Marketing Digital, o que é isso? Feira do Empreendedor 2012 SEBRAE

1,143 views

Published on

Capacitação ministrada na Feira do Empreendedor de Pernambuco 2012, organizada pelo SEBRAE.

Conteúdo: Por que falar em marketing digital? O que é marketing digital? Possuindo um website na Internet. Vendendo pela Internet. Aumentando sua visibilidade com as mídias digitais. Algumas dicas relacionadas a marketing digital.

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
1,143
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
31
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Marketing Digital, o que é isso? Feira do Empreendedor 2012 SEBRAE

  1. 1. MARKETING  DIGITAL,  O  QUE  É  ISSO?     Feira  do  Empreendedor     Outubro/2012   Felipe  Augusto  Pereira  felipe.pereira@posmidiadigital.com.br  |  @felipeunu  
  2. 2. Quem  sou  eu?  •  Graduado  em  Ciência  da  Computação,  Mestre   e  Doutorando  em  Administração  •  Diretor  da  Unu  Soluções  e  da  Posmidiadigital  •  Coordenador  da  Pós-­‐Graduação  em   Comunicação  e  MarkeVng  em  Mídias  Digitais  •  Pesquisador  do  NEPRES  e  do  GIRO  •  Professor  de  graduação  e  pós-­‐graduação  em   diversas  insVtuições  de  ensino   2
  3. 3. Sobre  o  que  conversaremos   hoje?   •  Por  que  falar  em  markeVng  digital?   •  O  que  é  markeVng  digital?   •  Possuindo  um  website  na  Internet   •  Vendendo  pela  Internet   •  Aumentando  sua  visibilidade  com  as  mídias   digitais   •  Pra  finalizar...   3
  4. 4. POR  QUE  FALAR  EM  MARKETING  DIGITAL?   4
  5. 5. (R)Evolução  Digital   Mobilidade   Inclusão  digital   Banda  “Larga”   Internet   PCs   5
  6. 6. Internet  no  Brasil  •  87%  dos  internautas   •  70%  dos  internautas   entram  semanalmente   confiam  em   (IBOPE,  2010)   informações  online  •  72%  dos  internautas  em   antes  de  comprar   redes  sociais  (IBOPE,   (IBOPE,  2010)   2010)   •  Em  2015:  tráfego  de  •  48,5  h  de  navegação   dados  móvel  39x  maior   por  mês;  71,5  h,  se   que  hoje  e  49%  dos   incluir  IM,  P2P,  VOIP,   internautas  conectados   etc.  (IBOPE,  2010)   em  disposiHvos  móveis   (CISCO,  2011)  
  7. 7. Evolução  no  número  de  internautas  do  Brasil  (%)   7 Fonte: NIC.Br
  8. 8. Penetração  da  Internet  por   Faixa  Etária  (2009)   8 Fonte: NIC.Br
  9. 9. Penetração  da  Internet  por   Classe  Econômica  (2009)   9 Fonte: NIC.Br
  10. 10. O  QUE  É  MARKETING    DIGITAL?   10
  11. 11. MarkeVng  O  que  é  markeVng   digital?   11
  12. 12. MarkeVng   MarkeVng   MarkeVng   FOCO  NO     CLIENTE   12
  13. 13. MarkeVng  Satisfação Vendas NecessidadeFidelização Preço Pesquisas Comunicação Produtos Propaganda Distribuição 13
  14. 14. MarkeVng  Digital    Conjunto  de  ações  de  markeHng   intermediadas  por  canal   eletrônico   Limeira, 2007 14
  15. 15. MarkeVng  Digital  •  E-­‐mails,  IMs  e  VOIP   •  E-­‐mail  MarkeVng  •  Websites   •  Guias  de  •  Sistemas   Estabelecimentos  •  Banners  e  Floaters   •  Redes  Sociais  •  Links  Patrocinados   •  Compras  coleVvas  •  SEO   •  Advergames  •  Programas  de  afiliados   •  Mobile  MarkeVng  •  Comparadores  de  preços   •  Realidade  Aumentada   15
  16. 16. Mundo  Digital   Geração  Y   Dispersão   Democracia   InteraVvidade   Sem  hierarquia   Sem  filtro   Customização   Baixo  custo   Ausência  de  barreiras  geográficas   24h  no  ar   16
  17. 17. POSSUINDO  UM  WEBSITE  NA  INTERNET   17
  18. 18. Ciclo  de  Vida  de  um  Website   Planejamento   Registro  do  Domínio   Produção   Implantação   Manutenção   18
  19. 19. Tipos  de  Websites  •  Website  InsVtucional  •  Loja  Virtual  •  Blog  •  Hotsite  •  Portal  de  Conteúdo  •  Serviço  Online   19
  20. 20. The  BriVsh  Country  Club   20
  21. 21. Defensoria  Pública  de   Pernambuco   21
  22. 22. Microlins  
  23. 23. Fundação  Celpos   23
  24. 24. Danosse.com   24
