Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Guia de Correcção do Teste/Março 2011/Textos dos Media

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Guia de Correcção do Teste/Março 2011/Textos dos Media

  1. 1. 1 Guia de Correcção do Teste Português/Março de 2011 10º Ano /2ª Avaliação do 2º PeríodoGrupo I1- O tema abordado no texto é a importância do jornalismo enquanto órgãovital de orientação da opinião pública.2.1- Resposta pessoalExemplo de uma resposta possível: No terceiro parágrafo, as funções do jornalismo que mais sedestacam são a de levar a opinião pública ao esclarecimento total,ensinando-lhe tudo aquilo a que ela tem direito. Este meio de comunicaçãosocial deve lutar em prol de uma sociedade mais justa e optimizar asdiferenças entre as classes sociais. Estas características são basilares naconstrução de uma sociedade que, devidamente esclarecida, poderáescolher, livremente, da forma mais justa e acertada, as decisões que vãosendo tomadas num país.3. A característica que aproxima filósofos de jornalistas é o facto de ambostrabalharem “com ideias”, de forma árdua e incessante. Porém, enquantoque o trabalho do filósofo permanece na História, através da divulgaçãodas suas ideias e da publicação da sua obra, o trabalho do jornalista éefémero, passageiro, a “ideia” é lida hoje, amanhã, poderá ser esquecida…O trabalho dos primeiros é recompensado, o dos segundos pode perder-se,pode desaparecer como um “trapo arremessado a um monturo”.4- O jornalismo apresenta-se como o ”grande construidor” do futuro poisele tem uma função pedagógica que prepara/consciencializa a opiniãopública para um futuro condigno, melhorado e mais justo. Através dainformação, ele vai preparando a humanidade para uma transformaçãooptimizada, das atitudes e comportamentos de todos os cidadãos.Textos dos Media Vanda Sousa
  2. 2. 25.1- A crítica é marcadamente positiva pois o cronista deixa passar a ideiade que o jornalista assume um papel de extrema importância na sociedade.Há uma valorização enorme do seu trabalho. É ele que esclarece a opiniãopública, quando ela se “transvia” e a que a sustem quando ela vai “a cair”.6-“Mas” ► conjunção coordenativa adversativa.“Se” ► conjunção subordinativa condicional.“Quando”► conjunção subordinativa temporal.7.1- O antecedente do pronome pessoal “ela” é a “grande massa”.7.2- O mecanismo utilizado foi o da coesão lexical através dapronominalização do antecedente. Assim, o termo anafórico “ela”remete para a entidade referida: “grande massa”. a) O nosso jornal regional, cujos jornalistas são muito conhecidos,está na falência.________: Oração subordinante Sombreado: Oração subordinada adjectiva relativa (com antecedente)explicativa. b) O jornal cuja tiragem foi elevadíssima, ganhou imenso dinheiro._________: Oração subordinanteSombreado: Oração subordinada adjectiva relativa (com antecedente)restritiva.8- O acto ilocutório aqui presente é expressivo.Textos dos Media Vanda Sousa
  3. 3. 3 Grupo II Resposta Pessoal Nos tempos hodiernos, os meios de comunicação social assumem umpapel primordial na sociedade, conseguido através do grandedesenvolvimento tecnológico observado nos últimos anos. Hoje, são inúmeros os meios de informação que temos ao nossodispor, nomeadamente, as revistas, os jornais, a rádio, a televisão, ainternet, o telemóvel, etc. É certo que toda esta gama de conhecimentos nos chega diariamentee enriquece a nossa cultura geral, incentiva-nos a novas ideias bem comonos faz usufruir, em nossas casas, de todo um leque enorme de saberes,sem termos de nos deslocar para o exterior. Todavia, todo este “facilitismo” das sociedades modernas não é detodo benéfico pois oferece-nos um modo de vida solitário, pleno de inércia,de comunicação virtual, factos que podem culminar em vícios, obsessões,sedentarismo, obesidade, isolamento, problemas oftalmológicos, etc. Vivendo nós numa sociedade que, supostamente, se pretenderesponsável e equilibrada, cabe a cada um de nós saber usar odiscernimento e fazer escolhas assertivas. Para finalizar, refira-se que o nosso “modus vivendi” actual gira emtorno da massificação da informação, com todas as vantagens edesvantagens que ela nos traz. É pois, de grande importância, todos oscidadãos saberem “dosear” esses meios de informação que não podem, demodo algum, prejudicar a vida dos seres humanos.Textos dos Media Vanda Sousa

×