospital TEMPLO DE CURA permitirá um atendimento segmentado emfunção das necessidades de cada paciente, o serviço integra a Urgência Geral, a Urgência Pediátrica e aUrgência Ginecológica e Obstétrica, prestando, deste modo, cuidados diferenciados de acordo com os gruposde utentes e respectivas necessidades. Funciona 24 horas por dia, todos os dias do ano. Com o objectivo de garantir um atendimento urgente eficaz e eficiente, os utentes são atendidos deacordo com os níveis de gravidade, através do método: Triagem. Esta metodologia visa assegurar uma rápidaresposta às situações urgentes e emergentes e gerir com o máximo rigor possível, do ponto de vista clínico, otempo de atendimento, contribuindo ainda para uma melhor gestão do tempo de espera. O Serviço de Urgência funciona em estreita articulação com a Unidade Especiais e restantesespecialidades, nomeadamente as que suportam a realização dos diversos meios de diagnóstico complementar. O Serviço de Urgência é assegurado por profissionais diferenciados (médicos/as, enfermeiro/as eterapeutas holísticos), com sólida experiência no diagnóstico, tratamento e referenciação das situaçõesurgentes. A VILA DA SAÚDE E O TEMPLO DE CURA 3.20 THE VILLAGE OF HEALTH & HEALING TEMPLE
  18. 18. Pode contar com:  Um serviço que funciona 24 horas diárias, durante todo o ano;  Resposta diferenciada em Urgência Geral, Pediátrica e Ginecológica/Obstétrica;  Profissionais experientes, especializados em entendimento urgente;  Triagem para resposta adequada face ao grau de gravidade e gestão rigorosa do tempo de espera;  Acesso aos meios de diagnósticos necessários e adequados;  Articulação com a Unidade de Cuidados Intensivos;  Apoio das diferentes especialidades médicas disponíveis no hospital;A VILA DA SAÚDE E O TEMPLO DE CURA 3.20THE VILLAGE OF HEALTH & HEALING TEMPLE
  19. 19. CORPO CLINICO. O corpo clínico do Hospital TEMPLO DE CURA será formado por uma equipa de médicos residentes e colaboradores (medicina convencional, medicina ortodoxa e medicina integrativa), será criteriosamente seleccionados de acordo com os mais elevados padrões de qualidade técnica, experiência e consciência social. A proposta é ver o estado geral do paciente e atender exactamente todas as suas necessidades, desde omomento de sua entrada. Aqui, o paciente se sente seguro entregando a sua saúde em mãos de profissionaisespecializados, desde os exames até as medicinas e terapias oferecidas. A VILA DA SAÚDE E O TEMPLO DE CURA 3.20 THE VILLAGE OF HEALTH & HEALING TEMPLE
  20. 20. ESPECIALIDADES MÉDICAS. O Hospital TEMPLO DE CURA disponibiliza todas as valências médicas e cirúrgicas, com ênfaseem áreas diferenciadas organizadas em centros de excelência  Alergologia: Especialização da medicina no diagnóstico e tratamento de doenças alérgicas.  Anestesiologia: Especialização em anestesia, na medicina o anestesista é o principal auxiliar dos cirurgiões.  Angiologia: Especialização da Medicina em diagnóstico e tratamento de doenças relativas ao sistema circulatório, vasos sanguíneos e vasos linfáticos.  Cirurgia: Especialista em intervenções internas no corpo humano, ou seja, especialista em procedimentos que envolvam manipulação directa de órgãos, tecidos, tumores humanos nos pacientes.  Cancerologia: Também conhecida na Medicina como Oncologia, o Cancerologista é o especialista no diagnóstico e combate a todos os tipos de câncer.  Cirurgia Plástica: O cirurgião plástico é o médico especialista em procedimentos cirurgicos de reparação estética de danos e sequelas causados por acidentes e também por operações visando melhorar a aparência das pessoas.  Cirurgia Cardiovascular: O cirurgião cardiaco ou Cardiologista, é o cirurgião especializado em cirurgias do coração, transplantes e instauração de pontes de safena.  Clínica Geral: Clínico Geral, é o médico que realiza os procedimentos e exames médicos básicos em um hospital, identificando as possíveis doenças.  Dermatologia: Especialização da medicina no diagnóstico e tratamento de doenças da pele.  Fisiologia: Especialização da medicina envolvida no estudo do funcionamento do corpo humano.  Geriatria: Especialização no tratamento de problemas da terceira idade.  Ginecologia: A ginecologia é a especialização da medicina que trata das doenças do sistema reprodutor feminino, envolvendo útero, vagina e ovários. O Ginecologista também realiza exames preventivos.  Gastroenterologia: Especialidade da medicina que cuida do diagnóstico e tratamento de doenças do aparelho digestivo.  Neurocirurgia: Especialização da medicina em doenças relativas ao cérebro, o sistema nervoso central e o periférico. O Neurocirurgião trata tumores, doenças vasculares, doenças degenerativas e traumas físicos. Como o cérebro é o órgão mais complexo, esta é a especialização médica mais complexa e de maiores salários.  Otorrinolaringologia: Especialização médica que combina cirurgia e clínica, o Otorrinofaringologista trata de problemas relacionados a ouvido, nariz externo e interno, boca, faringe, e laringe.  Urologia: Especialização da medicina em doenças do sistema urinário de homens e mulheres e também no sistema reprodutor dos homens.  Pediatria: Especialização da medicina no tratamento de problemas de crianças e bebés.  Psiquiatria: Psiquiatra é o médico especialista em prevenir, entender, diagnosticar e tratar problemas relativos a doenças mentais e psicológicas em humanos (depressão, ansiedade, bipolaridade, esquizofrenia, etc…). A VILA DA SAÚDE E O TEMPLO DE CURA 3.20 THE VILLAGE OF HEALTH & HEALING TEMPLE
  21. 21. AS EQUIPES ESPECIAIS O Centro Hospitalar terá uma preocupação constante com o tratamento das doenças promovendo edinamizando os serviços e unidades envolvidas, pretendendo-se sobretudo o cumprimento dos objectivos quese traduzam em melhoria contínua da qualidade assistencial aos doentes, em ganhos de eficiência e também desatisfação dos profissionais. As Equipes especiais têm como objectivos de prestar os cuidados adequados, de saúde e apoio social,a todas as pessoas que, independentemente da idade, se encontrem em situação de dependência.Valores  Prestação individualizada e humanizada de cuidados.  Continuidade dos cuidados entre os diferentes serviços, sectores e níveis de diferenciação, mediante a articulação e coordenação em rede.  Equidade no acesso e mobilidade entre os diferentes tipos de unidades e equipas da Rede.  Proximidade da prestação dos cuidados, através da potenciação de serviços comunitários de proximidade.  Multidisciplinaridade e interdisciplinaridade na prestação de cuidados.  Avaliação integral das necessidades da pessoa em situação de dependência e definição periódica de objectivos de funcionalidade e autonomia.  Promoção, recuperação contínua ou manutenção da funcionalidade e da autonomia.  Participação das pessoas em situação de dependência, e dos seus familiares ou representante legal, na elaboração do plano individual de intervenção e no encaminhamento para as unidades e equipas da rede.  Participação e co-responsabilização da família e dos cuidadores principais na prestação dos cuidados.  Eficiência e qualidade na prestação dos cuidados.  Os cuidados paliativos devem estar integrados na prática normal dos cuidados. Integração mais precoce previne “distress” a longo prazo. Não só atender os sintomas e necessidades físicas mas também os problemas psicológicos e espirituais dos doentes.  Optimização do conforto, função e suporte social aos doentes e familiares quando a cura não é possível.O Hospital TEMPLO DE CURA irá exercer funções nos domínios dos  Cuidados continuados integrados;  Cuidados paliativos e alívio da dor;  Cuidados oncológicos;  Formação, investigação e apoio social. A VILA DA SAÚDE E O TEMPLO DE CURA 3.20 THE VILLAGE OF HEALTH & HEALING TEMPLE
