Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Valuation Vivo (turma de 2017)

608 views

Published on

Essa avaliação é puramente acadêmica e não serve como recomendação de compra/venda.

A apresentação foi feito pelos alunos de Finanças II.

Published in: Economy & Finance
  • Be the first to comment

Valuation Vivo (turma de 2017)

  1. 1. Valuation Vivo ANALISTAS: ALISSON DA COSTA KARYS EMANUELLE PAULA PICADO 16/11/2017
  2. 2. Observação Inicial A empresa T’Soni é uma empresa fictícia, criada durante a disciplina de Finanças 2 lecionada na UFPB pelo Professor Felipe Pontes. Este laudo foi realizado para fins acadêmicos.
  3. 3. A empresa A Vivo S.A. é uma operadora de telefonia móvel do Brasil. Formada pela fusão de companhias de celular ex-estatais existentes no Brasil, é comandada pela joint venture da companhia espanhola Telefónica com a Portugal Telecom. Fundada em 2003, a sede da empresa fica na cidade de São Paula. Em 2012 a Vivo passou a ser usada como marca comercial em todo o país. Adquiriram a GVT em 2015 para reforçar a oferta de rede fixa. Atualmente conectam cerca de 100 milhões de acessos à internet, telefonia móvel e fixa e TV. A Vivo está presente em todos os estados brasileiros com as tecnologias GSM, 3G, 3G plus e 4G. Em 2013, a Vivo iniciou a implementação da rede 4G. A Telefônica Brasil atua na prestação de serviços de telecomunicações fixos e móveis em todo o território nacional e conta com um portfólio de produtos completo e convergente (voz fixa e móvel, banda larga fixa e móvel, ultra banda larga )
  4. 4. Atividades Serviços de voz fixa, local e de longa distância, em regime público ou privado; Serviços de banda larga fixa, incluindo a venda de equipamentos e acessórios; Serviços designados especificamente para clientes corporativos; Venda de aparelhos e acessórios; Serviços de rede, incluindo o aluguel de instalações, além de outros serviços; Serviços de TV por assinatura; Serviços de voz e banda larga móvel, incluindo serviços de valor agregado; (R$ milhões) 2016 AV% Voz fixa e móvel 16.562,9 39,0% Uso de rede 1.579,2 3,7% Dados fixos e móveis e SVAs 17.978,3 42,3% Dados Corporativos e TI 2.493,0 5,9% Serviços de TV por assinatura 1.932,5 4,5% Outros serviços 767,0 1,8% Venda de mercadorias e aparelhos 1.195,6 2,8% Receita Líquida 42.508,4 100,0% Participação das Atividades na Receita Líquida ( 2016 )
  5. 5. Market Share 30% 25.98% 24.65% 17.27% Vivo Tim Claro Oi
  6. 6. PRINCIPAIS PONTOS POSITIVOS Ser uma operadora de telefonia móvel que oferece aos seus clientes, tanto no segmento individual, como no corporativo, a opção de escolha de produtos e serviços nas tecnologias GSM e 3G. A Companhia monitora constantemente os riscos aos quais está exposta e que possam afetar seus negócios, os resultados de suas operações e sua condição financeira. De acordo com o índice de desempenho de atendimento ao cliente da ANATEL, a Vivo tem sido a operadora de serviços móveis que apresenta o índice de qualidade mais alto no Brasil. PRINCIPAIS RISCOS O risco de não conseguir atingir plenamente as sinergias esperadas com a aquisição da GVT. Certos acordos de dívida contêm compromissos financeiros, e qualquer inadimplência nesses acordos de dívida pode ter um efeito desfavorável relevante em nossa situação financeira e fluxos de caixa. Enfrentam concorrência significativa no mercado brasileiro. Os resultados operacionais podem ser afetados negativamente pela aplicação das regras do Serviço de Telefonia Fixa Comutada (STFC) e do Serviço Móvel Pessoal (SMP).
