Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Chico bento moço edição 17

6,196 views

Published on

As abelhas estão sumindo. Sera peste? Doença?? Vamos descobrir o que é isso.

Published in: Entertainment & Humor

Chico bento moço edição 17

  1. 1. CURTA NOSSA PÁGINA NO FACE : D www. facebook. com/ blogcbmoco N, l In "p run; II; ?auf/ www - 11h' «L . .- . , NOVÍDADES ' ? vz-WT-q- w 1'- A. am. .. 1 , , r . °"", '«. L¡ : nai na ; w na¡ n: A : nada I WWWLENTRALCBM. BLOGSPOICOMBR l V¡ '¡ll Í~1ÍÍ- 34111-1Í-; r . ' - g v if? _a . _ d , +~rx21«, ~ãü%à, * l l iihmann¡ f PT _ @MSP-BRASIL/ ?DYA A ACONSELHÁVEL PARA MAIORES n: 1o Anos. o [; 1;¡ '. . Láíiàr/ XÚEAE.
  2. 2. Na Edição Anterior. .. Durante uma festa na faculdade, Chico Bento é vítima de uma brincadeira que _ o faz perder a memória. . aomáEôAPAREClMENIOmw-«w mmmm , ._, ._DA$~ABELHA5--m-----~~ MELINDA . ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... . . .PÁG. 26 ourrzo INSETO E TÃO ¡MPorz- TANTE PARA A HUMANIDADE
  3. 3. ELAS SÂO SÍMBOLO DE TRABALHO DURO, COLABORAÇÃO, DISC| PL| NA E HARMoNlA. ABELHA5 SAO ¡NSETOS SOCIAIS. NÃO SOBREVIVEM SOZINHAE. eus : orzmm eozmoas COLÓNIAS CHAMADAS CDLMEIAS. CADA COLME| A PODE TER ATE O| TENTA M| L ÀBELHAS PRO- CURAM FLORES PARA CONSEGUIR menu? , QUE E . 5EU AUMENTO. POUSANDO DE FLOR EM FLOR, ELAS AJUDAM A5 PLANTAS¡ EM SUA REPRODUÇÃO. 'IME' 'Â Tm' x* . A sem ABELHAS, NÂO TERÍAMOS FRUTAS e LEGUMES. SEM ABELHAS, O MUNDO PASSARIA FOME. MU| TA$ PLANTAS NAO PoDERlAM E><| §TIR sem As ABELHAS. GRANDE PARTE DA VIDA VEGETAL NO PLANETA PREC| SA DELAS PARA 5E REPRODUZIR. O QUE ACONTECERÃ CONOSCO. .. ~L . .SE A5 ABELHAív SUMIREM r
  4. 4. e POR UE? ESTOU _ - ' QUE A rze~ ESTRANHAN- y , - - CLAMACÃO. ao voce. seu GOIA- CHICOI . - › BENTO? ARAI sem QUE AINDA_ FARTA MUITO1 semmze _ . ' . › ' voce : ou o MAIS , . v v , COCHILOU ? meme ' ' , A VIAGEM DATURMA! ._ - - ~ v ' . _ _ _ TODA! POR ISSO MESMO. VESPA! PERDI A PARADA DE DESCANSO LK ATRÁS. .. uAo OLHA _wma PIZA MIM! QUANDO EU BEM FERRA NO E RONCA MAIS OUE E AGBRA QUE TENTEI gone_ NÃo o MOTOR Tó mu, ACORIÊJAR TEM JEITO! oo eusAos VOC APERTADDI VIAGEM TA DEMORADA POR DEMAIS, só 1
  5. 5. www «sçmwmmm-›. .»mw. ... ... .amm. ç.uwmm, ..», ... ,.. ... .unungu. .ma. AAAII NÃO . › * você JA' DEVIA TER . . . , - . DEVIA TER REFORCADO E _ ' o se AGOS- ~ › ~ TUMADO. OCAFÉ DA VESI 'AI QUI NOJI II VARIAS vezes POR ANO, A UFA' MANDA OS ALUNOS EM EXCURSÓESI : r AO _ ›" g . . ' I ESTAMOS . ._ › ' V 1 INDO PARA . » - . . ~ NENHUMA › . n- . r _ - v I PLANTA- < ' _ _ › _ I cAoI ' * - SERA A' " n . . _ K E I Que Só eu CONFIRO A . . PROGRAMA- ^ _ › , w , _ cAc DoS ~ CURSOS? _ ' HEIN 7 HOJE _ APÍCOLA? VAMOS vez UMA MAE, DE » ONDE eu FAZENDA . . APrcoLAI . o ~ wNHEw ESSE NOME. ..? *UFA - UNIVERSIDADE FEDERAL DE AGRONOMIA A PICUL- TURA E A CRIAÇÃO DE ABELHAS! l NAO TEM como , ' I . ~ _ e BOM auE AããgfqgmA - ESTEJAM SEM VISITAR " P-RECBMW ~ DE MUITO FAZENDAS . . › vevezem - . I E253"" QUANDO! . - ' '