  22. 22. CUIDADOS CONTINUADOS INTEGRADOS O que são os cuidados continuados integrados? São os cuidados de convalescença, recuperação e reintegração de doentes crónicos e pessoas emsituação de dependência. Estas intervenções integradas de saúde e apoio social visam a recuperação global,promovendo a autonomia e melhorando a funcionalidade da pessoa dependente, através da sua reabilitação,readaptação e reinserção familiar e social.Todos os cidadãos que deles necessitem, nomeadamente:  Pessoas de todas as idades com dependência funcional;  Pessoas com doença crónica;  Pessoas com doença incurável em estado avançado e em fase final de vida.O que é Cuidados Continuados? É o conjunto estruturado de unidades (internamento e ambulatório) e equipas que prestam cuidadoscontinuados de saúde e de apoio social a pessoas em situação de dependência com falta ou perda de autonomia.Quais são os objectivos?  Prestar cuidados continuados integrados a pessoas em situação de dependência;  Investir no desenvolvimento de cuidados de longa duração, promovendo a distribuição equitativa das respostas a nível territorial;  Qualificar e humanizar a prestação de cuidados;  Potenciar os recursos locais e apoiar a criação de serviços comunitários de proximidade;  Ajustar ou criar respostas adequadas à diversidade que caracteriza o envelhecimento individual e as alterações de funcionalidade.Quem presta os cuidados continuados integrados? A prestação dos cuidados de saúde e de apoio social é assegurada através de unidades de internamentoe de ambulatório e de equipas hospitalares e domiciliárias:  Unidades de internamento: unidades de convalescença, unidades de média duração e reabilitação, unidades de longa duração e manutenção e unidades de cuidados paliativos;  Unidades de ambulatório: unidade de dia e de promoção de autonomia;  Equipas hospitalares: equipas de gestão de altas, equipas intra-hospitalares de suporte em cuidados paliativos;  Equipas domiciliárias: equipas de cuidados continuados integrados, equipas comunitárias de suporte em cuidados paliativos. A VILA DA SAÚDE E O TEMPLO DE CURA 3.20 THE VILLAGE OF HEALTH & HEALING TEMPLE
  23. 23. CUIDADOS PALIATIVOS Os cuidados paliativos dirigem-se prioritariamente à fase final da vida, mas não se destinam, apenas, aos doentes agónicos. Muitos doentes necessitam de ser acompanhados durante semanas, meses ou, excepcionalmente, antes da morte. Os cuidados paliativos constituem uma resposta organizada à necessidade de tratar, cuidar e apoiar activamente doentes na fase final da vida. São cuidados prestados a doentes em situação de intenso sofrimento decorrente de doença incurável em fase avançada e rapidamente progressiva. O objectivo consiste em promover, tanto quanto possível e até ao fim, o bem-estar e a qualidade de vida destes doentes. Os cuidados paliativos são cuidados activos, coordenados e globais, que incluem o apoio à família,prestados por equipas e unidades específicas de cuidados paliativos, em internamento ou no domicílio, segundoníveis de diferenciação. Os cuidados paliativos têm como componentes essenciais o alívio dos sintomas, o apoio psicológico,espiritual e emocional do doente, o apoio à família e o apoio durante o luto, o que implica o envolvimento deuma equipa interdisciplinar de estruturas diferenciadas. As acções paliativas fazem parte integrante da práticaprofissional, qualquer que seja a doença ou fase de evolução. Estas acções podem ser prestadas nos hospitais,centros de saúde e na rede de cuidados continuados, nomeadamente em situações de condição irreversível oude doença crónica progressiva.Quem são os destinatários dos cuidados paliativos? Os cuidados paliativos destinam-se a doentes que, cumulativamente, não têm perspectiva detratamento curativo, com doença que progride rapidamente e cuja expectativa de vida é limitada, o seusofrimento é intenso e têm problemas e necessidades de difícil resolução que exigem apoio específico,organizado e interdisciplinar. Os cuidados paliativos não se destinam, por isso, a doentes em situação clínica aguda, em recuperaçãoou em convalescença ou, ainda, com incapacidades de longa duração, mesmo que se encontrem em situação decondição irreversível. A VILA DA SAÚDE E O TEMPLO DE CURA 3.20 THE VILLAGE OF HEALTH & HEALING TEMPLE
  24. 24. Que doenças requerem cuidados paliativos? Os cuidados paliativos não são determinados pelo diagnóstico das doenças, mas pela situação e pelasnecessidades do doente. No entanto, doenças como o cancro, a sida e doenças neurológicas graves erapidamente progressivas implicam frequentemente a necessidade de cuidados paliativos.Como é que são prestados os cuidados paliativos? As unidades de cuidados paliativos podem prestar cuidados em regime de internamento oudomiciliário e abrangem um leque variado de situações, idades e doenças. Os cuidados paliativos proporcionam aos doentes que vão morrer a possibilidade de receberemcuidados num ambiente apropriado, que promova a protecção da dignidade do doente incurável na fase final davida. A VILA DA SAÚDE E O TEMPLO DE CURA 3.20 THE VILLAGE OF HEALTH & HEALING TEMPLE
  25. 25. CUIDADOS ONCOLÓGICOS O Cuidados Oncológicos do Hospital Templo de Cura presta serviços de saúde com actividadeabrangente nas áreas de investigação, ensino, prevenção, diagnóstico, tratamento, reabilitação e continuidadede cuidados, assegurando, a cada doente, cuidados que correspondam às suas necessidades, de acordo com asmelhores práticas clínicas e uma eficiente utilização dos recursos disponíveis, conforme o primado: “ o doenteem primeiro lugar”. O espaço do Hospital do TEMPLO DE CURA será equipado com cadeirões e material de infusão emonitorização, que proporcionam maior conforto aos doentes e uma maior segurança na administração dostratamentos. O processo de tratamento da dor crónica é instituído por um médico, em regime ambulatório, em umaou várias sessões de acordo com o tipo de patologia, sendo o tempo médio por sessão terapêutica de 15 a 30minutos, não obrigando a recobro. Após o tratamento o doente pode ir normalmente para sua casa semnecessidade de recorrer a cuidados especiais. O método consiste em infiltrar localmente ou por via sistémica,Ozono sob pressão hiperbárica, provocando uma melhoria do aporte de oxigénio aos tecidos, reduzindo a dor,diminuindo a fibrose e levando a uma melhora da circulação dos órgãos e tecidos do paciente. O Centro Hospitalar TEMPLO DE CURA aposta fortemente nas Práticas Médicas, Integrativas e nas A VILA DA SAÚDE E O TEMPLO DE CURA Fjlls@msn.com 3.20 THE VILLAGE OF HEALTH & HEALING TEMPLE Página 25 de 90
  26. 26. UNIDADES DE SAÚDEA VILA DA SAÚDE E O TEMPLO DE CURA Fjlls@msn.com 3.20THE VILLAGE OF HEALTH & HEALING TEMPLE Página 26 de 90
  27. 27. UNIDADES DE SAÚDE As Unidades de Saúde são unidades dependentes do Hospital TEMPLO DE CURA. Nas Unidadesde Saúde, “a teleconsulta permite prestar melhores cuidados, porque possibilita uma maior acessibilidade aosutentes, não os obrigando a sair do seu meio ambiente”. A telemedicina possibilita uma videoconferência àdistância com a leitura de exames em tempo real e por este motivo assume uma importância extrema para oscentros de saúde periféricos. As Unidades de Saúde constituem o primeiro acesso dos cidadãos à prestação de cuidados de saúde,assumindo importantes funções de promoção da saúde e prevenção da doença, prestação de cuidados na doençae ligação a outros serviços para a continuidade dos cuidados. A telemedicina assume-se, assim, como ferramenta fundamental numa localidade onde “as distânciasnão se medem por quilómetros, mas por tempo dispendido na deslocação de um local para o outro” e onde apopulação é maioritariamente composta por idosos e se registam enormes dificuldades económicas. Oacompanhamento regular do estado geral de saúde, associado a práticas de vida saudável, é fundamental para amanutenção da saúde e bem-estar. Neste contexto, os exames regulares de saúde desempenham um papel A VILA DA SAÚDE E O TEMPLO DE CURA Fjlls@msn.com 3.20 THE VILLAGE OF HEALTH & HEALING TEMPLE Página 27 de 90
