Apresentação sobre a WEB 2.0

2,158 views

Published on

Workshop TIC@Alagarve 2010
A WEB 2.0 na Educação

Published in: Education, Technology, Design
0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
2,158
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
146
Actions
Shares
0
Downloads
79
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Apresentação sobre a WEB 2.0

  1. 1. A WEB 2.0 NA EDUCAÇÃO<br />Fernando Delgado<br />Escola EB 2,3 D. Afonso III<br />ByPresenterMedia.com<br />
  2. 2. Sumário da Apresentação<br />WEB 2.0<br />O Que é?<br />WEB 1.0 Vs WEB 2.0<br />WEB 3.0<br />BLOGS<br />O que são?<br />Como podem ser utilizados?<br />CLOUDS<br />Conceitotrabalhoem Cloud – GOOGLE DOCs<br />Wikis<br />Wikipédia e outros<br />Podcasts, Slideshare, Youtube, SocialBookmarking, Papel digital….<br />Ferramentasvárias<br />
  3. 3. O que é a WEB 2.0 ????<br />
  4. 4. WEB 2.0 – O que é?<br />
  5. 5. O que é a WEB 2.0 ?<br />TIMEPerson of the Year 2006<br />
  6. 6. Um Pouco de História<br /><ul><li>Web 1.0</li></ul>A implantação e popularização da rede em si<br /><ul><li>Web 2.0</li></ul>É a Internet actual, centrada nos mecanismos de busca como Google e nos sites colaborativos, como a Wikipedia, o YouTube e os sites de relacionamento social, como o Facebook…<br /><ul><li>Web 3.0</li></ul>Pretende ser a organização e o uso de maneira mais inteligente de todo o conhecimento já disponível na Internet.<br />
  7. 7. Um pouco de História<br />
  8. 8. Um pouco de História<br />"Web 2.0 é a mudança para uma Internet como plataforma, e um entendimento das regras para obter sucesso nesta nova plataforma. <br />Entre outras, a regra mais importante é desenvolver aplicativos que aproveitem os efeitos de rede para se tornarem melhores quanto mais são usados pelas pessoas, aproveitando a inteligência colectiva”.<br />Tim O'Reilly2004<br />
  9. 9. Diferenças fundamentais<br />
  10. 10. Porqueestamosnós a falarna WEB 2.0 para a educação?<br />COMO APRENDEMOS?<br />Qual deve ser o papel das escolas?<br />
  11. 11. Porqueestamosnós a falarna WEB 2.0 para a educação<br />Escrever online é estimulante para os professores e para os alunos. Muitos dos alunos passam a ser muito mais empenhados e responsáveis pelas suas publicações (Richardson, 2006)<br />Os documentos e mesmo o Desktop deixa de estar no computador pessoal do professor e passa a estar online, sempre acessível, a partir de qualquer lugar do planeta com acesso à Internet.<br />Durante gerações os alunos trabalharam sobretudo independentemente.<br />Actualmente, com a Web é fácil produzir trabalho colaborativamente, uma vez que a maior parte das ferramentas da Web 2.0 permite mais do que um autor o que favorece a criação colaborativa.<br />
  12. 12. <ul><li>Blog é a contracção do termo “web log“ (diário da web)
  13. 13. Não é mais do que um website que permite a actualização rápida a partir de acréscimos dos chamados artigos (“posts”)
  14. 14. “Postar” – termo utilizado para referir o acto de colocar um artigo num blogue
  15. 15. Gratuito e de fácil utilização, um blogue combina texto, imagens e links
  16. 16. Uma característica importante dos blogues é a capacidade de leitores dos artigos deixarem comentários de forma a interagir com o autor e com os outros leitores</li></ul> Os Blogs ou Blogues<br />
  17. 17. Os Blogs ou Blogues<br />
  18. 18. Os Blogs ou Blogues<br />
  19. 19. Evolução da Blogosfera<br />
  20. 20. Exemplos de Blogues<br />