  6. 6. tia/ ds' , w mas - -. -: ARA! ABELHA T FAZENDA DE ABE- , ... ... ... ... ... ... w NÂO SEI POR QUE A APICUL- SURPRESA. TURA E CHICO! UMA ARTE ANTIGA! HUMANOS CRIAM ABELHAS HA' MILHARES De ANOS! DESDE o ANUGO 561m e IMPER/ o ROMANO! OS POVOS ANCESTRAIS USAVAM MEL COMO REMÉDIO PARA TODOS O5 MALESI QUANDO os ARQUEOLOOOS ABRIRAM AS TUMBAS Dos FARAÕS, HAVIA MEL GUARDADO LA'. .. DE ABELHAS FAZ PARTE DO TRAaALHo DO ENGENHEIRO- AORONOMOI VOCE TEM MEDO DE *u/ I ~_I nçux _r _'_'_I'- 'I V / NAO FALA NESSE ASSUNTO, HOME DE xxx' ur, ~ vfnwauuz
  7. 7. NUM! ALHO QUE LEMBRO DE ALGUÉM, Maua NAS WZINHAN- T| NHA UMA CAS» DA V| LA omAcÃo DE ABOBRlNHA. .. 455mm HÂ. .. É ESSE MESMO Or LUGAR? Murro aurícu_ PENSAR, NA MINHA SITUAÇÃO l QUE PRÉDIO GRANDE! OBRIGADO. MEU JESUS CRISTINHO! NÃO SAB| A QUE UMA CRIAÇÃO os AaELHAs ERA Assu/ vu E NÃO E Mesmo, FERRU- GEM z AQUI NÃO e UMA FAZENDA APÍCOLA QUALQUER! f¡
  8. 8. v I= ALA SERIoI NÃO É O E TAMBÉM NENHUM DE MESMO QUE TIRA UM LAao- LABORA_ voces PESQUISA LER RESENHA TODA A RATóRIoI NADA SoERE os ANTES DE VER GRAÇA! M05! I LUGARES DAS O FH-ME? » «a EXCURS-Óãâ? V A , › ; ga í» 'Í ' EI! CADE o W CHICO? W , Ú . HUMPF! PO|5 AQLI¡ . ..SOBRE A ELES ESTÃO SÍNDROME coNDUzINDo no com». EXPERIEN- 5o 9,15 °'^5--- COLÓNIASI CASNHA! MATINHO! QUALQUER PINICO! UM_ pa. ;
  9. 9. WV( *kk x/ / ZT 7//21 _Í>Í~' UI. ” UK/ gú I/ 'I/ 1 I QUANDO ; az-E › MAS LEvEI NÃO TE¡ AGORA TÔ CONSEGUIA AQUELE = :gi MoRRENDo AcABADo EM :3 DE TANTA SUSTO. .. TRAGÉDM¡ SEGURAR MAIS ! PESSOAL! E AQUELA PESSOA QUE VEIO NOS RECEBER! ACABEI SENDO GROSSO COM ELAI
  10. 10. ARA! MAS PRA QUE LADO ERA MESMO? GRANDE! FIQUEI TÃO AGONIADO ATRAS DE UM BA- NHEIRo. .. I . ..QUE NEM PRESTEI ATENÇAO No CAMI- NHO!
  11. 11. CALMA. CALMAI NÃD TEM PERIGO NENHUM ! 24 ABELHA! ABELHÃO! ABELHA MUITO GRANDE! E COMO É QUE EU VOU ME ACALMAR, CRIATURA? ! AINDA BEM OUE JA' FUI No BANHEIRO, SENAO». NHECE í* A¡ I voce TEM voz
  12. 12. FALA ERA O QUE MÊJNÊA' SAUDADES ' CAHAMI EU ESTAVA V565 CLARO DE VOCE, ENTÃO. .. TENTANDO MEM” QUE SEU JA SE C0- LEMBRAR SOU EU! Moço: NHECEM? LA NO ÔNIBUS! MALAOUIAS . ' PERTO DE VILA sàmo I ABOBRINHAI OLHA _- _ 1 *” A GENTE LM ACABOU DE _ ELE TNHA UMA CRIA- CÃO DE PARECE ABELHAI QUE A DoUToRA JÁ ACHOU o CHICoI 26 A LANCE DE ESSE CHARME RÚSTICO DEVIA SER
  13. 13. EU QUERIA BRINCAR COM O CHICO. TAMBEM. .. . ..MAS ELE MIORRIA DE MEDO DAS ABE- LHINI-IASI E TINHA UMA 50- ADORAVA BRINHA QUE . ..E QUE gmNcAg MoRAvA NA ADORAVA COM A5¡ CIDADE. .. CI-IIPARDA comem ABELHASI AS DANADAS NÃO PERDIAM UMA CHANCE DE TENTAR ME PERROAR! HUMPF! OUTRRA MULHER ATRRAENTE NO PASSADO TER QUE COMPETIRR POR ELE EM UMA RRIFAI VOCE VEIO PARAR AQUI, MELINDA? . ..EU ESCOLHI O CAMINHO DA ZDB- TECNIA! É A CIENCIA DE APRIMORAR QUALIDADES DOS ANIMAIS DOMESTICOS! COMO AS ABELHAS ' VOCE NÃO CONSEGUE DISFARCAR NEM UM PINGUINHO, NE, FRAN z DIFERENTE DE VOCES, QuE ESTAO CURSANDO ENGENHARIA AGRONO-