  28. 28. primordial na identificação de factores de risco,na prevenção e no diagnóstico precoce dediversas doenças, quando muitas vezes os seussintomas ainda não se manifestam. As Unidades de Saúde são unidadespequenas que visa atendimento dos pacientes edisponibilizam um serviço de aconselhamento,orientação, encaminhamento eacompanhamento dos utentes para o Hospitalar.As Unidades de Saúde servem um concelhopredominantemente rural com apenas algunsindícios de industrialização e em que asacessibilidades, tanto internas, como para os concelhos vizinhos, são muito precárias. Neste contexto, “éimportante que os utentes resolvam os problemas na sua área de residência, sem terem que se deslocar. Atelemedicina veio alargar os horizontes, servindo “uma panóplia de patologias, através da comunicação entre oespecialista no Hospital e os seus colegas hospitalares, de uma formação contínua e do esclarecimento desituações à distância”.Existe dois tipos de unidades;  Unidade de Saúde fixa e a  Unidade de Saúde móvel interligadas através da Telemedicina.E tem como objevtivo:  Interligar o TEMPLO DE CURA com as diversas unidades de saúde espalhadas ao redor do Hospital Templo de Cura.  Auxílio diagnóstico, Assistência a pacientes crónicos, idosos e gestantes de alto risco,  Assistência directa ao paciente em sua casa. A grande vantagem no momento é sua aplicação na assistência a pequenas comunidades em regiõesgeográficas e/ou socioculturais distantes dos grandes centros urbanos. Estas regiões estão entre as áreas demaior risco no processo adoecer e morrer, devido à escassez de profissionais habilitados em identificardoenças, tratá-las e promover a saúde a nível local. Um dos principais motivos disso é o isolamento intelectual,e escassos recursos de auxílio diagnóstico. Seu uso propicia a troca de diferentes dados, desde o intercâmbio de informações válidas paradiagnósticos mais precisos, seja para a promoção de prevenção e tratamento de doenças até a construção debancos de dados de referência epidemiológica. A VILA DA SAÚDE E O TEMPLO DE CURA Fjlls@msn.com 3.20 THE VILLAGE OF HEALTH & HEALING TEMPLE Página 28 de 90
  29. 29. Com a evolução dos meios de comunicação, é natural que o contacto entre o médico e o pacientepossa ser feito a distância. Por isso, ao contrário do que se possa pensar, todas as aplicações dessa técnicaapresentaram respostas positivas, tanto de médicos quanto de pacientes. A telemedicina congrega uma redução de custos com ampliação da actuação médica, sendoimportante, ainda, no acompanhamento remoto de resultados de exames e execução de discussões técnicas.Como vantagens do uso da telemedicina, temos: • Redução do tempo e dos custos, pela desnecessidade de transportar os pacientes; • Ajuste do gerenciamento dos recursos de saúde devido à avaliação e triagem por especialistas; • Acesso rápido a especialistas em casos de acidentes e emergências; • Diminuição da pressão sobre hospitais já comprometidos pela falta de leitos e recursos; • Uso mais eficiente de recursos, através da centralização de especialistas e da descentralização da assistência, alcançando um número maior de pessoas; • Cooperação e integração de pesquisadores com o compartilhamento de registros clínicos e • Maior qualidade dos programas educacionais. • A prestação de mais e melhores serviços com menores recursos; • A disseminação de conhecimentos e competências; • O aumento da satisfação dos utentes, evitando também deslocação morosas; • A melhoria da qualidade média dos serviços prestados; • O aumento da acessibilidade aos serviços especializados; • O favorecimento do desenvolvimento de recursos de Saúde integrados; • A melhoria da comunicação entre profissionais. A Telemedicina trata do uso das modernas tecnologias da informação e telecomunicações para ofornecimento de informação e atenção médica aos pacientes localizados à distância. Irá permitir classificar agravidade da situação de cada doente que recorre ao Serviço de Urgência. Este método permite uma rápida identificação dos doentes que recorrem às Unidades de Saúde,permitindo atender, em primeiro lugar, os doentes mais graves e não, necessariamente, quem chega primeiro. Exemplo das Unidades de Saúde que visa atendimento dos pacientes e disponibilizam um serviço deaconselhamento, orientação, encaminhamento e acompanhamento dos utentes para o Hospitalar Templo deCura. O exemplo das Unidades de Saúde fixa e a Unidades de Saúde móveis interligadas através daTelemedicina. A VILA DA SAÚDE E O TEMPLO DE CURA Fjlls@msn.com 3.20 THE VILLAGE OF HEALTH & HEALING TEMPLE Página 29 de 90
  30. 30. Hospital Templo de CuraA VILA DA SAÚDE E O TEMPLO DE CURA Fjlls@msn.com 3.20THE VILLAGE OF HEALTH & HEALING TEMPLE Página 30 de 90
  31. 31. MEIOS COMPLEMENTARES DE DIAGNÓSTICO E TRATAMENTOA VILA DA SAÚDE E O TEMPLO DE CURA Fjlls@msn.com 3.20THE VILLAGE OF HEALTH & HEALING TEMPLE Página 31 de 90
  32. 32. MEIOS COMPLEMENTARES DE DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO No Hospital TEMPLO DE CURA vão estar disponíveis, todas as consultas e Meios Complementaresde Diagnóstico e Tratamento e terapias de apoio às Especialidades Clínicas. As Consultas abrangem as Medicinas Convencionais, Medicinas NÃO Convencionais a MedicinasIntegrativas. Inicia-se com uma avaliação onde é feito um diagnóstico baseado na Medicina Ocidental, naMedicina Integrativa e Complementar, seguindo-se o tratamento que poderá passar por diversas terapias eessas terapias serão utilizadas conforme a necessidade de cada paciente e de acordo com o diagnósticorealizado. As Práticas Integrativas e Complementares – denominadas pela Organização Mundial de Saúde(OMS) de medicina tradicional e complementar ou alternativa (MT/MCA) (WHO, 2002) – caracterizam-se porsistemas e recursos terapêuticos que envolvem abordagens que buscam estimular os mecanismos naturais deprevenção de agravos e recuperação da saúde por meio de tecnologias eficazes e seguras, com ênfase na escutaacolhedora, no desenvolvimento do vínculo terapêutico e na integração do ser humano com o meio ambiente ea sociedade. Ao redor do mundo, a implementação de políticas públicas para uso racional e integrado dasMT/MCA, além do desenvolvimento de pesquisas científicas sobre o tema, tem sido estimuladas pela OMSdesde a década de 70, com base no Programa de Medicina Tradicional (OMS, 2002). No Brasil, o processo de regulamentação das Práticas Integrativas e Complementares iniciou-se apartir da década de 80, tendo culminado com a Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares(PNPIC) aprovada pelo Ministério da Saúde em 2006 (Portaria 971/2006). Em Portugal, a procura por parte dos cidadãos de terapias naturais intensificou-se nos últimos dezanos, levando o estado português a ponderar na elaboração de uma lei que enquadrasse as actividades dasmedicinas alternativas, bem como do exercício dos seus profissionais. A Lei nº 45/2003, de 22 de Agosto, faz oenquadramento base das terapêuticas não convencionais, estabelecendo as terapêuticas reconhecidas, bemcomo da acreditação dos seus profissionais. A referida lei reconheceu terapêuticas partem de base filosóficadiferente da medicina convencional aplicando processos específicos de diagnóstico e terapêuticas próprias. Apresente lei estabelece o enquadramento da actividade e do exercício dos profissionais que aplicam asterapêuticas não convencionais, tal como são definidas pela Organização Mundial de Saúde. Para a compreensão do que é a medicina integrativa, o presente documento consta de uma exposiçãoconcisa acerca da medicina complementar e alternativa, apresentando em seguida as suas modalidades erespectivos métodos. Para finalizar, sumaria os pontos de vista em comum de profissionais engajados na A VILA DA SAÚDE E O TEMPLO DE CURA Fjlls@msn.com 3.20 THE VILLAGE OF HEALTH & HEALING TEMPLE Página 32 de 90
