Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
DIREITO PROCESSUAL CIVIL IV        - Processo Cautelar -
DIREITO PROCESSUAL CIVIL IV          7. Alimentos provisionais (arts. 852 a 854 do CPC)I. Peculiaridades           · Alime...
DIREITO PROCESSUAL CIVIL IV           7. Alimentos provisionais (arts. 852 a 854 do CPC)II. Dispositivos legais           ...
DIREITO PROCESSUAL CIVIL IV           7. Alimentos provisionais (arts. 852 a 854 do CPC)II. Dispositivos legais           ...
DIREITO PROCESSUAL CIVIL IV          7. Alimentos provisionais (arts. 852 a 854 do CPC)III. Conceito          Como o suste...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

9. Cautelares específicas - Alimentos provisionais

3,155 views

Published on

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

9. Cautelares específicas - Alimentos provisionais

  1. 1. DIREITO PROCESSUAL CIVIL IV - Processo Cautelar -
  2. 2. DIREITO PROCESSUAL CIVIL IV 7. Alimentos provisionais (arts. 852 a 854 do CPC)I. Peculiaridades · Alimentos definitivos · Alimentos provisórios · Alimentos gravídicos · Alimentos provisionais
  3. 3. DIREITO PROCESSUAL CIVIL IV 7. Alimentos provisionais (arts. 852 a 854 do CPC)II. Dispositivos legais Art. 852. É lícito pedir alimentos provisionais: I - nas ações de desquite e de anulação de casamento, desde que estejam separados os cônjuges; II - nas ações de alimentos, desde o despacho da petição inicial; III - nos demais casos expressos em lei. Parágrafo único. No caso previsto no no I deste artigo, a prestação alimentícia devida ao requerente abrange, além do que necessitar para sustento, habitação e vestuário, as despesas para custear a demanda.
  4. 4. DIREITO PROCESSUAL CIVIL IV 7. Alimentos provisionais (arts. 852 a 854 do CPC)II. Dispositivos legais Art. 853. Ainda que a causa principal penda de julgamento no tribunal, processar-se-á no primeiro grau de jurisdição o pedido de alimentos provisionais. Art. 854. Na petição inicial, exporá o requerente as suas necessidades e as possibilidades do alimentante. Parágrafo único. O requerente poderá pedir que o juiz, ao despachar a petição inicial e sem audiência do requerido, lhe arbitre desde logo uma mensalidade para mantença.
  5. 5. DIREITO PROCESSUAL CIVIL IV 7. Alimentos provisionais (arts. 852 a 854 do CPC)III. Conceito Como o sustento da pessoa natural é necessidade primária inadiável, não pode o seu atendimento ser procrastinado até a solução definitiva da pendência entre devedor e credor de alimentos. Daí a instituição de uma medida cautelar – os alimentos provisionais – com o fito de socorrer o necessitado na pendência do processo principal. (THEODORO JÚNIOR, 2009, p. 601)

×