  14. 14. PARECE . ..E EU QUE Nos TENHO 'SÀIEOCCIÊÍRVÉÊ TORNANDO DESVIAMOS MU| TA ggpeaA. mu/ ro no CO|5A PARA TRAJES DE ROTEIRO DA MOSTRAR! APICUI-TORV LISTA! EXCURSÃO. .. ENTÃO FUI Veáwz? " CDNWDADA ONDE PARA EsTE VAMOS PR°JET° AGORA. .. CHEGA DE . GOSTAVA CHAMAR ' . NAQUELA MlNHAs ÉPOCA E LINDINHAS CDNTINUO NÃO GOS- 'NÂo TEMOS TRAJEs PARA maos os ALUNOSJ você vuzou 7 CIENTISTA ' - , TERROR¡ 9mm ou: _ . , QUE , A FAZ ABELHA › - ' V: GIGANTE? L DEIXA DE SER TONTO. cmco¡ voce . 53': : N50 W” BITELÁ ERA M3254"? “ _ v _ . 9° TW** 34.» ; ENTAO TEMOS» 55mm, ' ““° 95 “M "“ › QUE FAZER A VI$| TA EM a» TURNOE-I'
  15. 15. I-Isso “Y Ê BEM ~ IMPREs- A z sIoNANTEI ; i › 1 I TlNHA VISTO UM R y - ~ APurR/ o TÃO - . k eRANoEI ' ~
  16. 16. ~ u'. VEJAM! AQUI ESTÁ A RAINHAI A RAINI-IA °^°^ E A ONICA ABELHA QUE PÕE TEM suA ovos¡ TAREFA! an» IZEPAREM COMO E sem MAIOR QUE As ouTRAsI CENTO E SETENTA E SEIS! @mam ' NA NATuREzA, As ABELHAS coNsTRoEM cOLMEIAs COM cERAI g EWERMEIRAS QUE CUIDAM DA RMNHA E PARA DOMESTICÁ- LAS, só PRE- cI5AMO5 OFERECER UM ABRIGOI &UARPIÃS QUE PRO~ TEGEM A cOLMEIA CONTRA INvAsoREsI t' BASTA DEIXAR A ABELHA- RAINHA LK DENTRO. .. . ..E A ” r r WIÉÊNIA _ , â FORRAGEA- . › ~ . maus aus FORMA! _ à, EXHORAM A REsIAo EM BUSCA o: FLOÊÊI 34
  17. 17. RAINHA, OPERÃRIAS, ATE GUARDIÂS, AGORA FORRAJA- VOCE só SEI- LK-o- FALOU EM CADA COLMEIA . ..MAS TEM UM ELES NAO PUNHADO DE TRA6A~ ZANGÓES. .. LHAM! QUÊ. .. FEMEAS! SO EXIS- TEM PARA FERTILIZAR A RAINHA! AFE, QUE FOI? NÃO FALEI NADA! AH! EXISTE O LANCE UM PACTO ENTRE ENTRE ABELHA FLORES E E FLOR? ABELHAS! POR QUE PRECISAM ABELHAS UMAS DAS VOAM NAS OUTRAS FLORES, PARA AFINAL i AS ABELHAS REALIZAM UMA DAS TAREFAS MAIS IMPORTANTES DA NATU- REZA! x A POL/ NI- PÕLE" É ° OUEPÊS: SE M475?”- REPRODuzAM. “fg” o PÕLEN DE uMA ISA PLANTAS! FLÍRLQÍSÇEÍR OUTRA FLOR! ENTÃO A POLINIZACÃO DEPENDE APENAS Do VENTO. ..
  18. 18. F1. A FLOR A FERTILIzADA ASSIM SE TRANSFORMA EM FRUTO, QUE ABRIGA UMA OU MAIS SEMENTES. .. . ..QUE “V COMO VOCES ' SABEM, VAO DAR ORIGEM A NOVAS PLANTAS! QUANDO A ABELHA SE ESFREGA NA FLOR. .. DEPOIS, QUANDO A AaSLHA . ..LEVA VOA ATÉ OONSIGO OUTRA ESSE FLOR. .. PÓLEN! TODOS OS VEGETAIS SUPERIORES DA TERRA SE REPRODUZEM SEM O TRABALHO DAS ABELHAS. NÃO HAVERIA FRUTAS ou LEGUMES! E A RE- COMPENSA POR ESSE TRAEALHO E _ O NECTAR. .. r . ..QUE ELAS USAM PARA FAzER SEU ALIMENTOI o MELI PENSE! QUE VOCE NÂO GOS- TAVA DE INSETOS, FRAN! ou! ! MAS ABELHAS SAO UMA GRRACA! VEJA COMO SÃO PELU- DINHAS I SIMI ELAS USAM ESSES PELOS PARA ACUMULAR ELETRICIDADE ESTÃTICA QUANDO VOAM!