  21. 21. Exemplos de Blogues<br />
  22. 22. Exemplos de Blogs<br />
  23. 23. Elaboração e partilha Online<br /><ul><li>Produção de Documentos, folha de cálculo, apresentações online
  24. 24. Partilha
  25. 25. Trabalho colaborativo
  26. 26. Calendários partilhados</li></li></ul><li>Forma democrática de contribuir com conteúdos<br />Pode ser editado por qualquer pessoa <br />Textos são criados, de forma colaborativa, através de participações individuais<br />Colecção de páginas interligadas<br />Wikis<br />
  27. 27. Exemplo de algumas wikis utilização com alunos<br />Pode-se criar páginas.<br />Atribuir tarefas aos alunos.<br />Efectuar as correcções necessárias.<br />Orientar as pesquisas na internet que pretendemos que façam.<br />Fazer com que os alunos procurem e ilustrem conceitos aprendidos na aula ou pesquisados pelos próprios<br />http://www.wetpaint.com/<br />http://www.wikispaces.com/<br />
  28. 28. Partilha de Imagens<br />
  29. 29. Partilha de Imagens (http://picasa.google.com/)<br /><ul><li>Possibilidade de criar e partilhar álbuns de imagens que podem ser visualizados em qualquer parte
  30. 30. A organização das fotos é feita por álbuns e por tags
  31. 31. Possibilita um elevado nível de interactividade</li></li></ul><li>Ipaper (http://pt.calameo.com)<br />Partilha de Documentos, PowerPoint, PDF, Excel…<br /> Excelente apresentação<br />
  32. 32. Ipaper – (http://www.Scribd.com)<br />Pode ser usado por exemplo para os alunos publicarem os seus trabalhos<br />Publicação de documentos escolares (Ex:PAA)<br />Publicação em vários formatos (PDF, <br /> Pode ser icorporado em sites, blogues…<br />
  33. 33. <ul><li>Apresentações online
  34. 34. Suporta Vídeo
  35. 35. Documentos em vários formatos
  36. 36. As apresentações podem ser carregadas e posteriormente pode ser adicionada uma narração- Slidecast</li></ul>SlideShare (http://www.slideshare.net)<br />
  37. 37. Video (http://youtube.com)<br />Na perspectiva de consumidor: <br /><ul><li>recorrer à utilização do vídeo para “ilustrar” com imagem e som uma situação que está ser objecto de estudo </li></ul>Na perspectiva de produtor:<br /><ul><li>a criação de um vídeo pelos alunos vai permitir um envolvimento activo dos mesmos na construção da sua aprendizagem
  38. 38. a elaboração de um vídeo obriga a pesquisa, avaliação e selecção do que foi pesquisado, criação de um guião, planeamento de tarefas, realização da filmagem propriamente dita e por fim edição do que foi filmado</li></li></ul><li> Vídeo (http://teachertube.com)<br /><ul><li>Pode enriquecer o ambiente de aprendizagem
  39. 39. O professor pode ter uma das seguintes aproximações:
  40. 40. na perspectiva de visionador/consumidor
  41. 41. na perspectiva de criador/produtor</li></ul>Ambas as perspectivas, devidamente contextualizadas numa situação de construção de aprendizagens, podem ser muito proveitosas para o aluno.<br />
  42. 42. Exemplos da Utilização de vídeos educativos<br />
  43. 43. Social Bookmarking(http://delicious.com)<br />Exemplo:<br /><ul><li>cria-se uma conta onde se definem tags sobre um assunto, por exemplo, cultura inglesa.
  44. 44. Como resultados das pesquisas individuais efectuadas, os alunos podem sugerir websites para integrarem a lista
  45. 45. Os alunos preparando uma apresentação para a turma que resulta da consulta desta lista de favoritos</li></li></ul><li>Permite a:<br /><ul><li>Motivação dos alunos para a abordagem de conteúdos ou para a leitura
