ÓPTICAPrincípios da óptica geométrica
Princípio da propagação retilínea daluz   Em meios transparentes e homogêneos, a luz se    propaga em linha reta.
Princípio da propagação retilínea daluz O
Princípio da independência dos raiosde luz   Um raio de luz não interfere no percurso do outro.    Vários observadores em...
Princípio da reversibilidade dos raios deluz   O caminho descrito por um raio de luz é independente    do sentido de prop...
Princípio da reversibilidade dos raios deluz
Conseqüências da propagaçãoretilínea da luz   S bra e P     om      enumbra       Sistema, fonte puntiforme, objeto opac...
Conseqüências da propagaçãoretilínea da luz
Conseqüências da propagaçãoretilínea da luz    Sistema, fonte extensa, objeto opaco e anteparo, além da     região de som...
Conseqüências da propagaçãoretilínea da luz
Conseqüências da propagaçãoretilínea da luz    Eclipse do S Ocorre quando a Luz está entre o Sol e a Terra               ...
Conseqüências da propagaçãoretilínea da luz    Eclipse da L Ocorre quando a Terra se coloca entre a Lua e                ...
Câmara escura de orifício                  i = tamanho da imagem                  o = tamanho do objeto                ...
Acesse o blog e divirta!!!fisicaboulanger.blogspot.co  m
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Princípios da óptica geométrica

2,051 views

Published on

Published in: Education
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
2,051
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
137
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Princípios da óptica geométrica

  1. 1. ÓPTICAPrincípios da óptica geométrica
  2. 2. Princípio da propagação retilínea daluz Em meios transparentes e homogêneos, a luz se propaga em linha reta.
  3. 3. Princípio da propagação retilínea daluz O
  4. 4. Princípio da independência dos raiosde luz Um raio de luz não interfere no percurso do outro. Vários observadores em uma sala enxergam nitidamente os objetos ali existentes.
  5. 5. Princípio da reversibilidade dos raios deluz O caminho descrito por um raio de luz é independente do sentido de propagação, ou seja, em determinado meio, se a luz faz determinado percurso, ela é capaz de fazer o mesmo percurso em sentido contrario E1 E3 E2 A B
  6. 6. Princípio da reversibilidade dos raios deluz
  7. 7. Conseqüências da propagaçãoretilínea da luz S bra e P om enumbra  Sistema, fonte puntiforme, objeto opaco e anteparo, encontram uma região de sombra e uma região de sombra projetada.
  8. 8. Conseqüências da propagaçãoretilínea da luz
  9. 9. Conseqüências da propagaçãoretilínea da luz  Sistema, fonte extensa, objeto opaco e anteparo, além da região de sombra e da sombra projetada, encontrarão uma região de penumbra e penumbra projetada.
  10. 10. Conseqüências da propagaçãoretilínea da luz
  11. 11. Conseqüências da propagaçãoretilínea da luz  Eclipse do S Ocorre quando a Luz está entre o Sol e a Terra ol: e sempre na Lua Nova
  12. 12. Conseqüências da propagaçãoretilínea da luz  Eclipse da L Ocorre quando a Terra se coloca entre a Lua e ua: o Sol e sempre na Lua Cheia.
  13. 13. Câmara escura de orifício  i = tamanho da imagem  o = tamanho do objeto  p = distância do objeto à câmara  p = comprimento da câmara ii = p’ = p’ o o p p
  14. 14. Acesse o blog e divirta!!!fisicaboulanger.blogspot.co m

×