Aula 2 Biomecanica, Conceitos, Historico e Definicoes

58,566 views

Published on

Published in: Technology, Education
2 Comments
62 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total views
58,566
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
191
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
2
Likes
62
Embeds 0
No embeds

No notes for slide
  • RENASCIMENTO – 1450 -1600
  • RENASCIMENTO – 1450 -1600
  • RENASCIMENTO – 1450 -1600
  • RENASCIMENTO – 1450 -1600
  • RENASCIMENTO – 1450 -1600
  • RENASCIMENTO – 1450 -1600
  • REVOLUCAO CIENTIFICA – 1600 - 1730
  • REVOLUCAO CIENTIFICA – 1600 - 1730
  • REVOLUCAO CIENTIFICA – 1600 - 1730
  • REVOLUCAO CIENTIFICA – 1600 - 1730
  • REVOLUCAO CIENTIFICA – 1600 - 1730
  • REVOLUCAO CIENTIFICA – 1600 - 1730
  • Início da biomecânica
  • Início da biomecânica
  • REVOLUCAO CIENTIFICA – 1600 - 1730
  • REVOLUCAO CIENTIFICA – 1600 - 1730
  • REVOLUCAO CIENTIFICA – 1600 - 1730
  • Aula 2 Biomecanica, Conceitos, Historico e Definicoes