  7. 7. Dados Financeiros A receita operacional líquida consolidada apurada em 2016 foi de R$ 42.508 milhões aumento de 5,5% em comparação a 2015. Este crescimento se deve principalmente pela incorporação da GVT em maio de 2015. Também contribuíram para esse crescimento as maiores receitas de dados e SVA móveis, principalmente internet móvel. O lucro líquido apurado foi de R$4.085 milhões em 2016 (R$3.420 milhões em 2015). O resultado foi 19,4% superior ao mesmo período de 2015. A empresa planeja investir cerca de R$ 24 bilhões entre 2017 e 2019, trabalhando para acelerar a cobertura 4G e aumentar o número de cidades com rede de ultra banda larga de fibra a partir de 2017.
  8. 8. Investimentos Futuros Com relação aos investimentos em projetos, parte significativa dos recursos foi alocada de forma a possibilitar o crescimento com qualidade na prestação dos serviços. Os investimentos na manutenção da qualidade de serviços e expansão da base de clientes atendida representaram 68% do total investido em 2016 (excluindo licenças). Para atender uma sociedade cada vez mais conectada, investimentos significativos foram feitos para suportar o forte crescimento da demanda por dados dos clientes da Companhia, sejam eles nos serviços de dados fixos e móveis ou em serviços de alta velocidade dedicados ao mercado corporativo. Na infraestrutura de suporte ao negócio (sistemas, pontos de venda e atendimento) também foram aplicados recursos significativos. Em 2016, investimentos na melhoria dos sistemas operacionais foram realizados; expansão e evolução na consolidação de data centers e manutenção das iniciativas de evolução dos sistemas, com destaque a transformação do ambiente de faturamento e dos projetos que visam maximizar o potencial de sinergias na integração da Companhia com a GVT.
  9. 9. Cotação
  10. 10. Principais Premissas: •A data base base utilizada neste laudo de avaliação é 31/12/2016 (data base da ultima demonstração financeira auditada da companhia) •Para estimar o crescimento da receita, com base no crescimento anual das receitas a partir de 2010. Para o ano de 2017 a Média Geométrica 2016 e 2015, 2018 a média da Média Geométrica 2016 e 2015 e da Média Geométrica 2014 a 2011. Para 2019 e 2020 foi utilizada a Média Geométrica Histórica e para estimar a o crescimento da perpetuidade, foi utilizada a taxa de 1%, para sermos conservadores. •Custos e Despesas operacionais estimados em função das receitas estimadas. •IR e CSLL foi considerado uma taxa marginal de imposto de renda de 21,30 (a média dos anos de 2016 e 2015) para 2017 até 2020 e de 34% na perpetuidade. •Valor Terminal foi utilizado o Modelo de crescimento na perpetuidade de Gordon, em 2021 somado com os outros anos projetados a valor presente no ano de 2016. •Taxa de desconto, A partir do Fluxo de Caixa Líquido projetado da Vivo para 5 anos e considerando perpetuidade a partir do ANO 6, descontamos estes valores ao valor presente, utilizando taxa do WACC de 13,45% a.a. •Premissa de CAPEX – Em linha com a estratégia da Companhia de oferecer qualidade, cobertura e serviços diferenciados aos nossos clientes, objetivamos focar nossos investimentos futuros especialmente em expansão de cobertura 4G e ampliação da rede de fibra óptica, de forma a suportar o forte crescimento dos clientes de voz e dados, sejam eles nos serviços fixos e móveis ou em serviços de alta velocidade dedicados ao mercado corporativo.
  11. 11. WACC E TRIBUTOS WACC TRIBUTOS Ke 13,88% Kd 9,89% Wacc 13,44% 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 IR % (EFETIVO) 29,98% 22,90% 35,68% 20,30% -3,84% 22,15% 20,44% Média 24,25%
