Boletin informativo novembro 2012

522 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
522
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Boletin informativo novembro 2012

  1. 1. INFORMATIVO DE NOVEMBRO DE 2012 Fundada a 20 de janeiro de 1998 CNPJ 02.802.540 / 0001-14 "OBREIROS DE BOA VONTADE" Meus irmãos, Jesus nos abençoe. Reuniões abertas A obra do Senhor conta com servidores de todas as ao público latitudes, tendências e direções. Alguns somente cooperam em tarefas que lhes agra- 3ªs Feiras dem. 19:00h - Estudo do Evangelho, São os obreiros caprichosos. Corrente, Passes e Água Fluidi- Outros não colaboram, se a multidão dos amigos não lhes observa os esforços. ficada. São os obreiros vaidosos. Alguns ajudam, segundo as circunstâncias do tempo. 4ªs Feiras São os obreiros inconstantes. 19:00h - Estudos Doutrinários. Vários comparecem, a fim de reparar as contribuições alheias. São os obreiros levianos. 1 Corintos 3: 5-10 Diversos colaboram indicando os defeitos dos compa- Quem é Apolo? E quem é Paulo? nheiros. Servos por meio de quem crestes, e São os obreiros escarnecedores. isto conforme o Senhor concedeu a Muitos auxiliam, quando há benefícios imediatos. cada um. São os obreiros oportunistas. Eu plantei, Apolo regou; mas o Não poucos surgem no serviço, reclamando as vanta- crescimento veio de Deus. gens para o seu circulo pessoal. São os obreiros egoístas. De modo que nem o que planta é Grande parte intervém no trabalho, discutindo direitos alguma coisa, nem o que rega, mas e prioridades, privilégios e favores para si ou para a- Deus, que dá o crescimento. queles que se lhes façam simpáticos. Ora, o que planta e o que rega são São os obreiros apaixonados. um; e cada um receberá o seu ga- Inúmeros aparecem nos quadros da ação, enganando o lardão, segundo o seu próprio traba- tempo e menosprezando-o, recebendo sem dar, desfru- lho. tando sem retribuir e absorvendo a luz e a benção sem Porque de Deus somos cooperado- irradiá-las. res; lavoura de Deus, edifício de São os obreiros infelizes. Deus sois vós. Mas, o Mestre glorifica-se nos cooperadores que não cogitam de prerrogativa e remuneração, que servem Segundo a graça de Deus que me onde, como e quando determina a sua Vontade Sábia e foi dada, lancei o fundamento como Soberana. prudente construtor; e outro edifica São os “Obreiros da Boa Vontade”. sobre ele. Porém cada um veja André Luiz como edifica.E-mail: fespiritacrista@gmail.com Blog: fespiritacrista.blogspot.com 1
  2. 2. Dia 02 (sexta-feira) - 16:00h - Prece pelos DesencarnadosDias 06, 13 e 20 (3ªs feiras) - 19:00h - EvangelizaçãoDias 07, 14, 21 e 28 (4ªs feiras) - 19:00h - Estudos DoutrináriosDias 14 e 28 - (4ªs feiras) 19:00h - Consulta com CABOCLOSDias 07 e 21 - (4ªs feiras) 19:00h - Consulta com PRETOS-VELHOSDia 27 (última 3ª feira) 19:00h - PalestraDia 30 (última 6ª feira) 19:00h - Descarga do TemploEvento beneficenteNão percam a nossa 4ª Sessão Pipoca que se-rá realizada no dia 11 de novembro as 18 ho-ras com a exibição do filme “O Menino deOuro”.Você pode adquirir o ingresso antecipadamen-te na secretaria da FEC ou no dia.Não deixe de participar de mais este encontrofraternal promovido pela nossa casa.Neste dia estarão abertas a nossa cantina comlanches variados, e o nosso bazar com artesa-natos feito por irmãs da casa.Contamos a sua presença. Não deixem de ouvir a Rádio Rio de Janeiro AM 1400Hz, com o Terapeuta holístico e estudioso da Doutrina Espírita, Car- los Assis, onde ele discorre sobre temas espíritas, livros espíritas e, terapias holísticas e emocionais, nos seguintes horários: Segundas: 17h; Terças: 23h; Quintas: 15h; Domingos: 12h. Telefone : (21) 3386-1400 2
