Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Mabe 2012

280 views

Published on

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Mabe 2012

  1. 1. ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA MÃES D’ÁGUABIBLIOTECA ESCOLAR - 2011/2012Secção A – resultados obtidos no âmbito da aplicação do MABE no domínio escolhido D - “GESTÃO DA BIBLIOTECA ESCOLAR”.Secção B – análise da acção da biblioteca escolar nos restantes domínios: “Apoio ao desenvolvimento curricular”; “Leitura e literacia” e “Projetos, parcerias e atividades livres e de abertura à comunidade”.Secção C – síntese global do domínio avaliado e recomendações do Conselho Pedagó- gico.
  2. 2. SECÇÃO A – DOMÍNIO D – GESTÃO DA BIBLIOTECA ESCOLARD.1 Articulação da BE com a escola/agrupamento. Acesso e serviços prestados pela BE. 2
  3. 3. Evidências Pontos fortes identificados Pontos fracos identificadosD.1.1 Integração/ação da BE • A BE está integrada no funcionamento • A PB tem assento no • Os princípiosna escola/agrupamento do Agrupamento e a sua missão, Conselho Pedagógico; estratégicos/mecanismos princípios e objetivos estratégicos estão de articulação entre a BE e • A BE está reconhecida contemplados no Projeto Educativo, no as demais estruturas de nos vários documentos Regulamento Interno e no Plano Anual coordenação educativa e do Agrupamento; de Atividades; supervisão pedagógica não • A Direção apoia a BE estão claramente • A PB tem assento no Conselho promovendo a melhoria explicitados no Projeto Pedagógico, tendo promovido, ao longo do seu funcionamento Educativo. do ano, o papel relevante da BE para o através do seu sucesso educativo dos alunos; envolvimento com as • O RI da BE insere-se no RI do estruturas de Agrupamento; coordenação educativa e supervisão pedagógica e • O Diretor da Escola afirma na lista de no apoio formal ao verificação CK1 que foi implementado desenvolvimento das com sucesso o reconhecimento explícito atividades. da BE nos documentos normativos do agrupamento – RI, PEA, PAA – sendo um recurso pedagógico fundamental; • A BE é assumida como recurso para alcançar as metas do Projeto Educativo. O Diretor afirma na lista de verificação CK1 que foi implementado com sucesso o envolvimento da BE nas grandes finalidades e nas prioridades pedagógicas e educativas identificadas para o Agrupamento. • O PAA da BE está inserido no PAA do Agrupamento, tendo a BE desenvolvido, ao longo do ano lectivo, atividades, em articulação com os vários Departamentos: - Dia Internacional da Família e da Escola; 3 - Dia Mundial da Alimentação; - Dia de S. Martinho; - Dia dos Namorados;
  4. 4. 4
  5. 5. Evidências Pontos fortes identificados Pontos fracos identificadosD.2 Condições humanas e materiais para a prestação dos serviços.D.2.1 Liderança do professor • A PB mantém com a Direção um diálogo • A PB participa nos órgãosbibliotecário na permanente, informando-a dos de decisão pedagógica,escola/agrupamento problemas que vão surgindo na gestão planifica atividades, da BE, com o objetivo de conjuntamente sugere recursos e encontrar soluções para melhorar o seu trabalha de forma funcionamento; articulada com os docentes; • A PB participou ativamente em todas as reuniões do Conselho Pedagógico, • Reconhecimento por garantindo a integração e adequação dos parte da escola da objetivos e atividades da BE aos objetivos capacidade de liderança e educativos e curriculares do gestão da PB. Agrupamento; • 90% dos docentes avalia a capacidade de liderança da PB, trabalho com os departamentos, docentes e alunos e desempenho ao nível da gestão da BE como Muito Boa (50%) e Boa (40%); • A PB considera que promoveu boas relações interpessoais com os colegas da equipa e um ambiente propício ao bom funcionamento da BE; • No âmbito da autoavaliação da BE, a PB apresentou no Conselho Pedagógico o domínio a testar, bem como a operacionalização do mesmo; • A PB reuniu várias vezes com a equipa formal e informalmente para definir e construir o PAA da BE , implementar a avaliação do domínio D do MABE e desenvolver acões de melhoria para os problemas/necessidades da BE; • A PB promoveu de forma continuada o desenvolvimento dos hábitos e do gosto pela leitura e das competências a ela 5 associadas; • A PB promove o trabalho da BE através do blogue e informações.
