Hinduísmo

11,946 views

Published on

Hinduísmo

  1. 1. HINDUÍSMO Conjunto de princípios, doutrinas e práticas religiosas surgido na Índia, a partir de 2000 a.C. É composta por uma ampla gama de crenças e práticas derivadas de diferentes povos e culturas. É a religião mais antiga do mundo e não possui fundador , pois sua fundação se encontra nas verdades eternas e elas provém de Deus. Hinduísmo é o termo usado no ocidente para se referir a religião dos hindus. Pelos seus seguidores, a religião é conhecido como Sanatahna Dharma, do sânscrito (língua original da Índia), que significa "a religião eterna". Está fundamentado nos quatro livros dos Vedas (conhecimento), um conjunto de textos sagrados compostos de hinos e ritos. Hinduísmo tem como essência, a tolerância, o serviço, a compaixão e o amor.
  2. 2. O Hinduísmo se divide em 3 fases: Védico Bramânico Híbrido
  3. 3. 1ª fase – Hinduísmo Védico Nesta fase, temos o culto aos deuses tribais e aos deuses cósmicos. Dyaus-Pitar ("Deus do Céu”), era o deus supremo, consorte da Mãe Terra. Doador da chuva e da fertilidade. Gerou todos os outros deuses, O Sol (Surya), a Lua (Chandra) e a Aurora (Heos), os deuses da luz. As divindades menores e locais são: as árvores, as pedras, os rios e o fogo. A partir da influência dos Árias, Dyaus-Pitar, tornou-se Indra. Indra, jovem divindade que rege a guerra, a fertilidade e o firmamento. Representa os aspectos benevolentes da tempestade, em contraposição a Rudra. Rudra é uma divindade ambígua, de aspecto terrível, mas adorada como benfazeja pelos Árias, pois ajudava a destruir os inimigos. Acreditavam também num poder criador denominado Prajapati (senhor das criaturas.) Neste período surgiram diversas outras divindades, inclusive Asura, representante das forças maléficas.
  4. 4. 2ª fase - Hinduísmo Bramânico Esta fase recebe os nomes de Vedanta (fim dos Vedas) ou Hinduísmo Bramânico. Surge os deuses que formam a tríade hindu. – O deus Prajapati se transforma em Brahma. – Indra se transforma em Vishnu (atual Krishna) . – Rudra se transforma em Shiva, o destruidor. Surge a figura dos brâmanes(casta sacerdotal da tradição hindu). Os rituais ganham uma série de componentes mágicos. Elaboram-se ideias mais complexas acerca do Universo e da alma. Surge os conceitos como o de reencarnação e o de transmigração de almas.
  5. 5. Origem da Metempsicose  N a antiguidade a fêmea bovina (vaca) alimentava os filhos do homem pré-hindu e ajudava no trabalho de arroteamento da terra para o cultivo.  Nos tempos difíceis, foi fundamental para a sobrevivência do povo.  Passaram a ser considerá-la sagrada e acreditavam que a última encarnação animal seria na vaca.  Estendeu a consideração pela vaca para todos os outros animais e passou a considerar o vegetarianismo como obrigatório na sua melhora espiritual.  Acreditavam que cada animal abrigavam em si uma alma, e que esta poderia ser a do próprio homem, por haver levado uma vida impura na existência anterior.
  6. 6. 3ª fase – Hinduísmo Híbrido No século 12, a Índia é invadida pelos muçulmanos. Grande parte de sua população é forçada à conversão. O hinduísmo sofre influência muçulmana dentro da ritualística hindu. No século 18, o Cristianismo se insere no universo indiano. O Hinduísmo sofre a influência dos colonizadores franceses.Este Hinduísmo híbrido também se divide em várias correntes.Os expoentes são gurus tais como: Sri Ramakrishna (1834-86) Vivekananda (1863-1902) Sri Aurobindo (1872-1950)Essas correntes têm em comum, a preocupação em estender o trabalho espiritual aoâmbito social, por meio de trabalhos filantrópicos e assistenciais.