  19. 19. ENTÃO E MELHOR PARAR COM ESSE SEU ZUMBIDO SEM-GRAÇA! EzzzI E¡ y o POR QUE que g AS ABELHAS . $507 ESTAO VINDO SzzzzI AAAAI ! PASSA ! xóz BZZZ I A FRAN NAO SAI DE PERTO DO GOIA- BENTO! ACONTECE QUE VESPAS SAO [MIM/ BOS NATURAIS DAS AOUI PODE NÃO SER O MELHOR LUGAR PARA O VESPA! HE, HEI COMO ESTAO VOCE E A ROSINHA? SABE QUE NAQUELE TEMPO Eu ERA ALGUEM MUrrO sozINuA, NAO SABE? ELA ESTA CuRsANDO MAS A FACULDADE GENTE VAI E VOCE' EM OUTRA LEVANDO! COMO CIDADE! TEM-J MUITA SAUDADE! ALGUMAS. .. 41
  20. 20. MELINDA? EU seu, EU seu NÂO E como se FOSSE UMA DE voces¡ . ..QUE As NINGUÉM ' QUERIA FICAR VEÊJÃKHA MU| TO PERTO ABEL” No m MEN| NA ESTRANHA. .. CABEW' PUXA, MELINDA! EU NÃO SABIA QUE. .. RELAXA, SEU MDCO! TOMEI MEU RUMO NA VIDA! asus GRA- CINHAS alo MEU ÚNICO E VERDADEIRO FICOU OUVINDO A NOSSA CONVERSA 7 me mms JOVENS GRA- DUADAS EM ZOOTECNIA No PAÍS! PROJETO E5PEC| AL QUE . . . A GENTE ADORA UMA FOFOCA! PRDJEI' 0 ARISTEU!
  21. 21. NOSSA ENTÃO» ÚLTIMA PESSOAL, .. .E Mo- JA' SABEM ESSA E A A PARTE soar: : o : ÍÊÍÊ/ :ÇJLÊÕ PARTE EM QUE mg: : PROJETO CDM¡ A 455,45_ voces DEVEM ALGUMA M3573” SÍNDROME! TADORA DA "' “CAR “E0” ooIsA: EXCURSÃO! CUPADOS. .. seuuom A EVACUA- I cão come CONFORME ' o CRONO› U GRAMA. . r . .MAS NOSSO . SETOR DE ESPIONAGEM INFORMA UMA ANOMALIAI MOTIVADOS A $ALVAR E PROTEGEI? ESTE MUNDO!
  22. 22. MISTÉRIOS CIENCIA DErzNAI ABELHAS ESTÃO sum INDO! , 3 ESTA 7*? au NDO ~. ELAS E51' o g D| Z QUÃE @g 9 g MORRENDOT ' ~ r. : : w MAS COMO ASS-WI, SUMINPO 7 PESAPARE- CEN%I NAO HA SINAIS ABELH S. MDRTAS 4” PERTO DoS › APIÃRIOSI MENTE via DEIXAM AS COLMEIAS l ABANDONAM AS LARVAS PAR MORR ABAN- DONAM ATÉ A RAINHA¡
  23. 23. APIcuLToRES No MUNDO INTEIRO ES- TAO SENDO ATINOIDoS POR ESSE FENÔMENO! OS ESTADOS UNIDOS SÃO o PAIS MAIS AFETADO ATE ESTA ACON- TECENDO NA EUROPA! E ATÉ NO BRASIL! AS POPU- LACOES DE ABELHAS VEM CAINDO CADA VEZ TEM UMA LISTA DE RAzOES QUE 'A PODEM ESTAR LEVANDO A ISSoI SABE POR QUAL DOS MOTIVOS I PODE SER UMA IAFECCÃOI UM Novo TIPO DE VIRUS! PODE SER O USO DE ' INSErIcIDAs " '~ ASRrcoLAS/ SER AS MONO- CULTURASI / ' PLANTAOOES MATAM UMA PERDERAM IMENSAS DE DoENcA QUASE APENAS UM AAÍAÊRÇ-XÍÂE' QUE LEVA AS I TIPO DE em A5 ABELI-IAS A UM PRODUTO! ABELHAS! ?mggfà ESOOTAM O SoLOI PERTURBAM A VIDA ANIMAL!
  24. 24. OU PODE SER UMA COMBINACÃO DE TODAS ESSAS COISAS! OU NENHUMA! O SER HUMANO VEM ATACANDO A NATUREZA DE TANTAS FORMAS. .. . ..QUE NEM SABEMOS DIZER QUAL DELAS ESTA' CAIJSANDO A SÍNDROME! DA PARA RESOLVER UM PROBLEMA SEM SABER A CAUSA! RESPONDER A ESSE ENISMA E O PRIMEIRO PASSO PARA CURAR A SÍNDROME! ESSE E O GRANDE OBJETIVO DO ' e' PROJETO ARISTEuI VENHAM COMIGO! M @Xwàfm »y *Iggy abíüããêu Q” FALEI QUE OS ANTIGOS MITOLOGIA sem o EEÊDBEÊ^ DEUS ARISTEu amam¡ , A E FILHO DE Amm E APIcuLTuRAI CIRENE ! ESSA SUA ANTIGA PAIXÃO PARE- CE MESMO ENGAJADA, CHICO! COM TODO ESSE LANCE DE ABELHA. . . . ..PARECE QUE PASSA- RAM MEL EM VOCÊ QUANDO NASCEU! TEM ALGUMA CHANCE DE VOCES NÃO CONTAREM NADA PRA ROSINHA? SERA' QUE ELA TEM FEICI BÚQUL_ I
  25. 25. NEVER SUA a AMIGA? A GRANDE ESTRELA DO PROJETO ARISTEU . ' AQUI ESTA' l CDNHECAM k »menu REcoNÍ-¡E- co ESTE LUGAR 1 AQUI HÁ. .. SEM QUERER MENOS- PREZAR. DOUTORA. .. . .. .MAS M PARECE . ... ... .. › “ IGUALZINHA , __. M. As TROCENr / , . › ns OUTRAS QUE VIMOS u( sem¡ N i7 ' : :Tá/ ã o l E NEM DE = ' " LONGE sE _ PARECE com O ABELHÃO- CAVALO! l QUER DIZER, ASSIM ?