  6. 6. D.2.4 Adequação dos • A BE possui equipamentos que • O equipamento está • Pouca utilização dascomputadores e respondem às necessidades de atualizado e em ferramentas da Webequipamentos tecnológicos trabalho da BE: número suficiente 2.0.ao trabalho da BE e dos para as dimensões da • 91% dos alunos afirma que osutilizadores na BE. computadores respondem às suasescola/agrupamento. necessidades e permitem realizar os trabalhos; • 75% dos docentes avalia o número, atualização e adequação dos equipamentos tecnológicos da BE como Bom (55%) e Muito Bom (20%); • Existem 8 postos de acesso à Internet e dois computadores para serviço de gestão; • A BE está ainda equipada com uma televisão, um vídeo/DVD, um projetor multimédia e seis auscultadores. 6
  7. 7. D.3 Gestão da coleção/da informação. 7
  8. 8. Evidências Pontos fortes identificados Pontos fracos identificadosD.3.1 Planeamento/ gestão • A BE tem uma política de • A BE tem definida a sua • A não circulação de fundoda coleção de acordo com a desenvolvimento da coleção definida no política de gestão de documental entre as outrasinventariação das Manual de Procedimentos Avalia fundo documental. bibliotecas donecessidades curriculares e sistematicamente a sua coleção e Agrupamento.( 1º Ciclo)dos utilizadores da inventaria necessidades;escola/agrupamento. • Os coordenadores dos vários departamentos colaboram com a BE, sugerindo documentos novos a adquirir; • A coleção da BE está adequada às necessidades dos utilizadores e a equipa da BE tem a preocupação de adquirir títulos adequados ao currículo e ao enriquecimento individual dos alunos; • A Direção tem atribuído anualmente verba para atualização do fundo documental; • A equipa da BE procede anualmente ao inventário da coleção.D.3.2 Adequação dos livros e • A BE tem procurado responder • A qualidade e quantidade • Não se observa o equilíbriode outros recursos de positivamente às necessidades da coleção pode ser desejado entre o suporteinformação (no local e em curriculares através de contactos considerada boa e impresso e não impresso.linha) às necessidades informais com os coordenadores de responde razoavelmentecurriculares e aos interesses departamentos; bem às necessidades dodos utilizadores na currículo e aos interesses • A coleção é equilibrada em quantidade eescola/agrupamento. dos utilizadores. em relação ao currículo e à componente recreativa, garantindo condições de acesso e uso a todos os utilizadores; • 70% dos docentes avalia a adequação da coleção às necessidades pessoais de documentação e ao trabalho pedagógico com os alunos como Bom (50%) e Muito Bom (20%); 8 • 80% dos docentes avalia a atualidade dos fundos documentais com Bom (70%) e Muito Bom (10%); • 75% dos docentes avalia a diversidade da
  9. 9. 9
  10. 10. Quadro SínteseD. Gestão da biblioteca escolarMotivo da Escolha do Domínio: Após três anos de integração da BE na RBE, a equipa achou oportuno avaliar como este domínio tinha interferido na vidada escola. A partir da análise dos seus pontos fortes e fracos serão equacionadas ações de melhoria, no sentido do mesmo poder vir a ter um impacto maisconsistente nas aprendizagens dos alunos através duma intervenção pedagógica fundamentada. 10
  11. 11. Nível Ações de melhoria Observações obtidoD.1 Articulação da BE com a 3 • Reforçar a articulação de objetivos e de trabalho comescola/agrupamento. Acesso departamentos e docentes;e serviços prestados pela BE. • Rever os documentos já existentes; • Criar dinâmicas de promoção cultural e difundir essas práticas formando públicos, promovendo a escola e a BE como pólo cultural.D.2 Condições humanas e • Reforçar a ação da BE no apoio ao funcionamento da escola e àsmateriais para a prestação atividades de ensino/aprendizagem;dos serviços. • Aprofundar os conhecimentos pessoais através de formação contínua; 3 • Aprofundar a articulação com a equipa PTE para rentabilizar equipamentos e possibilidades de trabalho.D.3 Gestão da coleção/dainformação. • Promover a circulação e empréstimo de fundos documentais 3 entre a BE e as outras escolas do Agrupamento; • Explorar e difundir o uso de recursos em linha e incentivar o recurso de dispositivos da Web para produzir e difundir informação; 11 • Estabelecer parcerias entre as escolas do concelho com vista ao desenvolvimento cooperativo da coleção.