  3. 3. Os Milagres de JesusNa história, é bastante comum a crença na existência de milagres devido a acontecimen-tos inexplicáveis. Muitas pessoas descobriram ou recuperaram a fé após a realização doque parecia impossível aos recursos materiais. Os denominados milagres de Jesus desa-fiam até hoje as explicações científicas e fascinam a todos devido à grandeza de seusatos em benefício do planeta. Para a doutrina espírita, milagres não existem, pois nada foge asleis naturais.Quando Jesus curava alguém, dizia: “tua fé te salvou”, do que se deduz queexistiram pessoas que não foram curadas, porque não tinham fé suficiente.No passado, principalmente nos primórdios do cristianismo, as curas de Jesus eram consideradasmilagrosas ou sobrenaturais, quando na realidade se tratavam de fenômenos naturais. So-mente Deus é sobrenatural, mas tudo que Ele próprio criou é natural. Para São Tomás deAquino, considerado o “doutor angélico” da igreja, Deus é o único ser incontingente,isto é, incriado, que não é causado por outro ser, e que não se origina de outro, sendotodos os outros seres existentes, inclusive os fenômenos, seriam contingentes. Portanto,o milagre, não existe, pois as leis de Deus são imutáveis. Jesus também nos ensinou quetudo que o ele fez nós poderíamos fazer também, isso fica bastante claro.Hoje com o conhecimento sobre a mediunidade, ectoplasmia e outros fenômenos, é possível com-preender melhor as curas de Jesus. O estudo dos fenômenos mediúnicos, têm trazido muitosesclarecimentos para desvendar os acontecimentos considerados sobrenaturais na Bíblia,quando não passam de fenômenos naturais mediúnicos. A transfiguração é um exemplodisso, quando no Monte Tabor, materializaram-se os espíritos Moisés e Elias, fato pre-senciado também pelos apóstolos e médiuns especiais João, Pedro e Tiago. Até mesmoos comentários de padres e pastores sobre esse episódio bíblico são escandalosos,pois acentuam até a exaustão que a roupa de Jesus era branca como a neve e que brilha-va como o sol, mas fazem silêncio sobre o principal, ou seja, sobre a verdadeira sessãoespírita que ocorreu. Lembremo-nos de que, sabendo Jesus que a Lei de Moisés (não ade Deus) proibia a comunicação com os espíritos, pediu aos três apóstolos que guardas-sem segredo sobre o que haviam presenciado. Recordemos também de que a própriaproibição de Moisés da comunicação com os espíritos (Deuteronômio, capítulo 18) pro-va que essa comunicação existe de fato. Ademais, Moisés a aceita no Livro de números(11,26 a 29), nos episódios envolvendo os médiuns Heldade e Medade.O fato de Jesus não ter curado todos os enfermos, pode ser o ponto chave para a compreensão deque milagres não existem e sim o poder da fé?Existe um poder de cura, sim. É o caso de médiuns de cura e do próprio Jesus, que eraum médium especial de cura, pois estava sempre curando as pessoas (Lucas 13:32). Pau-lo falou também nesses fenômenos de curas, que ele denominou “operações de mila-gres” (I Coríntios 12:10), mas milagre para ele não tinha o sentido que tem hoje, ou seja,aquele de que é a transgressão da lei da natureza, dado pela Universidade de Paris, comojá dissemos, no século XIX. Porém, como já foi dito também, a fé ajuda e muito na cura.A fé atua abrindo as portas para a entrada das energias benfazejas. Ela ajuda a criar entreo curador e o curado uma sintonia, como se fosse entre um transmissor e um receptor,fazendo surgir entre os dois uma empatia. Escrito por Érika Silveira 3