  7. 7. Princípios básicos do hinduísmo1 - Um Deus Único com Tríplice Manifestação Os deuses são manifestações ou formas interiores de Brahman.2 - A Natureza Eterna do Mundo O mundo e os seres saídos de Deus voltam a Ele por uma evolução constante“.3 - A Reencarnação4 - O Karma e o Dharma A lei da ação e reação.5 - O Nirvana Estado de não desejo. O mais puro e íntegro da alma, livrando-a em definitivo da roda das encarnações.
  8. 8. Os Livros SagradosVedas - São registros antigos revelados, por espíritos de sabedoria, aos Rishis (médiuns da remota antiguidade), com quatros obras principais. Rig Veda - consiste de hinos e louvores ao Brahma. Sama Veda ("Veda dos cânticos") - É o Veda das melodias. Yajur Veda - Veda das fórmulas e oferendas. É puramente dedicado ao uso em ritos e rituais. Atharva Veda - É o Veda das receitas mágicas. Essas quatro obras iniciais deram origem a outras. Umas são formas épicas e outras são aprimoramentos de conceitos filosóficos e religiosos.
  9. 9. Cada um dos Vedas é dividido em quatro sessões :• Samhitá - consiste em mantras que são orações, hinos e magias endereçadas às diversas deusas.• Brahmanas - Trazem interpretações sobre Brahman (a essência não criada). Contém os rituais e as fórmulas , além das tradições mitológicas;• Aranyakas - são textos complementares dos Brahmanas . São os livros da floresta;• Upanishads - contém textos filosóficos. É a parte mais importante dos Vedas. Falam da identidade da alma individual e da Alma Suprema. Eles revelam as verdades espirituais mais profundas e sutis. Introduz a ideia de reencarnação e os hindus passam a acreditar que as almas não iluminadas estão presas a um ciclo de morte e reencarnação.
  10. 10. Os Épicos: O Ramayana - (400 a.C.) - Escrito por Valmiki. É um poema de 40 mil versos celebrando a conquista do sul da Índia. Conta as experiência de Rama e sua mulher Sita durante os 14 anos de exílio, antes de retomar o trono que por direito lhe pertencia e fora tomado pelo rei Ravana.
  11. 11.  O Mahabharata- (400 a.C.) É o mais longo poema do mundo com 200 mil versos. Conta as lutas entre as tribos que povoavam as antigas regiões do rio Ganges. Pode também ser chamado de o grande livro dos Bharatas. Bharata foi o ancestral de duas famílias reais (Kauravas e Pandavas).
  12. 12.  Bhagavad Gita -(200 a.C.) São dezoito capítulos específicos do Mahabharata que tornaram- se por si só uma escritura sagrada. Significa “canto do senhor”. A Gita é um diálogo entre o príncipe pandava Arjuna(discípulo guerreiro de Krishna) e o cocheiro de sua carruagem que é o deus krishna (na forma humana) em pleno campo de batalha. Revela, em forma de histórias, o caminho melhor para se comportar e pensar na vida. Representa o coração da religiosidade. É o livro sagrado do hinduísmo atual.
  13. 13. As Metas ou Objetivos do HinduísmoO hinduísmo reconhece quatro metas na vida humana: Kãma - satisfação dos desejos por prazeres sensoriais. Artha - aquisição de coisas do mundo e dinheiro de forma legal. Dharma - observância de deveres religiosos. É viver de forma correta. Moksha – liberação atingida através da realização de Deus. É o que determina o fim do ciclo da morte.
  14. 14. Deus e o panteão divino O hinduísmo é uma crença com características politeístas, porém seus fiéis acreditarem em um único deus supremo. Deus é Brahman. Ele é absoluto. É a origem, a causa e a base de toda a existência. Todo o panteão divino aponta para as diversas manifestações de Brahman que é um só. Os deuses são formas interiores de Brahman. Os deuses Brahma, Vishnu, e Shiva, são diferentes aspectos de Brahman. É a Trindade do Hinduísmo (Trimurti). Trimurti