  12. 12. SECÇÃO B – DOMÍNIO D A. Apoio ao Desenvolvimento Curricular Subdomínio Relatório de Avaliação Evidências que Ações para melhoria fundamentam o relatórioA.1. Articulação curricular da • A PB divulgou a BE como estrutura • Atas do Conselho • Continuar a apresentar aosbiblioteca escolar com as educativa a privilegiar nas reuniões do Pedagógico; Conselho Pedagógico e do docentes sugestões de trabalhoestruturas de coordenação e Departamento de Línguas do qual faz • Registos de conjunto em torno dosupervisão pedagógica e com parte; contactos; tratamento de diferentesos docentes. • A PB realizou vários contactos com as • Documentos das unidades de ensino ou temas. coordenadoras dos estabelecimentos actividades; do primeiro ciclo e do Jardim de • Produzir e partilhar materiais da Infância para a programação de • Estatísticas; BE com os outros docentes e actividades do PNL e actividades • Trabalhos de com as outras escolas do dinamizadas pela BE com o objectivo de alunos; agrupamento. promover a leitura; • A BE desenvolveu um trabalho de • Atas das reuniões • Promover a integração de novos colaboração com o grupo de Língua da equipa da BE; docentes no trabalho da BE. Portuguesa/Português, na • Atas das reuniões concretização de diversas actividades: de Departamentos; semana da leitura, concurso literário, comemoração do dia mundial da poesia • PAA da BE e PAA do e da floresta, entre outros; Agrupamento; • A BE desenvolveu, ao longo do ano lectivo, atividades, em articulação com os vários Departamentos: 12
  13. 13. - Dia Internacional da Família e da Escola; - Dia Mundial da Alimentação; - Dia de S. Martinho; - Dia dos Namorados; - Dia Mundial da Poesia e da Árvore; - Conferência sobre a Literatura de Via- gens: “ Portugal visto pelos ingleses no no século XIX”;• A BE organizou, em parceria com o Departamento das Línguas, a Semana da Leitura, tendo planificado e divulgado actividades, em que estiveram envolvidas várias turmas do 2º e 3º ciclos e do ensino secundário e a escola do 1º ciclo, Artur Bual;• A BE articulou o seu PAA com o PAA do Agrupamento;• O Regulamento Interno da BE está em anexo ao Regulamento Interno do Agrupamento;• A BE inseriu as suas actividades e projectos nos objectivos do Projecto Educativo do Agrupamento;• A BE fez aquisições para actualização da colecção em função das necessidades manifestadas por alguns docentes e de acordo com a disponibilidade da verba concedida;• Registaram-se 105 utilizações da BE em contexto lectivo. 13
  14. 14. A.2 Promoção das literacias da • A equipa da BE apoiou os alunos nainformação, tecnológica e seleção e utilização das TIC e da • Estatísticas; • Reforçar a articulação entre a BEdigital. Internet, selecionando sites e • Guiões. e o trabalho de sala de aula; orientando pesquisas; • A BE disponibilizou, os seus recursos • Continuar a produção de guiões informáticos e humanos, para o e outros materiais de apoio à desenvolvimento de actividades; pesquisa e utilização da • A equipa da BE apoiou os alunos na informação pelos alunos; utilização da rede social Diigo; • A BE disponibilizou três guiões de • Incentivar a formação dos pesquisa/apoio ao desenvolvimento de docentes e da equipa da BE na competências de informação: “Como área das TIC e da literacia da estruturar um trabalho escrito”;“Como informação. indicar a bibliografia num trabalho escrito” e “Guião para um trabalho de pesquisa na Internet. 14