  4. 4. Os cristãos e a reencarnaçãoO fenômeno da reencarnação é o alvo principal dos ataques contra os fundamentos do Espiritis-mo, mas, a reencarnação já é aceita, hoje, por dois terços da população do planeta. Acontececom ela o que aconteceu com a verdade do heliocentrismo (giro da Terra em torno do Sol). Nãoadiantou a Igreja Católica e as protestantes terem dado as suas broncas, pois acabou sendo der-rotado o seu geocentrismo (o giro do Sol ao redor da Terra). E a reencarnação, só condenadapela Igreja em 553, não é anticristã, já que a ressurreição bíblica é do espírito, inclusive a dopróprio Jesus (1a Carta de 1 Pedro 3,18 e 1 Coríntios 15,44), e não da carne. E, justamente poressa ressurreição da carne ser contra a Bíblia, é que ela foi transformada em dogma inserido noCredo recitado nas missas. Relembremo-nos de que as próprias palavras gregas “palingenesia”,“anastásis” e “egérom” significam ressurreição e reencarnação. Alguns líderes religiosos afir-mam que o Espiritismo é feitiçaria, que os médiuns são loucos e que os espíritos dos mortos sãodemônios. Neste particular, até que eles estão certos, pois os espíritos dos mortos são mesmodemônios (do grego daimon, almas boas ou más).Porém, ainda há aqueles que alegam que os fenômenos espíritas são fraudes. Fazem mágicas etruques, dando a entender que os fenômenos espíritas são essas coisas! Mas, se os espíritas sãovoluntários, por que eles fariam trapaças?E temos agora uma piada, qual seja, que os espíritas, por não acreditarem em todos os dogmas,não são cristãos. No entanto, o nazareno disse: “Conhecereis meus discípulos por muito se ama-rem uns aos outros.” Se estivessem certos, esses líderes religiosos, os apóstolos, não seriamtambém cristãos, pois nem sequer eles conheciam os dogmas polêmicos ainda não criados pelosteólogos! Escrito por José Reis Chaves . 4
  5. 5. Reciclando nosso conceito de karmaEm uma novela da Globo, o personagem Shankar, representado por Lima Duarte, sem-pre mencionava um conceito de carma que eu jamais quero esquecer. Ele dizia:“carma é você estar condenado a agir. Agir para vencer a roda da vida.”Esse tema tem causado muita confusão e sofrimento na vida de multidões. A interpre-tação da palavra carma, quase sempre é associada a idéia de ser condenado a uma dore não ter saída. Uma visão bem ocidental de um tema milenar na cultura oriental.Estamos sim condenados a passar alguma experiência nem sempre agradável. A vida,porém, não quer castigar e sim educar. Que bom pensar desse modo! Isso muda muitacoisa!Quem pensa que tem que passar por algo ruim e acredita que isso não pode ser muda-do, pode estar, em verdade, se acomodando na chamada zona de conforto. Para muitaspessoas, permanecer em algum carma, pode ser “vantajoso” diante do trabalho que vaidar para sair dele através do encerramento de determinados ciclos de aprendizado.Quando a gente pensa carma como algo que precisa acontecer, mas do qual podemosnos libertar, o tema ganha um bom senso incomparável. Usando inteligência, disposi-ção sincera de aprender, boa vontade e uma farta dose de coragem, podemos e deve-mos encerrar muitos ciclos a que fomos condenados. Condenados, diga-se de passa-gem, a agir para sair deles.Essa, aliás, é a única condenação aceitável diante do raciocínio lógico que nos leva aconstruir uma visão misericordiosa de Deus e Suas Sábias Leis. Em outras palavras, asdores e problemas da nossa existência só acontecem para que aprendamos como sairdeles. E saindo deles somos transportados a um novo mundo de experiências, senti-mentos e sabedoria.Ninguém, em são juízo, deve buscar a dor intencionalmente, todavia, quando ela che-gar é muito bom saber que traz junto um recado de Deus que pode ser traduzido maisou menos assim: “Filho eu lhe entrego essa dor apenas para que olhes no espelho davida, e perceba o quanto precisas aprender acerca daquilo que ela veio para te ensinar,diante de tuas próprias escolhas.”Ufa! Vamos tomar um cafezinho e relaxar? Escrito por Wanderley Oliveira 5