  15. 15. Os principais deuses são:BrahmaÉ o deus criador do Universo.ShivaRepresenta o princípio masculino.É o deus que destrói o universo. Paraos hinduístas, sem destruição não Brahmapode haver o recomeço.Ele é representado pelo deus dadança e combina elementos do bem Shiva Vishnue do mal em sua natureza.É conhecido como o deus da morte, Enquanto Brahma cria o cosmos, Vishnu oda destruição e da transformação protege, e Shiva ensina ao coração de todasprofunda. as coisas, o meio pelo qual atingir a divina Vishnu meta.Deus responsável pela manutençãodo Universo.
  16. 16. Outros deuses importantes do Hinduísmo: Lakshmi – esposa de Rama - O herói daKama - Deus do Ganesha -Deus que Vishnu. Deusa da epopeia literário-amor remove os obstáculos fartura, da beleza e religiosa “O Ramaiana”, e traz as soluções. generosidade. representa o hindu ideal Sita – mulher de Rama. Indra – deus da tempestade.Parvati – esposa deShiva. Representa a Surya - Deus do Sol . Representa a esposa hindu ideal.unidade de deus edeusa.
  17. 17. Formação das CastasA medida que os arianos ocuparam o Vale do Ganges : Assimilaram a cultura do homem pré-hindu. Expulsaram para o sul os povos nativos e mais tarde os tornaram seus servos. Formou-se nas cidade dominadas, uma civilização livre, mas estratificada em castas. Todos eram identificados pela cor da pele e pela atividade exercida diariamente.Classificação das Castas: Brâmanes – sacerdotes – reservados aos arianos védicos. Chatryas – guerreiros - reservados aos arianos védicos. Vaixás – artesãos, agricultores e comerciantes. Sudras – empregados serviçais.Os Párias – a ralé do povo – não pertenciam a classe alguma.
  18. 18. Mantras (do sânscrito Man mente e Tra alavanca) É uma sílaba ou poema religioso normalmente em sânscrito. Os mantras tem origem no hinduísmo. É a repetição de uma fórmula sonora que gera proteção e purificação. São utilizados para homenagear os deuses ou acalmar a mente, preparando-a paraa meditação. Todo mantra tem que começar com a sílaba OM. Sem ela o mantra não tempoder. É uma forma de entrar em contato com Deus.Alguns mantras: Om (ॐ) (pronuncia-se "aum"), chamado de "pranava mantra", considerado o somfundamental. É o mantra mais importante do hinduísmo.As três letras a u m, correspondem aos três estados de consciência: vigília, sono esonho.Om mani padme hum - Significa "Da lama nasce a Flor de Lótus", isto é, nasmaiores dificuldades encontramos as oportunidades preciosas e temos acesso aospresentes de Deus. É um dos mantras mais praticados no mundo.Om Shanti Om - Mantra de paz do Hinduísmo. Quando repetido várias vezes,induz a um estado de relaxamento profundo, calma interior e bem estar.
  19. 19. YantrasÉ um desenho geométrico atuando como uma ferramenta altamente eficientepara a contemplação, a concentração e a meditação.Podem ser desenhados em papel, madeira, metal ou terra, ou eles podem sertridimensional.Cada forma emite freqüência e padrão de energia específicos.Cada Yantra é delimitado a partir do exterior por uma linha que têm a função demanter, conter e evitar a perda das forças mágicas representado pela estruturacentral do Yantra, normalmente o ponto central.Eles também têm a função de aumentar a sua força mágica e sutil.O núcleo do Yantra é composto por uma ou várias simples formas geométricas:pontos, linhas, triângulos, quadrados, círculos e flores de lótus que representa deforma diferente as energias sutis.
  20. 20. Mahatma GandhiGrande líder político e espiritualhindu. Ele estabeleceu osfundamentos da resistênciapacífica, o satyagraha, baseadanos princípios da luta semviolência e no sofrimento comoinstrumento para resistir aoadversário. As religiões são caminhos diferentes convergindo para o mesmo ponto. Que importância faz se seguimos por caminhos diferentes, desde que alcancemos o mesmo objetivo? Mahatma Gandhi
  21. 21. Abigail

×