  26. 26. HuM. .. E , A y V - V mm* voce SABE _ . “ _ ; jffã 955mm” ' . . A _ f' . PULMÕES/ POR QUE? ELES NAO RESPIRAM COMO NÓS I o OXIGE- NIO DO AR só CHEGA ATE seus TECIDOS. .. I ELES SAO _ . ..PORQUE a 2 PEQUENOS] TÃO GRANDE MORRERIA w UM ¡NsEro A SUFDCADOI NÃO PODE SER UMA ABELHA COMO A RESPOSTA DELA PODE ESTAR CERTA? I f < . A ABELHA- Q MONSTRO TÁ BEM
  27. 27. 56 É UMA IMAGEM PROJE- TAPA! 6;. ATÉ QUE ENFIM, PERCE- BERAM I voces ESTÃO I OLHANOO APRÓPRIA ~ AMELIA. .. ' ' . ..EM UMA ' RECRIACÃO v _, nERADA me I UMPUTADOR tM TEMPO REAL! I Isso É REALIDADE '. . . › ' AMPLIADAI M' TRAZER O MUNDO VIRTUAL PARA O MUNDO REAL! popm TER v *A ' - ~ EPERDER CONTADO ' - '. E55A SUA . > CARA? NUN- QUINHAI
  28. 28. QUANDO REsoLvEM FUGIR. E IMPOSSÍVEL SEGUIR As BEM LEGAL PRA. .. SEI LÃ, UM PARQUE CLARO! - _ AGORA ~ . . ' ENTENDII _. - . _ ~^ ou: . _ IDEIA BEM_ GENIALI sAIaEMos vAI AJUDAR _ _ z QUE A5 COM A TN_ ABELHAS « V, 5m s . -- ESTAO INDO WOME ' EMBORA! A UMA ABELHA 6RAN%NA C BEM MAIS FACIL DE SEGUIR!
  29. 29. O CORPO DA AMELIA RECEBEU UMA REDE DE NANOTRANS- MISSORES! VIRAM AS ANTENAS GEODESICAS GIGANTES LÁ FORA? ELAs PODEM CAPTAR o SINAL DA AMELIA A GRANDES DIsTANcIAsI APARELHOS TÃO MINús- CULOS QUE PODEM CORRER NO SANGUE NOSSO EQUIPAMENTO CONSEGUE PROJETAR A REALIDADE AMPLIADA EM DUAS VIAS! mms E5922.. VERO QUE COMO UMA ^ “Em REALIDADE 55mm” VIRTUAL DEN- VE"°°' TRo DAQUELA CAMARA! ESTAMOS MONITORANDO A5 COLMEIAS LA FORA! ATENTOS A QUALQUER SINAL DA SÍNDROME! NA HORA CERTA, VAMOS LIBERTAR QUE ELA ACOMPANHE AS OUTRRAS ABELHAS EM FUGA! EI! ISSO É MUITO DA HORA! 'Em *ID HA', HAÚ' só EsTou DEIXEM pAzENpo DISSO! MEU mA_ BALHO I DESCOBRIR PARA ONDE ELAS
  30. 30. l . VAMOS . ~_ , g r k ' A DE A MU| T0 é' “'70- Í * É CARECE Eu › Qugvoce « 95mm. W r cmcoz ~ 91?¡ fãããã- ssmme FAR| A CO| SA$ ' W» SEU : a5 suvu JÁ MEíINoA? TIVE ESSA IMPORTANTES M°°°' y = ? a a* , ^LC^NC° seus» NO FUTURO! é? í É › voces¡ * “ s' , ' V - , ; í . ~ PRECISO PASSAR NO “W â y . 6 , BANHEIRO pá' DE NOVO! M OLHA só¡ _ QUE osz- » VIRAR ; uma 9,¡ ENGENHEIRO- PARA que MELINDAI AGRONOMO o HOMEM E PARA AJU- A NATUREZA ELA ESTA( DAR As ? (355% nsssoAs¡ VIVER FAZENDO JUNTOS! ALGO VAL/ asa¡ QUASE HORA oo _ . ALMOÇO! VÊÊÊÊLUM GRANDE PROBLEMA vo MUNDO! 4 TEMOS y _ Aang MU| TA5 ' ° gg a v. Vou SOBREME. ¡ _ eg à_ ^ D|5PEN- _ sAs com ° -' s* ' 5m? ! 4 s x Ma. : v ~ AINDA NÃO ME «f ( v cuasc DE _, ~* TODO! 62
  31. 31. DESCULPA 1) POR TER ME « AssusTAoo V coM voce, AMÉUA! E , u PARECE QUE voce rw** » E UMA MENINA BEM. .. QUE F0/ ' QUE EU FIZ? VOLTA AQUI, AMÉLIA! VOLTA/ ABELHA ESPECIAL
  32. 32. ACABEI COM A EXPERIÊN- C| A PA MELINDAI COM O SONHO DELA l QUE E$TÃ TUDO LIGADO! PRECISO VER PARA ONDE ELA ESTA( INDO E. .. Mto Passo DEIXAR Isso PRECISO AQUELA CÂMARA z MELINDA Dl$$E QUE DI( PARA SEGUIR A AMÉLIA DALH
  33. 33. EU NÃO Esrou voANDo DE VERDADE! AMÉLIA! voce vIRou ABELHA GIGANTE DE NOVO! AINDA sumo O CHÃO EMBAIXO Dos PÉS! AINDA ESTOU DENTRO DAQUELA CÂMARA I TUDO Isso E PROJEÇÃO DE COMPU- TADOR r DO JEITO QUE A MELINOA FALOU I A MÁQUINA ESTÁ ME MOSTRANDO OLHA LÁ OS LUGARES O LABO- POR ONDE A IZATÓRIO! AMÉLIA ESTÁ JÁ FICOU VOANDO! LONGE! I
  34. 34. HE. HE! ABORA QUE PASSOU o susro. .. . ..ISTO AQUI É BOM DEMAIS DA PRA ONDE SERÁ ESPERA! 515ml QUE QUE ESTÁ OU SERA ESTOU A AMÉLIA PROCURANDO QUE ELA VENDO ARQE' V” “Tmffàããk” «A mw U^^^°°L5^ saum > SÍNDROME? QUE. ..? _ RAINHA? E SI ! Í . zm É. : É. . 4r/ &í/ ›§V'Ar , , , WWE é _ M_ a MAS QUE TREM E AQUELE?