  33. 33. MEDICINA INTEGRATIVA, COMPLEMENTAR E ALTERNATIVA Tanto o termo “medicina alternativa” quanto “medicina complementar” ou “medicina holística” ou“medicina ortodoxa” são utilizados para designar todas as terapêuticas que não a medicina ocidental modernaou “convencional”. Para além deles, coexiste o termo “terapia suplementar”, com significado praticamenteidêntico ao de “medicina complementar”.Medicina Alternativa Por medicina alternativa entende-se a terapêutica aplicada em substituição ao tratamento da medicinaocidental moderna. Originalmente, a expressão possuía a conotação de uma prática médica que se contrapunhaà convencional.Medicina Complementar O termo medicina complementar sugere, de seu lado, não a ideia de uma terapêutica oposta àocidental moderna, mas sim uma que a complementa, onde ela não se mostra apta a tratar suficientemente.Medicinas Complementares e Alternativas Presentemente, o conceito de “medicinas complementar e alternativa”, na acepção de cuidadosmédicos que complementam ou substituem a medicina ocidental moderna, começa a ser aceite como resultadodas tentativas para denominar de forma abrangente as várias modalidades terapêuticas que não esta. O InstitutoNacional da Saúde dos Estados Unidos da América adoptou esta denominação, popularizando-a sob a siglaCAM (Complementary and Alternative Medicine). As práticas actualmente conhecidas pelo nome demedicinas complementares e alternativas compreendem em geral as medicinas tradicionais ou terapiaspopulares características de determinados países ou regiões onde, ainda hoje, continuam a cumprir umimportante papel para a saúde nacional.Classificação das Medicinas Complementares e Alternativas A classificação das medicinas complementares e alternativas pode diferir de país para país ou segundoos critérios das diferentes sociedades científicas. Aqui arrolamos a classificação feita pelo Centro Nacional deMedicina Complementar e Alternativa dos EUA, órgão que lidera mundialmente as pesquisas e investigaçõesnesta área.Sistemas Médicos Completos Trata-se de terapêuticas criadas com base num sistema completo de teoria e prática e que tiveram umaevolução independente e mesmo anterior à da medicina ocidental moderna. Frequentemente mantém ligaçõesíntimas com a cultura ou religião da região donde se originaram, sendo as mais representativas as que sediscriminam a seguir: A VILA DA SAÚDE E O TEMPLO DE CURA Fjlls@msn.com 3.20 THE VILLAGE OF HEALTH & HEALING TEMPLE Página 33 de 90
  34. 34. MEDICINA INTEGRATIVA, COMPLEMENTAR E ALTERNATIVA a) Medicina Tradicional Chinesa - Sistema de tratamento médico praticado na China desde a antiguidade. Países como a China e a Coreia possuem escolas próprias para a formação de clínicos especializados. b) Ayurveda - Medicina tradicional da Índia, cujo nome quer dizer “conhecimento da vida”. Proporciona o equilíbrio das funções fisiológicas, com a tónica no fortalecimento da capacidade curativa natural. É muito aplicada nos salões de estética. c) Homeopatia - Método terapêutico criado no início do século XIX pelo médico alemão Christian Hahnemann (1755~1843). A denominação de formação grega significa “conformidade de afecções”. Basicamente, consiste na ministração em doses infinitesimais de fármacos capazes de produzir num indivíduo saudável os mesmo sintomas da doença a tratar. A diarreia, por exemplo, é tratada com um laxante. d) Naturopatias - São terapias ou métodos de saúde que visam aproveitar ao máximo as propriedades dos elementos naturais ou o próprio ambiente. Contam-se entre elas a fitoterapia, a talassoterapia, a balneoterapia, etc.Terapêuticas da Mente e do Corpo - São formas de tratamento que procuram estimular o estado psíquico erepercutir favoravelmente nas funções ou sintomas físicos. Descrevem-se a seguir as mais representativas. a) Terapia da mente - Trata-se de técnicas com o objectivo de tratar a doença por estímulos mentais, com o recurso a métodos psicológicos tais como hipnose, sugestão ou psicanálise, entre outras. b) Bio feedback – a fim de fornecer informações ao paciente sobre o estado de sua saúde. O Sistema Bio-feedback porém é mais suave e não invasivo para o corpo. É a tecnologia mais precisa e sensível para identificar reacções de stress através das assinaturas algorítmicas armazenados em seu banco de dados, a partir de itens alimentares, emocionais fórmulas imponderável, toxinas e muito mais. O gerador de forma de onda sofisticados também trabalha para a harmonia para os corpos físico e emocional por acalmar aberrantes reacções de stress. É uma ferramenta poderosa para a educação do cliente nas áreas de redução do stress, treinamento de relaxamento, reeducação muscular, controle da dor, relaxamento e treinamento do cérebro das ondas, que são suportes fenomenal para restaurar a saúde radiante. c) Meditação - Prática que consiste no acto de, de olhos cerrados, concentrar a atenção e suspender o fluxo de pensamentos que normalmente ocupam a mente. d) Terapia da oração - Os benefícios que a oração exerce sobre a a saúde foram demonstrados em investigações conduzidas pela organização protestante Ciência Cristã. Presentemente, realiza-se um estudo em grande escala com fim de comprovar se a oração possui ou não eficácia quando o enfermo não tem conhecimento de que é objecto dela. Em relatório publicado em 2004 pelo NCCAM, a terapia da oração aparece como o primeiro dos métodos mais utilizados pelos utentes das medicinas complementares e alternativas. A VILA DA SAÚDE E O TEMPLO DE CURA Fjlls@msn.com 3.20 THE VILLAGE OF HEALTH & HEALING TEMPLE Página 34 de 90
  35. 35. MEDICINA INTEGRATIVA, COMPLEMENTAR E ALTERNATIVA e) Aconselhamento psicológico - Apoio dado por especialista em psicologia. O psicólogo e o doente conversam sobre os mais diferentes problemas do foro psíquico deste, na procura de soluções para manifestações de ansiedade, depressão, etc. f) Musicoterapia - A música, nas suas diversas expressões, é usada para curar ou minorar o sofrimento físico ou psíquico. É também empregada no tratamento e educação de crianças portadoras de deficiências. g) Terapia do riso - Há resultados de pesquisas realizadas por profissionais da medicina que comprovam que as defesas imunitárias aumentam por meio do riso.Terapias biológicas - Caracterizam-se pelo emprego de substâncias encontradas na Natureza tais como plantasmedicinais, produtos alimentares e outras. a) Farmacologia “kampô” - Denominação geral para o receituário preparado segundo os fundamentos teóricos de um das escolas da medicina nascida na China e que se difundiu para a península coreana e o arquipélago nipónico, onde seguiu um curso evolutivo próprio. b) Herboterapia - Consiste na utilização de plantas com propriedades medicinais que são empregadas com fins curativos sob a forma de condimentos, infusões, banhos, etc. c) Suplementos dietéticos - São nutrientes ingeridos oralmente em drageias, cápsulas ou outros veículos que, ao complementares eventuais deficiências da dieta trivial, podem contribuir para a manutenção da saúde ou para fins estéticos. d) Aromaterapia - Emprega os componentes aromáticos de origem vegetais e de outras procedências para tratar a saúde física e mental, na medida que diminui o stress, acalma os nervos e produz outros resultados benéficos.Técnicas de manipulação - São tratamentos que se caracterizam pelo emprego de estímulos físicos mediante ouso da mão ou de instrumentos. a) Massagem - Fricção, compressão ou percussão do tecido muscular ou de outras partes do corpo para a obtenção de resultados terapêuticos. Melhora a circulação sanguínea, revigorando as funções musculares e nervosas, provoca o relaxamento geral e o atenuamento do cansaço. É aplicada com fins higiénicos e estéticos. b) Digitopunctura (Shiatsu) - É a massagem feita com a polpa dos dedos, com o objectivo de revigorar as funções musculares e nervosas. c) Quiropraxia - Método criado em fins do século XIX nos Estados Unidos da América para o tratamento e prevenção dos problemas do sistema neuro-músculo-esquelético. A prática da quiropraxia concentra-se na relação entre a estrutura (primariamente a coluna vertebral) e a função (coordenada pelo sistema nervoso), e como esta relação afecta a preservação e restauração da saúde. A VILA DA SAÚDE E O TEMPLO DE CURA Fjlls@msn.com 3.20 THE VILLAGE OF HEALTH & HEALING TEMPLE Página 35 de 90