  15. 15. B. Leitura e literacia Subdomínio Relatório de Avaliação Evidências que Ações para melhoria fundamentam o relatório • A PB realizou vários contactos com asB.1 Trabalho da BE ao serviço • Registos de • Utilizar a Web e outras fontes deda promoção da leitura. coordenadoras dos estabelecimentos contactos; informação na prospeção e do primeiro ciclo e dos Jardins de Infância para a programação de • Documentos das identificação de materiais do actividades do PNL e actividades actividades; interesse dos alunos; dinamizadas pela BE com o objectivo • Estatísticas; • Inventariar as necessidades em de promover a leitura; • A BE desenvolveu de forma regular • Trabalhos de alunos; termos de livros e outros actividades no âmbito da promoção da recursos; • Actas das reuniões leitura com impacto no crescimento do da equipa da BE; • Definir um plano integrado de gosto pela leitura: - Realização da Feira do Livro de 2 a 9 • Actas do Conselho actividades que melhorem os de dezembro; Pedagógico; índices de leitura, apresentando - Comemoração do Dia Internacional sugestões que envolvam a • Relação de vendas da Família e da Escola; da Feira do Livro. colaboração dos docentes; - Comemoração do Dia Mundial da Alimentação; • Desenvolver uma acção - Comemoração do Dia de S. Martinho; sistemática na promoção de - Comemoração do Dia dos obras literárias ou de divulgação, Namorados; - Comemoração da Semana da Leitura; na realização de exposições, de - Comemoração do Dia Mundial da debates, na criação de grupos de Poesia e da Árvore; leitura. - Concurso literário na modalidade de texto narrativo - tema “A Energia”, no qual participaram todas as escolas do Agrupamento; • Foram realizadas acções de promoção da leitura destinadas especificamente às turmas do 2º e 3º ciclos: 15
  16. 16. - leitura orientada na sala de aula ao longo do ano lectivo; • A BE coordenou a aplicação do PNL no Agrupamento: divulgou as linhas de orientação no Departamento de Línguas; realizou aquisições; acompanhou e propôs actividades nas quais participaram todas as turmas do 5º,6º,7º e 8º anos da escola sede, e ainda o Jardim de Infância e a escola do 1º ciclo, Artur Bual; • A BE divulgou no blogue as atividades que desenvolveu, bem como outras informações com interesse para a comunidade escolar.B.2 Integração da BE nas • Sensibilizar a escola para aestratégias e programas de • A PB realizou vários contactos com as coordenadoras dos estabelecimentos • Blogue; importância da leitura como suporteleitura. do primeiro ciclo e do Jardim de e progressão das aprendizagens; • Cartazes; Infância para a programação de • Estatísticas; • Trabalhar articuladamente com os actividades do PNL e actividades dinamizadas pela BE com o objectivo departamentos e os docentes; • Fotografias; de promover a leitura; • Produzir instrumentos de apoio para • A BE desenvolveu um trabalho de • Trabalhos realizados pelos alunos. docentes e alunos. colaboração com o grupo de Língua Portuguesa/Português e com a escola do 1º ciclo, Artur Bual e o Jardim de Infância, na concretização de diversas actividades: leitura orientada na sala de aula, semana da Leitura, concurso literário, entre outras; • A BE promoveu a participação das 16
  17. 17. escolas do Agrupamento nas iniciativas do PNL; • A BE articulou actividades com os docentes no âmbito do PNL e todas as turmas do 1º ao 8º ano fizeram a leitura orientada na sala de aula de três títulos (um por período letivo); • A BE organizou, em parceria com o Departamento de Línguas, a Semana da Leitura, tendo planificado e divulgado actividades, em que estiveram envolvidas várias turmas do 2º e 3º ciclos e do ensino secundário. • Os alunos revelaram bastante adesão àB.3 Impacto do trabalho da • Estatísticas; • Melhorar a oferta de actividades deBE nas atitudes e Feira do Livro, à participação no concurso literário e às atividades • Observação direta. promoção da leitura e de apoio aocompetências dos alunos, no desenvolvidas ao longo da semana da desenvolvimento de competências noâmbito da leitura e daliteracia. leitura; âmbito da leitura, da escrita e das • O número de requisições domiciliárias literacias; de livros foi de 456; • Os alunos utilizaram frequentemente a • Dialogar com os alunos com vista à BE e os seus recursos em actividades identificação de interesses e de estudo e lúdicas. necessidades no campo da leitura e da literacia. 17