  6. 6. CromoterapiaNa índia foi desenvolvida a maior cultura relacionada à aplicação das cores nos pro-cessos terapêuticos alternativos: a cromoterapia.Um misto de religião e filosofia resultou na terapia alternativa hoje conhecida comocromoterapia. O conceito simplificado da aplicação das cores na saúde dos homens sedá através de alguns princípios básicos.O primeiro princípio afirma que o homem possui um corpo energético, associado aoseu corpo material.O segundo princípio observa que a harmonização e o equilíbrio do corpo energético éque produz a cura do corpo físico e da mente.O terceiro princípio relata que no corpo físico existem milhares de portas para o corpoenergético – denominadas chakras ou rodas - através das quais as cores (na forma deenergia luminosa) exercem seu poder curativo.Atualmente, como herança do conhecimento e das crenças milenares da índia, desen-volveu-se toda uma terapia alternativa, baseada nas radiações coloridas – a cromotera-pia.Dos milhares de chakras identificáveis, os sete principais são: chakra da cabeça, cha-kra dos olhos, chakra da garganta, chakra do coração, chakra do plexo solar, chakrado umbigo e chakra do cóccix Cada pessoa pode apresentar uma dominância positiva ou negativa, sob influência deum chakra básico. Será através desses pontos que se aplicará a luz com determinadacor para transmitir o seu poder curativo.Os chakras estão ligados entre si, formando uma única rede magnética. Desse modo,cada porta nutre-se das vibrações coloridas que necessita e redistribui para o corpo asoutras radiações - equilibrando o organismo e a mente. Os ganhos e perdas de energiase dão através dessas ligações entre os chakras. Ao se aplicar um tratamento cromote-rápico — consultando um especialista — o que se procura é nutrir o ser humano dasenergias necessárias, restaurando o seu equilíbrio energético, magnético. Entretanto,cada chakra fundamental está associado a uma vibração também fundamental - querseja uma cor, uma nota musical. Os estudiosos da cromoterapia afirmam que a aplica-ção da luz correspondente ao chakra é a forma mais eficaz de aplicação dos benefícioscurativos.Desse modo, focos de luz com uso de filtros coloridos se tornam o modo universal detratamento de luz quando aplicada nos locais de cada ponto energético básico.Ao descrever as características de cada cor básica são apresentados os diversos efeitossobre o corpo, para cada radiação. As maiores influências curativas serão obtidasquando aplicadas sobre o chakra da cor e, em muitos casos, também sobre os locais aserem tratados. Fonte: http://www.astral.oxigenio.com 6
  7. 7. Queridos Irmãos, Saudações! A nossa Fraternidade realiza um trabalho social junto às famílias cadastradas nesta casa, no qual oferecemos cestas básicas mensalmente aos mais necessitados com recursos angariados na campanha do quilo, nos eventos promovidos pela casa e com doações generosas de alguns irmãos que se desdobram para que nunca faltem os itens necessários. Existe também o trabalho de assistência a duas Instituições sem fins lucrativos, loca- lizadas no município de Duque de Caxias, que são: uma casa de repouso para idosos – Mansão da Esperança, e um semi-internato para crianças de 3 meses a 6 anos de idade – Casa da Criança - no qual buscamos atender às necessidades básicas, tais como: alimentação, fraldas descartáveis, leite, curativos, luvas descartáveis, etc. Essas instituições realizam um trabalho sem nenhuma ajuda governamental e vivem apenas da caridade, ou seja, de doações de irmãos generosos que se preocupam com as dificuldades do próximo. Temos recebido, pelas