  36. 36. d) Osteopatia - Terapia que concebe determinadas doenças como resultado dos desvios do sistema osteomuscular, tratando-as pela manutenção e restauração da mobilidade deste mesmo sistema. e) Reflexologia - Técnica de relaxamento do stress que estimula a circulação sanguínea com a massagem da planta dos pés. f) Acupunctura - Terapêutica originada na China, onde é praticada há milénios como método higiénico, que emprega agulhas para provocar estímulos nos chamados meridianos localizados na superfície da pele para o tratamento de várias patologias.Terapias energéticas - São tratamentos que utilizam energia de origem magnética, eléctrica, calorífica, quepoderá ser designada por energia vital ou subtil ― e cuja eficácia, por conseguinte, não foi comprovada obastante por uma abordagem médica. a) Terapia magnética - Caracteriza-se por empregar anéis, colares e outros adereços e objectos magnetizados que teriam efeito no alívio da dor e na activação do fluxo sanguíneo. b) Qi gong - Método higiénico praticado na China desde a antiguidade e do qual existem mais de 2000 correntes. É uma prática de promoção da saúde na medida que aumenta a imunidade e a força curativa do indivíduo pela manipulação do qi (energia vital). O qi pode ser tanto exercitado em proveito próprio quanto canalizado para o tratamento de terceiros. c) Toque terapêutico - Deriva de uma técnica antiga denominada aplicação das mãos, tendo sido desenvolvida pela Dra. Dolores Krieger, professora da Faculdade de Enfermagem de Nova Iorque. Baseia-se na premissa de que o poder curativo do terapeuta repercute na recuperação do paciente. A cura é facilitada quando as energias do corpo estão em harmonia. O terapeuta é capaz de identificar os desequilíbrios energéticos do enfermo passando as mãos sobre ele. Está a ser adoptado por muitas enfermeiras nos hospitais norte-americanos. d) Cura espiritual - Método tradicionalmente praticado no Reino Unido. Consiste na canalização de uma energia curativa frequentemente descrita como “luz e amor”, que produz relaxamento físico, estimula as funções imunitárias e a capacidade natural de cura, entre outros benefícios. No Reino Unido, há a National Federation of Spiritual Healers com mais de 6000 membros que exercem a sua actividade sob o abrigo da lei. e) Reiki - Método terapêutico originalmente iniciado no Japão por Mikao Usui (1865~1926) e desenvolvido fora deste, consiste na aposição de mãos no corpo do doente, com o propósito de suprir-lhe prana (energia vital).Medicina integrativa - “Medicina integrativa” é uma expressão surgida recentemente, para a qual ainda nãoexiste no Japão uma definição precisa. Na maioria dos casos indica os cuidados médicos que conjugameficazmente a medicina ocidental moderna, dita convencional, com as restantes chamadas complementares ealternativas. A VILA DA SAÚDE E O TEMPLO DE CURA Fjlls@msn.com 3.20 THE VILLAGE OF HEALTH & HEALING TEMPLE Página 36 de 90
  37. 37. Nas enfermidades crónicas, nas do foro psíquico assim como nas convalescenças, o estilo de vida e ascaracterísticas pessoais influem sobremaneira para o curso evolutivo da cura. Hoje, a sociedade necessita deuma medicina vocacionada para o indivíduo, dando atenção às características pessoais e ao estado psicológico.Esta necessidade pode ser preenchida por uma sinergia gerada pela combinação da medicina convencional comas complementares e alternativas. É essencial que os profissionais destas vertentes cooperem entre si, noreconhecimento dos pontos positivos mútuos e na construção dum novo sistema terapêutico. Neste sentido,colhemos alguns pareceres de elementos que estão a implementar activamente a medicina integrativa, paramelhor clarificar este conceito, como se segue. a. Uma medicina que privilegia o indivíduo - Um paciente difere dos demais não só pelo sexo, idade, personalidade, meio em que se encontra inserido, mas também pela natureza e condição da sua doença. A medicina que privilegia o indivíduo é a que dá importância, no diagnóstico e tratamento, às condicionantes acima e à constituição do paciente. b. Uma medicina que se caracteriza pela diversidade - Não é suficiente que a medicina integrava concilie ou unifique sistematicamente as duas citadas correntes do tratamento médico. Isto porque os resultados das medicinas complementares e alternativas nem sempre podem ser comprovados tecnicamente pela medicina convencional. É preciso, pois, oferecer ao paciente toda a gama de opções para que ele possa escolher o tratamento que mais lhe convém. c. Uma medicina que contemple a essência do ser humano - Na sua conceituação de saúde, a Organização Mundial de Saúde começa a introduzir a ideia de espiritualidade, como um nos factores determinantes do estado de conforto e bem-estar humano, ao lado das componentes físicas, mental e social. d. Com o gradual avanço desta nova abordagem integrativa, é de se prever que haja um debate profundo com vista à criação de um sistema médico mais humano, que contemple as necessidades dos pacientes e adentre no território da alma e do próprio modo de estarmos no mundo. As terapias holísticas tiveram seus princípios fundamentados nos conceitos que a física quântica estáconseguindo comprovar, e com isso o ocidente abriu espaço para as técnicas orientais utilizadas há milénios -acupunctura, shiatsu, moxabustão, reflexologia, fitoterapia,... Á partir daí, novas técnicas puderam ser descobertas ou re-descobertas - reiki, terapia com cristais,...Gerber (autor do livro: "Medicina Viabracional - Uma medicina para o futuro) propõe o termo: MedicinaVibracional, partindo do pressuposto de que somos mais que corpo físico visível e vibramos em frequênciasespecíficas, determinando doença ou saúde. A VILA DA SAÚDE E O TEMPLO DE CURA Fjlls@msn.com 3.20 THE VILLAGE OF HEALTH & HEALING TEMPLE Página 37 de 90
  38. 38. MEDICINA INTEGRATIVA, COMPLEMENTAR E ALTERNATIVA Segundo GERBER: "A medicina vibracional é um campo voltado para a compreensão da energia dasvibrações e do modo como elas interagem com a estrutura molecular e o equilíbrio orgânico. Na verdade amedicina vibracional é a medicina einsteniana, uma vez que é a equação de Einstein que nos proporciona ainformação fundamental para a compreensão de que energia e matéria são uma coisa só. A matéria, tal como aluz, vibra numa determinada frequência. Quanto maior for a frequência de vibração da matéria, menos densaou mais sútil ela será."  "A medicina vibracional, vê os seres humanos como redes de complexos campos de energia em contacto com os sistemas físico e celular."  "A visão dos sistemas vivos a partir de uma perspectiva energética, nos proporcionará o impulso evolutivo necessário para a realização de grandes avanços na compreensão médica das dimensões superiores da saúde e das doenças humanas".  "A palavra vibração é sinónima de frequência. Diferentes frequências de energia possuem variáveis taxas de vibração."  "No mundo da medicina vibracional, a doença é causada não apenas por germes, substâncias químicas e traumas físicos, mas também por disfunções crónicas dos padrões de energia emocional e pelos maus hábitos de relacionamento da pessoa consigo mesma e com os outros. O caminho vibracional não usa bisturis e medicamentos de laboratório para tratar as doenças, mas sim diferentes formas de energia para produzir transformações curativas na mente, no corpo e no espírito do doente.” A VILA DA SAÚDE E O TEMPLO DE CURA Fjlls@msn.com 3.20 THE VILLAGE OF HEALTH & HEALING TEMPLE Página 38 de 90