  35. 35. w , $31.32 z E UM CASTELO ou SERA NO CÉU? UMA NAVE ESPACIAL?
  36. 36. OLHANDO PELO PONTO E5TAMOS VOANDO DE VISTA DA DIRETO AEELHA. FICA PARA um DIFICIL MEDIR O TAMANHO E TEM _ m; °^ C°'5^--- OUTRAs ABELHAS . ..MAs ~ ¡Npo AQUILO , PARECE 4 › TAMaEM: GRANDE PEITO UMA O LUGAR PARA ONDE VÃO As ABELHAS DESAPARE- u¡ ~ , A ' _ ENTÃO EMBAIxo , ' , « É E55** ESTÃO TEM CASAS! L _ , . ' A RES' ROUBANDO ESTRADAS! _ , r P057” A5 A55_ / F PEEEDAE¡ . ' , r ' _ y , _ . _ › VER EssE como e , › . ~ E ' BANDO QUE NIN- . . '~ r : ' _ . DE Eres @UEM mms › _ _ - E '^ -_ * _ LADRÓESI PERCEBE? -~ y ~ ' ' sERA QUE só As ABELHAS PODEM VER?
  37. 37. ' ? maca ou: E5TAM05 ENTRANDO EM ALGUM LUGAR Dl- FERENTE! NÃO DA' PRA ACREDWAR ND TAMA- NHO D|5TO AQUI! MAS- sem( L QUE CABEM, 3 AQUI DENTRO, os BILHÕES I * DE ABELHAS SUMIDAS F PEN5ANDO 55m, NÃO E PO55ÍVEL QUE ABELHA5 DE oumos PAÍBES consu- GAM VOAR . ..QUE EXISTEM OUTROS ' CABTELDS _« COMO
  38. 38. // EssA! 2572 E “M FALTAVA Mamma' ABELHA VILÃOI você! NÃO PEI? - TENCE A0 ENXAM E! você E UMA ANOMALIA! NÃO. senao: : z meu NOME E cuuco asma . v NENHUMA ANA MARIA¡ ESSA NÂO! BEM QUE A MELINDA AVISOU! A C0|5A DE REAÁJDADE AMPLIADA VALE PARA O5 DOIS LA%5!
  39. 39. H¡ IMUNPA! _ PARASITA! voc: VEIO CON- TAMINAR o ENXAMEI @ x , ;.%§/ , ~V f/ ' ' x x x , xN LICENCA, SEU ABE- LHUDO I JÁ QUE FICOU TÃO INGOMODADO coM MINHA VISITA. .. ! O00 . J . . n JI_ . ..E MELHOR EU PEGAR O CAMINHO DA ROCAI EIA, AMELIA! ' eu se¡ QUE NÃO EÊaTDU EM “ > 922150 na VERDADE! », TUDO ISSO sÁo só museus s DEIXAR A AMELIA âE . I MACHUCARI I| í§
  40. 40. QUE A PORCA 'FORCE O RABOI M ELÍN' vceggs DA? cuesou mun- ' voce TEM MUITA COISA PARA' DO QUE ESTA FALAN- ooz AINDA EXPLICAR. ESTAMOS NA SEU M060! CAMARA DE REALIDADE o que AMPLIAD voce PENSA OUTRA PRESENÇA SUJA VEM CONSPURCAR O ENXAMEI o ENXAME an( CANSADD DE TANTA IMUNDÍCIEI
  41. 41. NÃO : eramos CONVOCANDO AS ABELHAS PARA VIREM EMBORA! ESTÁ DEIXANDO ESTE MUNDO INFECTO ! Nós AS ESTAMOS' ACOLHEN- / . . ELAS . , PARTEM â à POR um: l MELINDAI c-¡ENTE- à 7°"" WMA”, :R agitos; Do¡ . 141g¡ . Í~ ! E57 i5: PORQUE A “ZER R°”5^N°° «. Esrmoã VIDA NESTE @Lâgff f; 'fa-WAS' I MUNDO se , _ “m” TORNOU IN- * susmurxvn f PARA ELAS! ¡f! ENTÃO": A SÍNDROME Do COLAP- . ..NÂO E so DAS CULPA coLoNIAs. .. DELES! W Sã! nemnumnn! M N J w jv@à M 1
  42. 42. PERCEBO. AGORA. o PESAR EM sEus coIzAcóEsI AS CRIATURAS QUE voces CHAMAM ABELHAS. . ELAS SAO SERES ESPECIAIS! UM PRE- SENTE DO UNIVERSO! NOS, DO ENXAME, A5 PROVEMOS PARA MUN- P05 QUE PRECISEMI MUNDOS ONDE A POLINIZACÃO É NECESSÁRIA PARA A MA- NUTENCÃO DA VIDA! y ESTE MUNDO ESTA' SENDO DESTRUIDO RÁPIDO DEMAIS! EM BREVE, NÃO PODE- RÁ MAIS SUSTENTAR aos: ISSO. ESTAMOS EvAcuANDo A POPULACAO DE ABELHAS! PODEMOS FAZER COM QUE MUDEM ENTÃO AINDA HA' ESPE- RANCA! VOCE FALOU QUE AS ABELHAS ESTAO INDO EMBORA PORQUE ELAS QUEREM! PODEMOS MUDAR! BANIR os PESTICIDAS I REDUZIR A POLUIÇÃO! o AQUECIMENTO GLOBAL! MUDAR Ae PRÁTICAS QUE ESTAD PREJUDI- cANDD o MUNDO!