  46. 46. Apresentação de narrações e leituras
  47. 47. Possibilita ainda colocar o aluno como produtor – criação de um podcast sobre um tema, obriga a aprendizagem mais activa
  48. 48. Pode adequar-se ao ritmo de aprendizagem de cada aluno – pode ouvir as vezes que forem necessárias</li></ul>PODCAST (http://www.podomatic.com/ ) <br />
  49. 49. Alguns exemplos:<br />Concurso conta-nos uma história (1º Ciclo)<br />"O Ganso do Charco" - Colégio Campos de Flores  (jardim de infância)<br /> "Os dois fantasmas" - EB1/JI Major David Neto (4º ano)<br />PODCAST (http://www.podomatic.com/) <br />
  50. 50. Comunidades<br /><ul><li> Inicialmente foi o espaço de trabalho da disciplina de Ambientes Virtuais de Aprendizagem do Mestrado em Ciências da Educação, da Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da UL, a Escola 2.0 está agora alargada a todos quantos se interessam pelo que significa APRENDER COM TIC.
  51. 51. O portal www.formactiva.org é um serviço gratuito destinado a todos os profissionais e particulares interessados em formação profissional e ensino.
  52. 52. Espaço destinado a pessoas que desejam partilhar experiências, estudos com as TIC, nomeadamente, sobre quadros interactivos, ferramentas da Web 2.0, software educativo, metodologias inovadoras… </li></li></ul><li>RSS Feeds – Rich Site Summary<br />Actualiza conteúdos a partir de um determinado site da web <br />Recebe actualizações sem ter de visitar o site na WEB<br />Exemplo de Leitores (Browsers, google reader…)<br /> Agregadores<br />
  53. 53. Comunicação<br /><ul><li>Ferramenta de comunicação síncrona as pessoas comunicam-se ao mesmo tempo a partir de lugares diversos
  54. 54. Ferramenta de comunicação assíncronaas pessoas comunicam, em tempos diferentes, a partir de lugares diversos</li></li></ul><li> Recursos<br />Repositórios de Recursos educativos<br /><ul><li>R21 – Recursos educativos para o século XXI
  55. 55. Casa das Ciências - Portal de Recursos da Fundação C. Gulbenkian
  56. 56. Portal Português das Webquests Ficheiro
  57. 57. STELLA – Partilha de experiências, ideias, reflexões e metodologias no Ensino de Ciência
  58. 58. Learning Resource Exchange (LRE) portal for schools (em Português)
  59. 59. Calibrate – Learning Resources for Schools
  60. 60. DRENE – EducationalRepositories Network
  61. 61. http://www1.prometheanplanet.com/portuguese/
  62. 62. http://portaldasescolas.pt
  63. 63. http://www.scribd.com/doc/7712922/Manual-Web20-Professores</li></li></ul><li>Wikis<br />Comunicação<br />Blogues<br />Podcast<br />Tipo de fonte a utilizar<br />“CANDARA”<br />Vídeos<br />Fotos<br />Bookmark<br />Agregadores<br />Comunidades<br />
  64. 64. Web 2.0 na Educação<br />Social Tagging<br />(Folksonomy)<br />Muitos activos<br />Wiki<br />Tags<br />Escrita colaborativa<br />Social Bookmarking<br />Produção de notícias com pares<br />Edição colaborativa em tempo real<br />Mensagens Instantâneas<br />Podcasting<br />Participação dos utilizadores<br />Música e vídeo<br />Mashup<br />Gestão e agregação de conteúdos<br />Mashup<br />Guias de Blogues<br />Blogue<br />Gestão dos Feeds da Web, Sindicalização na Web <br />Organização pessoal e de grupo<br />um <br />activo<br />Criar<br />Organizar<br />Partilhar<br />Potencialidades<br />Social networking technologies and PKM skills (adapted from (Heddergott, 2006; Sancassani, 2006; METID, 2007). In: Turkish Online JournalofDistanceEducation-TOJDEJuly 2007 ISSN 1302-6488, Volume: 8 Number: 3 Article: 3<br />

×