  39. 39. MEDICINA ORTOMOLECULAR. A Medicina ortomolecular (pronuncia-se ôrto) é um princípio das actividades da chamada MedicinaPreventiva no qual se constitui que as doenças são resultado de desequilíbrios químicos. Assim, os tratamentosortomoleculares buscam a restauração dos níveis de vitaminas e minerais considerados ideais no organismo. Medicina Ortomolecular é o ramo da ciência cujo objectivo primordial é restabelecer o equilíbrioquímico do organismo. Este acerto (orto=certo) das moléculas se dá através do uso de substâncias e elementosnaturais, sejam vitaminas, minerais, e/ou aminoácidos. Estes elementos, além de proporcionarem umreequilíbrio bioquímico, combatem os radicais livres.Mas por que o organismo se desequilibra? Para entendermos como isto se dá, podemos partir de uma analogia. O organismo é uma máquina queestá permanentemente se produzindo. Durante este processo de produção podem surgir falhas, seja na chegadade matéria-prima (vitaminas, minerais, etc.), seja na própria integração de todo e qualquer sistema que compõea máquina. Estes sistemas devem trabalhar de forma harmoniosa, como uma engrenagem. Estas engrenagenssão os sistemas: NEUROENDÓCRINO, PSÍQUICO E IMUNE. Qualquer falha em algum ponto oumecanismo desta máquina (ser humano) compromete toda a produção (vida), surgindo os defeitos (doença). Por exemplo: uma pessoa deprimida tem mais chances de apresentar infecções recorrentes, já que umafalha no sistema psíquico leva consequentemente a alterações no sistema imune. Outro factor importante nagénese de várias enfermidades, como artrite e câncer, é a formação de radicais livres. Podemos entendê-los daseguinte forma: o organismo utiliza cerca de 98 a 99% do oxigénio que consumimos para produzir energia. Apequena parcela que sobra (1 a 2%) não participa do processo, formando as espécies tóxicas reactivas dooxigénio - os radicais livres. Estes correspondem a átomos ou grupos de átomos com um eléctron nãoemparelhado em sua órbita mais externa, sendo, portanto, muito reactivos pois para recuperar o equilíbrioprecisam doar o eléctron desemparelhado. Desta forma, combinam avidamente com as várias estruturascelulares do corpo, o que resulta em destruição e, consequentemente, em enfermidades. Entre estas podem sercitadas o câncer, osteoartrite, lúpus, enfisema e doenças cardiovasculares. O Homem está sendo permanentemente submetido a condições que levam ao excesso de radicaislivres como, por exemplo, o estresse, o fumo, a poluição, exposições prolongadas ao sol, entre outras. AMedicina Ortomolecular, através do uso de vitaminas e minerais, objectiva, entre outros, neutralizar os efeitostóxicos destas espécies reactivas, proporcionando uma melhor qualidade de vida. A Medicina Ortomolecular também trata das deficiências de uma série de nutrientes. Sabe-se, porexemplo, que um fumante gasta 25 mg de vitamina C a cada cigarro que consome. Caso esta pessoa fume ummaço por dia, estará perdendo 500 mg desta vitamina diariamente. E, hoje em dia, sabemos os inúmerosbenefícios que esta vitamina proporciona, seja no combate a radicais livres, na síntese de hormônios, oumesmo estimulando o sistema imunológico. A VILA DA SAÚDE E O TEMPLO DE CURA Fjlls@msn.com 3.20 THE VILLAGE OF HEALTH & HEALING TEMPLE Página 39 de 90
  40. 40. MEDICINA ORTOMOLECULAR. Todavia, apesar da medicina ortomolecular ter um sentido curativo, ela também é eminentementepreventiva. Assim, por exemplo, é possível tratar uma pessoa com stress antes que ele evolua para umahipertensão arterial. Da mesma forma, é possível tratar obesidade antes que ela ocasione diabetes. O maisimportante é que com a Medicina Ortomolecular o paciente volta a ser encarado como um todo, um conjuntoque deve funcionar em harmonia.Com esta visão global, qualquer tratamento torna-se muito mais vantajoso, pois encontra a origem dosproblemas, a verdadeira raiz a partir da qual todo o processo patológico se desenvolve. Ou, ainda, voltando àanalogia, se encontrarmos o defeito exactamente onde ele origina-se na máquina, é muito mais fácil consertá-laantes que o problema atinja toda a produção, que nada mais é do que a própria vida.É fundamental saber que a Medicina Ortomolecular através dos seus componentes pode ser adquirida emqualquer farmácia tradicional e sem prescrição médica, mas o ideal é que se consulte um médico para nãocausar hipervitaminose no organismo. A VILA DA SAÚDE E O TEMPLO DE CURA Fjlls@msn.com 3.20 THE VILLAGE OF HEALTH & HEALING TEMPLE Página 40 de 90
  41. 41. TERAPIA QUÂNTICA. Vulgarmente chamada de Terapia Quântica, é uma tecnologia terapêutica que analisa e harmonizaenergeticamente os factores de stress que causam doenças e os desequilíbrios do corpo, reduzindo-os,devolvendo-lhe a saúde. O excesso de stress é o caminho para a doença. O Stress pode ter origem em muitas fontes, como a toxicidade, trauma, patógenos, factores mentais,energia perversa, alergias, factores hereditários, hábitos e síndromes de deficiência. À medida que o stresscontinua, assim a doença progride. O Stress começa por produzir, numa primeira fase, uma resposta de alarme no corpo, provocandosintomas. O corpo humano quando sujeito ao stress de uma forma continuada, perde a capacidade de reacção,entrando automaticamente em fase de adaptação e mais tarde de exaustão, fase esta perigosamente livre desintomas. A ausência de sintomas não é sinónima de boa saúde.EM QUE É QUE CONSISTE A TERAPIA QUÂNTICA? É como um "check-up do corpo energético". Trata-se de um método não invasivo, muito confortável e relaxante, sem quaisquer efeitos colaterais. A Terapia Quântica não substitui os exames microbiológicos, mas dá-lhe informações energéticas que não são detectáveis a níveis bioquímicos. Você pode verificar a direcção energética que o seu corpo está a tomar. A Terapia Quântica dá-lhe informações, tais como: parâmetros eléctricos do corpo em termos de biofísica, bloqueios, intolerâncias, sensibilidades, etc. A Terapia Quântica utiliza cinco confortáveis fitas condutoras com sensores que medem Resposta Electro Dérmica nos pulsos, tornozelose testa. Possui uma sensibilidade e precisão suficientes para medir as reacções de stress de R.E.D. em mais de10 000 assinaturas Trivector diferentes, que normalmente interagem com o corpo humano. Estas assinaturasTrivector, vão aparecer na matriz do software, permitindo aos técnicos terem um acesso maior ao perfil dosfactores de stress mais pertinentes para o estilo de vida e bem-estar. Com a Terapia Quântica, você poderá, não só, descobrir as causas dos bloqueios do seu metabolismo,como também, harmonizá-lo, utilizando as frequências energéticas dos factores que o restabelecem e lhedevolvem o seu estado natural – a saúde. A VILA DA SAÚDE E O TEMPLO DE CURA Fjlls@msn.com 3.20 THE VILLAGE OF HEALTH & HEALING TEMPLE Página 41 de 90
  42. 42. A Terapia Quântica contribui para o reforço do seu corpo físico, emocional e bem-estar espiritual epara uma melhor qualidade de vida. O seu software conta com mais de 3500 programas, entre outros salienta-se: estimulação do sistemaimunitário, equilíbrio do sistema hormonal, linfático, estabilização do ritmo cardíaco, detox, redução de dor,ante envelhecimento, equilíbrio da função digestiva, estimulação da memória, concentração, regulação dometabolismo. A Terapia Quântica trata-se de um sistema revolucionário, que lhe permite ser o seu próprio gestor, anível físico, mental, emocional e energético, permitindo-lhe aumentar o seu nível de consciência eautoconsciência e individualidade bioquímica. A realização regular de um checkup permite também construir um registo médico particularmente útilpara o acompanhamento do estado de saúde individual. Não menos importante na actualidade, é o tempohabitualmente necessário para realizar uma avaliação completa do estado geral de saúde. Assim, os programas de checkup pretendem que essa avaliação seja realizada no menor período detempo possível e com o maior conforto. Dispondo dos meios de diagnóstico mais avançados e de uma equipade profissionais dedicados. A VILA DA SAÚDE E O TEMPLO DE CURA Fjlls@msn.com 3.20 THE VILLAGE OF HEALTH & HEALING TEMPLE Página 42 de 90