  43. 43. SUAS v O ENXAME 7mm¡ INTEN- wwm cce-Ao um LUGAR N°5RE$~ PARA mama¡ A voces ONDE ELAS A5 ABELHAS coNvENce- QUE/ RAM EM FUGA! 'A5 9° . .MAS só coNTRARIDI IMPORTAM os RESUL- TADOS ! VOTOS DE QUE SUA EMPREITADA SEJA BEM- SUCEDIDA! 90 EU. .. Devem o ENXAME MINHA VIDA NÃO ESTÁ ENTAO A APRENDER HABITUADO ME RECEBA SOBRE AS AÉÂÊIÍÊER como uMA ABELHASI VOCES DORES! DEVEM TER TANTO A ENSINAR. .. DESCUL- PE, SEU MOCO I ACHO QUE NOI DESFI- IPI/ MO¡ MELINDAI o QUE vocE. ..1
  44. 44. NAO SE PREOCUPE! VOU CONTINUAR TRABALHANDO PARA SALVAR AS ABELHASI . ..LEMBRA . _ o QUE Eu . pop¡ SE mas: 5o- . JUNTAR M, BRE MEU T ENXAMEI VERDADEIRO AMO? MELINDAI MELINDAI EI! PENSE! I QUE NÃO PODIA TOCAR NELA! PENSE! QUE FOSSE só UMA. ..
  45. 45. SABE OUE os HUMANOS NAO AggLHAs_ COMPUTADORES ENXERGAM A 5m, I NO LABORATÓRIO NEM P°V°* cOR ULTRA- A POLÍCIA ACHA QUE VOCE TEVE UMA ILUSÃO CAUSADA POR ESTRRESSE/ NÃO ENTÃO. .. NENHUMA Lãzââf: NOTICIADA TÃO E00 DOUTDBRA? c ' FRAN! JA CONTE! MIL VEZES O QUE ACON- TECEU! 'i4 amoo. .. voce NÃO REGISTRA- RAM NADA DO QUE FALOU! ABELHA. .. VIOLETA. .. ACHO QUE O CASTELO TINHA ESSA COR! E COMO EXPLICAM O SUMICO DA MELINDA? PARRECE QUE AINDA ESTA DESA- V PARECIDA!
  46. 46. MUNDO QUE N65 FOI o K¡ CAMINHO I, QUE ELA ESCOLHEUI , W U. ESPERO QUE NÂO TENHA S| |7O PARA 5EMPREI « EsTA Nos JORNAIs. PREOCUPACAO MUNDIAL PELO 5UMICO DE AEELHAs. O QUE PODE EsTAR ACONTECENDO? _ z_ A POLUIÇÃO EsTA ACABANDO COM ELAS? os ~ " g¡ , AGROTÕXICOS? ALGUMA ENFERMIDADE AINDA DEsCONHEcIDA, NÃO DETECTADA? DE QUALQUER MANEIRA, O DE5APARECIMENTO OU FUGA DAs ABELHAS E UM FATO REAL, NOTICIADO E coNsTATADO. ENQUANTO NÃO SE REsOLVE QMISTÉRIO, ENTRAMOs NA HISTÓRIA COM ALGUMAS IDEIAS FICCIONAIs, COMO "m, ExPERIMENTAMOs NE5TA EDIÇÃO DO CHICO Moco. AFINAL, NAS HIsTóRIAs EM OUADRINHOs TUDO E MUITO MAIs E PossívEL. E MUITAs VEZES. .. PROvAvEL. LEIA A HIsTóRIA, PEN$E UM POUCO. sERA QUE Nós, HUMANOS, E5TAMO5 PONDO EM RIsco NossA PRÓPRIA soaREvIvÊNCIA COM ATITUDEs DESCUIDADAS? (PÕE DE5CU| DADA$ M550). E se FOR ASSIM, COMO INTERROMPER A EVENTUAL CAMINHADA RUMO Ao sUICíDIO COLETIVO. ? PREFIRO DEIXAR E55A5 IDEIAs E IMAGEN$ PARA A5 PAeINAs DE eIEIs ou LIvROs. COMO FICÇÃO, MEsMO. NÃO IMAGINO QUE O BICHO HOMEM, CERTO DE QUE HA' UM PERIGO IMINENTE, NÃO PARE COM HABITOs E AcóEs DEsTRUIDOREs DE UMA EsPECIE. OU. .. sERA' IMAGINÁVEL?