    1. 1. Felipe P Carpes [email_address] www.ufsm.br/gepec/biomec.html Histórico, conceitos e áreas de aplicação da Biomecânica
    2. 2. Objetivos da aula Apresentar o histórico da biomecânica Introdução a conceitos básicos Apresentação das áreas de atuação em biomecânica objetivos possibilidades
    3. 3. Biomecânica vs Cinesiologia Biomecânica bio + mechanics Cinesiologia kinein + logos
    4. 4. Cinesiologia Treinamento Fisiologia do exercício Atividade adaptada Biomecânica Psicologia do esporte Filosofia do esporte Comportamento motor Metodologia Pedagogia História do esporte
    5. 5. Medicina do esporte Reabilitação cardíaca Fisiologia do exercício Treinamento Biomecânica Demais especial. médicas Psicologia do esporte Nutrição Controle motor Terapias físicas Treinamento
    6. 7. Histórico da Biomecânica Arquimedes 287-212 a.C. “ Eureka ” Teorema de Arquimedes Hidrostática "Todo corpo mergulhado total ou parcialmente em um fluido sofre uma impulsão vertical, dirigido de baixo para cima, igual ao peso do volume do fluido deslocado, e aplicado no centro de impulsão."
    7. 8. Histórico da Biomecânica Aristóteles 384-322 a.C. Aluno de Platão, e professor de Alexandre Interesse na anatomia Descreveu alguns movimentos de animais Introduziu parâmetros mecânicos na descrição do movimento
    8. 9. Histórico da Biomecânica Claudius Galeno 201-130 a.C. “ De moto musculorium ” Estudos do encurtamento das fibras Primeiro “Médico Desportivo” Condenava a dissecação
    9. 10. Cinesiologia, anatomia, (biomecânica) permaneceram “intocáveis” desde os estudos de Galeno até quando Leonardo Da Vinci avançou para novos estudos O período da Idade Média foi tradicionalmente delimitado com ênfase em eventos políticos. Nesses termos, teria iniciado com a queda do Império Romano do Ocidente, no século V (em 476 d. C.), e terminado com o fim do Império Romano do Oriente, com a Queda de Constantinopla, no século XV (em1453 d.C.)
    10. 11. Histórico da Biomecânica Leonardo da Vinci 1452 – 1519 Iniciou o estudo da “mecânica” dos movimentos Diversas invenções Obras artísticas
    11. 15. Histórico da Biomecânica Andreas Vesalius 1514-1564 Considerado o pai da Anatomia Moderna De Humani Corporis Fabrica http://vesalius.northwestern.edu/
    12. 16. De Humani Corporis Fabrica
    13. 17. De Humani Corporis Fabrica
    14. 18. De Humani Corporis Fabrica
    15. 19. Histórico da Biomecânica Galileu Galilei 1564 – 1642 “ De Animalium Motibus ” Trajetória de projéteis Velocidade de queda de objetos no vácuo Movimento uniforme acelerado Enunciou o princípio da Inércia Galileu frente ao tribunal da inquisição Romana
    16. 20. Giovanni Alfonso Borelli 1608 - 1679 Histórico da Biomecânica 2 edições
    17. 23. Isaac Newton 1643 - 1727 Histórico da Biomecânica “ Philosophiae naturalis principia mathematica” Completa teoria para a análise mecânica do corpo humano ( Mecânica Newtoniana )
    18. 24. Philosophiae Naturalis Principia Mathematica Lei da Gravitação marco da revolução científica Leis do movimento 1ª 2ª 3ª
    19. 25. Luigi Galvani 1737 - 1798 Histórico da Biomecânica Primeiros experimentos com eletricidade e contração muscular Suas obras inspiraram o romance “Frankstein” Eletrofisiologia
    20. 26. Wilhelm Eduard Weber 1804-1891 Histórico da Biomecânica Experimentos com eletricidade Eletromagnetismo Eletroestimuladores
    21. 27. Étienne-Jules Marey 1830-1904 Histórico da Biomecânica Profundas contribuições na análise de movimentos Descrição de parâmetros cinemáticos do movimento humano Uso de taxas de amostragens maiores
    22. 29. Experimento com o trote do cavalo
    23. 32. O século da marcha Histórico da Biomecânica
    24. 33. Edward Muybridge 1830-1904 Histórico da Biomecânica Pai da Cinemetria Desenvolveu instrumentos Testou hipóteses
    25. 38. Zoopraxiscópio
    26. 40. Braune & Fischer Christian Wilhelm Braune  1831 – 1892 Otto Fischer  1889 - 1906  Histórico da Biomecânica Contribuíram significativamente para o desenvolvimento de metodologias de análise da marcha humana
    27. 41. http://www.nlm.nih.gov/exhibition/historicalanatomies/braune_home.html Ilustrações do anatomista Christian Wilhelm Braune
    28. 42. Du Bois Reymond 1818 – 1922 Histórico da Biomecânica Reymond descobriu o potencial de ação Pai da eletrofisiologia experimental
    29. 43. Guillaume Duchenne 1806 – 1875 Histórico da Biomecânica Desenvolveu a eletroterapia
    30. 44. Archibald Hill 1886 – 1977 Histórico da Biomecânica Relação entre produção de calor e trabalho do músculo Relação força-velocidade
    31. 45. Nikolai Bernstein 1896 – 1966 Histórico da Biomecânica Estudou a coordenação de movimentos Controle de graus de liberdade de movimentos
    32. 47. O que é Biomecânica? mecânica bio
    33. 48. ANATOMIA FISIOLOGIA MECÂNICA BIOMECÂNICA
    34. 49. Adaptado de Hall 2006 Biomecânica Mecânica Estrutura Função
    35. 50. A biomecânica é a ciência que investiga os efeitos das forças internas e externas sobre os corpos vivos. Miller & Nelson , 1973 Conceitos
    36. 51. A biomecânica é uma matéria das ciências naturais que se preocupa com a análise física dos sistemas biológicos, examinando, entre outros, os efeitos das forças mecânicas sobre o corpo humano em movimentos quotidianos, de trabalho e de esporte. Baumann, 1976 Conceitos
    37. 52. A biomecânica é uma ciência entre as ciências derivadas das ciências naturais que se ocupa com análises físicas de sistemas biológicos, e, conseqüentemente, análises físicas de movimentos do corpo humano. Amadio, 1988 Conceitos
    38. 53. A biomecânica é a ciência das leis do movimento mecânico nos sistemas vivos. Donskoy & Zatsiorsky, 1988 Conceitos
    39. 54. A biomecânica é uma ciência multidisciplinar que descreve, analisa e avalia o movimento humano. Winter, 1991 Conceitos
    40. 55. Ramificações da Biomecânica <ul><li>Estática : estudo dos corpos em equilíbrio </li></ul><ul><li>Dinâmica : estudos dos corpos sujeitos à aceleração </li></ul>
    41. 56. <ul><li>Cinemática : descreve o movimento </li></ul><ul><li>Cinética : estuda as causas do movimento </li></ul>Ramificações da Biomecânica
    42. 57. Áreas de atuação em Biomecânica
    43. 58. <ul><li>1. Biomecânica do movimento humano </li></ul><ul><li>Biomecânica do esporte </li></ul><ul><li>Biomecânica ocupacional </li></ul><ul><li>Avaliação da função muscular e reabilitação </li></ul><ul><li>Biomecânica clínico-ortopédica </li></ul>Áreas de atuação em Biomecânica
    44. 59. Esporte, Ocupacional, função muscular e reabilitação, clínico-ortopédica
    45. 60. <ul><li>2. Metodologia biomecânica </li></ul><ul><li>Métodos e instrumentação </li></ul><ul><li>Medição e processamento de dados </li></ul><ul><li>Modelagem por computador </li></ul><ul><li>Simulação e otimização </li></ul>Áreas de atuação em Biomecânica Áreas de atuação em Biomecânica
    46. 61. Instrumentação, processamento, modelagem, simulação e otimização
    47. 62. <ul><li>3. Biomecânica músculo-esquelética </li></ul><ul><li>Controle neuromuscular do movimento </li></ul><ul><li>Mecânica muscular </li></ul><ul><li>Biomecânica das articulações e da coluna </li></ul><ul><li>Análise eletromiográfica </li></ul>Áreas de atuação em Biomecânica Áreas de atuação em Biomecânica
    48. 63. Neuromuscular, mecânica muscular, articulações, eletromiografia
    49. 65. <ul><li>4. Biomecânica dos tecidos e biomateriais </li></ul><ul><li>Biomecânica dos tecidos moles e duros </li></ul><ul><li>Biomateriais </li></ul><ul><li>Próteses e fixações externas (órteses) </li></ul>Áreas de atuação em Biomecânica Áreas de atuação em Biomecânica
    50. 66. Reconstrução/reparo de estruturas biológicas
    51. 67. <ul><li>5. Biomecânica ambiental </li></ul><ul><li>Impacto e vibrações </li></ul><ul><li>Biomecânica de micro e macrogravidade </li></ul><ul><li>Locomoção terrestre, aquática e aérea </li></ul>Áreas de atuação em Biomecânica Áreas de atuação em Biomecânica
    52. 68. Microgravidade
    53. 69. <ul><li>6. Biomecânica cárdio-respiratória </li></ul><ul><li>Biomecânica cardíaca e vascular </li></ul><ul><li>Biomecânica respiratória </li></ul>Áreas de atuação em Biomecânica Áreas de atuação em Biomecânica
    54. 70. Estudo de tecidos Modelagem da artéria carótida
    55. 71. Referências básicas <ul><li>www. wikipedia .org </li></ul><ul><li>Hamill J, Knutzen KM. Bases biomecânicas do movimento humano . Manole: São Paulo, 1999. </li></ul><ul><li>Enoka RM. Bases neuromecânicas da cinesiologia . 2.ed. Manole: São Paulo, 2000. </li></ul><ul><li>Hall S. Basic biomechanics . 5.ed. McGrow Hill: Boston, 2007. </li></ul>

    ×