  43. 43. TERAPEUTA HOLÍSTICO. A Profissão "Terapeuta Holístico" está se expandindo e hoje vemos cada vez mais Terapeutas actuando nas mais diversas áreas das terapias naturais, holísticas, ancestrais, védicas, vibracionaís e assim por diante. O Terapeuta dito Holístico não é um Terapeuta convencional pois, une em seu trabalho, práticas herdadas das culturas ancestrais e de técnicas não reconhecidas pelo sistema tradicional de medicina e saúde. No entanto, o Terapeuta também não é um curandeiro no sentido limitado da palavra, mas um agente de saúde global que integra em seu trabalho a actuação no nível físico, mental, emocional e espiritual. Etimologicamente, o termo Terapia vem do grego Thaerapia que significa "Servir à Deus". A práticaterapêutica é antiga e concilia a ligação do homem com a natureza. Todas as Civilizações Antigas possuíamsuas práticas de cura como os Egípcios, os povos Xamânicos e os Gregos. Hoje o termo Terapia é utilizado pela Medicina Ortodoxa para designar alguns tratamentos. Pelo dicionário significa “a parte da medicina que estuda e põe em prática os meios adequados paraaliviar ou curar os doentes”. A Medicina convencional entende que a Terapia se aplica então ao tratamento dedoenças com diagnóstico prévio utilizando-se dos conhecimentos aceitos por esta medicina. Todos ostratamentos que utilizam métodos não convencionais são chamados então de Medicinas Alternativas, devido aserem uma alternativa à medicina convencional. E é partir daí que começam a surgir as dúvidas e a credibilidade desta nova Medicina, que já sabemos,na verdade não ser tão nova assim. As Terapias alternativas seguem diversas linhas, dependendo de suaorigem, como por exemplo a Medicina Védica (Indiana), a Medicina Chinesa, as Orientais em geral e tambémas resgatadas dos povos Xamânicos. Existem ainda aquelas que surgiram de estudos e pesquisas mais recentescomo a Terapia Quântica e a Terapia Floral, por exemplo. E o termo "Holístico" vem de onde? Esta palavra foi incorporada às Terapias ditas alternativas emboranem todas as Terapias Alternativas sejam holísticas. Holístico vem do grego "Holos" que siginifca "TODO,COMPLETO, INTEGRAL". Por isso quando falamos que algo teve abordagem holística, quer dizer que este algo foi pensado,criado ou utilizado visando integrar todos os aspectos possíveis de sua natureza. Sendo assim, a abordagemholística se refere à uma abordagem sistêmica, com visão do Todo. E sendo que o ser Humano é muito mais doque um corpo físico, separado da mente, falar de uma Terapia Holística significa que estão sendo consideradostodos os aspectos daquela pessoa: físico, mental, emocional e transpessoal. Estes níveis interagem uns com os A VILA DA SAÚDE E O TEMPLO DE CURA Fjlls@msn.com 3.20 THE VILLAGE OF HEALTH & HEALING TEMPLE Página 43 de 90
  44. 44. outros e se influenciam mutuamente. Por isso a Terapia Holística é então aquela que busca a cura profunda emtodos os níveis da natureza humana. Aonde quer que se deseje melhorar a vida de uma pessoa, ali pode estar então, a necessidade de umTerapeuta Holístico. Com uma visão sistêmica da vida, da interdependência de todas as formas de vida sobre oplaneta, e com a percepção da profundidade da existência humana em diversos planos, o Terapeuta Holísticopode atuar com as mais diversas técnicas terapêuticas para buscar a manifestação da harmonia onde antes haviao caos. Esta pelo menos, seria a proposta inicial básica para todos os Terapeutas. A Profissão "Terapeuta Holístico" está se expandindo e hoje vemos cada vez mais Terapeutas atuandonas mais diversas áreas das terapias naturais, holísticas, ancestrais, védicas, vibracionais e assim por diante. O Terapeuta dito Holístico não é um Terapeuta convencional pois, une em seu trabalho, práticasherdadas das culturas ancestrais e de técnicas não reconhecidas pelo sistema tradicional de medicina e saúde. No entanto, o Terapeuta também não é um curandeiro no sentido limitado da palavra, mas um agentede saúde global que integra em seu trabalho a actuação no nível físico, mental, emocional e espiritual. O Terapeuta Holístico é um profissional que estudou para actuar na área que escolheu, que investiuem seu conhecimento e em ferramentas para poder oferecer a possibilidade de um novo conceito de saúde ebem-estar. Por isso, ser Terapeuta não é um trabalho voluntário, mesmo que este envolva a ajuda ao próximo.Assim como outras profissões, a de Terapeuta visa ser útil ao mundo e às pessoas. Melhorar o mundo e a vidadas pessoas de alguma forma deveria ser também o objectivo maior de todas as áreas da saúde e doconhecimento humano. Não cobrar pela terapia é uma opção de cada profissional, assim, como pode tambémum médico optar por não cobrar suas consultas. No entanto, todo trabalho realizado merece ser remunerado.Terapia é Trabalho Espiritual? Algumas vezes a Terapia pode envolver o contacto com seres multidimensionais, de realidadesparalelas, a que costumamos chamar de seres espirituais. Estes seres podem se apresentar como guias,mentores, anjos, guias, amigos e também como inimigos e é aqui que surgem muitas dúvidas sobre ser umtrabalho do terapeuta ou um trabalho mediúnico, de cunho espiritual e religioso. É importante lembrar que oespiritual também faz parte da natureza humana e dentro do paradigma holístico ele é visto como sendo partede todas as pessoas. Esta parte também pode estar requerendo tratamento e reajustes assim como acontece nosníveis físico, mental e emocional. Aquilo que entendemos comumente como sendo de cunho espiritual oureligioso nada mais é do que uma dimensão da consciência humana que ainda está sendo desvendada. O quechamamos de espiritualidade é, na verdade uma profundidade de nossa consciência que interage com os outrosníveis constantemente mesmo que não tenhamos ciência deste fato. O Terapeuta que atua nos níveis espirituais da consciência também é um mediador da cura interior quevisa promover a Saúde Global ou Holística. A VILA DA SAÚDE E O TEMPLO DE CURA Fjlls@msn.com 3.20 THE VILLAGE OF HEALTH & HEALING TEMPLE Página 44 de 90
  45. 45. TERAPEUTA HOLÍSTICO. Como saber se o Terapeuta é um bom Terapeuta? Por estar numa dimensão subjectiva, o trabalho com Terapias Holísticas é difícil de ser qualificado ouquantificado. Assim como o trabalho de um artista, não pode ser julgado somente por sua formação dentrodesta ou daquela escola, mas sim, pelo resultado que imprime nas consciências com as quais interage. AsTerapias Holísticas estão em dimensões subjectivas por isso podem ser consideradas como uma Arte. E assimcomo em toda arte, há pessoas que nascem com o dom de praticá-la. Há pessoas que nascem com o dom dapalavra, outros com o dom de cantar, outros com o dom de pintar, outros com o dom de calcular, assimtambém há os que nascem com o dom de curar e de entender a Alma das pessoas. Neste caso, como avaliar aqualificação deste profissional cuja habilidade já lhe veio de berço? Nestes casos, exigir a formação específicanão é cabível assim como não se pode exigir de um cantor que tenha formação superior em arte da música. Dentro deste contexto tão subjectivo podemos dizer que o bom Terapeuta é aquele que:  Sente vontade de aliviar o sofrimento alheio e trabalhar para o bem-estar e saúde das pessoas e utiliza de suas terapias somente para este fim;  Atua em sua área sempre com a verdade e coerência entre seu discurso e suas ações;  Respeita o livre-arbítrio de seus clientes e não usa de manipulações egóicas para tornar seus clientes dependentes de seus serviços;  Cumpre o que foi combinado com responsabilidade e transparência, antecipando-se em oferecer soluções quando algo impossibilitou o cumprimento de horários ou outras atividades;  Não faz encucação, ou seja, não implanta crenças de qualquer tipo, muito menos medo ou culpa nas pessoas;  Tem consciência de que seu trabalho não é a única salvação do mundo e aceita as demais modalidades de crescimento pessoal como complementares às suas técnicas e não como concorrentes;  Busca sempre aliviar o sofrimento alheio, atuando com discrição e usando o que possui de melhor para melhorar a vida de outras pessoas;  Reconhece suas limitações e admite quando não sabe como resolver um problema;  Atua de acordo com o princípio da Melhora contínua, buscando sempre melhorar seu trabalho para gerar melhores resultados para seus clientes;  Busca sempre aprender mais sobre si mesmo, utilizando as terapias em sua própria vida, a fim de após sua vivência pessoal, utilizar o que aprendeu em outras pessoas;  Está sempre aberto à novas possibilidades e novos pontos de vista, tendo assim a consciência de que ainda há muito a aprender e a se desenvolver para o seu próprio crescimento e para o bem de toda a Humanidade.  Mas, independente de tudo isso, o bom terapeuta é sempre aquele que pode ajudá-lo. Pode ser até que ele não cumpra alguns dos quesitos a cima e mesmo assim, ofereça um trabalho útil para um determinado momento da vida de alguém. Para cada pessoa há o Terapeuta ou a terapia ideal para o seu momento. A VILA DA SAÚDE E O TEMPLO DE CURA Fjlls@msn.com 3.20 THE VILLAGE OF HEALTH & HEALING TEMPLE Página 45 de 90