  47. 47. Aim/ MW( 1. ' PAIIINI BRASIL LTDA. . _”"'"'“”"°' mmmnitnnI-: Junzmmusvnmwmns Ef; ',f, '_? ,:, '_“: ;§'; ',: “ “W” o mmmmIm. .rm. u.-m. mmma. .m mwn_, ,_, ,m, ,_, m,_m, nsm, uma mIaIIIm ? um BmMImBugts . '"' ' 'V' b? “No” ¡Muivsousavnaldamsmm IIIsIaIIIAs su¡ uIIAIzrIIIIIIoa ¡vmwa- CMPT¡ um: um mm m a Immdwmslnx nImna-Amu Alan( Med¡ u _ num Mama Emma I n w LqauIumnI-Im. umncasm , v _ - * Swlnlllndl Rmlm: KIauA-Adeãwludlmlfimesousa , g, n-unnu Tammy manu: um Pudim Jnvpicwnaà, um: Cuuckmn, mm m. Mmsowa, RmmwmYmauM mIz-_mmxura um¡ um Cassam uma m cam. Mavuehclsmn '“7'"'*"'°"= °'7°'^ DlunhahCnDlVnsbFaMwwCmbH: mm¡ um. : 1mm ! Andam ; mam Camocim: Bow MMM/ Ita emu. u. mw l saum-I. : Erico Emma MaInI w Cnlnnml: own-I WW *In- sanam lmlmn' mvwIMum um rmmznmuu u: YmmuYInnIxmII Amllunmdnoennnraçh algm um. Km¡ Im m. Bulgur": Nenwunmm¡ Jlquehnam m. Mimo¡ a sum mIamJusahnnh Cnadwlplnd¡ Am wnmaanuu huduçln nham¡ Am Yumck¡ rAuxlhtmrunIllr-(Nnvnmmdn sm Ewd-n: pl'oAdniMIlnlv-6e : um um num, m u. FlnnuA Clan: mu. . . m. Mn¡ me 563m Lemrs °°”E”°'““"“KE""° uma» omummmmswu _I aum-a- my. , Marulolúrwzno¡ m. :um ao Mirim: : Blu/ In »um Familias nnuhomahdmm : RadnwL Nm r PuIIIILMIAIIRIIICoMmLwM Ixmwsrunumnrmm : mvvgswkwnggwgst : I: m ¡Ivmcum IWHYJQvmMMQMsMbI ; r mg>~"ãw; m; P' nmmncmmwçx-Imn-mumummIwIu-¡mnv mwmlàadàgã* mutwmm) s oammua mpmucln ' ñvunlnlmmulnkídwmwdcíam WM"" “'“'“°“' m"" EnIaImu ru hannah MmCurIhI-Fnúhl mu, IWIVIWIIKIIMWWIIWM¡ wv Árznurínízüíóiñsíñúfz I raI-Innamnnwnas um I uu para m) mw» FC Ecvmrsllluhmrihmdwl ! IA R. DI uma¡ Shmxmm 157!, Yoúosmdvawsvosewidw "nuhum uumum '“'^~CEP°°°*“W-°= ^=W-SV wwvnlurmnulnm . ... ... ... y mu» uma m» A . m mam mu u. m¡ M54! m: “www um. mwüínlmndamnvn: n¡ Á I h u Mudam »uma : :um as . um 5mm vam¡ . cep wanna . em, w--uvmmmvn m- m r- -cvm- v ao › Bus¡ e : Im mm a- sa. . a Mm a. Sms¡ Puma m¡ ! mui n¡ uma¡ '“'"""^“"'“'"“°" °""'"'"°' : uemdnsvwmmmnmaunruwnbvnvecu IBIQÇJVNJEQIIEIVIPMIAQIIIISOWWN D- k _Mm-gr* ; - ¡Puml w m. A¡ rum¡- ww. . um »um m . mu, »mm IS . ... ... ... ... .. J. .. m, ... I I DIEYNIIIÇIB nmmmmaamumnmw ma¡ uununmn. ¡sumum ~-~ , Cwlllla «IIIII-wus I Vlmlnhulh «Amanda Í ronun . ¡Mymax! :um Inywmm I um. ¡intaum! lim-I comum é InImI wwnalwunknrmk I_ mnqwwau na mms : arruma sam mama mm : Aa wwmmm n. Mambo a. Sw: : Rune¡ »m- pmmmuws nehum Im mm. mma-E e pmnhtanI-VMILIEIM m¡ m¡ mam¡ umapIMa . mma-arma naum¡ um m-mummu ssuzsamatv , ç/“dêzvilãícIb S está pra acontecer. Qual será esse , « ñ¡§té°r¡õ°*'”õhg7§ê”ñ't” / z
  48. 48. Y r , J - f < _ _y . , Ã 1 HJ , l a r' -_ l s « ( 1 A â I x x4 A CURTA NOSSA PAGINA NO FACE : D y www. facebook. comlblogcbmoco NOVíDADES ' . ÉüJú $111 nâãnmúí WWW. CENTRALCBM. BLOGSPOT. COM. BR lv¡ 'no I-IÍÍ- : HH-Há: - Qi 116.? ? S? .NL

×