graças de Deus, grande ajuda. Somos auxiliados até mesmo por parte de pessoas e comerciantes da cidade que não frequentam a nossa Fraterni- dade, que pertencem a outras denominações religiosas, mas como cristãos, têm cum- prido o maior mandamento que Jesus nos deixou: Amar ao próximo como a ti mes- mo. Nós dependemos da ajuda de todos para que este trabalho tenha êxito e para que aja a continuidade desse auxílio, pois a fome tem pressa, não pode esperar. Por isso bus- camos sensibilizar nossos frequentadores nas reuniões públicas e estimulando os mesmos a fazerem a sua parte, exercitando o dom da caridade. Porém sempre afir- mamos que aqueles que não possuem recursos materiais para ajudar, podem fazer algo muito importante por este trabalho, direcionar suas orações e vibrações para que a ajuda nunca falte e para que a assistência seja na medida das necessidades destes irmãos que vivem e dependem destas duas instituições – Mansão da Esperan- ça e Casa da Criança. Rogamos a Jesus e a Espiritualidade amiga, que nos fortaleça e que sustente mais e mais esta atividade desenvolvida por nossa querida Fraternidade Espírita Cristã. Viva Jesus! Com todo carinho!!!PALESTRADia 27 de novembro às 19 horas.Tema “A Dependência química vista pela psiquiatria como doença física, mental e espiritual ”Palestrante: Alessandro Alves (médico psiquiatra) Entrada Franca 7
  8. 8. ATIVIDADES REALIZADAS: ATENDIMENTO FRATERNAL Visita dos irmãos da casa direcionada aos enfermos, impedidos de se locomove- rem, convalescentes de cirurgias, acamados, hospitalizados ou que perderam um ente querido recentemente, que desejarem receber uma leitura reconfortante do Evangelho, Fluidificação da água e aplicação de passes magnéticos. Será realizada aos finais de semana - sábados ou domingos - a partir das 15:00h, a ser agendado na administração da casa ou pela irmã Angelina, informando nome, endereço e telefone da residência, com um ponto de referência. Obs: pedimos que somente sejam solicitadas visitas a pessoas que sejam simpati- zantes do Espiritismo, para que não haja nenhum constrangimento por parte das famílias e dos médiuns visitantes. TRATAMENTO COMPLEMENTAR: REIKI / CROMOTERAPIA / SHIATSU OBS: Somente com autorização da direção espiritual da FEC CONSULTA MÉDICA (Clínica Geral) Realizada todas às terças-feiras às 19:00h pelo Dr. Paulo Cesar CAMPANHA DO AGASALHO Ajude ao seu semelhante a não sentir tanto frio. Aceitamos doações de mantas, cobertores, etc. CAMPANHA DO QUILO Sempre que possível, ao fazer-nos uma visita, traga 1 kg de alimento não perecível, pois fazemos entrega de cestas básicas aos necessitados..“AJUDAR É UM BENEFÍCIO, MAIS PARA SI DO QUE PARA QUEM RECEBE”INFORMAÇÕES:É importante saber que a FEC não é mantida por nenhum Órgão Público ou EntidadePrivada. Com isso conta apenas com a colaboração e com as doações de freqüentado-res. Quer fazer parte de nossa Fraternidade como Sócio Benemérito? É muito fácil.Então, procure-nos na Secretaria da FEC para maiores esclarecimentos e seja bem-vindo. AGUARDAMOS SUA VISITA!NOSSOS AGRADECIMENTOSAgradecemos a todos os nossos colaboradores a atenção dispensada, tendo a certezade que poderemos contar com a sua ajuda. E ao Querido Irmão Claudio Amaral queno dia 30/10 nos prestigiou com sua presença, apresentando a Palestra com o tema “AParábola do Semeador”. Em especial o nosso agradecimento a Loja Maçônica Treze de Maio e ao seu Depar-tamento Feminino “Musas”, pela colaboração na aquisição de mantimentos para com-por a cesta básica das famílias de nossa comunidade e assistidas pela FEC.Av. Estácio de Sá, L32 - Q17 - Pq. Novo Rio - São João de Meriti / RJ CEP: 25585-000 - Tel.: (021) 2652-4863 8

×