Criação de Startups Digitais

1,501 views

Published on

Conceitos de empreendedorismo; Startup; Identificação de oportunidades; Avaliação de oportunidades; Business model canvas; Lean Startup

Aula 5 da Disciplina de Marketing Digital e Comércio Eletrônico do curso de Pós-Graduação em Comunicação e Marketing em Mídias Digitais da Faculdade Estácio do Recife

Published in: Technology
0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
1,501
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
84
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Criação de Startups Digitais

  1. 1. Marke&ng  Digital  e  Comércio  Eletrônico   Aula  3  –  Criação  de  Startups  Digitais   FELIPE  AUGUSTO  PEREIRA   felipe.pereira@live.estacio.br  |  @felipeunu   Recife,  15  de  Dezembro  de  2012   1  
  2. 2. Obje<vos  da  Aula  •  Compreender  conceitos  de  empreendedorismo  •  Conhecer  o  conceito  de  startup  •  Conhecer  técnicas  para  a  iden<ficação  de  oportunidades  •  Conhecer  aspectos  a  serem  analisados  na  avaliação  de   oportunidades  •  Compreender  a  aplicação  do  business  model  canvas  nas  startups  •  Compreender  a  metodologia  Lean  Startup   2  
  3. 3. Empreendedorismo  Espírito  de  pessoas  realizadoras,  que  mobilizam  recursos  e  correm  riscos  para  iniciar  negócios  (MAXIMIANO,  2006)   3  
  4. 4. Empreendedorismo  •  Empreendedor  x  empresário  x  gestor  x  inventor  x  inves<dor  •  Tipos   –  Empreendedorismo  de  oportunidade   –  Empreendedorismo  de  necessidade   –  Intraempreendedorismo   4  
  5. 5. Importância  do  Empreendedorismo  •  Crescimento  econômico  •  Desenvolvimento  social  •  Oferta  de  soluções   5  
  6. 6. Vantagens  de  Empreender  Retorno  financeiro  Autonomia  Desafio  Vida  dinâmica  Desenvolvimento  da  sociedade  “Estabilidade”   6  
  7. 7. Marke<ng   O  que  são   Startups?   7
  8. 8. Marke<ng  “Uma organização formada para buscar um modelo de negócios repetível e escalável.” Steve Blank “Uma instituição humana projetada para entregar um novo produto ou serviço sob condições de extrema incerteza.” Eric Ries 8
  9. 9. Marke<ng   $> $$$ . 9
  10. 10. Startups   10  
  11. 11. Iden<ficação  de  Oportunidades  •  Quebra  de  paradigmas  •  Cria<vidade  •  Equipes  heterogêneas   –  Mul<disciplinaridade   –  Idade   –  Senioridade   –  Diversidade  cultural  •  Inspiração  +  transpiração  •  U<lização  de  técnicas   11  
  12. 12. Vídeo  –  Paradigmas   hfp://www.youtube.com/watch?v=g5G0qE7Lf0A   12  
  13. 13. A<vidade  -­‐  Silly  Cow  •  Proponha  uma  ideia  de  negócio  u<lizando  uma  Vaca   Fonte:  www.flickr.com/photos/osterwalder   13  
  14. 14. Brainstorming  •  Base  para  várias  técnicas  •  Recomendações   –  Rejeição  de  Crí<cas   –  Foco  no  obje<vo   –  Cria<vidade   –  Quan<dade   –  Combinação,  ajustes  e  aperfeiçoamento   14  
  15. 15. A<vidade  -­‐  Brainstorming  •  O  que  poderíamos  ter  em  um  aplica<vo  mobile  voltado  para  a   Copa  do  Mundo  e  Olimpíadas?   15  
  16. 16. Mapa  de  empa<a   Pensamento  e  Sen&mento   O  que  é  importante  para  o  cliente?   Quais  são  suas  esperanças,  sonhos  e  medos?   Visão   Audição  Como  é  o  ambiente  do  cliente?   O  que  influencia  o  cliente?   Dor   Ganhos   Quais  os  obstáculos   O  que  ele  espera     e  desafios  do  cliente?   obter  e  como     ele  mede  o  sucesso?   16  
  17. 17. O  poder  da  pergunta  “e  se?”  E  se...   ...  ligações  telefônicas  fossem  gratuitas?   ...  motores  de  avião  fossem  alugados?   ...  produtos  fossem  vendidos              nas  estações  de  metrô?   17  
  18. 18. Viabilidade  de  Mercado  Concorrência  Viabilidade  de  produção  Viabilidade  financeira  Controle  governamental  Atração  pessoal   18  
  19. 19. Marke<ng  Como  um  negócio  funciona?       MODELO  DE     NEGÓCIOS!     19
