Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Digiclasse: Utilização do Tablet como potenciador de aprendizagens em contexto de sala de aula

288 views

Published on

Digiclasse: Utilização do Tablet como potenciador de aprendizagens em contexto de sala de aula

Published in: Education
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Digiclasse: Utilização do Tablet como potenciador de aprendizagens em contexto de sala de aula

  1. 1. @ Barreiro, 15 de novembro 2016 Utilização do como potenciador de aprendizagens em contexto de sala de aula
  2. 2. A ubiquidade das tecnologias móveis, sem fios na vida pessoal e social, tem vindo a alterar significativamente os ritmos diários e hábitos de vida e sobretudo a comunicação.
  3. 3. Começa a falar-se de “LITERACIA MÓVEL” no sentido da necessidade de desenvolvimento de competências de “etiqueta” móvel, bem como de gestão da ubiquidade e das potencialidades dos equipamentos digitais portáteis (Shuler, 2009).
  4. 4. Formação Sala de Aula A tecnologia deve ser integrada de forma a acrescentar algo ao ambiente de ensino e aprendizagem
  5. 5. ARRUMAR (DES)ARRUMAR Disposição Informal / Grupos/ Biblioteca Disposição Formal Filas / Sala de Aula/
  6. 6. O grupo TIC da Comissão Europeia divulgou que, atualmente, os alunos estão, não só a usar computadores, mas também a aceder a outras tecnologias móveis, tais como os dispositivos multimédia e os telemóveis com acesso à Internet
  7. 7. Desafio Continuar a fazer o mesmo Vs Metodologias que provocam a imaginação e a criatividade. Proibir Vs Educar para o uso adequado. Limitação de capacidade Vs Aproveitar as potencialidades da Rede.
  8. 8. PEDAGOGIA Componentes do processo INTERAÇÃO SOCIAL TECNOLOGIA Adaptado: Relação entre os componentes principais e a interação (Wang, 2008:412)
  9. 9. Interação com pessoas Interação com Conteúdos Interação com interfaces INTERACÇÃO SOCIAL TECNOLOGIA PEDAGOGIA Associada às metodologias e estratégias Como suporte do processoCrucial à vida diária
  10. 10. As limitações de armazenamento Recursos a aplicações na nuvem/cloud/web Fonte: http://www.schrockguide.net/bloomin-apps.html
  11. 11. Old Contents, New Tech
  12. 12. que se adaptam a todos os dispositivos
  13. 13. Úteis em contexto educativo Desafio à criatividade Relacionadas com os conteúdos
  14. 14. http://letrasnaosaotretas.blogspot.pt/p/podcasts.html • Tertúlia de Poesia • 3 turmas de 8º ano • 34 podcats
  15. 15. http://www.youtube.com/watch?v=f9DU9n14XjQ#at =90 http://nospassosdemagalhaes.pbworks.com/w/page/63491079/FrontPage • 1 livro • 2 turmas de 10º ano • 1 wiki colaborativa • Prezi e Google Earth
  16. 16. https://www.storyjumper.com/
  17. 17. A avaliação neste suporte teve impacto “Nas atividades de avaliação demoravam muito tempo, então adicionei o limite de tempo, para evitar a dispersão e todos concluem antes do tempo” “Implementar a avaliação com o classflow torna-a mais rigorosa, pois identifica falhas como o(.) ponto final, maiúsculas e outros pormenores, que sendo o professor a corrigir, deixaria passar e o classflow obriga-os a rever, pois assina-la errado. Por isso, têm mais cuidado e nota-se que melhoram essas falhas” “O nosso tablet sabe o tempo”
  18. 18. A maior parte das tecnologias torna-se obsoleta antes de estar plenamente integrada. É necessário proceder a alterações nos documentos centrais, de forma a facilitar e fomentar a integração do mobile learning em contexto educativo. Admitimos a possibilidade de substituição do caderno, por exemplo, pelo tablet As baterias já oferecem autonomia suficiente para dispensar a necessidade de uma tomada em cada secretária A portabilidade permite acompanhar o aluno em praticamente todos os lugares A interface é suficientemente prática e amigável, sem o estorvo de ratos e teclados
  19. 19. A inovação e a formação são processos intrínsecos, num percurso educativo, que podem conduzir a uma conceção cultural e construtivista, mas ao mesmo tempo colaborativa, através da qual os professores desenham o seu processo de desenvolvimento como resposta aos dilemas e problemas que a mudança de práticas lhes vem colocando e onde há cada vez menos espaço para (con)formações.

×