  46. 46. Dentre as atribuições do Terapeuta Holístico, podemos citar entre elas:  Não promover nenhuma cura ou milagre. O Terapeuta é apenas um mediador do processo de auto- cura que seus clientes possam vivenciar. O Terapeuta não cura ninguém, é a própria pessoa que se cura com o auxílio do Terapeuta.  O Terapeuta Holístico é um facilitador de processos de cura e pode utilizar diversos recursos terapêuticos para este fim.  O Terapeuta Holístico utiliza c o n h e c i m e n t o + h a b i l i d a d e para auxiliar as pessoas que o procuram;  O Terapeuta Holístico é um facilitador do processo de consciência pessoal, corporal e/ou espiritual em outras pessoas;  O Terapeuta Holístico pode observar situações subtis e as apontar para a pessoa que busca a terapia pois, que esta não consegue percebe-las sozinha;  O Terapeuta Holístico enxerga o mundo sob a óptica do Paradigma Holístico e sob valores e crenças diferenciados dos padrões dominantes por isso, suas actividades não são possíveis de serem avaliadas conforme a óptica do sistema cartesiano.  Não cabe ao Terapeuta Holístico interferir ou questionar qualquer tratamento médico que seu paciente esteja utilizando por ordem médica ou afins. O Terapeuta deve sempre orientar que em caso de doenças ou suspeitas de doenças, que seu cliente busque orientação médica.  O Terapeuta Holístico não trata doenças, mas sim a pessoa como um todo nos níveis subjectivos. Tratando-se a origem emocional-psíquica, a saúde física pode consequentemente melhorar também. Entretanto, deve ficar claro que a cura de doenças físicas não é o objectivo primordial da Terapia Holística ou Terapias Integrativas (complementares, alternativas, etc...). A Terapia Holística busca o equilíbrio interno para promover harmonia em todos os níveis da vida. A VILA DA SAÚDE E O TEMPLO DE CURA Fjlls@msn.com 3.20 THE VILLAGE OF HEALTH & HEALING TEMPLE Página 46 de 90
  47. 47. FARMÁCIA. A nossa farmácia, em termos gerais, é a ciência praticada por profissionais formados em umafaculdade de farmácia (farmacêuticos), tem como objecto o estudo do fármaco. O nosso departamento defarmácia tem sob a sua orientação  A farmácia interna; Para uso exclusivo do hospital.  E a farmácia externa; que está voltada para o atendimento ao público  E fabricação de produtos Os nossos farmacêuticos serão profissionais da saúde, especialistas no preparo e utilização demedicamentos e suas consequências ao organismo humano. De uma maneira geral, podem trabalhar numafarmácia, hospital, na indústria, em laboratórios de análises clínicas, desenvolver novos medicamentos,O nosso departamento de farmácia é responsável pela pesquisa, desenvolvimento e produção de novosprodutos:  Soros …  EDTA (do inglês Ethylenediamine tetraacetic acid) ácido etilenodiamino tetra-acético é um composto orgânico que age como agente quelante, formando complexos muito estáveis com diversos íons metálicos.  Medicamentos manipulados mediante prescrição médica ou constantes na farmacopéia  Criação e aplicação de métodos de controlo de qualidade, estudo de formas de aplicação de orientação ao paciente quanto ao uso racional do medicamento, criação e aplicação de métodos de identificação e dosagem.  A participação em projectos de I&D Investigação e DesenvolvimentoA Farmácias terá ma marca registrada dedicada à Saúde e Bem-Estar. A VILA DA SAÚDE E O TEMPLO DE CURA Fjlls@msn.com 3.20 THE VILLAGE OF HEALTH & HEALING TEMPLE Página 47 de 90
  48. 48. ANÁLISES CLÍNICASO Laboratório de Patologia Clínica do Hospital realiza análises de rotina e diferenciadas, atendendo aos maisrigorosos critérios de qualidade dos resultados e de eficiência na sua entrega.O Laboratório de Patologia Clínica do Hospital Templo de Cura está certificado em conformidade com aNorma ISO 9001:2000 / Boas Práticas Laboratoriais.Disponibiliza análises nas seguintes valências clínicas: Alergologia Microbiologia Biologia Molecular Rastreio Pré-Natal Bioquímica Pesquisa do Helicobacter pylori (teste respiratório) Citogenética Pesquisa de Human Papilloma Vírus (HPV) com Endocrinologia tipagem por Arrays (Identificação específica dos 35 tipos de HPV mais comuns na população) Estudo Hormonal e Imunoanálises Química Clínica Genética Forense Serologia Genética e Oncologia Molecular Toxicologia Hematologia Urgências – Atendimento Médico Permanente e Imunologia Point of Care Líquidos Orgânicos UrinaHorárioDe 2ª a 6ª feira das 7h30 às 17h00. Sábados das 8h00 às 13h00. Nos Sábados, dia 24 e dia 31 de Dezembro oLaboratório de Patologia Clínica estará encerrado.Encerrado aos Domingos e feriados. A VILA DA SAÚDE E O TEMPLO DE CURA Fjlls@msn.com 3.20 THE VILLAGE OF HEALTH & HEALING TEMPLE Página 48 de 90
  49. 49. APOIO A UTENTES ESTRANGEIROS O Hospital TEMPLO DE CURA terá uma Unidade dedicado aos Pacientes Internacionais para quemnão fala português. O Hospital TEMPLO DE CURA fornecerá uma ampla gama de serviços ao paciente internacional esua família, ajudando-os numa experiência agradável durante a permanência. Nossos serviços incluem:  Cartas para as Embaixadas em causa para a obtenção de visto.  Coordenar todos os compromissos com os procedimentos médicos e de diagnóstico  Organizar alojamento para os pacientes e acompanhantes A VILA DA SAÚDE E O TEMPLO DE CURA Fjlls@msn.com 3.20 THE VILLAGE OF HEALTH & HEALING TEMPLE Página 49 de 90
  50. 50. TRATAMENTOS EM FOCOA VILA DA SAÚDE E O TEMPLO DE CURA Fjlls@msn.com 3.20THE VILLAGE OF HEALTH & HEALING TEMPLE Página 50 de 90
  51. 51. TERAPIA DE QUELAÇÃO Quelação é um dos mais seguros procedimento médico que envolve a intravenosa em fusão de ummedicamento chamado EDTA (Ethyl Di-amino Tetra ácido acético). Esta terapia é um tratamentorelativamente barato para melhorar e restaurar o fluxo sanguíneo coronário e elasticidade dos vasos sanguíneosem pacientes cardíacos com aterosclerose (bloqueio) sem cirurgia. Quando é terapia de quelação necessário? Estreitamento das artérias coronárias? (vasos sanguíneos que suprem o coração) Angina Pectoris: Dor no peito como uma consequência da falta de oxigénio ao músculo cardíaco. Esta dor geralmenteocorre durante o esforço, no inverno, os estados emocionais ou a comer refeições copiosas. Mas, por vezes,também quando num estado de repouso e durante a noite. Ataque cardíaco (infarto do miocárdio): O infarto do miocárdio ocorre quando o suprimento de sangue a uma parte do músculo cardíaco éreduzido ou cortado totalmente. Isso acontece quando uma artéria coronária está contraída ou obstruída, parcialou totalmente. Prevenção da cirurgia de bypass e angioplastia com balão: Grandes estudos americanos e europeus mostram que apenas uma pequena percentagem de pacientessubmetidos a esses procedimentos irão sentir os efeitos a longo prazo... em comparação com pacientes tratadoscom medicação apenas. Estreitamento das artérias das pernas: A fase inicial desta condição é chamada a claudicação intermitente, onde o paciente sofre dediferentes graus de dor. Gangrena como consequência da obstrução ou estreitamento severo de um vasosanguíneo] pode ser a próxima etapa [o chamado "pé preto" é um bom exemplo disso]. Estreitamento dos vasos sanguíneos cerebrais - AVC e TIA: Estes podem ser manifestar-se nasseguintes formas:  Enfarte cerebral: Die-Off de tecido cerebral em consequência de bloqueio de um vaso sanguíneo por um coágulo construir-se sobre um segmento já estreitada [trombose], bloqueio ou causado por um coágulo frouxamente circulante que se tornou apresentado [embolia].  TIA [Attaque Ischiaemic Transient]: falta temporária de oxigénio do cérebro, o que inverte completamente se dentro de 24 horas [como dificuldades de fala, paralisia transitória transitório, cegueira transitória em um dos olhos, etc.] A VILA DA SAÚDE E O TEMPLO DE CURA Fjlls@msn.com 3.20 THE VILLAGE OF HEALTH & HEALING TEMPLE Página 51 de 90

×