  12. 12. Crescimento (g) 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 Receita líquida 15.756.144 29.128.740 33.931.422 34.721.897 34.999.969 40.286.815 42.508.459 Variação da receita - 84,87% 16,49% 2,33% 0,80% 15,11% 5,51% Média Aritmética 20,85% Média Geométrica Histórica 7,75% Média Geométrica 2016 e 2015 (G1) 9,13% Média Geométrica 2011 a 2014 (G2) 7,15% Média entre G1 e G2 8,14%
  13. 13. Margem Operacional 31/12/2010 31/12/2011 31/12/2012 31/12/2013 31/12/2014 31/12/2015 Receita líquida 15.756.144 29.128.740 33.931.422 34.721.897 34.999.969 40.286.815 EBIT 3546727 5797366 7212289 4877124 5115969 5241634 Margem Operacional 22,5% 19,9% 21,3% 14,0% 14,6% 13,0% Média 17,6%
  14. 14. Valuation Ano 0 1 2 3 4 5 WACC 13,45% Taxa de Crescimento Perpétuo 1% Taxa de Crescimento 9,13% 8,14% 7,75% 7,75% Receita líquida R$ 42.508.459,00 R$ 46.388.136,52 R$ 50.162.961,47 R$ 54.052.976,02 R$ 58.244.651,65 R$ 58.244.651,65 EBIT R$ 6.369.263,00 R$ 8.144.386,76 R$ 8.807.134,54 R$ 9.490.106,20 R$ 10.226.040,65 R$ 10.226.040,65 Tributos 20,44% 21,30% 21,30% 21,30% 21,30% 34,00% (=)Ebit Líquido R$ 5.067.456,57 R$ 6.410.032,58 R$ 6.931.647,64 R$ 7.469.179,91 R$ 8.048.396,48 R$ 6.749.186,83 (-)Capex Líquido R$ 337.977,00 R$ 337.977,00 R$ 337.977,00 R$ 337.977,00 R$ 337.977,00 R$ 337.977,00 (-)Invest. Em Capital de Giro -R$ 2.481.211,00 -R$ 2.413.450,00 -R$ 2.413.450,00 -R$ 2.413.450,00 -R$ 2.413.450,00 -R$ 2.413.450,00 (=)Fluxo de Caixa Livre da Empresa R$ 2.248.268,57 R$ 8.485.505,58 R$ 9.007.120,64 R$ 9.544.652,91 R$ 10.123.869,48 R$ 8.824.659,83 Valor Terminal R$ 70.890.307,85 Valor Presente dos Fluxos de Caixa Livres R$ 7.479.621,37 R$ 6.998.254,97 R$ 6.536.809,25 R$ 6.111.588,43 Valor terminal no tempo zero R$ 42.795.137,41
  15. 15. Valor por ação Valor do Negócio R$ 69.921.411,44 (+)Disponivel 5.105.110 (+) Outros Ativos Operacionais 7.612.413 (-) Participações de não Controladores 0 (-) Tributos diferidos 0 (-) Passivo Oneroso 9.224.074 (=) Valor do Patrimônio Líquido R$ 73.414.860,44 (-) Valor das Opções 0 (=) Valor das Ações Outstanding R$ 73.414.860,44 / Qtd de ações outstanding 1.688.694 (=) Valor por ação R$ 43,47 Preço da Ação Atualmente R$ 48,94 Preço / Valor 1,125721467 Upside -11,17% Upside com margem de segurança -20,05% Valor-Margem de Segurança R$ 39,13 Decisão Vender
  16. 16. Decisão final - Venda Com base na nossa avaliação através do fluxo de caixa descontado em valores nominais, com a perpetuidade encontramos o valor de R$ 43,47, a ação tem potencial de desvalorização de 11,17% com base na cotação da ação de 48,94 em 14 de novembro de 2017. Como o valor da ação está menor que o preço que a Vivo se encontra no mercado, a decisão é vender. Como a Vivo já é uma empresa muito boa e que já cresceu bastante, será muito difícil o seu crescimento no mercado. Considerando que a avaliação da empresa Vivo teve como resultado de seu valor econômico R$ 69.921.411,44 (sessenta e nove milhões novecentos e vinte e um mil quatrocentos e onze reais e quarenta e quatro centavos), e com o cálculo da cotação da empresa em relação ao ano base que foi de 2016, o valor da cotação foi de R$ 43,47 e o seu valor real na bolsa dia do fechamento da valuation de R$ 48,94 se aproxima do valor projetado nesse trabalho, porém de acordo com a nossa avaliação temos que o valor que está sendo negociado está acima do nosso valor projetado, concluímos então que o mercado está superavaliando a empresa.

×