  20. 20. Modelo  de  Negócio  •  “Modo  como  uma  organização  cria,  entrega  e  captura  valor”                        Alexander  Osterwalder    •  Definição  do  negócio  da  empresa  •  Negócio  deve  ser  viável  •  Empresa  deve  se  diferenciar  das  outras  com  base  em  suas   competências  essenciais   20  
  21. 21. Business  Model  Canvas   Fonte:  Business  Model  Genera<on   21  
  22. 22. Segmentos  de  clientes     22  
  23. 23. Segmentos  de  clientes  •  Cada  segmento  é  formado  por  indivíduos/organizações  que  possuem   interesses  em  comum  •  Segmentos  dis<ntos:   –  Visualizam  valores  dis<ntos  e/ou   –  U<lizam  canais  dis<ntos  e/ou   –  Exigem  relacionamentos  dis<ntos  e/ou   –  Possuem  lucra<vidades  dis<ntas  •  Tipos   –  Mercado  de  massa   –  Mercado  de  nicho   –  Segmentado   –  Diversificado   –  Mul$-­‐sided   23  
  24. 24. Proposição  de  valor   24  
  25. 25. Proposição  de  valor  •  Proposição  de  valor  é  aquilo  que  sa<sfaz  a   necessidade  dos  clientes  •  Cada  segmento  de  cliente  pode  exigir  uma   proposição  de  valor  diferente  •  Alguns  elementos  que  contribuem   –  Novidade   –  Marca/Status   –  Desempenho   –  Preço   –  Customização   –  Redução  de  custo   –  Fazer  o  que  tem  que  ser  feito   –  Acessibilidade   –  Design   –  Conveniência/usabilidade   25  
  26. 26. Canais   26  
  27. 27. Canais  •  Como  a  organização  chega  até  o  cliente  •  Funções   –  Divulgação,  venda,  entrega  e  pós-­‐venda  •  Tipos   –  Canais  próprios  x  parceiros   27  
  28. 28. Relacionamentos  com  clientes   28  
  29. 29. Relacionamentos  com  clientes  •  Tipo  de  relação  que  a  organização  constrói  com  cada   segmento  de  cliente  •  Obje<vos   –  Aquisição,  retenção  e  aumento  de  vendas  •  Categorias   –  Assistência  pessoal   –  Assistência  pessoal  dedicada   –  Self-­‐service   –  Serviços  automa<zados   –  Comunidades   –  Co-­‐criação   29  
  30. 30. Fontes  de  receitas   30  
  31. 31. Fontes  de  receitas  •  Modo  como  a  empresa  gerará  caixa   –  Receita  transacional  x  recorrente   –  Preços  fixos  x  dinâmicos  •  Definido  para  cada  segmento  de  cliente/proposição  de  valor  •  Modalidades   –  Free   –  Venda   –  Taxa  por  u<lização   –  Taxa  por  inscrição   –  Aluguel   –  Licenciamento   –  Intermediação   –  Publicidade   31  
  32. 32. Recursos-­‐chave   32  
  33. 33. Recursos-­‐chave  •  Recursos  necessários  para  que  o  modelo  de  negócios  (entrega   de  valor,  canais  de  distribuição,  formas  de  relacionamento  e   receita)  funcione  •  Tipos   –  Físicos   –  Financeiros   –  Intelectuais   –  Humanos   33  
  34. 34. A<vidades-­‐chave   34  
  35. 35. A<vidades-­‐chave  •  A<vidades  necessárias  para  que  o  modelo  de  negócios   (entrega  de  valor,  canais  de  distribuição,  formas  de   relacionamento  e  receita)  funcione  •  Tipos   –  Produção   –  Solução  de  problemas   –  Plataforma/rede   35  
  36. 36. Parceiros-­‐chave   36  
  37. 37. Parceiros-­‐chave  •  Fornecedores  e  parceiros  necessários  para  que  o  modelo  de   negócios  (entrega  de  valor,  canais  de  distribuição,  formas  de   relacionamento  e  receita)  funcione  •  Tipos   –  Alianças  entre  não  compe<dores   –  Coope<ção   –  Joint  ventures  para  novos  negócios   –  Fornecimento  •  Mo<vações   –  O<mização  e  economia  de  escala   –  Redução  de  risco  e  incerteza   –  Aquisição  de  recursos  e  a<vidades  específicos   37  
  38. 38. Estrutura  de  custos   38  
  39. 39. Estrutura  de  custos  •  Custos  envolvidos  na  operação  do  negócio  •  Definidos  a  par<r  dos  recursos,  a<vidades  e  parceiros  •  Negócios  orientados  a  custos  x  orientados  a  valor  •  Aspectos   –  Custos  fixos   –  Custos  variáveis   –  Economia  de  escala   –  Economia  de  escopo   39  