  25. 25. Pernambuco  Professional   Beauty  &  EstheVc   25
  26. 26. Mon  QuarVer   26
  27. 27. Sombrasil   27
  28. 28. BR.TradeHolding.com   28
  29. 29. Infobox   29
  30. 30. StudioCAD   30
  31. 31. Mercado  Livre   31
  32. 32. HiveWiki  (B2E)   32
  33. 33. VENDENDO  PELA  INTERNET   33
  34. 34. E-­‐Commerce  no  Brasil  (%)   Fonte: NIC.Br 34
  35. 35. E-­‐Commerce  no  Brasil   2009   2010   Faturamento   R$  10,6  bilhões   R$  14,8  bilhões   Pedidos   32  milhões   40  milhões   Compradores   17,6  milhões   23  milhões   Ticket  médio   R$  335,00   R$  373,00   Mulheres:  R$  314,00   Homens:  R$  425,00   Fonte: e-bit 35
  36. 36. E-­‐Commerce  no  Brasil   Categoria   Vendas  (2010)   EletrodomésVcos   14%   Livros  e  assinaturas  de  revistas/jornais   12%   Saúde,  beleza  e  medicamentos   12%   InformáVca   11%   Eletrônicos   7%   Fonte: e-bit 36
  37. 37. Vantagens  para  Empresas  •  Inserção  instantânea  no  mercado  •  Facilidade  na  análise  mercadológica  •  Mais  horas  de  operação  •  Maior  mercado  •  Menores  custos  (equipe,  logísVca,   infraestrutura)  •  Eliminação  de  intermediários   37
  38. 38. Vantagens  para   Consumidores  •  Maior  variedade  de  produtos  •  Maior  diversidade  de  fornecedores  e  preços  •  Melhor  acesso  a  informações  e  especificações  •  Maior  facilidade  para  comparação  •  Disponibilidade  geográfica  •  Disponibilidade  temporal  •  Ausência  de  deslocamento,  estacionamento,  etc.   38
  39. 39. Desvantagens  do  Comércio   Eletrônico   •  Segurança   •  Dificuldade  para  contato  {sico  com  produto   •  Entrega  incorreta   •  Pós-­‐venda   39
  40. 40. Comércio  Eletrônico   Forneci-­‐ Pós-­‐Venda   mento   Entrega   Estoque   Pagamento   Divulgação   Pedidos   40
  41. 41. Mobile  Commerce   (m-­‐Commerce)  •  Transação  comercial  ou  transferência  de  fundos  através   de  disposiVvo  móvel  (celular,  smartphone  ou  tablet)  •  Aplicações   –  Venda   –  Mobile  0cke0ng  e  vouchers   –  Compra  de  conteúdo   –  Serviços  de  localização   –  Informações   –  Mobile  banking   –  Mobile  marke0ng   41
  42. 42. Mobile  Commerce   (m-­‐Commerce)   42
  43. 43. Social  Commerce   (s-­‐commerce)  •  Social  commerce  =  e-­‐commerce  +  redes  sociais  •  Forte  papel  de  comunidades  •  Interação  consumidor-­‐consumidor  mais  forte  que   consumidor-­‐empresa   43
  44. 44. Fiat  Mio   44
  45. 45. Camiseteria   45
  46. 46. F-­‐Commerce   46
  47. 47. AUMENTANDO  SUA  VISIBILIDADE  COM  AS  MÍDIAS  DIGITAIS   47
  48. 48. Banners   48
  49. 49. MarkeVng  de  Busca   49
  50. 50. Programa  de  Afiliados   50
  51. 51. E-­‐mail  MarkeVng   51
  52. 52. Mobile  MarkeVng  •  Bluetooth  markeVng  •  Torpedo  de  Voz  •  Mobile  sites  •  Bluetooth  markeVng  •  SMS  MarkeVng  •  QR  Code   52
  53. 53. QR  Code  http://www.youtube.com/watch?v=r32RNUiamiI 53
  54. 54. TeleListas.net   54
  55. 55. Buscapé   55
  56. 56. Anúncio  no  Orkut   56
  57. 57. Monitoramento  de  Redes   Sociais   57
  58. 58. Canal  no  Youtube   58
  59. 59. Twi~er   59
  60. 60. Twi~er   60http://www.youtube.com/watch?v=IVBCZ_QKW6Q
  61. 61. Página  no  Facebook   61
  62. 62. Facebook  Ads   62
  63. 63. Ações  no  Facebook   63
  64. 64. Ações  no  Facebook   64
  65. 65. Compra  ColeVva   65
  66. 66. Advergame   66
  67. 67. Realidade  Aumentada   http://www.youtube.com/watch?v=WVQwVC1gsKQ 67
  68. 68. PRA  FINALIZAR   ... 68
  69. 69. MarkeVng  Digital  •  É  recente  e  não  há  fórmulas  mágicas  •  Não  é  moda  •  Não  é  algo  para  o  futuro  •  Deve  focar  no  cliente,  não  em  tecnologias  •  Possui  vários  recursos  que  podem  ser   uVlizados  e  cada  caso  é  um  caso  •  Precisa  ser  integrado  ao  markeVng  offline   69
  70. 70. Obrigado!  Felipe  Augusto  Pereira  felipe.pereira@posmidiadigital.com.br  @felipeunu  •.com/felipeunu  www.unu.com.br   70

×