  18. 18. C. Projetos, Parcerias e Atividades Livres e de Abertura à Comunidade Subdomínio Relatório de Avaliação Evidências que Ações para melhoria fundamentam o relatório • A equipa da BE apoiou e orientouC.1 Apoio a atividades livres, • Estatísticas; • Melhorar o apoio eextra-curriculares e de diariamente os alunos nas suas actividades livres de leitura, pesquisa, • Horário; acompanhamento dos alunos noenriquecimento curricular estudo e execução dos trabalhos desenvolvimento de • Questionários aos escolares; metodologias de pesquisa e de alunos; • Os alunos utilizaram o computador trabalho autónomo. 4.618 vezes; • Plano Anual de • A BE apresentou um horário de Actividades; funcionamento adequado ao horário • Blogue; dos alunos: 8H 30M às 13H 30M e das 14H às 16H 30M; • Fotografias. • Os alunos utilizaram a BE de acordo com a organização do espaço e respeitaram as regras estabelecidas, num ambiente descontraído; • A BE realizou aquisições de filmes e livros juvenis tendo em conta os gostos dos alunos; • A BE disponibilizou um programa regular de diversas actividades de carácter lúdico e cultural, já referenciadas anteriormente. • A BE organizou, em parceria com o • Registos de contactos; • Aumentar a participação da BE na grupo de LínguaC.2 Projetos e parcerias Portuguesa/Português, a concretização • Fotografias; dinamização de actividades culturais. de diversas actividades: Semana da • Certificados de Leitura, Dia Mundial da Poesia e da participação; Árvore, Concurso Literário, entre outras; • Blogue. • A BE integrou, no seu espaço, 5 18
  19. 19. exposições, visando os conteúdos programáticos do Departamento de Línguas, de Ciências Experimentais e de Expressões, no âmbito das comemorações dos: - Dia Internacional da Família e da Es- cola; - Dia Mundial da Alimentação; - Dia de S. Martinho; - Dia dos Namorados; - Dia Mundial da Poesia e da Árvore.• A BE organizou com a professora Margarida Covas do Departamento de Ciências Sociais e Humanas uma conferência sobre Literatura de Viagens: Portugal visto pelos ingleses no século XIX. Foi oradora a Prof. Doutora Zulmira Castanheira da Universidade Nova de Lisboa.• A BE organizou, em parceria com a Escola do 1º ciclo, Artur Bual e o Jardim de Infância a concretização do Concurso Literário e do Dia Mundial da Poesia e da Árvore;• A professora bibliotecária participou em todas as reuniões de trabalho e atividades agendadas/dinamizadas pela Coordenadora Interconcelhia. 19
  20. 20. Auto-Avaliação – Síntese Global Nível Obtido: 3 Domínios Ano de Nível Acções para melhoria Data de apresentação ao Conselho Pedagógico. de incidência obtido Recomendações do Conselho Pedagógicofuncioname da auto- nto avaliação 12/07/2012 sobre este domínioD.1 • Reforçar a articulação de objetivos e de 2011/2012 3 • Envolver os pais e encarregados de educação nasArticulação trabalho com departamentos e atividades desenvolvidas pela BE;da BE com a docentes;escola/agru • Rever os documentos já existentes; • Aprofundar o trabalho colaborativo entre a BE e ospamento.Acesso e docentes. • Criar dinâmicas de promoção cultural eserviços difundir essas práticas formandoprestados públicos, promovendo a escola e a BEpela BE. como pólo cultural.D.2 • Reforçar a ação da BE no apoio ao 2011/2012 • Criar um clube de escrita criativa;Condições funcionamento da escola e às atividadeshumanas e 3 de ensino/aprendizagem; • Constituir o “Grupo de Amigos da BE”.materiais • Aprofundar os conhecimentos pessoaispara a através de formação contínua;prestaçãodos serviços. • Aprofundar a articulação com a equipa PTE para rentabilizar equipamentos e possibilidades de trabalho. 20
  21. 21. D.3 Gestão 2011/2012da • Promover a circulação e empréstimo de • Continuar a produção de materiais de apoio à 3coleção/da pesquisa e utilização da informação pelos alunos e fundos documentais entre a BE e asinformação. melhorar a sua divulgação; outras escolas do Agrupamento; • Explorar e difundir o uso de recursos em • Promover e divulgar a coleção e difundir a linha e incentivar o recurso de informação. dispositivos da Web para produzir e difundir informação; • Estabelecer parcerias entre as escolas do concelho com vista ao desenvolvimento cooperativo da coleção. 21

×