  40. 40. Conceitos  Interessantes  •  A  Cauda  Longa  •  Wikinomics  •  A  Estratégia  do  Oceano  Azul  •  Free  •  Gameficação  •  Negócios  Mul$-­‐sided   40  
  41. 41. Canvas   Manutenção  da   qualidade  da  base  Intermediários  de   Facilidade   Automa<zado  pagamento   Desenvolvimento     Ins<tuições  de   Comunicação   Self-­‐service   Ensino  Data  Center   Prospecção  de   Confiabilidade   Ins<tuições  de   de  informações   Atendimento   Estudantes   Ensino   pessoal     Visibilidade     Infraestrutura  TI   Redes  Sociais   Base  de  estudantes   Website   E-­‐mail   Base  de  ins<tuições   Vendedores  /   e  cursos   consultores  Infraestrutura  TI  Equipe   Free   Anuidade   PPClick  Comunicação   PPConversão  
  42. 42. Marke<ng  Como  saber  se  o  modelo  de   negócio  funciona?           VALIDAÇÃO!     42
  43. 43. Marshmallow  Challenge  •  Construa  a  estrutura  mais  alta  com  o  marshmallow  no  topo  •  Todos  terão  18  minutos  para  montar  •  Ao  final  do  tempo,  as  estruturas  serão  analisadas  –  não  é   permi<do  tocar  a  estrutura  e  ela  deve  estar  estável  •  Podem  cortar  os  spaghe{s,  fitas  ou  barbante   Fonte:  hfp://marshmallowchallenge.com   43  
  44. 44. Processo  |pico   44  
  45. 45. Processo  |pico   45  
  46. 46. Processo  |pico   46  
  47. 47. Processo  |pico   47  
  48. 48. Processo  |pico   48  
  49. 49. Processo  |pico   49  
  50. 50. Costumam  apresentar  mau  desempenho   Administradores  recém-­‐formados   50  
  51. 51. Costumam  apresentar  bom  desempenho   51  
  52. 52. Diferentes  posturas   52  
  53. 53. “Segredo  do  sucesso”   Refinamento   Proto<pagem   53  
  54. 54. Abordagens  Tradicionais   Negócios                  Desenvolvimento  (cascata)   Desenvolvimento   Requisitos   Especificação  Planejamento   do  Produto   Testes  Alpha  e   Implementação   Projeto  Lançamento   Beta   Validação   Manutenção   54  
  55. 55. Abordagens  Tradicionais  •  Problema  =  conhecido  •  Solução  =  conhecida   55  
  56. 56. Marke<ng   Lean  Startup   56
  57. 57. Lean  •  “Estratégia  de  negócios  para  aumentar  a  sa<sfação  dos   clientes  através  da  melhor  u<lização  dos  recursos”              Lean  Ins<tute  Brasil  •  Filosofia   –  Aplicada  a  empresas  de  diversos  segmentos   –  Aplicada  a  todas  as  áreas  da  empresa   57  
  58. 58. Lean  Startup  •  Lean  +  Startup  •  Desenvolvimento  Ágil  +  Tecnologia  como  Commodity  +   Customer  Development  •  Algumas  caracterís<cas   –  Foco  nas  necessidades  dos  clientes   –  Proto<pação  rápida   –  Aprendizagem  con|nua   –  Conhecimento  validado   –  Postura  cien|fica   –  Pequenos  lotes   58  
  59. 59. Lean  Startup  não  é  •  Ausência  de  recursos  •  Metodologia  para  empresas  de  Internet  •  Metodologia  para  pequenas  empresas  •  Subs<tuto  para  a  visão  do  empreendedor   59  
  60. 60. Lean  Startup   Fonte:  www.manualdastartup.com.br   60    
  61. 61. Customer  Development   Fonte:  www.manualdastartup.com.br   61  
  62. 62. Food  on  the  Table   62  
  63. 63. A<vidade  5.1  •  Monte  um  grupo  (03-­‐05  pessoas)  e  crie  um  produto  digital   (portal,  aplica<vo,  rede  social,  etc.)  inovador.  Seja  cria<vo  e  crie   algo  diferente!  •  Elabore  o  canvas  para  esse  negócio  •  Valide  algumas  hipóteses  de  seu  negócio  através  de  um   ques<onário/entrevista  para  cada  segmento  de  cliente  (se  for   ques<onário,  aplicar  com  pelo  menos  30  indivíduos;  se  for   entrevistas,  pelo  menos  02)  •  Analise  a  viabilidade  do  negócio  (mercado,  concorrência,   produção,  controle  governamental  e  finanças)  •  Na  próxima  aula,  cada  grupo  deverá  apresentar  o  canvas,  a   validação  realizada  (processo  e  conclusões)  e  a  análise  de   viabilidade  do  negócio   63  

×